Fabrício Eduardo da Silva Alves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fabrício Eduardo
Informações pessoais
Nome completo Fabrício Eduardo da Silva Alves
Data de nasc. 13 de agosto de 1976 (41 anos)
Local de nasc. Campos, RJ,  Brasil
Altura 1,77 m
Apelido Fabrício Eduardo
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Volante
Clubes de juventude
1991
19921994
Rio de Janeiro Goytacaz
Rio de Janeiro Vasco da Gama
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19941999
20002001
20022003
2004
2005
2006
2006
2007
Brasil Vasco da Gama
Brasil Náutico
Paraguai Libertad
Brasil America
Brasil Americano
Brasil Remo
Brasil Treze
Brasil Casemiro de Abreu
118 (0)




1 (0)

Seleção nacional
1993 Brasil Brasil Sub 17

Fabrício Eduardo da Silva Alves, ou apenas Fabrício Eduardo (Campos, 13 de agosto de 1976) é um ex-futebolista brasileiro, que atuava como volante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Mais um caso de jogador que passa anos anos na equipe do Vasco da Gama, seja de base ou principal, conquista títulos mas nunca se firma entre os titulares. Fabrício Eduardo começou a aparecer no Vasco em 1994, mas apenas compondo elenco e disputando jogos pelo Expressinho. Em 1996 teve sua grande oportunidade, mas o time era fraco e quase foi rebaixado no Campeonato Brasileiro. Em 1997, com a chegada de Nasa, acabou perdendo espaço, e logo depois com as chegadas de Amaral, Paulo Miranda e Jorginho, praticamente sumiu do clube. Deixou o clube de São Januário em definitivo após a temporada de 1999. Depois passou por Náutico, Libertad, America, Americano, Remo, XIII de Campina Grande e Casemiro de Abreu, onde encerrou a carreira em 2007. Desiludido com o futebol, encerrou a carreira e começou a trabalhar como camelô.[1]

Prisão[editar | editar código-fonte]

Em 14 de outubro de 2011, o ex-jogador de futebol foi preso por ter vendido DVDs piratas. De acordo com os agentes, foram apreendidas diversas mídias piratas de jogos de videogame e programas de computador. Ele e Rafael dos Reis responderão por violação de direito autoral, que prevê um a quatro anos de prisão.[2]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]