Recopa Catarinense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Recopa Catarinense
Recopa Catarinense
Dados gerais
Organização FCF
Edições 3
Local de disputa Santa Catarina
Sistema Partida única
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

A Recopa Catarinense é uma competição de futebol organizada pela Federação Catarinense de Futebol. Foi instituída em 2018 e planejada para configurar no calendário estadual no ano seguinte. Anteriormente, uma partida amistosa foi disputada entre Chapecoense e Tubarão em janeiro de 2018. Na ocasião, o clube de Chapecó era o detentor estadual enquanto o adversário venceu a Copa Santa Catarina.

A primeira edição estava programada para o mês de janeiro, cumprindo com o objetivo da competição que era estrear a temporada futebolística no estado. No entanto, a Copa América de 2019 inviabilizou a realização da partida no primeiro mês do ano. A partida foi adiada e remarcada para o dia 4 de julho, no estádio Orlando Scarpelli. O Figueirense saiu vitorioso do embate e se tornou a primeira equipe campeã da competição. No ano seguinte, o Brusque, que havia sido derrotado na primeira edição, venceu o Avaí.

O Figueirense considerou a primeira edição como uma possibilidade de ficar registrado na história do futebol estadual. O título foi mencionado por entidades estaduais como uma marca da hegemonia estadual do Figueirense. A vitória do Brusque em 2020 também foi exaltada pela mídia, chegando a ser mencionada como o mais "capítulo" vitorioso da boa fase do Brusque, somando as demais conquistas do clube no último ano.

História[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2018, a Chapecoense, detentora do título estadual da temporada anterior, realizou um amistoso contra o vencedor da Copa Santa Catarina, o Tubarão.[1] O jogo serviu para auxiliar na idealização da Recopa Catarinense e contribuiu para aumentar a visibilidade do futebol no estado já que foi transmitido pelo SporTV.[1] A competição foi instituída pela Federação Catarinense de Futebol em setembro daquele ano e a organização previa a realização no mês de janeiro, transformando-a no primeiro jogo da temporada.[1][2] No entanto, a Copa América causou uma deturpação no calendário de 2019 que refletiu nos campeonatos estaduais. Por conseguinte, a realização da Recopa no primeiro mês do ano se tornou inviável.[1] Mais tarde, o jogo foi remarcado para o mês de julho.[1]

O Figueirense conquistou a vaga na primeira edição vencendo o Campeonato Catarinense da temporada anterior.[2] O adversário, por sua vez, obteve a vaga após o título da Copa Santa Catarina.[3] O embate foi realizado no estádio Orlando Scarpelli e terminou com uma vitória simples do mandante.[4][5] O gol do triunfo foi marcado pelo atacante Rafael Marques.[6] O Brusque voltou a conquistar a Copa Santa Catarina e garantiu a sua segunda participação. O adversário em 2020 foi o Avaí, campeão do estadual.[7] Nesta ocasião, a partida ocorreu em 18 de janeiro, no estádio Aderbal Ramos da Silva.[8] Os visitantes triunfaram com dois gols de Edu e conquistaram o título da segunda edição.[9][10]

Edições[editar | editar código-fonte]

Ano Final Local e data
Campeão Placar Vice
2019
Detalhes
Bandeira de Florianópolis.svg
Figueirense
Campeão do Catarinense de 2018
1 – 0 Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg
Brusque
Campeão da Copa Santa Catarina de 2018
Orlando Scarpelli, Florianópolis
(4 de julho)
2020
Detalhes
Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg
Brusque
Campeão da Copa Santa Catarina de 2019
2 – 0 Bandeira de Florianópolis.svg
Avaí
Campeão do Catarinense de 2019
Ressacada, Florianópolis
(18 de janeiro)
2021
Detalhes
Bandeira de Joinville.svg
Joinville
Campeão da Copa Santa Catarina de 2020
1 – 1
5 – 3 (pen)
Bandeira de chapeco.svg
Chapecoense
Campeão do Catarinense de 2020
Arena Condá, Chapecó
(21 de fevereiro)

Títulos por equipes[editar | editar código-fonte]

Clubes Título(s) Vice(s)
Bandeira Brusque SantaCatarina Brasil.jpg Brusque 1 (2020) 1 (2019)
Florianópolis Figueirense 1 (2019) -
Bandeira de Joinville.svg Joinville 1 (2021) -
Florianópolis Avaí - 1 (2020)
Bandeira de chapeco.svg Chapecoense - 1 (2021)

Repercussão[editar | editar código-fonte]

A competição foi recebida com um misto de festividade e seriedade. O título do Figueirense em 2019 foi considerado uma marca da hegemonia do clube no cenário estadual.[11][12] Naquele ano, a partida foi disputada no ínterim da Copa América, período em que as principais competições nacionais foram paralisadas. O Figueirense enxergou uma possibilidade de ficar registrado na história do futebol estadual.[13] O atleta Fellipe Mateus manifestou: "Para o clube, o título será importante. Nós, jogadores, ficaremos marcados na memória da nação alvinegra com algo que poucos conquistaram".[13] Em 2020, o contribuinte do Portal Nsc Total, Faraco, lembrou que a competição não era o principal objetivo de Avaí e Brusque, o que não diminuía a vontade das equipes em ganhar o título, mas não justificaria expor seus jogadores a lesões e, consequentemente, perdê-los por algum período da temporada.[14] A vitória do Brusque, por sua vez, foi exaltada pelos meios de comunicação brasileiros.[15] Até então, o clube havia conquistado os títulos da Copa Santa Catarina e da Série D do Campeonato Brasileiro.[16] A rádio Araguaia mencionou o título como o mais novo "capítulo" vitorioso da boa fase do Brusque, enquanto a rádio Cidade exaltou o "comprometimento e a garra" do clube.[17][18]

Referências

  1. a b c d e João Lucas Cardoso (3 de julho de 2019). «De amistoso à taça: conheça a origem da Recopa de Santa Catarina». Nsctotal.com.br. Consultado em 4 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  2. a b «Campeão estadual x campeão da Copa SC: Federação oficializa a Recopa Catarinense». GloboEsporte.com. 18 de setembro de 2018. Consultado em 14 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 6 de agosto de 2020 
  3. «Saiba tudo sobre a Recopa Catarinense 2019». Website oficial da Federação Catarinense de Futebol. 2 de julho de 2019. Consultado em 14 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 15 de fevereiro de 2020 
  4. «Figueirense vence o Brusque e conquista o título da Recopa Catarinense». GloboEsporte.com. Consultado em 14 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2020 
  5. Sandro Quintanilha (4 de julho de 2019). «Figueirense vence Brusque e conquista Recopa Catarinense». Vavel. Consultado em 14 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2020 
  6. «Figueirense vence Brusque e conquista a Recopa Catarinense 2019». Gazeta Esportiva. 4 de julho de 2019. Consultado em 14 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de julho de 2019 
  7. «Avaí e Brusque abrem a temporada na Recopa Catarinense 2020». Website oficial da Federação Catarinense de Futebol. 17 de janeiro de 2020. Consultado em 4 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  8. «Avaí e Brusque abrem a temporada na Recopa Catarinense 2020». Website oficial da Federação Catarinense de Futebol. 17 de janeiro de 2020. Consultado em 4 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  9. «Brusque vence o Avaí por 2 a 0 e conquista a Recopa Catarinense de 2020». Nsctotal.com.br. 18 de janeiro de 2020. Consultado em 4 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 20 de janeiro de 2020 
  10. Ian Sell (18 de janeiro de 2020). «Brusque bate o Avaí na Ressacada e conquista a Recopa Catarinense». Ndmais.com.br. Consultado em 4 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  11. «Figueirense é campeão da Recopa Catarinense 2019». Website oficial da Federação Catarinense de Futebol. 4 de julho de 2019. Consultado em 14 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2020 
  12. «Figueirense é campeão da Recopa Catarinense 2019». Scclubes.com.br. 4 de julho de 2019. Consultado em 14 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2020 
  13. a b «Em final diante do Brusque, Hemerson Maria busca primeira taça no comando do Figueirense». Futebolinterior.com.br. 4 de julho de 2020. Consultado em 14 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2020 
  14. Faraco (16 de janeiro de 2020). «Recopa Catarinense está longe de ser o principal objetivo de Avaí e Brusque». Nsctotal.com.br. Consultado em 14 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2020 
  15. «Com dois gols de Edu, Brusque derrota o Avaí e conquista a Recopa Catarinense». Portal Terra. 18 de janeiro de 2020. Consultado em 5 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2020 
  16. «Brusque derrota o Avaí e conquista a Recopa Catarinense pela primeira vez». Estado de S. Paulo. 19 de janeiro de 2020. Consultado em 5 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  17. Sidney Silva (18 de janeiro de 2020). «Bruscão vence Avaí e levanta o título da Recopa». Araguaiabrusque.com.br. Consultado em 5 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 
  18. «Recopa: Brusque começa a temporada 2020 conquistando seu terceiro título fora de casa». Rc.am.br. 18 de janeiro de 2020. Consultado em 5 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]