Campeonato Catarinense de Futebol de 2010 - Divisão Especial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Catarinense de 2010
Divisão Especial - Segunda Divisão
Dados
Participantes 10
Organização FCF
Anfitrião  Santa Catarina
Período 5 de agosto4 de dezembro
Gol(o)s 265
Partidas 104
Média 2,55 gol(o)s por partida
Campeão 'Marcílio Dias'
Vice-campeão Concórdia
Rebaixado(s) Videira
Melhor marcador Jonatas Belusso (XV de Indaial) - 16 gols
Melhor ataque (fase inicial) Concórdia - 36 gols
Melhor defesa (fase inicial) Concórdia - 13 gols
Maior goleada
(diferença)
Atlético Tubarão 7 – 0 Porto-SC
Estádio Domingos SilveiraTubarão
1 de outubro de 2010
Público 24 810
Média 248,1 pessoas por partida
Divisão de Acesso Caxias-SC
◄◄ Santa Catarina D. Especial 2009 Soccerball.svg D. Especial 2011 Santa Catarina ►►

A Divisão Especial do Campeonato Catarinense de Futebol de 2010 que foi a 24ª edição da Segundona do Catarinense, contou com a participação de 10 equipes neste ano, e realizou-se entre os dias 5 de agosto e 4 de dezembro.

Equipes Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Município Em 2009 Estádio Capacidade Títulos
Atlético Tubarão Bandeira.tubarão.jpg Tubarão 10º (Principal) Domingos Silveira Gonzales 3.500 ---
Camboriú Bandeira Camboriu SantaCatarina Brasil.svg Camboriú Robertão 3.000 ---
Concórdia Bandeira Concordia SantaCatarina Brasil.jpg Concórdia Domingos Machado de Lima 5.000 ---
Hercílio Luz Bandeira.tubarão.jpg Tubarão Aníbal Costa 10.000 ---
Joaçaba Bandeira joacaba.jpg Joaçaba Da Nova 7.000 1992
Marcílio Dias Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Itajaí 9º (Principal) Hercílio Luz 10.000 1999
Porto BandeiraPortoUnião.jpg Porto União Municipal Antiocho Pereira 7.000 ---
Próspera BandeiraCriciuma.svg Criciúma Mario Balsini 4.500 2005
Videira Bandeira videira.jpg Videira Municipal Luiz Leoni 3.000 ---
XV de Outubro Bandeira indaial.png Indaial 1º (Acesso) Gigante do Vale 1.000 ---

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Fórmula de Disputa[editar | editar código-fonte]

O campeonato foi dividido em quatro fases distintas:

  • Turno: As 10 equipes jogaram entre si todas contra todas apenas as partidas de ida. O clube que apresentou a maior pontuação ao final de 9 rodadas foi declarado Campeão do Turno e se classificou ao Quadrangular.
  • Returno: Idêntico ao Turno, mas com os jogos de volta.
  • Quadrangular: Juntaram-se aos campeões dos turnos as duas equipes com as maiores pontuações na soma das duas fases anteriores. Se o campeão do Turno fosse o mesmo do Returno, o clube com a terceira maior pontuação ganharia a classificação. Nesta fase os quatro classificados jogaram todos contra todos, no sistema de pontos corridos. As duas equipes que mais pontuaram, nesta fase, foram classificadas para a Final do Campeonato.
  • Final: Nesta fase os dois clubes jogaram partidas de ida e volta sendo mandante do jogo de volta (segunda partida), a equipe que obteve o maior número de pontos ganhos em toda a competição, na soma do Turno, Returno e Quadrangular, bem como os pontos de bonificação atribuidos às equipes vitoriosas no Turno e Returno. Aquele que apresentou mais pontos na fase final, independente do saldo de gols, foi declarado Campeão Catarinense da Divisão Especial de 2010, caso houvese empate de pontos, o segundo jogo teria uma prorrogação de 30 minutos com o placar zerado e se esta não resolvesse, o mandante do segundo jogo (aquele que apresentou maior pontuação nas 3 fases anteriores) seria considerado vencedor.

Observação: Ao início de cada fase, a pontuação de todas as equipes é zerada, a exceção se dá no Quadrangular, visto que os vencedores de cada turno iniciam esse período com um ponto (se o campeão do turno for o mesmo do returno, este inicia com 2 pontos).

Classificação Final[editar | editar código-fonte]

A Classificação será definida conforme as fases. O Campeão seria o vencedor da Final e o Vice-Campeão o perdedor da mesma. O terceiro e o quarto colocado seriam, respectivamente, o terceiro e o quarto colocado do Quadrangular. As colocações seguintes seriam definidas de acordo com a pontuação nas duas fases iniciais.

O campeão e o vice conquistaram o acesso à Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2011 e a classificação para a Copa Santa Catarina de 2011. O último colocado foi rebaixado para a Divisão de Acesso de 2011.

Critérios de Desempate[editar | editar código-fonte]

  • Maior número de vitórias;
  • Maior saldo de gols;
  • Maior número de gols pró;
  • Confronto direto, somente no caso de empate entre duas equipes;
  • Menor número de cartões vermelhos recebidos;
  • Menor número de cartões amarelos recebidos;
  • Sorteio.

Turno[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Atlético Tubarão 20 9 6 2 1 14 6 +8 74
2 XV de Outubro 18 9 6 0 3 13 7 +6 66,6
3 Marcílio Dias 18 9 5 3 1 12 8 +4 66,6
4 Concórdia 17 9 5 2 2 10 5 +5 63
5 Hercílio Luz 13 9 3 4 2 13 10 +3 48,1
6 Joaçaba 12 9 3 3 3 4 7 -3 44,4
7 Camboriú 9 9 2 3 4 5 7 -2 33,3
8 Porto 9 9 2 3 4 9 12 -3 33,3
9 Próspera 7 9 2 1 6 6 11 -5 26
10 Videira 1 9 0 1 8 6 19 -13 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Campeão do Turno e classificado ao Quadrangular.

Returno[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Marcílio Dias 24 9 8 0 1 20 8 +12 88,8
2 Concórdia 22 9 7 1 1 26 8 +18 81,5
3 Atlético Tubarão 17 9 5 2 2 19 9 +10 62,3
4 XV de Outubro 14 9 3 5 1 15 12 +3 51,8
5 Próspera 12 9 3 3 3 12 13 -1 44,4
6 Camboriú 10 9 2 4 3 13 11 +2 37
7 Hercílio Luz 10 9 2 4 3 13 11 +2 37
8 Joaçaba 6 9 1 3 5 10 21 -11 22,2
9 Porto 6 9 1 3 5 12 26 -14 22,2
10 Videira 1 9 0 1 8 4 25 -21 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Campeão do Returno e classificado ao Quadrangular.

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Ver também: [[Tabela de Jogos]]

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

Jogos do Turno estão em vermelho e os jogos do Returno estão em azul.

  ATL CAM CON HER JOA MAR POR PRO VID XVO
Atlético Tubarão 1-1 1-0 2-0 4-1 4-0 7-0 1-0 2-1 3-1
Camboriú 0-0 0-1 0-1 0-0 1-2 1-1 1-0 6-0 1-1
Concórdia 4-0 1-0 2-1 1-0 0-1 6-2 4-0 3-0 1-0
Hercílio Luz 1-1 0-1 1-1 1-1 3-3 5-1 3-1 2-2 3-0
Joaçaba 0-1 0-0 1-3 1-0 0-0 2-1 0-3 3-3 0-3*
Marcílio Dias 1-0 1-0 0-0 2-1 2-1 2-1 5-1 3-0 2-1
Porto 3-3 2-2 2-1 0-0 2-3 0-2 0-0 3-0* 1-1
Próspera 0-1 4-1 1-2 1-1 0-0 0-1 2-1 3-1 0-0
Videira 0-2 1-3 0-3* 0-1 0-1 0-3* 0-1 1-2 1-2
XV de Outubro 2-0 2-0 3-3 2-2 4-0 3-2 1-0 1-0 1-0

*Placar do jogo definido por W.O.

Classificação da primeira fase[editar | editar código-fonte]

Na classificação da primeira fase, soma-se apenas a pontuação conquistada no Turno e no Returno.

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Marcílio Dias 42 18 13 3 2 32 16 +16 77,7
2 Concórdia 39 18 12 3 3 36 13 +23 72,2
3 Atlético Tubarão 37 18 11 4 3 33 15 +18 68,5
4 XV de Outubro 32 18 9 5 4 28 19 +9 59,2
5 Hercílio Luz 23 18 5 8 5 26 21 +5 42,6
6 Próspera 19 18 5 4 9 18 24 -12 35,2
7 Camboriú 19 18 4 7 7 18 18 0 35,2
8 Joaçaba 18 18 4 6 8 14 28 -14 33,3
9 Porto 15 18 3 6 9 21 38 -17 27,7
10 Videira 2 18 0 2 16 10 44 -34 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificação ao Quadrangular por ser campeão do Turno.
Classificação ao Quadrangular por ser campeão do Returno.
Classificação ao Quadrangular por índice técnico.
Rebaixado à Divisão de Acesso de 2011.

Desempenho por Rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram a classificação geral (fase inicial) ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
PRO MAR ATL XVO MAR XVO ATL MAR

Clubes que ficaram na última posição da classificação geral (fase inicial) ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
HER VID

Quadrangular[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Marcílio Dias 14 6 4 1 1 10 6 +4 77,7
2 Concórdia 9 6 3 0 3 8 8 0 50
3 Atlético Tubarão 9 6 2 2 2 7 5 +2 50
4 XV de Outubro 4 6 1 1 4 4 10 -6 22,2
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificados à Final.

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Ver também: [[Tabela de Jogos]]

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

Jogos do Turno estão em vermelho e os jogos do Returno estão em azul.

  ATL CON MAR XVO
Atlético Tubarão 5-1 1-1 1-0
Concórdia 2-0 2-0 3-0
Marcílio Dias 1-0 2-0 3-1
XV de Outubro 0-0 1-0 2-3

Final[editar | editar código-fonte]

O time de melhor campanha nas fases anteriores, terá o direito do mando de campo na segunda partida da final, além da vantagem do resultado de empate ao final da prorrogação.

Primeiro jogo[editar | editar código-fonte]

27 de novembro Concórdia 4 – 2 Marcílio Dias Estádio Domingos Machado de Lima, Concórdia
17h00
Tiago Pereira Gol marcado aos 9 minutos de jogo 9'
Baroni Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34'
Elcimar Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58'
Mateus Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77'
Súmula Rincon Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8'
Maicon Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72'
Público: 502
Árbitro: Santa Catarina Júlio César Cardoso dos Santos

Segundo jogo[editar | editar código-fonte]

4 de dezembro Marcílio Dias 2 (0) X (0) 0 Concórdia Estádio Hercílio Luz, Itajaí
19h00
Rincon Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25'
Rodrigo Couto Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76'
Súmula Público: 1.802
Árbitro: Santa Catarina Paulo Henrique de Godoy Bezerra

Classificação[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG PRO
1 Marcílio Dias 3 2 1 0 1 4 4 0 0
2 Concórdia 3 2 1 0 1 4 4 0 0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols; PRO - Gols na Prorrogação
Campeão Catarinense da Divisão Especial de 2010 e classificado à Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2011 e à Copa Santa Catarina de 2011.
Classificado à Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2011 e à Copa Santa Catarina de 2011.
Campeão Vice-Campeão Jogo 1 Jogo 2 Prorrogação
Marcílio Dias Concórdia 2 X 4 2 X 0 0 X 0

Campeão geral[editar | editar código-fonte]

Campeonato Catarinense de 2010 - Divisão Especial
Brasao Itajai SantaCatarina Brasil.svg

Marcílio Dias
2º Título

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Na classificação geral, soma-se os pontos ganhos em toda a competição, Turno, Returno e Quadrangular, bem como os pontos de bonificação atribuidos às equipes vitoriosas no Turno e Returno.

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Marcílio Dias 56 24 17 4 3 42 22 +20 77,7
2 Concórdia 48 24 15 3 6 44 21 +23 66,6
3 Atlético Tubarão 46 24 13 6 5 40 20 +20 63,9
4 XV de Outubro 36 24 10 6 8 32 29 +3 50
5 Hercílio Luz 23 18 5 8 5 26 21 +5 42,6
6 Próspera 19 18 5 4 9 18 24 -12 35,2
7 Camboriú 19 18 4 7 7 18 18 0 35,2
8 Joaçaba 18 18 4 6 8 14 28 -14 33,3
9 Porto 15 18 3 6 9 21 38 -17 27,7
10 Videira 2 18 0 2 16 10 44 -34 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Campeão da Divisão Especial de 2010 e Classificação à Divisão Principal de 2011.
Classificação à Divisão Principal de 2011.
Rebaixado à Divisão de Acesso de 2011.

Artilharia[1][editar | editar código-fonte]

Gols Jogador Clube
16 Brasil Jonatas Belusso XV de Indaial
12 Brasil Valdo Atlético Tubarão
11 Brasil Rincon Marcílio Dias
10 Brasil Tiago Pereira Concórdia
8 Brasil Elcimar Concórdia
7 Brasil Rafael Xavier XV de Indaial
6 Brasil Maicon Marcílio Dias
Brasil Marcelo Fattori Joaçaba
Brasil Marco Próspera
Brasil Rodrigo Couto Marcílio Dias
5 Brasil Douglas XV de Indaial
Brasil Jadson Hercílio Luz
Brasil Leandro Branco Marcílio Dias
4 Brasil Abel Concórdia
Brasil Alan Rodrigues Atlético Tubarão
Brasil Alex Videira
Brasil Cristiano Porto-SC
Brasil Dudu Porto-SC
Brasil Leonardo Atlético Tubarão
Brasil Logan Hercílio Luz
Brasil Mateus Concórdia
Brasil Mazinho Concórdia
Brasil Miguel Júnior Próspera
3 Brasil Baroni Concórdia
Brasil Dinho Concórdia
Brasil Dioney Marcílio Dias
Brasil Eudes Porto-SC
Brasil Felipe Oliveira Marcílio Dias
Brasil Gileno Camboriú
Brasil Gilvan Concórdia
Brasil João Leandro Porto-SC
Brasil Lucas Luctke Camboriú
Brasil Matozinho XV de Indaial
Brasil Nerylon Camboriú
Brasil Vanderlei Atlético Tubarão
2 Brasil Alessandro Hercílio Luz
Brasil André Luiz Joaçaba
Brasil Bonfim XV de Indaial
Brasil Carlinhos Hercílio Luz
Brasil Edson Bugrão Hercílio Luz
Brasil Juninho Camboriú
Brasil Pedrinho Próspera
Brasil Roger Atlético Tubarão
Brasil Thiago Camboriú
Brasil Vanderson Marcílio Dias
Brasil Vitor Marcílio Dias

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Público* Mandante Placar Visitante Estádio Data
1 1.802 Marcílio Dias 2 (0)(0) 0 Concórdia Hercílio Luz 4 de dezembro
2 1.062 Concórdia 2–0 Atlético Tubarão D. Machado Lima 17 de novembro
3 1.041 Marcílio Dias 2–0 Concórdia Hercílio Luz 21 de novembro
4 979 Hercílio Luz 1–1 Atlético Tubarão Aníbal Costa 17 de outubro
5 919 Marcílio Dias 1–0 Atlético Tubarão Hercílio Luz 10 de novembro

*Considera-se apenas o público pagante.

Trívia[editar | editar código-fonte]

  • Mais uma vez o Videira é punido. Por ainda não ter pago as taxas de arbitragem do jogo contra o Hercílio Luz no dia 13 de outubro, pela segunda vez no campeonato a Federação Catarinense de Futebol cancela o jogo do Videira contra o Concórdia pela oitava rodada do returno do campeonato. Como no primeiro jogo cancelado, o Concórdia foi considerado o vencedor da partida pelo placar de 3 a 0 sendo considerado W.O..[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Divisão Especial de 2009
Segundo escalão do futebol catarinense
2010
Sucedido por
Divisão Especial de 2011