Futebol de Santa Catarina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O futebol de Santa Catarina é organizado profissionalmente pela Federação Catarinense de Futebol, responsável pelo campeonato do estado e as demais competições. O primeiro clube esportivo com prática de futebol a ser fundado em Santa Catarina foi a Sociedade Esportiva e Recreativa Operários Mafrenses, em 12 de setembro de 1897[1], enquanto o primeiro campeonato a ser disputado foi o do ano de 1924 — à época foi realizado como campeonato citadino da capital Florianópolis, com a FCF posteriormente homologando-o primeiro estadual[carece de fontes?].

Os clubes catarinenses amealham 6 títulos nacionais, sendo o primeiro a Copa do Brasil de Futebol de 1991, além da internacional Copa Sul-Americana de 2016, esta última terminada de modo excepcional após o voo LaMia 2933, o maior desastre aéreo na história do futebol.[2] O maior estádio em território catarinense com prática de futebol é Arena Joinville, localizado na cidade mais populosa do estado.[3] Quanto aos jogadores de futebol, Filipe Luís Kasmirski nasceu em Jaraguá do Sul e foi o último atleta catarinense a ser convocado para uma Copa do Mundo; no caso, para a edição de 2018.

Arena Joinville sendo utilizada pelo Joinville E.C. para recepcionar o Avaí em partida válida pelo campeonato nacional de 2015 — a edição deste ano marcou o recorde de 4 clubes catarinenses disputantes na primeira divisão sob pontos corridos (Chapecoense e Figueirense também competiram)

Maiores campeões estaduais[editar | editar código-fonte]

Demais competições

Melhores campanhas nacionais[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro de Futebol - Série A (1ª divisão da pirâmide)[editar | editar código-fonte]

Maior ininterrupção de participações
  • 7 temporadas completas pelo Figueirense, tendo ascendido para a edição de 2002 até ser rebaixado em 2008

Demais divisões[editar | editar código-fonte]

Copa do Brasil de Futebol[editar | editar código-fonte]

  • Criciúma, 1º em 1991, apurando-se para a Copa Libertadores da América do ano seguinte, o que configurou a primeira classificação de uma equipe catarinense à principal competição interclube da América do Sul
    • Vice-campeonato: 2007 (Figueirense)

Melhores campanhas internacionais[editar | editar código-fonte]

Ranking da CBF em 2018[editar | editar código-fonte]


Posições dos clubes catarinenses[7]
# Clube Pontos Nacional
disputado
14º Bandeira de Chapecó.JPG Chapecoense 9 010 A
19º Bandeira de Florianópolis.svg Figueirense 7 555 B
23º Bandeira de Florianópolis.svg Avaí 6 429 B
29º BandeiraCriciuma.svg Criciúma 5 164 B
30º BandeiraJoinville.svg Joinville 4 805 C
85º Flag of Blumenau.svg Metropolitano 797
89º Bandeira de Lages.png E.C. Internacional 748 D
108º Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg Brusque 599 D
186º Bandeira Palhoça.png Guarani de Palhoça 102
200º Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Marcílio Dias 55

Referências

  1. «500 times do Brasil». Editora Abril. Placar Especial (nº 1263): 93. Outubro de 2003 
  2. O Sol Diário (29 de novembro de 2016). «Acidente da Chapecoense é o maior desastre aéreo na história do futebol». O Sol Diário. Consultado em 11 de agosto de 2018 
  3. «Ampliação da Arena Joinville é uma incógnita». A Notícia. 6 de junho de 2014. Consultado em 11 de agosto de 2018 
  4. «Campeonato Catarinense 2018: Figueirense triunfa e garante o título». R7. 9 de abril de 2018. Consultado em 11 de agosto de 2018 
  5. a b c «Campeões e Vice-Campeões do Futebol Catarinense». FCF. Consultado em 11 de agosto de 2018 
  6. «RNF - Ranking Nacional das Federações 2018» (PDF). CBF. Consultado em 16 de agosto de 2018 
  7. «RNC - Ranking Nacional dos Clubes 2018» (PDF). CBF. Consultado em 16 de agosto de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.