Maricá Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para o time desfiliado chamado Maricá, veja Esporte Clube Maricá.
Maricá
MaricaFC.png
Nome Maricá Futebol Clube
Alcunhas Tsunami [1]

Tsunami Metropolitano [2]

Torcedor(a)/Adepto(a) Maricaense
Fundação 08 de março de 2017 (5 anos) [nota 1]
Localização Maricá, Brasil
Proprietário(a) Ayrthon Dias
Treinador(a) Marcelo Buarque
Material (d)esportivo Icone Sports
Competição Campeonato Carioca - 2° divisão
Website Facebook
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual

Maricá Futebol Clube, mais conhecido como Maricá, é uma agremiação esportiva da cidade de Maricá, no estado do Rio de Janeiro.[4]

Entre 2017 e 2018 o clube, fez uma parceria com o Clube de Futebol Rio de Janeiro, utilizando sua vaga e disputando as competições sob o nome de Rio de Janeiro/Maricá. Em 16 de julho de 2018, foi oficializada a entrada do Maricá Futebol Clube no lugar do Rio de Janeiro.[3]

História[editar | editar código-fonte]

O Maricá Futebol Clube foi fundado em 2017, idealizado por Douglas Almeida, gestor de futebol com passagem pelo Araruama. O clube surgiu com o objetivo de trazer de volta o futebol profissional para a cidade de Maricá, que desde 2005, quando o Taquaral disputou a Copa Rio, não possuía equipes profissionais.[5]

A equipe fez uma parceria com o Clube de Futebol Rio de Janeiro e disputou o Campeonato Carioca - 3° divisão já no seu ano de fundação.[6][7] O objetivo era seguir o caminho de outras parcerias que deram certo no futebol carioca, como a parceria entre Campos Atlético Associação e Carapebus, parceria entre Arraial do Cabo e Araruama e a parceria entre Santa Cruz e Belford Roxo.

Após o anuncio de Polaco Valoura como treinador para a disputa da 3° divisão do Estadual, o Maricá confirmou o nome de 24 jogadores que iriam fazer parte do elenco na temporada. Dentre as peças que estavam à disposição de Valoura destacavam-se o volante Lucas Candido e o lateral-esquerdo Maylson, que defenderam o Araruama.

A definição do plantel veio logo após as avaliações que o clube recém-criado realizou na cidade de Maricá. Segundo o gestor de futebol, Douglas Almeida, os atletas que tiveram os nomes revelados formaram a espinha dorsal da equipe, que ainda buscava contratações pontuais para fechar o grupo.[8]

O primeiro jogo oficial da equipe ocorreu no dia 28 de maio de 2017, contra o Angra dos Reis, jogo que terminou empatado em 2x2.[9]

Em 22 de julho de 2018, o Maricá adquire a vaga do Rio de Janeiro na FERJ, sendo assim o Rio de Janeiro sai de jogada e permanece apenas o Maricá.[3] Em 2019, em sua segunda temporada com o novo nome, o clube consegue acesso ao Campeonato Carioca - 2° divisão de 2020, após o vice-campeonato[10] no estadual da 3° divisão vencido pelo Esporte Clube Rio São Paulo.

No dia 2 de dezembro de 2020, o Maricá faz história e conquista o seu primeiro título: a Taça Corcovado, segundo turno do Campeonato Carioca - 2° divisão. Após empatar por 0x0 no tempo regulamentar, o Maricá venceu o Nova Iguaçu nos pênaltis por 4x3 , com uma bela atuação dos jogadores nas cobranças, além de contar também com um pênalti defendido pelo goleiro Júlio Cesar, levando a equipe ao seu primeiro título[11].

Na temporada de 2021, o Maricá chega a final da Copa Rio. Na final, tanto no jogo de ida como no jogo de volta, o placar foi 1x1. O Maricá perdeu a decisão nos pênaltis para o Pérolas Negras[12]. O campeão, Pérolas Negras, escolheu disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, enquanto o Maricá disputou a Copa do Brasil de 2022, pela primeira vez em sua história.[13]

O Tsunami enfrentou o Guarani pela primeira fase da Copa do Brasil 2022, mas foi derrotado pela equipe paulista por 1x0 em Saquarema, sendo eliminado da competição. [14] Com os resultados ruins na 2° divisão do Campeonato Carioca de 2022, risco de rebaixamento e pressão da torcida, o técnico Marcus Alexandre Cravo pede demissão do clube, que contrata Marcelo Buarque para o seu lugar. [15][16]

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Soccerball current event.svg Última atualização: 08 de maio de 2022.[17]

Goleiros
N.º Jogador
Brasil Arthur
Brasil Júlio Cesar
Defensores
N.º Jogador Pos.
Brasil Anderson Z
Brasil Athyla Z
Brasil Júlio Z
Brasil Matheus Z
Brasil Luan Patric LD
Brasil Wander LD
Brasil Luan Gama LE
Brasil Luís Felipe LE
Brasil Vinicius LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
Brasil Murilo V
Brasil Renato V
Brasil Iwisson M
Brasil Jonnes M
Brasil Maranhão M
Brasil Neto M
Brasil Pedro M
Brasil Walber M
Atacantes
N.º Jogador
Brasil Badola
Brasil Carrera
Brasil Nathan
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Marcus Alexandre T

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Em 25 de maio de 2017, o clube lançou os uniformes para a temporada 2017[18].

Escudo[editar | editar código-fonte]

Evolução do Escudo do Maricá Futebol Clube
2018 – 2020 2020 – Atual
Maricá Futebol Clube.png MaricaFC.png

Torcida Organizada[editar | editar código-fonte]

  • Torcida Organizada União Maricá[19].

Sedes e Estádios[editar | editar código-fonte]

Atualmente, o Maricá manda seus jogos no estádio Alzirão, localizado na cidade de Itaboraí[20].

No entanto, o estádio do Maricá está em construção. A previsão é que a obra seja finalizada em abril de 2022. O estádio terá capacidade para 3.000 pessoas e será localizado no bairro de Cordeirinho, na cidade de Maricá[21].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
RJtrophy.png Taça Corcovado 1 2020[22]

Campanhas de Destaque[editar | editar código-fonte]

Rio de Janeiro Vice-Campeão do Campeonato Carioca - 3° divisão: 2019 [23].

Rio de Janeiro Vice-Campeão da Copa Rio: 2021[24]

Categorias de Base[editar | editar código-fonte]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2022
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P Aumento R Baixa
Rio de Janeiro Campeonato Carioca - 2° divisão 3 3° colocado (2021) 2020 2022
Campeonato Carioca - 3° divisão 7 2º colocado (2019) 2009 2019 1
Copa Rio 5 Vice-campeão (2021) 2018 2022
Brasil Copa do Brasil 1 1ª fase (2022) 2022

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Maricá Futebol Clube

Notas e referências

Notas

  1. O Clube de Futebol Rio de Janeiro foi fundado em 2 de agosto de 2001 e o Maricá em 08 de março de 2017.[carece de fontes?] Em 2018, o Maricá passou a utlizar a data de fundação do Rio de Janeiro.[3]
  2. Conquistado ainda sob o nome Clube de Futebol Rio de Janeiro [26].
  3. Conquistado ainda sob o nome de Rio de Janeiro/Maricá [27].

Referências

  1. «Com gol de Aperibé, Maricá bate o Goytacaz por 1 a 0 na estreia na Taça Corcovado». ge. 28 de outubro de 2020. Consultado em 30 de novembro de 2020 
  2. «Pérolas Negras é o campeão da Copa Rio». FFERJ. 10 de novembro de 2021. Consultado em 12 de novembro de 2021 
  3. a b c FERJ. «FERJ - Resolução da Presidência: alteração de nome CF Rio de Janeiro para Maricá FC» (pdf). Consultado em 22 de julho de 2018 
  4. leisecamarica.com.br. «Maricá disputará a série B2 do Campeonato Carioca». Consultado em 29 de março de 2017 
  5. FutRio. «Maricá volta a ter clube profissional, que seleciona atletas para Série B2». Consultado em 29 de março de 2017 
  6. Araruama Futebol Clube. «Araruama x Maricá dia 13 de agosto de 2017». Consultado em 29 de março de 2017 
  7. Prefeitura de Maricá. «Prefeitura apoia "peneira" para o Maricá FC». Consultado em 29 de março de 2017 
  8. FutRio. «Maylson e Lucas Candido puxam a fila de 24 contratações do Maricá». Consultado em 8 de maio de 2017 
  9. G1. «Angra dos Reis abre vantagem, mas vacila e cede empate ao Rio de Janeiro». Consultado em 29 de maio de 2017 
  10. O São Gonçalo. «Maricá garante vaga na série B do Campeonato Carioca». Consultado em 6 de maio de 2020 
  11. «Nos pênaltis, Maricá conquista seu primeiro título profissional». Plantão Enfoco. 2 de dezembro de 2020. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  12. «Maricá perde para o Pérolas em disputa insana de pênaltis e é vice na Copa Rio». Enfoco. 10 de novembro de 2021. Consultado em 12 de novembro de 2021 
  13. «Pérolas Negras escolhe a Série D do Brasileiro e Maricá FC vai disputar a Copa do Brasil em 2022». ge. Consultado em 12 de novembro de 2021 
  14. «Faz a dança! Guarani joga mal, mas Lucão do Break garante classificação na Copa do Brasil contra o Maricá». Terra. Consultado em 27 de maio de 2022 
  15. «TÉCNICO MARCUS ALEXANDRE PEDE DEMISSÃO E NÃO É MAIS TREINADOR DO MARICÁ FC». CARIOCADO. Consultado em 27 de maio de 2022 
  16. leisecamarica.com.br. «Após pedido de demissão de ex-técnico, Maricá FC anuncia novo treinador». LSM. Consultado em 27 de maio de 2022 
  17. «Elenco do Maricá Futebol Clube». Ogol. Consultado em 8 de maio de 2022 
  18. O DIA (25 maio de 2017). «Maricá Futebol Clube lança novo uniforme para temporada de 2017». Consultado em 9 de setembro de 2017 
  19. Nunes, Lucas (22 de julho de 2019). «TO União Maricá divulga nota de repúdio contra arbitragem da final contra o Pérolas Negras». ErreJota Notícias. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  20. «Maricá FC vence Bonsucesso e assume liderança do Grupo A». Plantão Enfoco. 18 de novembro de 2020. Consultado em 4 de dezembro de 2020 
  21. «Maricá FC antecipa dois anos no planejamento de ascensão à elite, e estreia na Copa do Brasil contra o Guarani». ge. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  22. «Maricá supera Nova Iguaçu nos pênaltis e conquista Taça Corcovado». ge. 2 de dezembro de 2010. Consultado em 3 de dezembro de 2020 
  23. «Camilo decide, Rio São Paulo vence Maricá e é campeão da Série B2 Estadual». futrio.net. 29 de setembro de 2019. Consultado em 30 de novembro de 2020 
  24. «Maricá é vice ao perder decisão para o Pérolas Negras na Copa Rio». Lado de Cá. 11 de novembro de 2021. Consultado em 12 de novembro de 2021 
  25. leisecamarica.com.br. «Sub-17 do Maricá FC é o grande campeão do Campeonato Carioca». LSM. Consultado em 21 de janeiro de 2022 
  26. «:: Papo Esportivo ::». www.papoesportivo.com. 26 de março de 2010. Consultado em 3 de dezembro de 2020 
  27. «Rio de Janeiro/Maricá é campeão Estadual da Série B2 Sub-20». radioesportemetropolitano.com. 24 de setembro de 2017. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  28. Maricá, Prefeitura de (8 de outubro de 2019). «Time sub-20 do Maricá é campeão Carioca da série B2 e disputa série B1 no próximo ano». Prefeitura de Maricá. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  29. «FERJ | Sub-15: Maricá fatura o Estadual das Séries B1/B2». www.fferj.com.br. 19 de outubro de 2019. Consultado em 3 de dezembro de 2020 
  30. leisecamarica.com.br. «Maricá sub-17 vence de virada e é Campeão da Copa Light 2018». LSM. Consultado em 12 de dezembro de 2021 
  31. «JUVENIL :: COPA LIGHT». www.copalight.com.br. 11 de dezembro de 2021. Consultado em 12 de dezembro de 2021 
  32. «Maricá FC sub-15 é campeão da Copa Light». ErreJota Notícias. 2 de dezembro de 2019. Consultado em 12 de dezembro de 2021