Boavista Sport Club

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Boavista
Escudo do Boavista SC.gif
Nome Boavista Sport Club
Alcunhas Verdão de Saquarema
Mascote Hulk
Fundação 14 de outubro de 1961 (56 anos)
refundado em
10 de março de 2004 (14 anos)
Estádio Elcyr Resende de Mendonça
Capacidade 7 000
Presidente Brasil João Paulo
Treinador Brasil Eduardo Allax
Material (d)esportivo Inglaterra Umbro
Competição Rio de Janeiro Campeonato Carioca
Rio de Janeiro Copa Rio
Brasil Copa do Brasil
Website boavistasc.com.br
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Boavista Sport Club é uma agremiação esportiva da cidade de Saquarema, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Fundado em 10 de março de 2004, atualmente, a equipe disputa a Série A do Campeonato Estadual de Profissionais do Rio de Janeiro[1][2], desde que conseguiu o acesso com a conquista do título da Série B em 2006.

História[editar | editar código-fonte]

Equipe profissional em 2012. Foto de André Luiz Pereira Nunes

O clube surgiu do antigo e tradicional Esporte Clube Barreira e suas cores eram o verde, o vermelho e o branco. Em 2004, um grupo de empresários assumiu o controle do Esporte Clube Barreira, refundando o clube em 10 de março daquele ano com outra denominação.

Em 2006, conquistou seu primeiro título com o nome atual, sobre o Macaé: o título da Série B do Rio de Janeiro. No primeiro jogo, o Boavista venceu por 2 a 1, no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, na cidade de Macaé. Depois, empatou de 0 a 0 em seu estádio, conquistando o acesso para a Primeira Divisão do Campeonato Estadual do ano seguinte, e nunca foi rebaixado.

Em 2007, foi apenas o 11º colocado no Campeonato Estadual, onde venceu apenas dois jogos. Mesmo assim, continuou na elite do futebol fluminense em 2008.

No ano seguinte, alcançou a sexta colocação no Campeonato Estadual, ganhando o direito de participar da Série C do Campeonato Brasileiro. Disputou o Grupo 12 na Primeira Fase, terminando esta na segunda colocação. O clube assegurou a vaga para a fase seguinte com uma vitória de 6 a 0 sobre o Linhares Futebol Clube na última rodada. Na Segunda Fase, disputou o Grupo 22, onde foi eliminado na última colocação, encerrando a participação na Série C como apenas o trigésimo melhor time da competição.

O time passou a ser visto internacionalmente, tendo em vista a possibilidade de contratação do atacante italiano Christian Vieri em dezembro de 2010 que acabou não se concretizando[3].

Em 2011, a equipe se classificou para a disputa da final da Taça Guanabara contra o Clube de Regatas do Flamengo, após se sagrar vencedor em disputa por pênaltis contra o Fluminense Football Club (o placar foi de 2 a 2 no tempo regulamentar).

A equipe alcançou a quarta colocação no Campeonato Estadual, em 2011, ganhando o direito de participar da Série D do Campeonato Brasileiro de 2011.Porém, abriu mão de participar da competição.

Se mantendo na elite do futebol do Rio de Janeiro, o Boavista alcançou ótimos feitos em 2013: sagrou-se campeão do Torneio Extra e ficou com o vice-campeonato da Copa Rio, garantido novamente a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

Em 2014, o Clube Ficou em 3º Lugar da Copa Rio e sagrou-se campeão da Taça Rio no Campeonato Carioca. Seu Artilheiro Claudio Pagodinho, Menino Ousado de Saquarema, foi o Artilheiro Carioca com 24 Gols.

Em 2016, com a boa campanha no Campeonato Carioca, o Boavista conseguiu uma vaga para o Campeonato Brasileiro - Série D.

Para o Campeonato Carioca de 2017, o time anunciou o famoso treinador Joel Santana.

Em 2017, já com o treinador Eduardo Állax, o Boavista foi pela 1ª vez campeão da Copa Rio e optou por ficar com a vaga para a Copa do Brasil, deixando a vaga para o Campeonato Brasileiro - Série D para o vice Americano. Com a escolha e a campanha apenas razoável (8º) no Campeonato Carioca, o Boavista não disputará o Campeonato Brasileiro - Série D em 2018. Foi um ano bom no geral, a pesar de campanha razoável no estadual com o experiente treinador Joel Santana, a chegada de Eduardo Állax trouxe novos ares para o 2o semestre. Com calendário cheio o Verdão classificou em 1o lugar no seu grupo pelo Campeonato Brasileiro - Série D, fato inédito, mas acabou eliminado na fase seguinte pelo Espirito Santo. Em seguida encerrou o ano com o título inédito da Copa Rio 2017. O ano se encerrou de forma muito especial para o clube e seus atletas/comissão. A pré-temporada para as competições de 2018 foi realizada nos Emirados Árabes Unidos. Durante 15 dias, a equipe participou de treinamentos e partidas amistosas pelo país, disputando assim suas primeiras partidas internacionais. O Verdão voltou para o brasil invicto tendo disputado 4 partidas: 3 vitórias e 1 empate. Foram três partidas (e vitórias) diante de equipes da primeira divisão local e um empate diante de um clube da segunda divisão local.

Em 2018, O Boavista fez uma campanha boa no Grupo C da Taça Guanabara, avançando para a semifinal com a primeira colocação do grupo e a vantagem do empate. Diante desse cenário, o empate em 2x2 com o Bangu levou o time para a final. Em partida disputada em Cariacica diante do Flamengo. O resultado não foi satisfatório, perdendo por 2x0 na final, mas pelo menos conseguindo o vice campeonato da Taça Guanabara para coroar a excelente campanha. Já na Taça Rio o Verdão encerrou a fase de grupos com 3 vitórias e 3 derrotas, terminando com o 5o lugar geral no campeonato, atrás apenas dos quatro glandes clubes do Rio.

Durante o Campeonato Carioca de 2018, o Boavista também participou da Copa do Brasil 2018 em paralelo. O adversário na primeira fase da competição foi logo de cara um campeão do mundo, Internacional. Com o novo formato, o Boavista pode disputar a partida única em casa mas com a vantagem do empate para a equipe visitante, melhor ranqueada pela CBF. A partida foi então transferida para a cidade de Cascável no Paraná e o Verdão entrou com o time reserva, em razão da disputa de partida decisiva pelo estadual. Mesmo assim fez excelente partida que terminou empatada em 1x1, tendo tido chances de vencer e classificar.

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Escudo[editar | editar código-fonte]

Evolução do Escudo do Boavista
EC Barreira - 1961 – 2004 Boavista - 2004 – Atual
EC Barreira.png Escudo do Boavista SC.gif

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Rio de Janeiro Taça Rio 1 2014
Rio de Janeiro Copa Rio 1 2017
Rio de Janeiro Campeonato Carioca - 2ª divisão 1 2006
Rio de Janeiro Campeonato Carioca - 4ª divisão 1 1991
Rio de Janeiro Torneio Extra 1 2013

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

  • Rio de Janeiro Vice-campeão da Taça Cidade de Nova Iguaçu (categoria sub 20): (2015)
  • Rio de Janeiro Vice-campeão Copa Rio: 1 (2013)
  • Rio de Janeiro Vice-campeão Taça Guanabara: 2 (2018), (2011)
  • Rio de Janeiro Vice-campeão Troféu Carlos Alberto Torres: 1 (2011)
  • Rio de Janeiro Vice-campeão Troféu Moisés Mathias de Andrade: 1 (2010)

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Jogadores[editar | editar código-fonte]

Artilheiros em competições oficiais[editar | editar código-fonte]

Competição Ano Jogador Gols
Campeonato Carioca 2011 Argentina Frontini 10
2012 Brasil Somália 12
Copa Rio 2017 Brasil Felipe Augusto 5

Elenco Atual

Soccerball current event.svg Última atualização: 8 de dezembro de 2017.[4][5]

Goleiros
Jogador
Brasil Gabriel
Brasil Rafael
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Anderson Luiz Z
Brasil Elivelton Z
Brasil Gustavo Geladeira Z
Brasil Kadu Fernandes Z
Brasil Victor Z
Brasil Gabriel LD
Brasil Thiaguinho LD
Brasil Jean LE
Brasil Júlio César LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Douglas Pedroso V
Brasil Júlio Nascimento V
Brasil Thiaguinho Silva V
Brasil Vitor Faíska V
Brasil Caio Cézar M
Brasil Fellype Gabriel M
Brasil Marquinho M
Brasil Renan Donizete M
Atacantes
Jogador
Brasil Caio
Brasil Cláudio Maradona
Brasil Felipe Augusto
Brasil Léo Pimenta
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Eduardo Allax T
Brasil Wagner Mariano AS
Brasil Luiz Azevedo AS
Brasil Osmar Guarnelli AS
Brasil Antonio Mello PF
Brasil Carlos Alberto PF
Brasil Luis Otavio (Lucas) PF
Brasil Eduardo Melo TG
Brasil Thiago Alves CEO
Legenda
  • Capitão : Capitão
  • Lesionado : Jogador lesionado/contundido
  • PenalizadoExpulso: Jogador suspenso

Outros jogadores[editar código-fonte]

Estes são os jogadores não aproveitados, mas com contratos ainda em vigência.

Goleiros
Jogador
'
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Alex Moreira Z
Meio-campistas
Jogador Pos.
' M
Atacantes
Jogador
Brasil Juninho

Transferências 2018[editar código-fonte]

Legenda


Jogadores destacados[editar | editar código-fonte]

Farm-Fresh award star gold 2.png Jogadores que, no mundo, só jogaram pelo Boavista Sport Club

Farm-Fresh award star silver 2.png Jogadores que, no Brasil, só jogaram pelo Boavista Sport Club

Farm-Fresh award star bronze 2.png Jogadores que, no Rio de Janeiro, só jogaram pelo Boavista Sport Club

Esta é uma lista de jogadores de destaque que já passaram pelo Boavista:

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Esses são os principais treinadores:

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

  • Posição: 76º
  • Pontuação: 936 pontos[6]

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol para pontuar todos os clubes do Brasil[7].

Sedes e estádios[editar | editar código-fonte]

Elcyr Resende de Mendonça[editar | editar código-fonte]

Seu estádio, o Elcyr Resende de Mendonça, tem capacidade pública para 4.300 pessoas e está localizado no distrito de Bacaxá, Saquarema, RJ.

Torcida Organizada[editar | editar código-fonte]

  • Torcida Império Bicolor (TIB)
  • Torcida Fúria Verde (TFV)
  • Torcida BoaChopp

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]