Tomohiro Katanosaka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tomohiro Katanosaka
Informações pessoais
Nome completo Tomohiro Katanosaka
Data de nasc. 18 de abril de 1971 (50 anos)
Local de nasc. Kagoshima, Japão
Nacionalidade japonêês
Altura 1,71 m
Informações profissionais
Equipa atual Oita Trinita
Posição Treinador (Ex-lateral-esquerdo)
Clubes de juventude
1987–1989 Kagoshima Jitsugyo High School
Clubes profissionais
Anos Clubes
1990–1995
1995–1999
2000–2003
2000–2001
2002
Mazda/Sanfrecce Hiroshima
Kashiwa Reysol
Oita Trinita
Gamba Osaka (emp.)
Vegalta Sendai (emp.)
Times/Equipas que treinou
2007–2010
2010–2014
2014–2016
2016–
Gamba Osaka (auxiliar-técnico)
Sanfrecce Hiroshima (auxiliar-técnico)
Gamba Osaka (auxiliar-técnico)
Oita Trinita

Tomohiro Katanosaka - em japonês, 片野坂 知宏; Katanosaka Tomohiro (Kagoshima, 18 de abril de 1971) é um ex-futebolista e treinador de futebol japonês que atuava como lateral-esquerdo. Atualmente, comanda o Oita Trinita[1].

Carreira de jogador[editar | editar código-fonte]

Após concluir os estudos na Kagoshima Jitsugyo High School, Katanosaka iniciou a carreira de jogador em 1990, no Mazda (atual Sanfrecce Hiroshima), onde jogou até 1992, quando o clube passou a disputar a recém-fundada J-League. Foram 95 jogos disputados e 5 gols com a camisa do Sanfrecce, assinando com o Kashiwa Reysol em 1995.

Pelos Sun Kings, atuou em 103 partidas e fez 8 gols, vencendo a Copa da Liga Japonesa em 1999. Em 2000 foi contratado pelo Oita Trinita, onde permaneceu vinculado por 4 temporadas - porém, o lateral-esquerdo jogou apenas 14 vezes (5 jogos em 2000 e 9 em 2003), sendo emprestado para Gamba Osaka e Vegalta Sendai no período. Katanosaka aposentou-se dos gramados aos 32 anos.

Carreira de treinador[editar | editar código-fonte]

Depois de trabalhar como olheiro e auxiliar-técnico das categorias de base do Oita Trinita, Katanosaka voltou ao Gamba Osaka em 2007, como auxiliar de Akira Nishino, função que exerceu até 2010, voltando em 2014 após 4 temporadas na comissão técnica do Sanfrecce Hiroshima, seu primeiro clube como jogador.

Em 2016, voltou ao Oita Trinita, substituindo Nobuaki Yanagida. Ao assumir o cargo, encontrou o clube na J3 League (terceira divisão japonesa), e obteve 2 acessos em 3 temporadas. Em 2019, os azuis eram considerados um dos favoritos ao rebaixamento à segunda divisão, porém surpreendeu ao terminar a J-League em 9º lugar, com 47 pontos - mesma pontuação do Vissel Kobe, ficando atrás pelos critérios de desempate (12 vitórias, contra 14 do Vissel), chegando a vencer 5 vezes nas 7 primeiras rodadas[2]. Ao final da temporada, Katanosaka recebeu o prêmio de Treinador do Ano da J. League.

Titulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Kashiwa Reysol

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Oita Trinita
  • J3 League: 1 (2016)

Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Tomohiro Katanosaka». Transfermarkt. 7 de junho de 2020. Consultado em 7 de junho de 2020 
  2. «Oita Trinita em 2019: O sucesso do 'Katanosoccer'». GloboEsporte.com. 13 de janeiro de 2020. Consultado em 7 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]