Hajime Moriyasu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hajime Moriyasu
Informações pessoais
Nome completo Hajime Moriyasu
Data de nasc. 23 de agosto de 1968 (50 anos)
Local de nasc. Kakegawa, Japão
Altura 1,74 m
Informações profissionais
Equipa atual Flag of Japan.svg Japão Sub-23
Posição Treinador (Ex-volante)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1987–2001
1998
2002–2003
Japão Sanfrecce Hiroshima
Japão Kyoto Purple Sanga (emp.)
Japão Vegalta Sendai
271 (34)
32 (1)
45 (0)
Seleção nacional
1992–1996 Flag of Japan.svg Japão 35 (1)
Times/Equipas que treinou
2012–2017
2017–
Japão Sanfrecce Hiroshima
Flag of Japan.svg Japão Sub-23
187

Hajime Moriyasu (em japonês: 森保 - Moriyasu Hajime; Kakegawa, 23 de agosto de 1968) é um ex-futebolista e treinador de futebol japonês que atuava como volante. Atualmente comanda a Seleção Japonesa.

Carreira em clubes[editar | editar código-fonte]

Moriyasu é considerado um dos maiores jogadores da história do Sanfrecce Hiroshima, onde iniciou a carreira em 1987 (quando o clube ainda era Mazda Soccer Club), aos 19 anos de idade. Em 1990, chegou a participar de um período de testes no Manchester United, mas não permaneceu na equipe.

Com a profissionalização do Campeonato Japonês em 1993 e a renomeação do Mazda para Sanfrecce Hiroshima, o jogador liderou o meio de campo juntamente com Yahiro Kazama na campanha do título do segundo turno da J-League em 1994. Até 2001, Moriyasu disputou 271 partidas e marcou 34 gols - durante o período, foi emprestado ao Kyoto Purple Sanga, pelo qual atuou 32 vezes, com 1 gol marcado.

Sua aposentadoria como atleta foi em 2003, quando defendia o Vegalta Sendai. Aos 35 anos, ele não conseguiu evitar o rebaixamento da equipe à segunda divisão.

Seleção Japonesa[editar | editar código-fonte]

Defendeu a Seleção Japonesa de 1992 a 1996,[1] disputando 35 jogos e marcando um gol, num amistoso contra a Austrália, em fevereiro de 1996.

Esteve próximo de jogar a Copa de 1994, quando o Japão, treinado pelo holandês Hans Ooft (técnico que lançou Moriyasu para o futebol), cedeu o empate para o Iraque depois de estar vencendo por 2 a 0, no jogo conhecido entre os japoneses como "Agonia de Doha". Pelos Samurais Azuis, venceu a Copa da Ásia de 1992.

Carreira como treinador[editar | editar código-fonte]

Após pendurar as chuteiras, voltou ao Sanfrecce em 2004, como preparador físico. Trabalhou ainda como técnico da equipe sub-20 do Japão até 2007, e foi também preparador físico no Albirex Niigata.

Sua estreia como treinador em nível profissional foi em 2012,[2] quando foi contratado para o lugar de Mihailo Petrović novamente pelo clube de Hiroshima, sendo tricampeão nacional no mesmo ano, em 2013 e 2015.

Em julho de 2017, saiu em decorrência dos maus resultados na primeira divisão, quando o Sanfrecce escapou do rebaixamento nas últimas rodadas.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É pai de Shohei e Keigo Moriyasu, que também são jogadores de futebol. Seu irmão mais novo, Hiroshi Moriyasu, foi também atleta profissional, no entanto sem o mesmo destaque.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Sanfrecce Hiroshima
Japão

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Japan National Football Team Database
  2. 森保一 新監督就任のお知らせ (em japonês). Sanfrecce Hiroshima FC Official Web Site. 8 de dezembro de 2011. Consultado em 8 de dezembro de 2011