Campeonato Catarinense de Futebol de 2012 - Divisão Principal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Catarinense de 2012
Divisão Principal de 2012
Bandeira de Santa Catarina.svg
Dados
Participantes 10
Anfitrião  Santa Catarina
Período 21 de janeiro13 de maio
Gol(o)s 323
Partidas 96
Média 3,36 gol(o)s por partida
Campeão Florianópolis Avaí
Vice-campeão Florianópolis Figueirense
Rebaixado(s) Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Marcílio Dias
Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg Brusque
Melhor marcador 14 gols:
Melhor ataque (fase inicial) Florianópolis Figueirense – 56 gols
Melhor defesa (fase inicial) Florianópolis Avaí – 23 gols
Maior goleada
(diferença)
Criciúma BandeiraCriciuma.svg 7–0 Bandeira Camboriu SantaCatarina Brasil.svg Camboriú
Heriberto HülseCriciúma
18 de março de 2012
Público 385 172
Média 4 012,2 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador
(FCF)
Cléber Santana (Avaí)
Melhor treinador
(FCF)
Hemerson Maria (Avaí)
Melhor árbitro
(FCF)
P.H. de Godoy Bezerra
◄◄ Santa Catarina D. Principal 2011 Soccerball.svg D. Principal 2013 Santa Catarina ►►

O Campeonato Catarinense de Futebol da Divisão Principal de 2012 foi a 89ª edição da principal divisão do futebol catarinense. A disputa ocorreu entre 22 de janeiro e 25 de maio, com 10 clubes participantes e foi organizada pela Federação Catarinense de Futebol. O Avaí foi o campeão após vencer as duas partidas finais contra o Figueirense, totalizando o placar de 5 a 1.[1]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Os dez participantes jogam todos contra todos, em turno único. A equipe que mais somar pontos será considerada campeã desta fase e estará automaticamente classificada para as Semifinais.

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

Os dez participantes jogam todos contra todos, em turno único, mas com o mando de campo invertido em relação ao turno. A equipe que mais somar pontos será considerada campeã desta fase e estará automaticamente classificada para as Semifinais.

Semifinal[editar | editar código-fonte]

Será disputada pelos vencedores do Turno e do Returno, além dos 2 (dois) times que, considerando-se a soma dos pontos dos dois turnos fizerem as melhores campanhas do certame. Caso uma equipe vença os dois turnos, as semifinais serão compostas, além da campeã dos dois turnos, pelas 3(três) melhores equipes no índice técnico.

Nesta fase é classificada à final a equipe que, ao final da partida de volta, obtiver o maior número de pontos ganhos nas duas partidas da semifinal. Caso houver um empate, será considerado o saldo de gols. Caso ainda houver o empate, é considerada vencedora a equipe que realizar a segunda partida em casa.

Final[editar | editar código-fonte]

A final será disputada em duas partidas envolvendo os vencedores das semifinais. O clube de melhor campanha terá direito a mando de campo no segundo jogo.

É considerada vencedora da disputa a equipe que, ao final da partida de volta, obtiver o maior número de pontos ganhos nas duas partidas da semifinal. Caso houver um empate, será considerado o saldo de gols. Caso ainda houver o empate, o vencedor é conhecido após uma disputa de pênaltis.

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Caso haja empate de pontos entre dois clubes, os critérios de desempates serão aplicados na seguinte ordem:

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Confronto direto
  5. Número de cartoes vermelhos
  6. Número de cartoes amarelos
  7. Sorteio

Rebaixamento[editar | editar código-fonte]

Os dois últimos clubes na classificação geral, são os rebaixados para a Divisão Especial de 2013 (equivalente a segunda divisão de Santa Catarina).

Equipes participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Em 2011 Estádio Capacidade Títulos (mais recente)
Atlético de Ibirama Bandeira Ibirama SantaCatarina Brasil.jpg Ibirama 2º (Divisão Especial) Baixada 6.000 0 (não possui)
Avaí Bandeira de Florianópolis.svg Florianópolis 4º (Divisão Principal) Ressacada 17.800 15 (2010)
Brusque Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg Brusque 6º (Divisão Principal) Augusto Bauer 5.000 1 (1992)
Camboriú Bandeira Camboriu SantaCatarina Brasil.svg Camboriú 1º (Divisão Especial) Robertão 3.500 0 (não possui)
Chapecoense Bandeira de Chapecó.JPG Chapecó 1º (Divisão Principal) Arena Condá 15.000 4 (2011)
Criciúma BandeiraCriciuma.svg Criciúma 2º (Divisão Principal) Heriberto Hülse 22.000 9 (2005)
Figueirense Bandeira de Florianópolis.svg Florianópolis 3º (Divisão Principal) Orlando Scarpelli 19.069 15 (2008)
Joinville Bandeira joinville.png Joinville 5º (Divisão Principal) Arena Joinville 22.400 12 (2001)
Marcílio Dias Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Itajaí 8º (Divisão Principal) Hercílio Luz 12.500 1 (1963)
Metropolitano Blumenau bandeira.jpg Blumenau 7º (Divisão Principal) Monumental do Sesi 6.000 0 (não possui)

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Figueirense 20 9 6 2 1 27 12 15 74,0
2 Chapecoense 18 9 5 3 1 14 9 5 66,6
3 Metropolitano 16 9 5 1 3 16 13 3 59,2
4 Avaí 15 9 5 0 4 14 11 3 55,5
5 Atlético Ibirama 14 9 4 2 3 16 13 3 51,8
6 Joinville 12 9 3 3 3 17 14 3 44,4
7 Criciúma 12 9 3 3 3 21 19 2 44,4
8 Camboriú 9 9 3 0 6 7 14 -7 33,3
9 Marcílio Dias 6 9 1 3 5 9 22 -13 22,2
10 Brusque 4 9 1 1 7 4 18 -14 14,8
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificação à fase semifinal do campeonato

| style="width: 50%; text-align: left; vertical-align: top;" |

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Figueirense 20 9 6 2 1 24 11 13 74,1
2 Joinville 19 9 6 1 2 21 11 10 70,4
3 Avaí 17 9 5 2 2 20 9 11 63,0
4 Criciúma 15 9 5 0 4 19 12 7 55,6
5 Chapecoense 15 9 4 3 2 18 13 5 55,6
6 Atlético Ibirama 14 9 4 2 3 18 19 -1 51,9
7 Metropolitano 13 9 4 1 4 15 18 -3 48,1
8 Camboriú 10 9 3 1 5 12 21 -9 37,0
9 Brusque 4 9 1 1 7 7 16 -9 14,8
10 Marcílio Dias 1 9 0 1 8 6 30 -24 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificação à fase semifinal do campeonato

|}

Confrontos[editar | editar código-fonte]

  AVA BRU CAM CHA CRI FIG HER JOI MAR MET
Avaí 2–0 3–0 0–0 3–2 0–1 2–1 1–0 6–1 0–1
Brusque 0–1 1–2 0–1 0–1 1–2 0–3 1–2 2–2 1–2
Camboriú 1–0 2–0 3–3 1–2 1–5 0–1 1–3 2–0 0–1
Chapecoense 1–0 2–2 2–1 3–1 3–1 2–3 4–1 2–0 1–1
Criciúma 0–2 3–0 7–0 1–1 2–0 3–0 2–2 2–2 2–3
Figueirense 2–2 4–0 3–2 3–0 5–4 3–1 3–3 5–0 3–1
Hermann Aichinger 3–2 3–1 2–1 2–2 4–3 1–1 1–0 3–3 2–3
Joinville 3–0 2–0 0–1 3–1 3–0 2–2 2–1 5–0 2–1
Marcílio Dias 2–5 1–2 0–1 0–2 1–3 0–4 2–1 1–1 0–3
Metropolitano 2–5 0–1 2–0 0–2 1–2 0–4 2–2 5–4 3–0

Desempenho por rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada(Pontuação Geral):

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
FIG CHA AVA CHA FIG

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
MAR CRI MAR BRU MAR

Semi Final[editar | editar código-fonte]

  Semifinais Final
                     
 Bandeira de Chapecó.JPG Chapecoense 1 1 2  
 Florianópolis Avaí 1 2 3  
   Florianópolis Avaí 3 2 5
   Florianópolis Figueirense 0 1 1
 BandeiraJoinville.svg Joinville 1 1 2
 Florianópolis Figueirense 1 3 4

Final[editar | editar código-fonte]

Ida
6 de maio Florianópolis Avaí 3 - 0 Florianópolis Figueirense Ressacada, Florianópolis
16:00
Nunes Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32'
Felipe Alves Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'
Cléber Santana Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Súmula Público: 16 434
Árbitro: Santa CatarinaSC Paulo Henrique de Godoy Bezerra
Volta
13 de maio Florianópolis Figueirense 1 - 2 Florianópolis Avaí Estádio Orlando Scarpelli, Florianópolis
16:00
Jean Deretti Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86' Súmula Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60' Cléber Santana
Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72' Laércio Carreirinha
Público: 16 994
Árbitro: Santa CatarinaSC Paulo Henrique de Godoy Bezerra

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Catarinense de 2012
Bandeira de Florianópolis.svg
Avaí
Campeão
(16º título)

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 08 de abril de 2012.

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Figueirense 40 18 12 4 2 51 23 28 74,1
2 Chapecoense 33 18 9 6 3 32 22 10 61,2
3 Avaí 32 18 10 2 6 34 20 14 59,3
4 Joinville 31 18 9 4 5 38 25 13 57,4
5 Metropolitano 29 18 9 2 7 31 31 0 53,7
6 Hermann Aichinger 28 18 8 4 6 35 32 2 51,9
7 Criciúma 27 18 8 3 7 40 31 9 50,0
8 Camboriú 19 18 6 1 11 19 35 -16 35,2
9 Brusque 8 18 2 2 14 12 35 -23 14,8
10 Marcílio Dias 7 18 1 4 13 15 52 -37 13,0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem

Obs: O Brusque está classificado para o Campeonato Brasileiro de Futebol de 2012 - Série D, por ter sido vice-campeão da Copa Santa Catarina de 2011 só que desistiu e cedeu a vaga ao companheiro de rebaixamento, o Marcílio Dias.

Classificado à semifinal por vencer o Turno ou o Returno.
Classificação à semifinal pelo índice técnico.
Rebaixamento à Divisão Especial de 2013.

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Gols Jogador Time
14 Brasil Aloísio Figueirense
Brasil Rafael Costa Metropolitano
12 Brasil Lima Joinville
Brasil Zé Carlos Criciúma
9 Brasil Bruno Rangel Joinville
8 Brasil Adriano Atlético de Ibirama
Brasil Júlio César Figueirense
Brasil Lucca Criciúma
7 Brasil Cléber Santana Avaí
Brasil Roni Figueirense
6 Brasil Fabiano Chapecoense
Brasil Eliomar Chapecoense
Brasil Felipe Alves Avaí
Brasil Maurinho Metropolitano
5 Brasil Matosinho Atlético de Ibirama
Brasil Mateus Paraná Atlético de Ibirama
Brasil Luiz Fernando Figueirense

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada
1 16 994 Figueirense Florianópolis 1–2 Florianópolis Avaí Orlando Scarpelli 13 de maio Final (Volta)
2 16 434 Avaí Florianópolis 3–0 Florianópolis Figueirense Ressacada 6 de maio Final (Ida)
3 14 734 Figueirense Florianópolis 2–2 Florianópolis Avaí Orlando Scarpelli 1 de abril 16ª
4 11 384 Figueirense Florianópolis 3–1 BandeiraJoinville.svg Joinville Orlando Scarpelli 29 de abril 2ª Semi
5 9 851 Joinville BandeiraJoinville.svg 3–0 BandeiraCriciuma.svg Criciúma Arena Joinville 1º de abril 16ª
6 9 731 Joinville BandeiraJoinville.svg 2–1 Blumenau bandeira.jpg Metropolitano Arena Joinville 25 de março 14ª
7 9 121 Avaí Florianópolis 0–1 Florianópolis Figueirense Ressacada 12 de fevereiro
8 9 081 Figueirense Florianópolis 3–3 BandeiraJoinville.svg Joinville Orlando Scarpelli 11 de março 12ª
9 8 746 Joinville BandeiraJoinville.svg 5–0 Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Marcílio Dias Arena Joinville 04 de março 11ª
10 8 471 Figueirense Florianópolis 3–0 Bandeira de Chapecó.JPG Chapecoense Orlando Scarpelli 25 de março 14ª

Transmissão[editar | editar código-fonte]

A RBS TV (afiliada da Rede Globo) deteve todos os direitos de transmissão para a temporada de 2012 pela TV aberta e em pay-per-view, através do canal Premiere FC. O canal aberto manteve o contrato de três anos, assinado em 2010 com a Associação de Clubes.

Na TV aberta, houve a cobertura de praticamente todas as rodadas. Os jogos foram transmitidos para todo o estado, menos para a região onde foram realizadas as partidas. As duas exceções se deram com os dois clássicos na final.

Mudando praticamente toda a filosofia dos outros anos, a RBS TV priorizou em 2012 os clássicos entre os quatro grandes, transmitindo todos os confrontos, inclusive em Florianópolis, com exceção dos dois clássicos da capital. Além disso, pela primeira vez, houve a transmissão de jogos simultâneos, com as duas últimas rodadas do turno e com a última do returno.

No pay per view, a princípio, ficou garantida a transmissão de todos os jogos de Avaí, Figueirense e Criciúma, com exceção das rodadas final. O Joinville voltou a ter direito a praticamente todas as partidas.

Jogos transmitidos pela RBS TV[editar | editar código-fonte]

1º Turno[editar | editar código-fonte]

  • 1ª rodada - Chapecoense 1–0 Avaí - 22 de janeiro (Dom) - 17:00 (Todo o estado, menos região de Chapecó)
  • 2ª rodada - Avaí 3–2 Criciúma - 25 de janeiro (Qua) - 22:00 (Todo o estado, menos região de Florianópolis)
  • 3ª rodada - Joinville 2–2 Figueirense - 29 de janeiro (Dom) - 17:00 (Todo o estado, menos região de Joinville)
  • 4ª rodada - Brusque 0–1 Avaí - 1º de fevereiro(Qua) - 22:00 (Todo o estado, menos região de Blumenau)
  • 5ª rodada - Chapecoense 3–1 Figueirense - 5 de fevereiro(Dom) - 17:00 (Todo o estado, menos região de Chapecó)
  • 6ª rodada - Figueirense 5–4 Criciúma - 8 de fevereiro (Qua) - 22:00 (Todo o estado, menos região de Florianópolis)
  • 7ª rodada - Criciúma 2–2 Joinville - 12 de fevereiro(Dom) - 17:00 (Todo o estado, menos região de Criciúma)
  • 8ª rodada - Joinville 3–0 Avaí - 22 de fevereiro (Qua) - 22:00 (Regiões de Florianópolis, Criciúma e Blumenau)
  • 8ª rodada - Atlético de Ibirama 2–2 Chapecoense - 22 de fevereiro (Qua) - 22:00 (Regiões de Chapecó, Lages e Joinville)
  • 9ª rodada - Camboriú 1–5 Figueirense - 26 de fevereiro(Dom) - 17:00 (Regiões de Florianópolis, Criciúma e Joinville)
  • 9ª rodada - Criciúma 1–1 Chapecoense - 26 de fevereiro (Dom) - 17:00 (Regiões de Chapecó, Lages e Blumenau)

2º Turno[editar | editar código-fonte]

  • 1ª rodada - Marcílio Dias 0–4 Figueirense - 29 de fevereiro (Qua) - 22:00 (Todo o estado, menos região de Blumenau)
  • 2ª rodada - Criciúma 0–2 Avaí - 4 de março (dom) - 16:00 (Todo o estado, menos região de Criciúma)
  • 3ª rodada - Figueirense 3–3 Joinville - 11 de março (Dom) - 16:00 (Todo o estado, menos região de Florianópolis)
  • 4ª rodada - Metropolitano 0–4 Figueirense - 18 de março (Dom) - 16:00 (Todo o estado, menos região de Blumenau)
  • 5ª rodada - Joinville 2–1 Metropolitano - 25 de março (Dom) - 16:00 (Todo o estado, menos região de Joinville)
  • 6ª rodada - Criciúma 2–0 Figueirense - 28 de março (Qua) - 22:00 (Todo o estado, menos região de Criciúma)
  • 7ª rodada - Joinville 3–0 Criciúma - 1º de abril (Dom) - 16:00 (Todo o estado, menos região de Joinville)
  • 8ª rodada - Avaí 1–0 Joinville - 8 de abril (Dom) - 16:00 (Todo o estado, menos região de Florianópolis)
  • 9ª rodada - Metropolitano 2–5 Avaí - 15 de abril (Dom) - 16:00 (Regiões de Florianópolis, Chapecó, Lages e Joinville)
  • 9ª rodada - Chapecoense 3–1 Criciúma - 15 de abril (Dom) - 16:00 (Regiões de Criciúma e Blumenau)

Semifinais[editar | editar código-fonte]

  • Ida - Joinville 1–1 Figueirense - 22 de abril(Dom) - 16:00 (Todo o estado, menos região de Joinville)
  • Volta - Chapecoense 1–2 Avaí - 29 de abril (Dom) - 16:00 (Todo o estado, menos região de Chapecó)

Final[editar | editar código-fonte]

  • Ida - Avaí 3–0 Figueirense - 6 de maio (Dom) - 16:00 (Todo o estado)
  • Volta - Figueirense 1–2 Avaí - 13 de maio (Dom) - 16:00 (Todo o estado)

Transmissões fora de casa por time[editar | editar código-fonte]

Clube Turno Returno Turno + Returno Total (incluindo mata-mata)
Figueirense 3 3 6 8
Avaí 3 2 5 7
Criciúma 2 2 4 4
Joinville 1 2 3 3
Chapecoense 2 0 2 2
Metropolitano 0 1 1 1

Jogos transmitidos pelo Premiere FC[editar | editar código-fonte]

O Premiere FC transmitiu praticamente todas as partidas de Avaí, Criciúma, Figueirense e Joinville.

Troféus[editar | editar código-fonte]

Troféu Definitivo[editar | editar código-fonte]

Na edição de 2012, a empresa Unicred adquiriu o nome da Taça, sendo assim, a Federação batizou o troféu que será entregue ao campeão (de posse definitiva) de "Taça Unicred".

Troféu Dr. Aderbal Ramos da Silva[editar | editar código-fonte]

Desde 2011, a Federação Catarinense de Futebol oferta o Troféu Transitório Dr. Aderbal Ramos da Silva, em homenagem ao patrono e presidente da Federação entre 1939 e 1946. O troféu, que consiste no busto da pessoa homenageada, é ofertado de posse transitória a todos os campeões do certame desde 2011.

O troféu será entregue de forma definitiva a equipe que conquistar o Campeonato Catarinense (contando as conquistas de 2011 até hoje) por três vezes consecutivas ou cinco vezes alternadas.[2]

Vencedores anteriores do Troféu Dr. Aderbal Ramos da Silva[editar | editar código-fonte]

  • 2011 - Chapecoense

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]