Campeonato Catarinense de Futebol de 2021 - Série A

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Campeonato Catarinense de 2021 - Série A
Catarinense 2021
Dados
Participantes 12
Organização FCF
Anfitrião Santa Catarina
Período 24 de fevereiro – 26 de maio
Gol(o)s 178
Partidas 80
Média 2,23 gol(o)s por partida
Campeão Avaí
Vice-campeão Chapecoense
Rebaixado(s) Criciúma
Metropolitano
Melhor marcador Perotti (Chapecoense) – 15 gols
Melhor ataque (fase inicial) Chapecoense – 23 gols
Melhor defesa (fase inicial) Avaí – 5 gols
Maior goleada
(diferença)
Chapecoense 5–0 Metropolitano
Arena CondáChapecó
21 de abril, 11ª rodada
◄◄ 2020 Soccerball.svg 2022 ►►

O Campeonato Catarinense de Futebol da Série A de 2021, ou Catarinense 2021, foi a 96ª edição da principal divisão do futebol catarinense.[1] O número de clubes participantes foi aumentado para 12.

Foi decidido que o campeonato ocorrerá sem público até que haja uma diminuição considerável dos casos de COVID-19.[2]

No dia 3 de março, a Federação Catarinense emitiu um comunicado que suspendia o campeonato por 15 dias, a partir do dia 4 de março, devido ao agravamento da situação da pandemia de COVID-19 em Santa Catarina.[3]

Em reunião com os representantes dos times do Campeonato Catarinense no dia 5 de março, ficou decidido que durante a paralisação do campeonato, seriam realizadas as partidas atrasadas das 2º e 3º rodadas. O formato de disputa continuaria o mesmo, desde que a FCF consiga duas datas reservadas para competições da CONMEBOL. Em situação de não conseguir essas duas datas, ficou decidido que as fases quartas de final e semifinal serão disputadas em jogos únicos. Atualmente elas são disputadas em sistema de ida e volta.[4] [5]

O campeonato foi retomado normalmente após o período de paralisação.

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Conforme a forma aprovada, o Catarinense Série A 2021 será disputado em quatro fases: inicial, quartas de finais, semifinais e finais. Na 1ª fase os clubes se enfrentarão no sistema de pontos corridos somente em turno. Após as onze rodadas os oito primeiros colocados estarão classificados para 2ª Fase – quartas de finais. O 1º colocado enfrentará o 8º, o 2º encara o 7º, o 3º colocado pegará o 6º e o 4º colocado enfrentará o 5º classificado.[6]

A partir da 2ª fase das equipes classificadas se enfrentarão no sistema de confronto eliminatório, em jogos de ida e volta, com o mando de campo da segunda partida para a equipe melhor classificada. Nas fases de confronto eliminatório os critérios serão: número de pontos, saldo de gols e decisão por pênaltis. O campeão e o vice disputarão a Copa do Brasil de 2022.

Rebaixamento[editar | editar código-fonte]

Com a nova forma de disputa do Catarinense Série A, para 2021 dois clubes serão rebaixados. As equipes que após a 1ª fase ficarem na 11ª e 12ª posições estarão automaticamente rebaixadas, e disputarão a Série B de 2022.

Equipes participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe

Cidade Em 2020 Estádio Capacidade Títulos (Último)
Avaí Bandeira de Florianópolis.svg Florianópolis Ressacada 17 800 17 (2019)
Brusque Bandeira-brusque.png Brusque Augusto Bauer 5 000 1 (1992)
Chapecoense Bandeira de chapeco.svg Chapecó Arena Condá 20 089 7 (2020)
Criciúma BandeiraCriciuma.svg Criciúma Heriberto Hülse 19 225 10 (2013)
Concórdia Bandeira de Concórdia.png Concórdia Domingos Machado de Lima 5 000 0
Figueirense Bandeira de Florianópolis.svg Florianópolis Orlando Scarpelli 19 584 18 (2018)
Hercílio Luz Bandeira.tubarão.jpg Tubarão (Série B) Aníbal Costa 3 570 2 (1958)
Joinville Bandeira joinville.png Joinville Arena Joinville 20 160 12 (2001)
Juventus Bandeira JaraguadoSul SantaCatarina Brasil.svg Jaraguá do Sul João Marcatto 10 270 0
Marcílio Dias Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Itajaí Gigantão das Avenidas 6 010 1 (1963)
Metropolitano Blumenau bandeira.jpg Blumenau (Série B) Hermann Aichinger[7] 6 000 0
Próspera BandeiraCriciuma.svg Criciúma (Série B) Heriberto Hülse[8] 19 225 0

Estádios[editar | editar código-fonte]

Avaí Brusque Chapecoense Concórdia
Ressacada Augusto Bauer Arena Condá Domingos Machado de Lima
Capacidade: 17 800 Capacidade: 5 000 Capacidade: 20 089 Capacidade: 5 000
Ressacada 2.JPG Arena Condá.jpg
Criciúma
Localização da sede dos clubes no estado.
Figueirense
Heriberto Hülse Orlando Scarpelli
Capacidade: 19 225 Capacidade: 19 584
Heriberto Hulse lotado - panoramio.jpg Estádio Orlando Scarpelli.jpg
Hercílio Luz Joinville
Aníbal Costa Arena Joinville
Capacidade: 3 570 Capacidade: 20 160
Eu 006.jpg Arena Joinville.jpg
Juventus de Jaraguá Marcílio Dias Metropolitano Próspera
João Marcatto Gigantão das Avenidas Hermann Aichinger Heriberto Hülse
Capacidade: 10 270 Capacidade: 6 010 Capacidade: 6 000 Capacidade: 19 225
Estádio Doutor Hercílio Luz 2019.jpg Heriberto Hulse lotado - panoramio.jpg

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG % Classificação ou rebaixamento
1 Bandeira de chapeco.svg Chapecoense 26 11 8 2 1 23 6 +17 77 Classificados para as quartas de final
2 Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg Brusque 22 11 6 4 1 19 9 +10 63
3 Florianópolis Avaí 21 11 6 3 2 10 5 +5 60
4 Bandeira JaraguadoSul SantaCatarina Brasil.svg Juventus de Jaraguá 18 11 5 3 3 16 17 –1 50
5 Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Marcílio Dias 15 11 3 6 2 12 10 +2 47
6 BandeiraCriciuma.svg Próspera 14 11 4 2 5 10 16 –6 47
7 Bandeira de Joinville.svg Joinville 13 11 3 4 4 10 13 –3 43
8 Florianópolis Figueirense 11 11 2 5 4 12 11 +1 33
9 Bandeira de Concórdia.png Concórdia 10 11 2 4 5 11 15 –4 33
10 Tubarão Hercílio Luz 9a 11 3 3 5 12 18 –6 36
11 BandeiraCriciuma.svg Criciúma 8 11 1 5 5 6 10 –4 27 Rebaixados à Série B de 2022
12 Blumenau bandeira.jpg Metropolitano 6 11 1 3 7 8 19 –11 20

aO Hercílio Luz foi punido com a perda de 3 pontos pela escalação irregular de atleta suspenso. Antes da decisão do TJD, a equipe havia disputado as quartas de final contra a Chapecoense e empatado em 0x0 o primeiro jogo e perdido por 1x0 o segundo.[9]


Confrontos[editar | editar código-fonte]

  AVA BRU CHA CON CRI FIG HER JOI JUV MDI MET PRO
Avaí 0–0 1–0 2–0 1–0 2–0 0–0
Brusque 2–0 2–2 2–1 4–0 1–0 3–1
Chapecoense 2–1 0–0 0–1 2–0 5–0 3–1
Concórdia 2–1 0–2 0–0 1–3 4–0
Criciúma 0–1 2–2 0–1 1–1 2–0 0–1
Figueirense 1–3 3–0 0–0 3–0 1–1 0–0
Hercílio Luz 0–0 4–3 1–0 2–2 2–3
Joinville 0–0 0–3 1–1 1–0 0–0
Juventus-SC 2–1 2–0 3–2 2–0 3–2 1–1
Marcílio Dias 1–2 2–2 3–2 1–1 2–0
Metropolitano 0–1 0–0 0–1 3–3 0–1
Próspera 1–1 1–0 0–1 1–1 2–0

Fase final[editar | editar código-fonte]

Em itálico, as equipes que disputarão a primeira partida como mandante. Em negrito, as equipes classificadas.

Quartas de final Semifinais Final
 25 de abril a 12 de maio  2 a 19 de maio  23 a 26 de maio
                                     
 Bandeira de chapeco.svg Chapecoense 1 2 3  
 Florianópolis Figueirense 3 0 3  
   Bandeira de chapeco.svg Chapecoense 4 1 5  
   Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Marcílio Dias 1 1 2  
 Bandeira JaraguadoSul SantaCatarina Brasil.svg Juventus de Jaraguá 0 0 0
 Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Marcílio Dias 1 1 2  
   Bandeira de chapeco.svg Chapecoense 1 1 2
   Florianópolis Avaí 2 1 3
 Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg Brusque 2 1 3  
 Bandeira de Joinville.svg Joinville 2 0 2  
   Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg Brusque 0 0 0
   Florianópolis Avaí 0 1 1
 Florianópolis Avaí 1 2 3
 BandeiraCriciuma.svg Próspera 0 1 1

Final[editar | editar código-fonte]

Partida de ida[editar | editar código-fonte]

23 de maio Avaí Florianópolis 2 − 1 Bandeira de chapeco.svg Chapecoense Ressacada, Florianópolis
16:00
Lourenço Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'
Vinícius Leite Gol marcado aos 90+3 minutos de jogo 90+3'
Súmula Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77' Anderson Leite Público: Portões fechados
Árbitro: Santa CatarinaSC Luiz Augusto Silveira Tisne
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Avaí
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Chapecoense

Partida de volta[editar | editar código-fonte]

26 de maio Chapecoense Bandeira de chapeco.svg 1 − 1 Florianópolis Avaí Arena Condá, Chapecó
16:00
Perotti Gol marcado aos 90+5 minutos de jogo 90+5' Súmula Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69' Giovanni Público: Portões fechados
Árbitro: Santa CatarinaSC Ramon Abatti Abel
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Chapecoense
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Avaí

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeão da Série A do Campeonato Catarinense de 2021
Florianópolis
Avaí
Campeão
(18º título)

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Gols Jogador Time
15 Brasil Pedro Perotti Chapecoense
7 Brasil Thiago Alagoano Brusque
6 Brasil Júnior Pirambu Brusque
4 Brasil Alan Grafite Concórdia
Brasil Anselmo Ramon Chapecoense
Brasil Daniel Bahia Metropolitano
Brasil David Batista Marcílio Dias
Brasil Fabinho Juventus de Jaraguá
Brasil Thiago Joinville
Brasil Zé Vitor Marcílio Dias

Públicos[editar | editar código-fonte]

O Campeonato foi realizado sem a presença de público devido a pandemia de COVID-19.[10]

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Os dois times mais bem colocados (campeão e vice-campeão) se classificam para a Copa do Brasil de 2022, enquanto os 3 melhores colocados que não tinham vaga garantida em nenhuma divisão do Campeonato Brasileiro se classificam para a Série D de 2022. Os dois últimos colocados disputarão a Série B do Campeonato Catarinense de 2022. Os demais times serão mantidos na Série A do torneio para a próxima temporada.

Campeão e classificado para a Copa do Brasil de 2022
Classificado para a Copa do Brasil de 2022
Rebaixado à Série B de 2022
Classificado para a Série D de 2022
Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG %
1 Florianópolis Avaí 35 17 10 5 2 17 8 +9 70
2 Bandeira de chapeco.svg Chapecoense 34 17 10 4 3 33 14 +19 65
3 Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg Brusque 27 15 7 6 2 22 12 +10 60
4 Bandeira Itajai SantaCatarina Brasil.svg Marcílio Dias 22 15 5 7 3 16 15 +1 49
5 Bandeira JaraguadoSul SantaCatarina Brasil.svg Juventus de Jaraguá 18 13 5 3 5 16 19 –3 46
6 BandeiraCriciuma.svg Próspera 14 13 4 2 7 11 19 –8 36
7 Florianópolis Figueirense 14 13 3 5 5 15 14 +1 36
8 Bandeira de Joinville.svg Joinville 14 13 3 5 5 12 16 –4 36
9 Bandeira de Concórdia.png Concórdia 10 11 2 4 5 11 15 –4 30
10 Tubarão Hercílio Luz 9 11 3 3 5 12 18 –6 27
11 BandeiraCriciuma.svg Criciúma 8 11 1 5 5 6 10 –4 24
12 Blumenau bandeira.jpg Metropolitano 6 11 1 3 7 8 19 –11 18

Técnicos[editar | editar código-fonte]

Equipe Técnico
Avaí Brasil Claudinei Oliveira (1ª—)
Brusque Brasil Jerson Testoni (1ª—)
Chapecoense Brasil Umberto Louzer (1ª—9ª)
Brasil Felipe Endres (Interino) (10ª—11ª)
Brasil Mozart Santos (Quartas—)
Criciúma Brasil Hemerson Maria (1ª—7ª)
Brasil Wilsão (Interino) (8ª—)
Concórdia Brasil Emerson Cris (1ª—)
Figueirense Brasil Jorginho (1ª—)
Hercílio Luz Brasil Marcelo Caranhato (1ª-8ª)
Brasil Tom (Interino) (9ª—)
Joinville Brasil Vinícius Eutrópio (1ª—11ª)
Brasil Elizeu Ferreira (Interino) (Quartas—)
Juventus Brasil Raul Cabral (1ª—3ª)
Brasil Pingo (4ª—)
Marcílio Dias Brasil Teco (1ª—)
Metropolitano Brasil Dyego Coelho (1ª—4ª)
Brasil Paulo Massaro (5ª—)
Próspera Brasil Paulo Baier (1ª—)

Mudança de Técnicos[editar | editar código-fonte]

Clube Antecessor Motivo Data Última partida Rod Pos Sucessor Ref.
Bandeira JaraguadoSul SantaCatarina Brasil.svg Juventus de Jaraguá Brasil Raul Cabral Demitido 5 de março Juventus de Jaraguá 2–0 Hercílio Luz Brasil Pingo [11] [12]
Blumenau bandeira.jpg Metropolitano Brasil Dyego Coelho Demitido 22 de março Próspera 2–0 Metropolitano 12° Brasil Paulo Massaro [13] [14]
BandeiraCriciuma.svg Criciúma Brasil Hemerson Maria Demitido 31 de março Criciúma 0–1 Próspera 12° Brasil Wilsão (Interino) [15] [16]
Tubarão Hercílio Luz Brasil Marcelo Caranhato Demitido 6 de abril Hercílio Luz 0–0 Concórdia Brasil Tom (Interino) [17]
Bandeira de chapeco.svg Chapecoense Brasil Umberto Louzer Resignado 14 de abril Chapecoense 3–1 Próspera Brasil Felipe Endres (Interino) [18]
Bandeira de chapeco.svg Chapecoense Brasil Felipe Endres Remanejado 18 de abril Chapecoense 5–0 Metropolitano 11ª Brasil Mozart Santos [19]
Bandeira de Joinville.svg Joinville Brasil Vinícius Eutrópio Demitido 22 de abril Hercílio Luz 4–3 Joinville 11ª Brasil Elizeu Ferreira (Interino) [20]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

A NSC TV (afiliada da Rede Globo) detém todos os direitos de transmissão para a temporada de 2021 pela TV aberta.

A TV Walter Abrahão chegou a adquirir os direitos do campeonato e transmitir um jogo por rodada, mas em 05 de abril, a emissora perdeu os direitos por não pagar o valor pedido pelos clubes.[21]

A TV NSports, um canal de streaming, também transmitirá os jogos do Campeonato Catarinense. Todos os jogos da primeira fase estão confirmados com transmissão, alguns no site FutebolCatarinense.tv.[22]

Jogos transmitidos pela NSC TV[editar | editar código-fonte]

  • 4ª rodada - Figueirense 0–0 Criciúma - 21 de março (Dom) - 16:00
  • 5ª rodada - Avaí 1–0 Joinville - 7 de abril (Qua) - 21:30
  • 6ª rodada - Figueirense 1–3 Chapecoense - 28 de março (Dom) - 16:00
  • 7ª rodada - Chapecoense 0–0 Brusque - 31 de março (Qua) - 22:00
  • 8ª rodada - Brusque 2–2 Figueirense - 8 de março (Dom) - 16:00
  • 9ª rodada - Figueirense 1–1 Joinville - 11 de abril (Dom) - 16:00
  • 10ª rodada - Avaí 2–0 Hercílio Luz - 18 de abril (Dom) - 16:00
  • Quartas de final (ida) - Hercílio Luz 0–0 Chapecoense - 25 de abril (Dom) - 16:00 **
  • Semifinal (ida) Avaí 0–0 Brusque - 2 de maio (Dom) - 16:00
  • Quartas de final (ida) - Figueirense 3–1 Chapecoense - 10 de maio (Dom) - 16:00
  • Semifinal (ida) Marcílio Dias – Chapecoense - 16 de maio (Dom) - 16:00
  • Final (ida) Avaí 2–1 Chapecoense - 23 de maio (Dom) - 16:00
  • Final (volta) Chapecoense 1–1 Avaí - 26 de maio (Qua) - 16:00

Transmissões por clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Total
Bandeira de chapeco.svg Chapecoense 6
Florianópolis Avaí 5
Florianópolis Figueirense 5
Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg Brusque 3
Tubarão Hercílio Luz 2
Bandeira de Joinville.svg Joinville 2
BandeiraCriciuma.svg Criciúma 1

Seleção do Campeonato Catarinense[editar | editar código-fonte]

Seleção “Top da Bola” do Campeonato Catarinense[23]

Notas e referências

Notas

Referências

  1. «Conselho Técnico define datas e regulamento do Catarinense Série A 2021». fcf. 21 de dezembro de 2020. Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  2. «Campeonato Catarinense 2021 não terá torcida nos estádios». NSCTotal. 18 de fevereiro de 2021. Consultado em 26 de fevereiro de 2021 
  3. «Catarinense será paralisado a partir desta quinta por conta da grave situação da pandemia». Globoesporte. 3 de março de 2021. Consultado em 3 de março de 2021 
  4. «Federação Catarinense de Futebol agenda jogos para o período de suspensão do estadual». Globoesporte. 5 de março de 2021. Consultado em 5 de março de 2021 
  5. «Conselho Técnico extraordinário define sequência do Catarinense». FCF. 5 de março de 2021. Consultado em 5 de março de 2021 
  6. «Definida a fórmula de disputa do Campeonato Catarinense 2021». NSC. 22 de dezembro de 2020. Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  7. «Metropolitano volta atrás e decide mandar os jogos do Campeonato Catarinense em Ibirama». NSC. 11 de janeiro de 2021. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  8. «Próspera mandará os seus jogos do Catarinense 2021 no Heriberto Hülse». 4oito. 6 de janeiro de 2021. Consultado em 22 de janeiro de 2021 
  9. «Julgamento do TJD aponta para perda de pontos e multa para o Hercílio Luz». FCF. 4 de maio de 2021. Consultado em 4 de maio de 2021 
  10. «Campeonato Catarinense 2021 não terá torcida nos estádios». NSC. 18 de fevereiro de 2021. Consultado em 10 de março de 2021 
  11. «Vice-líder do Catarinense, Juventus anuncia a demissão de Raul Cabral». Globoesporte. 5 de março de 2021. Consultado em 10 de março de 2021 
  12. «Pingo é anunciado como novo técnico do Juventus-SC». Globoesporte. 6 de março de 2021. Consultado em 10 de março de 2021 
  13. «Treinador pediu demissão do Metropolitano no dia do seu aniversário». PoliodroJunior. 22 de março de 2021. Consultado em 25 de março de 2021 
  14. «Sem perder tempo, Metropolitano anuncia novo treinador». PoliodroJunior. 22 de março de 2021. Consultado em 25 de março de 2021 
  15. «Sem vitórias no Catarinense, Hemerson Maria é demitido do comando do Criciúma». Globoesporte. 1 de abril de 2021. Consultado em 1 de abril de 2021 
  16. «Demissão de Hemerson Maria no Criciúma é aprovada por 60% da torcida em enquete». Globoesporte. 1 de abril de 2021. Consultado em 4 de abril de 2021 
  17. «Marcelo Caranhato é demitido do comando do Hercílio Luz». Globoesporte. 6 de abril de 2021. Consultado em 6 de abril de 2021 
  18. «Chapecoense anuncia a saída do técnico Umberto Louzer». Globoesporte. 14 de abril de 2021. Consultado em 29 de abril de 2021 
  19. «Mozart deixa o CSA e acerta com a Chapecoense». Globoesporte. 18 de abril de 2021. Consultado em 29 de abril de 2021 
  20. «Joinville comunica demissão do técnico Vinícius Eutrópio». Globoesporte. 22 de abril de 2021. Consultado em 29 de abril de 2021 
  21. «TV que comprou jogo da seleção fecha acordo por catarinense 2021». Uol. 21 de fevereiro de 2021. Consultado em 10 de março de 2021 
  22. «TV NSports anuncia transmissão do Campeonato Catarinense 2021». Makingof. 5 de fevereiro de 2021. Consultado em 10 de março de 2021 
  23. «Seleção "Top da Bola" do Campeonato Catarinense da Série A 2021». www.fcf.com.br. 28 de maio de 2021. Consultado em 28 de maio de 2021