Campeonato Carioca de Futebol de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Current event marker.png
Este artigo ou seção é sobre um evento desportivo que ainda não ocorreu.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis.
Sports icon.png
Campeonato Carioca de Futebol de 2020
Carioca 2020
Dados
Participantes 16
Organização FERJ
Período 21 de dezembro – 10 de maio
Gol(o)s 0
Partidas 0
Média gol(o)s por partida
◄◄ Rio de Janeiro 2019 Soccerball.svg 2021 Rio de Janeiro ►►

Campeonato Carioca de Futebol de 2020 será a 119ª edição da principal divisão do futebol no Rio de Janeiro. A disputa é organizada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ).

O Campeonato se iniciará em 21 de dezembro de 2019 com algumas alterações em relação à edição anterior. Diferente dos anos anteriores, se uma equipe vencer os dois turnos será o campeão se não houver nenhum clube com maior número de pontos (considerando as disputas das fases de grupos dos dois turnos). Neste caso, haverá disputa de duas partidas entre as equipes, com vantagem para a equipe que vencer os dois turnos. Caso equipes distintas vençam os turnos, haverá a disputa da decisão do Campeonato, também em duas partidas, mas sem vantagem para nenhuma delas.[1][2][3]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Critério de desempates[editar | editar código-fonte]

Caso ocorra empate em pontos ganhos serão aplicados os critérios de desempate, sucessivamente:

  1. Maior número de vitórias
  2. Maior saldo de gols
  3. Maior número de gols pró (gols marcados)
  4. Confronto direto
  5. Menor número de cartões amarelos e vermelhos, onde cada cartão vermelho será considerado equivalente a três cartões amarelos
  6. Sorteio público na sede da Federação, em dia e horário a serem determinados

Fase preliminar[editar | editar código-fonte]

A fase preliminar — com os quatro times de pior campanha no ano anterior (exceto os rebaixados) mais os dois promovidos da Série B1 de 2019, assim como na edição anterior, definirá as duas equipes que participarão da fase principal e as quatro que disputarão a fase especial.[4]

Fase especial (rebaixamento)[editar | editar código-fonte]

A fase especial — com as quatro piores equipes da fase preliminar — indicará os dois rebaixados para a Série B1 de 2020. As equipes disputarão o "Grupo X", em turno e returno e em sistema de ida e volta. A melhor equipe estará classificada para a fase preliminar do ano seguinte. As três piores equipes, disputarão o "Grupo Z", também em turno e returno, em sistema de ida e volta, sendo rebaixada a pior equipe, sempre aplicados os critérios de desempate. As duas melhores também estarão classificadas para a fase preliminar do ano seguinte.[4]

Fase principal[editar | editar código-fonte]

A fase principal será disputada pelas dez equipes melhores classificadas no Campeonato do ano anterior e duas classificadas da fase preliminar. O sorteio dos grupos foi realizado previamente e foram formados os grupos A e B, já com a definição do grupo em que as equipes classificadas na fase preliminar estarão.[4]

Taça Guanabara[editar | editar código-fonte]

Na Taça Guanabara (1º turno) as equipes jogarão com as equipes do outro grupo e, portanto, haverá seis rodadas. As duas melhores equipes de cada grupo disputarão as semifinais, em cruzamento olímpico, ou seja, o 1º colocado de um grupo contra o 2º do outro grupo e vice-versa, sendo as equipes primeiras colocadas com mando de campo e vantagem do empate. As equipes vencedoras, disputarão a final, com mando de campo sorteado e sem vantagem para nenhuma das equipes.[4]

Taça Rio[editar | editar código-fonte]

Na Taça Rio (2º turno) as equipes jogarão contra as demais integrantes do grupo e, portanto, haverá cinco rodadas. As semifinais e final seguirão o mesmo critério da Taça Guanabara.[4]

Final[editar | editar código-fonte]

Se equipes distintas vencerem os turnos, haverá a disputa da final do Campeonato em duas partidas, em sistema de ida e volta, sem vantagem para nenhuma delas. O mando de campo será prerrogativa da equipe melhor classificada na classificação geral. Se a mesma equipe vencer ambos os turnos e for a melhor na classificação geral, será a campeã do Campeonato. Senão (houver uma outra equipe melhor classificada), haverá a disputa da final, mas a prerrogativa do mando de campo e vantagem de dois empates será da equipe vencedora dos dois turnos.[4]

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

A classificação geral se dará pela pontuação das partidas das Taças Guanabara e Rio, excluindo-se as semifinais e finais destes turnos:[4]

  1. o campeão Estadual, ocupara a 1ª posição
  2. o vice-campeão (caso exista um disputa final do Campeonato), a 2ª posição
  3. as demais equipes que disputarem a fase principal, ocuparão da 3ª (e a 2ª, no caso de haver disputa da final) a 12ª posições, conforme a pontuação e aplicando-se os critérios de desempate
  4. as equipes que disputarem a fase especial, conforme os grupos X e Z, da 13ª a 16ª posições

Taça Independência[editar | editar código-fonte]

A equipe melhor classificada — com exceção dos quatro grandes clubes (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama) — será declarada campeão da "Taça Independência" e terá assegurada uma vaga na Copa do Brasil de 2021.[4]

Torneio Extra[editar | editar código-fonte]

Os quatro melhores clubes — exceto os quatro grandes clubes e o campeão da Taça Independência — considerando-se apenas as partidas que não envolvam os "quatro grandes", disputarão as semifinais do "Torneio Extra" em cruzamento olímpico (1º colocado x 4º colocado e 2º colocado x 3º colocado), em partida única, com vantagem de empate para a equipe de melhor classificação. Os vencedores destas partidas, disputarão a final, sem vantagem para nenhuma das duas equipes. A equipe campeão do Torneio Extra também terá vaga na Copa do Brasil de 2021.[4]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Em 2019 Estádio Capacidade[5] Títulos
America Rio de Janeiro 2º (Série B1) Giulite Coutinho
Los Larios
13 544
6 300
7 (último em 1960)
Americano Campos dos Goytacazes Campos dos Goytacazes 11º Eucy Resende 6 000 0 (não possui)
Bangu Rio de Janeiro Moça Bonita 9 024 2 (último em 1966)
Boavista-RJ Saquarema Eucy Resende 6 000 0 (não possui)
Botafogo Rio de Janeiro Nilton Santos 44 661 21 (último em 2018)
Cabofriense Cabo Frio Moacyrzão
Correão
16 000
4 200
0 (não possui)
Flamengo Rio de Janeiro Maracanã 78 838 35 (último em 2019)
Fluminense Rio de Janeiro Maracanã 78 838 31 (último em 2012)
Friburguense Nova Friburgo 1º (Série B1) Eduardo Guinle 8 000 0 (não possui)
Macaé Macaé 14º Moacyrzão 16 000 0 (não possui)
Madureira Rio de Janeiro 10º Conselheiro Galvão 2 136 0 (não possui)
Nova Iguaçu Nova Iguaçu 13º Laranjão 1 810 0 (não possui)
Portuguesa-RJ Rio de Janeiro 12º Moça Bonita 9 024 0 (não possui)
Resende Resende Trabalhador 4 600 0 (não possui)
Vasco da Gama Rio de Janeiro São Januário 21 880 24 (último em 2016)
Volta Redonda Volta Redonda Raulino de Oliveira 18 230 0 (não possui)

Fase preliminar[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados da fase preliminar
Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões Desempenho por rodada Classificação
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 1.ª 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª
1 America 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Classificados para a fase principal
2 Americano 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 Friburguense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Disputam a fase especial (rebaixamento)
4 Macaé 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
5 Nova Iguaçu 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
6 Portuguesa-RJ 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Última atualização: 8 de novembro de 2019

Fase especial (rebaixamento)[editar | editar código-fonte]

Grupo X
Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões Desempenho por rodada Classificação
Turno Returno
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 1.ª 2.ª 3.ª 1.ª 2.ª 3.ª
1 A definir 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
2 A definir 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Disputam o Grupo Z
3 A definir 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
4 A definir 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Última atualização: 8 de novembro de 2019
Grupo Z
Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões Desempenho por rodada Classificação
Turno Returno
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 1.ª 2.ª 1.ª 2.ª
1 A definir 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
2 A definir 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 A definir 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Rebaixada
Última atualização: 8 de novembro de 2019

Fase principal[editar | editar código-fonte]

Taça Guanabara[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Taça Guanabara de 2020
Grupo A
Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões Desempenho por rodada Classificação
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 1.ª 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª
1 Bangu 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Classificados para a semifinal
2 Boavista-RJ 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 Botafogo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
4 Cabofriense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
5 Flamengo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
6 1º da fase preliminar 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Grupo B
Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões Desempenho por rodada Classificação
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 1.ª 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª
1 Fluminense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Classificados para a semifinal
2 Madureira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 Resende 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
4 Vasco da Gama 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
5 Volta Redonda 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
6 2º da fase preliminar 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

Fase final[editar | editar código-fonte]

Em itálico, as equipes que jogarão pelo empate por ter melhor campanha e em negrito os times vencedores das partidas. Na final, não há vantagem de empate para nenhuma equipe.

Semifinais Final
 A definir  
 A definir  
 
     
   
 A definir
 A definir  

Premiação[editar | editar código-fonte]

Taça Guanabara de 2020
Município do Rio de Janeiro
A definir
Campeão
(?º título)

Taça Rio[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Taça Rio de 2020
Grupo A
Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões Desempenho por rodada Classificação
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 1.ª 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª
1 Bangu 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Classificados para a semifinal
2 Boavista-RJ 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 Botafogo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
4 Cabofriense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
5 Flamengo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
6 1º da fase preliminar 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Grupo B
Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões Desempenho por rodada Classificação
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 1.ª 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª
1 Fluminense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Classificados para a semifinal
2 Madureira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 Resende 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
4 Vasco da Gama 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
5 Volta Redonda 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
6 2º da fase preliminar 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

Fase final[editar | editar código-fonte]

Em itálico, as equipes que jogarão pelo empate por ter melhor campanha e em negrito os times vencedores das partidas. Na final, não há vantagem de empate para nenhuma equipe.

Semifinais Final
 A definir  
 A definir  
 
     
   
 A definir
 A definir  

Premiação[editar | editar código-fonte]

Taça Rio de 2020
Município do Rio de Janeiro
A definir
Campeão
(?º título)

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões Desempenho por rodada
Taça Guanabara Taça Rio
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 1.ª 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.ª 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª
1 Bangu 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
2 Boavista-RJ 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 Botafogo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
4 Cabofriense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
5 Flamengo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
6 Fluminense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
7 Madureira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
8 Resende 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
9 Vasco da Gama 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
10 Volta Redonda 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
11 1º colocado da 1ª fase 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
12 2º colocado da 1ª fase 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
13 1º colocado do grupo X 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
14 1º colocado do grupo Z 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
15 2º colocado do grupo Z 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
16 3º colocado do grupo Z 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Legenda:
Última atualização: 10 de novembro de 2019

Final[editar | editar código-fonte]

A final acontecerá se duas equipes vencerem cada uma os turnos (Taça Guanabara e Taça Rio) ou se uma mesma equipe vencer os dois turnos, mas outra equipe possuir mais pontos na classificação geral acima.[3]

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Carioca de 2020
Município do Rio de Janeiro
A definir
Campeão
(?º título)

Taça Independência[editar | editar código-fonte]

Taça Independência de 2020
Município do Rio de Janeiro
A definir
Campeão
(1º título)

Torneio Extra[editar | editar código-fonte]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões Desempenho por rodada Classificação
Taça Guanabara Taça Rio
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 1.ª 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.ª 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª
1 Bangu 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Classificados para a semifinal
2 Boavista-RJ 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 Cabofriense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
4 Madureira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
5 Resende 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
6 Volta Redonda 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
7 1º colocado da 1ª fase 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
8 2º colocado da 1ª fase 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Última atualização: 10 de novembro de 2019

Partidas[editar | editar código-fonte]

Em itálico, as equipes que jogarão pelo empate por ter melhor campanha e em negrito os times vencedores das partidas. Na final, não há vantagem de empate para nenhuma equipe.

Semifinais Final
 1º colocado  
 4º colocado  
 
     
   
 2º colocado
 3º colocado  

Premiação[editar | editar código-fonte]

Torneio Extra de 2020
Município do Rio de Janeiro
A definir
Campeão
(1º título)

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 23 de outubro de 2019
Gols Jogador Time

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

Referências

  1. «Ferj divulga datas de início e fim do Campeonato Carioca de 2020; América volta». Globoesporte.com. 2 de outubro de 2019. Consultado em 10 de outubro de 2019 
  2. Seda, Vicente (17 de outubro de 2019). «Ferj vai propor em arbitral Carioca sem semi geral e título direto para clube campeão dos dois turnos». Globoesporte.com. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  3. a b «Carioca 2020 terá nova fórmula e retorno de Pelé». FERJ. 21 de outubro de 2019. Consultado em 23 de outubro de 2019 
  4. a b c d e f g h i «Regulamento do Campeonato Estadual da Série A de profissionais para as temporadas 2019-2020 e 2020-2021» (PDF). FERJ. 21 de outubro de 2019. Consultado em 6 de novembro de 2019 
  5. «Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (CNEF) 2016» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 18 de janeiro de 2016. Consultado em 16 de outubro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]