Arena da Floresta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arena da Floresta
Arena da floresta.jpg
Arena da Floresta
Sisbrace: Soccerball shade.svg Soccerball shade.svg Soccerball shade.svg[1]
Nome Arena da Floresta
Características
Local Rio Branco, AC
Coordenadas
Gramado Natural [2] (100m x 75m)
Capacidade 20.000 pessoas

[3]

Construção
Custo R$ 18 milhões
Inauguração
Data 17 de Dezembro de 2006
Partida inaugural AcreRio Branco-AC 2-1 Brasil Seleção Brasileira sub-20
Primeiro gol Rogério Tarauacá (Rio Branco)
Recordes
Público recorde 27.000 pagantes
Data recorde 17 de Dezembro de 2006
Partida com mais público AcreRio Branco-AC 2-1 Brasil Seleção Brasileira sub-20
Outras informações
Proprietário Governo do Estado do Acre
Mandante Rio Branco Football Club

Sport Clube Humaitá

Andirá Esporte Clube

Plácido de Castro Futebol Clube

Atlético Acreano

Independência Futebol Clube

Atlético Clube Juventus

A Arena da Floresta é um estádio de futebol pertencente ao governo do Estado do Acre e localizado no município de Rio Branco, capital do Estado. Foi considerado um dos mais modernos do Brasil, tendo o seu gramado importado da Itália, sendo o mesmo gramado utilizado no Estádio San Siro.

História[editar | editar código-fonte]

Construção[editar | editar código-fonte]

Construído pelo Governo do Estado do Acre para a realização da maioria dos jogos do Campeonato Acreano de Futebol, a Arena da Floresta é um dos cinco estádios mais modernos do Brasil.[4] Com o mesmo gramado utilizado no Maracanã, o estádio foi projetado pela mesma construtora da Arena da Baixada e da Arena Joinville e possui capacidade atual para 19.000[5] espectadores acomodados em cadeiras distribuídas nos quatro setores do estádio, camarotes e tribunas. A Arena hoje é vista como um dos estádios mais modernos do Brasil, com o seu chamado gramado perfeito.

Com a confirmação da Copa do Mundo no Brasil em 2014, o Governo acreano planejava ampliar a capacidade do Estádio para 42 mil pessoas, atendendo à exigências da FIFA, já que o Governador Binho Marques pretendia colocar a capital do estado como a "Sede Verde" do evento.[6] Entre outros planos do governo, havia a construção de uma arena poliesportiva anexa ao estádio, que se chamaria "areninha", com capacidade para 5 mil pessoas.[5] Os investimentos prometidos seriam na ordem de R$258 milhões, sendo R$96 milhões somente da ampliação da arena.[5]

Em razão da decisão da FIFA em não escolher a cidade de Rio Branco como uma das cidades sedes no Brasil da Copa do Mundo de 2014 (anúncio em 31 de maio de 2009), o projeto de ampliação da Arena da Floresta foi adiado. O Governo do Estado, entretanto, articula-se para oferecer Rio Branco e seu moderno estádio como local de preparação para uma das seleções que disputarão o mundial de 2014. Porém, o governo manteve as intenções de concluir a Arena, não mais em 3 anos como antes, mas em cerca de 10 anos.[5]

Dados[editar | editar código-fonte]

  • A Arena da Floresta é palco de times acreanos na disputa do Campeonato Acreano, de jogos do Campeonato Brasileiro da Série D e da Copa do Brasil.
  • Cada vestiário possui capacidade para acomodar 20 atletas, além da área de aquecimento de 40m². O estádio ainda tem em funcionamento dois elevadores (mais seis ainda estão em construção), duas tribunas de honra e oito camarotes. Em 2007, foram compradas e instaladas pelo governo do estado cerca de 14.000 mil cadeiras, deixando o estádio com 100% de suas acomodações com cadeiras. Essas cadeiras foram instaladas em design moderno, com mosaicos e desenhos de figuras lendárias da Amazônia e de seus animais, nas cores da bandeira acreana: verde, vermelho e amarelo. Além disso, já estão funcionando catracas eletrônicas em todos os setores de acesso ao estádio, que auxiliam na entrada dos torcedores. Sistemas de suporte dão capacidade para câmeras móveis, utilizadas já na inauguração do estádio.

Partida inaugural[7] [editar | editar código-fonte]

Sua partida inaugural foi entre o Rio Branco Football Club e a Seleção Brasileira sub-20 no dia 17 de Dezembro de 2006. O clube local venceu por 2x1, num jogo que serviu como preparação para a seleção que conquistaria o Campeonato Sul-Americano Sub-20 de 2007 alguns meses depois.

O Rio Branco iniciou a partida com: Marcos Vinícius, Ley, Rael, Rangel, Esquerdinha, Ico, João Paulo, Luiz Rômulo, Rogério, Doka Madureira e Neném. Já para a Seleção Brasileira sub-20 entraram: Muriel, Amaral, Thiago Heleno, Carlinhos, Roberto, Lucas, Leandro Lima, Willian, Edgar e Fabiano Oliveira.

Os gols saíram a partir dos 15 minutos do primeiro tempo, quando Rogério Tarauacá recebeu passe de Luiz Rômulo e chutou na saída do goleiro. Logo em seguida, Thiago Heleno escorou de cabeça um cruzamento, empatando a partida. No segundo tempo, Neném lança para Luiz Rômulo que dribla o goleiro Muriel para dar números finais ao jogo.

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Ministério do Esporte: Sistema Brasileiro de Classificação de Estádios» (PDF). 28 de janeiro de 2016. Consultado em 10 de fevereiro de 2016. 
  2. Futebol do Norte (06 de fevereiro de 2007). "Um gigante na Amazônia", página acessada em 08 de abril de 2008.
  3. [1]
  4. Portal de Informações do Governo do Estado (26 de agosto de 2007). "Acre mostra sua força para ser a “sede verde” da Copa do Mundo de 2014", página acessada em 08 de abril de 2008.
  5. a b c d Alexandre Lozzeti. «Oásis na Selva» (PDF) (em português brasileiro). Revista FutLance. Consultado em 01 de Outubro de 2010. 
  6. Portal de Informações do Governo do Estado (26 de agosto de 2007). "Entrega oficial da proposta de candidatura de Rio Branco a sede da Copa do Mundo", página acessada em 08 de abril de 2008.
  7. Rio Branco FC - Site oficial em "Na Inauguração da Arena da Floresta Rio Branco vence a Sel. Brasileira Sub-20", página acessada em 08 de abril de 2008.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]