Marcos Angeleri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marcos Angeleri
Angeleri atuando pelo San Lorenzo.
Informações pessoais
Nome completo Marcos Alberto Angeleri
Data de nasc. 7 de abril de 1983 (36 anos)
Local de nasc. Buenos Aires, Argentina
Altura 1,82 m
Informações profissionais
Clube atual Argentinos Juniors
Número 2
Posição Zagueiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2002–2010
2010–2013
2012–2013
2013–2015
2016–2018
2018–
Estudiantes
Sunderland
Estudiantes
Málaga Club de Fútbol
San Lorenzo
Nacional
0184 0000(2)
0003 0000(0)
0040 0000(0)
0061 0000(0)
0072 0000(3)
0011 0000(0)
Seleção nacional3
2009 Argentina 0004 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 9 de março de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 21 de junho de 2015.

Marcos Alberto Angeleri, mais conhecido como Angeleri (Buenos Aires, 7 de Abril de 1983) é um futebolista argentino. Atua como zagueiro e atualmente defende o Argentinos Juniors.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Foi destaque do Estudiantes de La Plata na Copa Sulamericana de 2008 com o vice-Campeonato perdendo para oInternacional de Porto Alegre.[2]

Málaga[editar | editar código-fonte]

Em 24 de julho de 2013, foi confirmado como reforço do Málaga CF[3]. Participou de 61 partidas pelo time espanhol, e não marcou nenhum gol.

San Lorenzo[editar | editar código-fonte]

Em 30 de Janeiro, 2016, deixando o Málaga de Espanha, foi transferido para San Lorenzo de Almagro como um agente livre, assinando um contrato para dois anos.[4] Em 28 de Novembro, 2016, no voo 2933 da Lamia, que levando jornalistas, gerentes e a delegação da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional da Colômbia, acabou caindo quando estava prestes a chegar à cidade de Medellin, onde 19 dos 22 jogadores e mais outras 52 pessoas perdem a vida. Muitos especularam que Angeleri poderia ter "evitado" esta tragédia, porque no ultimo minuto do jogo, que estava 0x0, Angeleri ficou de frente pro gol e chutou , quando o goleiro da Chape, Danilo, fez uma defesa milagrosa, classificando a equipe brasileira para a final, e 6 dias depois sofreria o terrível acidente.[5]

Foi o protagonista da eliminação do Flamengo na Libertadores de 2017, marcando o gol da vitória e da classificação do Ciclón.[6]

Referências