Campeonato Catarinense de Futebol de 2011 - Divisão de Acesso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campeonato Catarinense de 2011
Divisão de Acesso - Terceira Divisão
Dados
Participantes 7
Organização FCF
Anfitrião  Santa Catarina
Período 18 de setembro18 de dezembro
Gol(o)s 164
Partidas 56
Média 2,93 gol(o)s por partida
Campeão 'Biguaçu'
Vice-campeão Caçador
Melhor marcador Brasil Gima (Inter de Lages) - 11 gols
Melhor ataque (fase inicial) 23 gols:
*Biguaçu
*Caçador
Melhor defesa (fase inicial) 4 gols:
*Biguaçu
*Caçador
Maior goleada
(diferença)
Jaraguá 9 – 0 Maga
Estádio do BotafogoJaraguá do Sul
18 de setembro
Público 16 909
Média 307,4 pessoas por partida
◄◄ Santa Catarina D. Acesso 2010 Soccerball.svg D. Acesso 2012 Santa Catarina ►►

A Divisão de Acesso do Campeonato Catarinense de Futebol de 2011 foi a 8ª edição da Terceirona do Catarinense, que contou com a participação de 7 equipes neste ano, sendo realizada entre os dias 18 de setembro e 18 de dezembro. O Biguaçu sagrou-se o campeão, conquistando assim a vaga para a Divisão Especial de 2012, e o Caçador foi o vice e continuará na Divisão de Acesso no ano seguinte.[1]

Equipes Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Município Em 2010 Estádio Capacidade Títulos
Biguaçu Bandeira Biguacu SantaCatarina Brasil.svg Biguaçu --- Acácio Zêunio da Silva 1.000 ---
Caçador Bandeira Cacador.svg Caçador Carlos Alberto da Costa Neves 3.000 ---
Inter de Lages Bandeira lages.svg Lages Vidal Ramos Júnior 11.800 ---
Jaraguá Bandeira JaraguadoSul SantaCatarina Brasil.svg Jaraguá do Sul --- Estádio do Botafogo 1.000 ---
Maga Bandeira indaial.png Indaial Estádio Gigante do Vale 1.200 ---
Oeste Chapecó Arena Condá 15.000 ---
Pinheiros¹ Flag of None.svg Rodeio Hercílio Luz / Baixada 5.000 ---

¹ O Pinheiros é uma equipe da cidade de Rodeio mas que atua em Itajaí ou em Ibirama.

Regulamento[editar | editar código-fonte]

A competição é dividida em quatro fases distintas:

Turno: As equipes jogaram todas entre si em jogos de ida, com contagem corrida de pontos ganhos, classificando-se para a 3ª Fase (Quadrangular), apenas a primeira colocada, que seria considerada a campeã desta Fase (Turno).

Returno: Idêntico ao Turno, mas com os jogos de volta.

Disputaram o Quadrangular as campeãs do Turno e do Returno. Caso um clube vencesse as duas fases, a outra vaga seria dada para à equipe de melhor índice técnico, somando-se as pontuações do Turno e do Returno.

Quadrangular: Disputaram a 3ª Fase (Quadrangular) as equipes que se sagraram campeãs das 1ª e 2ªs Fases (Turno e Returno), bem como mais 2 equipes que, excluídas as campeãs das 1ª e 2ªs Fases, obtiveram os maiores números de pontos ganhos na soma do Turno e do Returno.

Final: A Final foi disputada pelas equipes que obtiveram as duas primeiras colocações na 3ª Fase (Quadrangular), que jogaram entre si em jogos de ida e volta, sendo mandante do jogo de volta (segunda partida) a equipe que obteve o maior número de pontos ganhos obtidos somente na 3ª Fase (Quadrangular).

Foi considerada vencedora da disputa a equipe que, ao final do jogo de volta (segunda partida), obteve o maior número de pontos ganhos. Se após a realização do jogo de volta (segunda partida) as equipes terminassem empatadas em número de pontos ganhos, independente do saldo de gols e dos outros índices técnicos, haveria uma prorrogação de 30 minutos, em dois tempos de 15, para se conhecer a vencedora da disputa. Caso ao final da prorrogação do jogo de volta persistir o empate, seria considerada vencedora da disputa a equipe mandante do jogo de volta (segunda partida).

Somente a equipe campeã da Divisão de Acesso do Campeonato Catarinense de Futebol de 2011, se classificada para a disputa da Divisão Especial do Campeonato Catarinense de Futebol de 2012.

Critérios de Desempate[editar | editar código-fonte]

  • Maior número de vitórias;
  • Maior saldo de gols;
  • Maior número de gols pró;
  • Confronto direto, somente no caso de empate entre duas equipes;
  • Menor número de cartões vermelhos recebidos;
  • Menor número de cartões amarelos recebidos;
  • Sorteio.[2]

Turno[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Biguaçu 13 6 4 1 1 12 1 +11 72,2
2 Caçador 11 6 3 2 1 11 1 +10 61,1
3 Inter de Lages 10 6 5 1 0 12 2 +10 55,5
4 Oeste 9 6 3 0 3 3 7 -4 50
5 Jaraguá 6 6 2 0 4 12 8 +4 50
6 Pinheiros 6 6 2 0 4 9 9 0 50
7 Maga 0 6 0 0 6 1 32 -31 0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificado ao Quadrangular semifinal.

Returno[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Caçador 15 6 5 0 1 12 3 +9 83,3
2 Biguaçu 13 6 4 1 1 11 3 +8 72,2
3 Inter de Lages 11 6 3 2 1 10 4 +6 61,1
4 Pinheiros 6 5 2 0 3 8 11 -3 40
5 Oeste 6 6 1 3 2 5 11 -6 33,3
6 Jaraguá 4 6 1 1 4 9 7 +2 22,2
7 Maga 0 6 1 0 5 5 21 -16 0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificado ao Quadrangular semifinal.

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

Jogos do Turno estão em vermelho e os jogos do Returno estão em azul.

  BIG CAÇ INT JAR MAG OES PIN
Biguaçu 1-0 0-1 1-0 5-0 3-0 3-0
Caçador 0-0 1-0 2-0 3-0 0-1 4-1
Internacional 3-2 0-0 1-0 5-1 2-0 3-1
Jaraguá 0-3 1-2 0-1 9-0 1-1 3-1
Maga 0-4 0-7 0-5 0-6 0-1 0-5
Oeste 0-0 0-2 1-1 1-0 3-2 0-2
Pinheiros 0-1 0-2 0-0 2-1 0-3* 5-0

*Placar do jogo definido por W.O.

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Biguaçu 26 12 8 2 2 23 4 +19 72,2
2 Caçador 26 12 8 2 2 23 4 +19 72,2
3 Inter de Lages 21 12 8 3 1 22 6 +16 75
4 Oeste 15 12 4 3 5 8 18 -10 45,4
5 Pinheiros 12 11 4 0 7 17 20 -3 36,3
6 Jaraguá 10 12 3 1 8 21 15 +6 27,8
7 Maga 0 12 2 0 10 6 53 -47 0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Melhor campanha.

Desempenho por Rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram a classificação geral ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14
JAR OES INT CAÇ INT CAÇ BIG

Clubes que ficaram na última posição da classificação geral (fase inicial) ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14
MAG

Quadrangular[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Biguaçu 12 6 3 3 0 15 3 +12 66,7
2 Caçador 11 6 3 2 1 9 3 +6 61,1
3 Inter de Lages 10 6 3 1 2 10 6 +4 55,6
4 Oeste 0 6 0 0 6 1 23 -22 0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificado à final.

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

Jogos do Turno estão em vermelho e os jogos do Returno estão em azul.

  BIG CAÇ INT OES
Biguaçu 1-1 1-1 3-0
Caçador 0-0 2-0 4-0
Internacional 1-3 1-0 4-0
Oeste 0-7 1-2 0-3

Desempenho por Rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram a classificação do quadrangular ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6
BIG INT BIG

Final[editar | editar código-fonte]

O time de melhor campanha no quadrangular, terá o direito do mando de campo na segunda partida da final, além da vantagem do resultado de empate ao final da prorrogação.

Primeiro jogo[editar | editar código-fonte]

11 de dezembro de 2011 Caçador 1 x 2 Biguaçu Estádio Carlos Alberto Costa Neves, Caçador
17h00
Thiago Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30' Súmula Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' Zé Neto
Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79' Rafael
Público: 1.220
Árbitro: Santa Catarina Edmundo Alves do Nascimento

Segundo jogo[editar | editar código-fonte]

18 de dezembro de 2011 Biguaçu 2 x 1 Caçador Estádio Acácio Zêunio da Silva, Biguaçu
16h00
Rafael Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Thiago Recife Gol marcado aos 95 minutos de jogo 95'
Súmula Gol marcado aos 37 minutos de jogo 37' Júnior Gaúcho Público: 333
Árbitro: Santa Catarina Jefferson Schmidt

Classificação[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG PRO
1 Biguaçu 6 2 2 0 0 4 2 +2 -
2 Caçador 0 2 0 0 2 2 4 -2 -
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols; PRO - Gols na Prorrogação
Campeão Catarinense de 2011 da Divisão de Acesso e Classificado à Divisão Especial de 2012.

Campeão geral[editar | editar código-fonte]

Campeonato Catarinense de 2011 - Divisão de Acesso
Brasao Biguacu SantaCatarina Brasil.svg

Biguaçu
1º Título

Principais Artilheiros[3][editar | editar código-fonte]

Gols Jogador Clube
11 Brasil Gima Inter de Lages
9 Brasil Zamorano Jaraguá
7 Brasil Bruno Inter de Lages
Brasil Renan Biguaçu
6 Brasil Zé Neto Biguaçu
5 Brasil Rafael Biguaçu
Brasil Sadan Caçador
4 Brasil Carlos Caçador
Brasil Felipe Caçador
Brasil Linha Caçador
Brasil Hedipo Caçador
Brasil Thiago Recife Biguaçu
Brasil Tiaguinho Pinheiros
3 Brasil Diego Pinheiros
Brasil Douglas Inter de Lages
Brasil Fabricio Pinheiros
Brasil Geraldinho Jaraguá
Brasil Jean Biguaçu
Brasil Júnior Gaúcho Caçador
Brasil Thiago Caçador
2 Brasil Arley Biguaçu
Brasil Berlanda Inter de Lages
Brasil Fabio Braun Jaraguá
Brasil Caçador
Brasil John Lenon Biguaçu
Brasil Josué Caçador
Brasil Manoel Jaraguá
Brasil Ricardo Inter de Lages
Brasil Roger Oeste
Brasil Ronan Pinheiros
Brasil Rodrigo Mathias Biguaçu
Brasil Santos Biguaçu
Brasil Zé Vitor Jaraguá

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 8 de dezembro às 17:59 UTC-3

Público* Mandante Placar Visitante Estádio Data
1 1.802 Inter de Lages 3–1 Pinheiros Estádio Vidal Ramos Júnior 6 de outubro
2 1.538 Inter de Lages 5–1 Maga Estádio Vidal Ramos Júnior 9 de outubro
3 1.338 Inter de Lages 0–0 Caçador Estádio Vidal Ramos Júnior 22 de setembro
4 1.332 Inter de Lages 2–0 Oeste Estádio Vidal Ramos Júnior 2 de outubro
5 1.281 Inter de Lages 1–3 Biguaçu Estádio Vidal Ramos Júnior 5 de dezembro

*Considera-se apenas o público pagante.

Obs.:O critério de desempate é o jogo de data anterior.

Média de público[editar | editar código-fonte]

Essas são as médias de público do Campeonato. Considera-se apenas os jogos da equipe como mandante:

Média* Mandante Jogos
1 1.131,7 Lages Inter de Lages 9
2 482,8 Caçador Caçador 10
3 115,7 Jaraguá do Sul Jaraguá 6
4 83,7 Biguaçu Biguaçu 10
5 33,9 Oeste 9
6 7,6 Rodeio Pinheiros 5**
7 3,7 Indaial Maga 6

*Considera-se apenas o público pagante.

**O Pinheiros teve um jogo declarado W.O. em seus domínios, por isso foi considerado um jogo a menos.

Trivias[editar | editar código-fonte]

  • Apesar de ter atuado em sua primeira partida em casa na Arena Condá, o Oeste não obteve, por parte da Prefeitura Municipal de Chapecó, a liberação para continuar a mandar os seus jogos no estádio. Com isso, o time teve como sua nova casa o Estádio Oscar Rodrigues da Nova na cidade de Joaçaba, distante 156 km de Chapecó.[9] Somente na primeira rodada do returno, o Oeste pode voltar a mandar os seus jogos novamente em Chapecó.[10]
  • Na segunda rodada do Returno da competição, ocorre o primeiro W.O. do campeonato. Devido ao Pinheiros não ter informado à Federação um estádio aonde ocorreria o jogo contra o Maga no dia 15 de outubro, o jogo foi cancelado e o time de Indaial declarado vencedor pelo placar de 3 a 0. Foram os primeiros pontos do Maga no campeonato.[12]
  • No dia 29 de outubro às 16 horas, Pinheiros e Inter de Lages se enfrentariam pela sexta rodada do returno da Divisão de Acesso no Estádio do Botafogo em Jaraguá do Sul. A partida iniciou com 20 minutos de atraso, pois a ambulância e a Polícia Militar não haviam chegado ao local da partida. Transcorridos 10 minutos do primeiro tempo do jogo, a ambulância do corpo de bombeiros teve que se ausentar para atender uma ocorrência na cidade. Com isso a partida foi paralisada, o árbitro do jogo Clodoaldo Jusviack aguardou por 30 minutos e decidiu finalizar a partida, já que a ambulância não tinha previsão de retorno.[13][14] Após este ocorrido, a Federação programou a continuação da partida para o dia 9 de novembro às 16 horas no mesmo local,[15] mas voltou atrás dias após e decidiu não realizar a continuação da partida. O caso foi julgado no Tribunal de Justiça Desportiva e ficou decidido que o Inter de Lages ganharia 1 ponto pelo empate e o Pinheiros perderia 3 pontos e teria que pagar uma multa de R$ 500, o que acarretou na eliminação do time de Rodeio e na consequente classificação do Oeste.[16]
  • O Inter de Lages que já havia sido o campeão do Turno da competição, teve uma punição decretada pela escalação dos atletas Gilmar Knecht e Adilson Alves de forma irregular na primeira rodada no jogo contra o Biguaçu, em 18 de setembro. Com isso, o time de Lages perdeu 6 pontos e teve uma multa aplicada no valor de R$ 1.000.[16]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Divisão de Acesso de 2010
Terceiro escalão do futebol catarinense
2011
Sucedido por
Divisão de Acesso de 2012