Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro
Logotipo oficial.
Tipo Desportiva
Fundação 29 de setembro de 1978 (43 anos)
Sede Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro,  Brasil
Presidente Rubens Lopes
Sítio oficial www.fferj.com.br

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) é a entidade máxima do futebol do estado do Rio de Janeiro, é responsável pela organização de campeonatos de futebol em todo o estado.

História[editar | editar código-fonte]

Rubens Lopes, o atual presidente.

A FERJ organiza os campeonatos da primeira, segunda, terceira, quarta é quinta Divisões de profissionais, hoje denominadas respectivamente Séries A, A2, B1, B2 e Série C além das categorias de juniores Sub-20, juvenil Sub-17, infantil Sub-15, Campeonato Estadual Feminino (adulto, sub-20 e sub-16), Campeonato Carioca de Futebol Amador da Capital (juniores Sub-20, juvenil Sub-17 e infantil Sub-15), Torneio de Futebol Sub-20, Torneio Otávio Pinto Guimarães, Campeonato das Ligas Municipais (adulto, juvenil Sub-17), o Campeonato Metropolitano Carioca de Futebol (Sub-11, 12, 13 e 14) e a Copa Rio, disputada por equipes de todas as divisões que não estejam classificadas para torneios nacionais. Ao vencedor da Copa Rio garante-se uma vaga na Copa do Brasil e, ao 2.º colocado, uma vaga no Campeonato Brasileiro de Futebol - Série D.

O nome FERJ tem origem histórica. É fruto da fusão entre as antigas Federação Carioca de Futebol, do extinto Estado da Guanabara, e da Federação Fluminense de Futebol, do Estado do Rio de Janeiro pré-fusão, ocorrida em 1978, três anos depois da fusão entre os estados, em março de 1975. A entidade enfrentou problemas em relação ao termo fluminense, não aceito pelos cariocas. A fusão foi instituída pelo governo brasileiro sem referendo popular e a maioria da população era contrária à mesma. Dessa forma, optou-se por um nome mais sutil.

Oficialmente, os campeonatos organizados pela FERJ são chamados em seus estatutos como "Campeonatos Estaduais" — embora sejam popularmente chamados de "Campeonatos Cariocas", graças à predominância da identidade carioca da mesma, fruto da grande visibilidade do antigo Campeonato da Guanabara em contraste com a pouca expressão nacional do Campeonato Fluminense.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Período
Octávio Pinto Guimarães 1978–1985
Eduardo Viana 1985–2006
Rubens Lopes da Costa Filho 2006–atual

Entidades antecessoras[editar | editar código-fonte]

Período Distrito Federal / Estado da Guanabara Antigo Estado do Rio de Janeiro
1906 Liga Metropolitana de Football
1907–1911 Liga Metropolitana de Sports Athleticos
1912 Liga Metropolitana de Sports Athleticos
Associação de Football do Rio de Janeiro (registrada em cartório tornando-se oficial, pois não havia órgão centralizador de football, a FBS/CBD (atual CBF) só foi fundada em 1914)
1913–1914 Liga Metropolitana de Sports Athleticos após fusão da AFRJ com LMSA
1915–1916 Liga Metropolitana de Sports Athleticos Liga Sportiva Fluminense
1917–1918 Liga Metropolitana de Desportos Terrestres Liga Sportiva Fluminense
Associação Fluminense de Desportos Terrestres (dissidentes)
1919–1923 Liga Metropolitana de Desportos Terrestres Liga Sportiva Fluminense
1924 Liga Metropolitana de Desportos Terrestres
Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (dissidentes)
Liga Sportiva Fluminense
1925 Liga Metropolitana de Desportos Terrestres
Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (dissidentes)
Liga Sportiva Fluminense
Associação Fluminense de Esportes Athleticos (dissidentes)
1926 Liga Metropolitana de Desportos Terrestres
Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (dissidentes)
Federação Fluminense de Desportos
Associação Fluminense de Esportes Athleticos (dissidentes)
1927–1932 Liga Metropolitana de Desportos Terrestres
Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (dissidentes)
Associação Fluminense de Esportes Athleticos
1933–1934 Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (amadora)
Liga Carioca de Football (dissidentes sem vínculo com a CBD/CBF) (profissional)
Associação Fluminense de Esportes Athleticos (amadora)
Federação Fluminense de Esportes (profissional)
1935–1936 Federação Metropolitana de Desportos (profissional)
Liga Carioca de Football (dissidentes sem vínculo com a CBD/CBF)) (profissional)
Associação Fluminense de Esportes Athleticos (amadora)
Federação Fluminense de Esportes (profissional)
1937–1940 Liga de Football do Rio de Janeiro Associação Fluminense de Esportes Athleticos (amadora)
Federação Fluminense de Esportes (profissional)
1941–1959 Federação Metropolitana de Futebol Federação Fluminense de Desportos
1960–1978 Federação Carioca de Futebol Federação Fluminense de Desportos

Competições organizadas[editar | editar código-fonte]

Futebol masculino[editar | editar código-fonte]

Competição Edição atual Última edição Atual campeão
Campeonato Carioca - Série A 2022 2021 Flamengo (37º título)
Campeonato Carioca - Série A2 2021 Audax Rio (1° título)
Campeonato Carioca - Série B1 2021 Olaria (1º título)
Campeonato Carioca - Série B2 2021 Paduano (1º título)
Campeonato Carioca - Série C 2021 Paduano (1º título)
Copa Rio 2021 Pérolas Negras (1° título)

Futebol feminino[editar | editar código-fonte]

Competição Edição atual Última edição Atual campeão
Campeonato Carioca Feminino - 2021 Flamengo (6º título)

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

Competição Edição atual Última edição Atual campeão
Campeonato Carioca Sub-20 - Série A - 2021 Fluminense (18º título)
Campeonato Carioca Sub-20 - Série B1 - 2021 Pérolas Negras (1º título)
Campeonato Carioca Sub-20 - Série B2 - 2021 Maricá (4º título)
Campeonato Carioca Sub-20 - Série C 2021 Ceres (1º título)
Torneio OPG Sub-20 2021 Botafogo (7º título)
Campeonato Carioca Sub-17 - Série A - 2021 Vasco da Gama (8°título)
Campeonato Carioca Sub-17 - Série B - 2021 Maricá (1º título)
Campeonato Carioca Sub-17 - Série C 2021 CAAC Brasil (1º título)
Campeonato Carioca Feminino Sub-17 2017 Vasco da Gama (4º título)
Guilherme Embry Sub-16 2019 Fluminense(5º título)
Campeonato Carioca Sub-15 - Série A - 2021 Botafogo (8º título)
Campeonato Carioca Sub-15 - Série B 2021 Serrano (1º título)
Campeonato Carioca Sub-15 - Série C 2019 São José-RJ (1º título)
Copa Dente de Leite de 2020 Sub 06 2020
Copa Dente de Leite de 2020 Sub 07 2020 2019 Fluminense (1º título)
Copa Dente de Leite de 2020 Sub 08 2020
Copa Dente de Leite de 2020 Sub 09 2020 2019 Fluminense (1º título)
Copa Dente de Leite de 2020 Sub 10 2020 2019 Flamengo (1º título)

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

Ranking dos clubes[editar | editar código-fonte]

Este é o ranking da CBF para os clubes das séries A e A2 do Estadual:[1][2]

Pos. Clube Pontos Carioca
de 2022
Brasileiro
de 2022
Flamengo 17 054 Série A Série A
Fluminense 11 110 Série A Série A
18º Botafogo 8 376 Série A Série A
19º Vasco da Gama 8 206 Série A Série B
53º Volta Redonda 2 193 Série A Série C
73º Boavista-RJ 1 183 Série A
110º Bangu 570 Série A
113º Madureira 512 Série A
122º Portuguesa-RJ 414 Série A Série D
167º Macaé 214 Série A2
170º Cabofriense 204 Série A
185º Itaboraí[nota 1] 153 Série A2
196º Americano 147 Série B2
197º Nova Iguaçu 132 Série A Série D
238º Friburguense 15 Série A2
Resende Série A
America Série A2
Sampaio Corrêa-RJ Série A2
Pérolas Negras Série A2 Série D

Ranking das federações[editar | editar código-fonte]

Este é o ranking da CBF para a FERJ:[3]

Pos. Pontos
50 134

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. Mesmo não participando das séries A e A2, o Itaboraí aparece na lista por ter pontuação é posição no ranking da CBF.

Referências

  1. «Flamengo é o líder do Ranking Nacional de Clubes 2021 da CBF». Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 1 de março de 2021. Consultado em 3 de março de 2021 
  2. «Ranking Nacional de Clubes 2021» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 1 de março de 2021. Consultado em 3 de março de 2021 
  3. «Ranking Nacional das Federações 2021» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 1 de março de 2021. Consultado em 3 de março de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]