Hajime Moriyasu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hajime Moriyasu
Hajime Moriyasu
Informações pessoais
Nome completo Hajime Moriyasu
Data de nasc. 23 de agosto de 1968 (51 anos)
Local de nasc. Kakegawa, Japão
Nacionalidade japonês
Altura 1,74 m
Informações profissionais
Equipa atual Japão
Posição Treinador (Ex-volante)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1987–2001
1998
2002–2003
Sanfrecce Hiroshima
Kyoto Purple Sanga (emp.)
Vegalta Sendai
271 (34)
32 (1)
45 (0)
Seleção nacional
1992–1996 Japão 35 (1)
Times/Equipas que treinou
2012–2017
2017–2018
2018–
Sanfrecce Hiroshima
Japão Sub-23
Japão
187
18

Hajime Moriyasu (em japonês: 森保 - Moriyasu Hajime; Kakegawa, 23 de agosto de 1968) é um ex-futebolista e treinador de futebol japonês que atuava como volante. Atualmente comanda a Seleção Japonesa.

Carreira em clubes[editar | editar código-fonte]

Moriyasu é considerado um dos maiores jogadores da história do Sanfrecce Hiroshima, onde iniciou a carreira em 1987 (quando o clube ainda era Mazda Soccer Club), aos 19 anos de idade. Em 1990, chegou a participar de um período de testes no Manchester United, mas não permaneceu na equipe.

Com a profissionalização do Campeonato Japonês em 1993 e a renomeação do Mazda para Sanfrecce Hiroshima, o jogador liderou o meio de campo juntamente com Yahiro Kazama na campanha do título do segundo turno da J-League em 1994. Até 2001, Moriyasu disputou 271 partidas e marcou 34 gols - durante o período, foi emprestado ao Kyoto Purple Sanga, pelo qual atuou 32 vezes, com 1 gol marcado.

Sua aposentadoria como atleta foi em 2003, quando defendia o Vegalta Sendai. Aos 35 anos, ele não conseguiu evitar o rebaixamento da equipe à segunda divisão.

Seleção Japonesa[editar | editar código-fonte]

Defendeu a Seleção Japonesa de 1992 a 1996,[1] disputando 35 jogos e marcando um gol, num amistoso contra a Austrália, em fevereiro de 1996.

Esteve próximo de jogar a Copa de 1994, quando o Japão, treinado pelo holandês Hans Ooft (técnico que lançou Moriyasu para o futebol), cedeu o empate para o Iraque depois de estar vencendo por 2 a 0, no jogo conhecido entre os japoneses como "Agonia de Doha". Pelos Samurais Azuis, venceu a Copa da Ásia de 1992.

Carreira como treinador[editar | editar código-fonte]

Após pendurar as chuteiras, voltou ao Sanfrecce em 2004, como preparador físico. Trabalhou ainda como técnico da equipe sub-20 do Japão até 2007, e foi também preparador físico no Albirex Niigata.

Sua estreia como treinador em nível profissional foi em 2012,[2] quando foi contratado para o lugar de Mihailo Petrović novamente pelo clube de Hiroshima, sendo tricampeão nacional no mesmo ano, em 2013 e 2015.

Em julho de 2017, saiu em decorrência dos maus resultados na primeira divisão, quando o Sanfrecce escapou do rebaixamento nas últimas rodadas.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É pai de Shohei e Keigo Moriyasu, que também são jogadores de futebol. Seu irmão mais novo, Hiroshi Moriyasu, foi também atleta profissional, no entanto sem o mesmo destaque.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Sanfrecce Hiroshima
Japão

Referências

  1. Japan National Football Team Database
  2. 森保一 新監督就任のお知らせ (em japonês). Sanfrecce Hiroshima FC Official Web Site. 8 de dezembro de 2011. Consultado em 8 de dezembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]