Osmar Donizete Cândido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Donizete
Donizete
Informações pessoais
Nome completo Osmar Donizete Cândido
Data de nasc. 24 de outubro de 1968 (48 anos)
Local de nasc. Prados (MG),  Brasil
Altura 1,80 m
Apelido Pantera
Informações profissionais
Clube atual Sport Linharense
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1987-1988
1988-1989
1989-1990
1991-1995
1995
1996
1996-1997
1997
1997
1998-2000
2000
2000-2001
2001-2002
2002
2003
2004-2005
2005
2006
2016-
Brasil Volta Redonda
Brasil São José-SP
Brasil Botafogo
México UAG
Brasil Botafogo
Japão Verdy Kawasaki
Portugal Benfica
Brasil Corinthians
Brasil Cruzeiro
Brasil Vasco da Gama
México Tigres
Brasil Botafogo
Brasil Palmeiras
México UAG
Brasil Vasco da Gama
México UAG
Brasil Macaé
Brasil Londrina
Brasil Sport Linharense
0 (0)
0 (0)
15 (1)
183 (39)
24 (6)
14 (6)
16 (7)
52 (15)
0 (0)
30 (8)
11 (0)
17 (3)
6 (1)
18 (3)
15 (3)
8 (0)
0 (0)

1 (0)
Seleção nacional
1995-1998 Brasil Brasil 9 (2)

Osmar Donizete Cândido, o Donizete Pantera (Prados, 24 de outubro de 1968), é um futebolista brasileiro que atua como atacante no Sport Club Linharense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Carreira por clubes[editar | editar código-fonte]

Seu ponto forte era a velocidade e a finalização. Durante toda a sua carreira, recebeu o apelido de Pantera, por imitar os passos do animal ao comemorar os seus gols.

Revelado pelo Volta Redonda, Donizete ficou famoso jogando pelo Botafogo, onde chegou à Seleção Brasileira e foi campeão brasileiro, em 1995. Formou ao lado de Túlio Maravilha, no alvinegro carioca, uma das mais efetivas duplas de ataque do futebol brasileiro. Foi para o Vasco da Gama e lá foi campeão continental na Copa Libertadores.

Em 1997, Donizete foi contratado pelo Cruzeiro para disputar apenas uma partida, a final da Copa Toyota Intercontinental no Japão, onde o adversário seria o Borussia Dortmund da Alemanha. Donizete, junto com outros jogadores renomados no cenário esportivo nacional, como Bebeto e Gonçalves (Ex-companheiro do Pantera no Botafogo), não renderam absolutamente nada no frio de 5º do Japão. Conclusão: o Cruzeiro foi derrotado por 2 X 0 e ficou com o vice campeonato mundial.

Também jogou no México, pelo Tecos, onde também foi campeão nacional. Em final de carreira, regressou ao Vasco, mas pouco jogou pelo time cruzmaltino, chegando a dizer em entrevista que havia perdido a vontade de continuar atuando profissionalmente. Ainda assim, se aventurou na Segunda Divisão do Campeonato Carioca, atuando pelo Macaé Esporte, na tentativa fracassada de levar o clube da Região Norte do Rio de Janeiro para a Primeira Divisão do Campeonato Carioca de Futebol. Depois disto, o Pantera anunciou que sua carreira estava encerrada.

No entanto, Donizete recebeu proposta para disputar algumas partidas pelo Londrina, e o convite foi aceito. Depois do contrato com a equipe paranense ter se encerrado, o Pantera anunciou pela segunda vez o encerramento da carreira, aos 38 anos.

Em 2016, aos 47 anos, assinou com o Sport Club Linharense para a disputa do Campeonato Capixaba.[1] Donizete estreia na derrota do Sport para o Rio Branco por 1 a 0 em jogo conturbado com gol aos 58 minutos do segundo tempo.[2]

Passagem pela Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Donizete atuou pela Seleção Brasileira entre 1995 e 1998, participando em nove partidas e marcando dois gols. Vivendo grande fase no Vasco, o atacante era cogitado para defender o Brasil na Copa de 1998, sendo inclusive convocado para atuar na Copa Ouro do mesmo ano. Na convocação final para o Mundial da França, ele acabou preterido.

Com o corte de Romário, o Pantera tinha chances de ser convocado, entretanto o técnico Zagallo preferiu chamar o volante Emerson. Desta forma, a carreira internacional de Donizete acabava de forma prematura (foram apenas três anos vestindo a camisa da Seleção Brasileira).

Títulos[editar | editar código-fonte]

Por clubes[editar | editar código-fonte]

Pelo Botafogo
Pelo UAG Tecos
Pelo Tokyo Verdy (à época, Verdy Kawasaki)
Pelo Corinthians
Pelo Vasco da Gama

Títulos pessoais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Pantera no Tigre! Donizete interrompe aposentadoria e acerta com o Sport-ES». globoesporte.com. 26 de fevereiro de 2016. Consultado em 1º de março de 2016 
  2. «Em jogo dramático, Rio Branco vence Sport-ES e garante vaga no hexagonal». globoesporte.com. 9 de março de 2016. Consultado em 9 de março de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um futebolista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.