Futebol do Acre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O futebol do Acre é dirigido pela Federação de Futebol do Estado do Acre. A sua principal competição profissional é o Campeonato Acriano de Futebol.[1]

Os maiores clubes do futebol acriano reconhecidos nacionalmente são o Rio Branco, o Atlético Acreano, o Juventus, e o Independência, ambos times de Rio Branco.[2] Os três ja conquistaram o Campeonato Acriano 80 vezes. Sendo assim, foi contabilizado 47, 8, 14 e 11 títulos para cada equipe, respectivamente.[3]

O quinto grande clube de tradição no Acre é o Vasco da Gama que tem quatro conquistas estaduais

Estádios[editar | editar código-fonte]

O principal estádio de futebol no Acre é a Arena da Floresta. A Arena da Floresta foi inaugurada em 17 de dezembro de 2006 com uma partida entre o Rio Branco e a Seleção Brasileira de Futebol Sub-20, e desde então é o principal palco para os principais jogos do Campeonato Acriano e para as partidas dos clubes acrianos, especialmente os da capital, em competições regionais e nacionais. No entanto, os estadios do interior vêm despontando em importância novamente dado o volume de investimentos em reformas realizadas pelo governo estadual. São eles:

Competições[editar | editar código-fonte]

Campeonato Acriano Série A

Ver artigo principal: Campeonato Acriano de Futebol

Campeonato Acriano Série B

Ver artigo principal: Campeonato Acriano de Futebol - Segunda Divisão

Ver também[editar | editar código-fonte]

Lista de estádios de futebol do Acre

Lista de clubes de futebol do Acre

Referências

  1. Dia, Portal O. «Divulgada tabela completa do Campeonato Acreano 2019; jogos aos domingos, quartas e quintas - Campeonato Brasileiro». Portal O Dia. Consultado em 26 de julho de 2019 
  2. E-mail, Jairo Barbosa- (1 de abril de 2018). «Cheio de rivalidade, clássico Rio Branco x Atlético decide returno na Arena». Ac24Horas - Portal de notícias do Acre. Consultado em 26 de julho de 2019 
  3. «ACREANO: Rio Branco goleia Galvez e volta a ser campeão depois de dois anos». Futebol Interior. Consultado em 26 de julho de 2019