Caçador Atlético Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde junho de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Caçador
CaçadorAC.jpg
Nome Caçador Atlético Clube
Alcunhas Tricolor do Contestado
Mascote Caçador
Fundação 25 de junho de 2003 (14 anos)
Estádio Carlos Alberto Costa Neves
Capacidade 6.500 pessoas
Localização Brasao Cacador.svgCaçador Santa CatarinaSC BrasilBrasil
Presidente Brasil Denilson Araújo
Treinador Brasil Julio Cesar Esquitini
Competição Santa Catarina Campeonato Catarinense
Santa Catarina C 2018 À disputar
Santa Catarina C 2017 5º colocado
Santa Catarina C 2016 Não disputou
Website Caçador Atlético Clube
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

O Caçador Atlético Clube, mais conhecido como CAC, é um clube de futebol brasileiro sediado na cidade da Caçador em Santa Catarina. Foi fundado em 25 de junho de 2003. Disputa o Campeonato Catarinense Série C.

História.[1][editar | editar código-fonte]

Fundado em 25 de junho de 2003, por iniciativa de grupo de amigos, amantes do futebol e preocupados com as questões sociais do município, vendo que o esporte poderia contribuir em prol desta causa. Assim foi montada a primeira equipe da Associação. Com um elenco mesclando ex-profissionais e atletas amadores do município, o CAC, como é carinhosamente chamado pela torcida, iniciou sua atuação no futebol de campo, mantendo constante evolução até os dias de hoje.

Já no primeiro campeonato disputado, o Estadual de Amadores 2005, o CAC chegou a semifinal, sendo eliminado após dois jogos memoráveis contra o Gigantinho, de Chapecó. O confronto foi considerado uma final antecipada, já que o Gigantinho chegaria ao titulo naquele ano.

A partir daí, o Caçador continuou sua trajetória pelos gramados a fora. Aprendeu com as vitórias e derrotas. Agregou forças e parcerias. Investiu nas categorias de base, prioridade estabelecida desde o início, pelos seus fundadores.

E foi com a garotada que veio o primeiro título da história do Caçador Atlético Clube. Em 2007, o time Sub-15 foi campeão da Copa Bugre, em São Miguel do Oeste, competição essa que reuniu mais 20 equipes do sul do país. Posteriormente a mesma equipe alcançou o vice-campeonato catarinense, fase oeste da categoria, o mesmo ocorrendo em 2008. Já neste ano, a categoria Sub-13 se tornaria Campeão Catarinense Fase Oeste 2008.

Ainda em 2007, foi comemorado também o primeiro título pelo time principal, “A Copa Contestado”, sendo que, em março 2008, a equipe ficou com o vice-campeonato da Taça Coroado. Nesta competição 12 municípios da região estiveram na disputa. Outros momentos que merecem destaque na história do clube foram os amistosos contra grandes times do futebol brasileiro. Os jogos mobilizaram a torcida que lotou as arquibancadas para assistir aos jogos como a vitória de 3 a 0 sobre o Coritiba e 1 a 0 sobre o Paraná Clube.

Depois de bater na trave em 2011, perdendo a final para o Biguaçu, em 2012 o Caçador conquistou o título mais importante de sua história o 2012, vencendo o Jaraguá com duas vitórias por 1x0, embalado por sua torcida e seu principal líder o capitão Josué. Assim conseguindo acesso para o 2012.

No ano de 2013 a equipe faz um bom campeonato na Divisão Especial, terminando na 5º posição, por pouco não classificando para o quadrangular final do campeonato. No ano de 2014, mudou sua razão social para Caçadorense Atlético Clube com o objetivo de atrair mais patrocinadores. No Catarinense da Série B de 2014 a Caçadorense fez uma campanha muito irregular, que culminou no rebaixamento à Série C de 2015.

Após o começo regular na terceira divisão, acabou pedindo licença no meio campeonato alegando problemas financeiros. Com a desistência, a equipe só retornou ao futebol profissional em 2017. Atualmente, disputa a Série C do Campeonato Catarinense.

Estádio[editar | editar código-fonte]

Mais conhecido como Caldeirão da Baixada, o estádio Carlos Alberto Costa Neves, recebe os jogos do Caçador, o estádio abriga 6.500 mil pessoas, localizado na região central de Caçador. O estádio já recebeu jogos da extinta Caçadorense, e atualmente recebe jogos além do Caçador, também do Kindermann e jogos do campeonato amador da cidade. O estádio possui iluminação noturna o que possibilita jogos à noite. Uma presença constante no estádio é da Brigada Tricolor, torcida organizada do Caçador. Um fato curioso é que o estádio foi inundado diversas vezes, pelo fato de quando as chuvas fortes atingem a cidade, o rio que passa atrás do estádio transborda inundando o estádio.

Na temporada de 2014 o estádio Carlos Alberto Costa Neves esteve interditado. O Caçador teve que mandar seus jogos em cidades vizinhas, como Chapecó, no estádio Regional Índio Conda e Videira, no estádio Municipal Luiz Leoni.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Santa Catarina Campeonato Catarinense - Divisão de Acesso 1 2012
Amistosos
Competição Títulos Temporadas
Santa Catarina Copa Contestado 1 2008

Referências

  1. [1], texto adicional.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]