Casimiro de Abreu Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Casimiro de Abreu
Casimiro de Abreu Esporte Clube.png
Nome Casimiro de Abreu Esporte Clube
Mascote Poetinha
Fundação 30 de maio de 1975 (42 anos)
Estádio Ubyrajara de Almeida Reis
Capacidade 1000
Presidente Brasil Joelson Daudt
Material (d)esportivo Brasil WA Sports
Competição Rio de Janeiro Campeonato Carioca
Website http://www.casimirodeabreuec.com.br
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Casimiro de Abreu Esporte Clube é uma agremiação esportiva da cidade de Casimiro de Abreu, no estado do Rio de Janeiro, fundada a 30 de maio de 1975.

Equipe profissional do Casimiro de Abreu em 2007. Foto de Paulo Roberto Rodrigues

História[editar | editar código-fonte]

Estréia em 2000 no Campeonato Estadual da Quarta Divisão (Série A-3) de Profissionais do Rio de Janeiro, se sagrando campeão da competição. O vice foi o União Central Futebol Clube. No mesmo ano se sagra vice-campeão da Copa Rio ao perder o título para a Associação Atlética Portuguesa.

Em 2001, é convidado a disputar o Módulo Extra, Série A-2, correspondente à Segunda Divisão, em uma fase preliminar. Fica em terceiro lugar em seu grupo, se classificando para a seguinte. Na segunda fase acaba eliminado da competição ao ficar em último lugar na sua chave, e por isso é rebaixado de divisão.

Em 2002, disputa a Terceira Divisão, sendo o campeão da competição. Na primeira fase é o líder do seu grupo, se classificando juntamente com o Esporte Clube Costeira. Na segunda fase se classifica novamente em primeiro superando Sport Club União de Marechal Hermes e Unidos do IV Centenário Futebol Clube, chegando finalmente à final contra o Artsul Futebol Clube, o qual vence em dois jogos.

Jogadores profissionais do Casimiro de Abreu em 2007. Foto de Paulo Roberto Rodrigues

Em 2003, disputa a Segunda Divisão. Fica em quarto em seu grupo na primeira fase e é precocemente eliminado da competição.

Em 2004, a campanha é ainda pior. O clube fica na última posição em sua chave na primeira fase do certame, sendo logo eliminado, mas permanece na mesma divisão.

Em 2005, se licencia das competições de âmbito profissional. Volta em 2006 na Segunda Divisão, ficando em sétimo lugar, penúltimo em sua chave, não se classificando para a fase seguinte da competição, superando apenas o Teresópolis Futebol Clube, que acaba rebaixado.

Em 2007, na Segunda Divisão, fica em último na sua chave, na primeira fase da competição. Acaba disputando uma espécie de torneio da morte ou requalificação com outros clubes para permanecer na mesma divisão. Conseguem se salvar o Profute Futebol Clube e o Artsul Futebol Clube. Casimiro de Abreu e Rubro Social Esporte Clube caem para a Terceira Divisão.

Em 2008, se licencia das competições de âmbito profissional, feito que repete no ano seguinte.

Suas cores oficiais são amarelo, azul e vermelho, as mesmas da bandeira do município. Seu estádio, batizado de Ubyrajara de Almeida Reis, em homenagem a um dos fundadores do clube, tem capacidade para cerca de 5.000 pessoas, de acordo com a disposição das arquibancadas tubulares.

Seu mascote é o Poetinha, em alusão ao famoso poeta que empresta seu nome ao time e a cidade. Atualmente encontra-se licenciado da disputa da Terceira Divisão de Profissionais do Campeonato Carioca, mantendo em atividade apenas seus quadros amadores e divisões de base.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Destaques[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]