Gabriel Barbosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gabriel
Gabriel
Gabriel recebendo a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2016
Informações pessoais
Nome completo Gabriel Barbosa Almeida
Data de nasc. 30 de agosto de 1996 (21 anos)
Local de nasc. São Bernardo do Campo (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,78 m
Canhoto
Apelido Gabigol
Informações profissionais
Clube atual Benfica
Número 11
Posição Atacante
Clubes de juventude
2005–2013 Santos
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2013–2016
2016–
2017–
Santos
Internazionale
Benfica (emp.)
0157 00(57)
0010 000(1)
0005 000(1)
Seleção nacional3
2011
2012–2013
2014–2015
2015–
2016–
Brasil Sub-15
Brasil Sub-17
Brasil Sub-20
Brasil Sub-23
Brasil
0004 000(3)
0005 000(3)
0014 000(4)
0012 000(9)
0004 000(2)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 5 de dezembro de 2017.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 20 de agosto de 2016.

Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Rio 2016 Futebol

Gabriel Barbosa Almeida, mais conhecido como Gabriel ou Gabigol (São Bernardo do Campo, 30 de agosto de 1996), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Benfica, por empréstimo da Internazionale.

Clube

Santos

Categorias de Base

Apoiado por sua família e conhecidos no futebol, foi descoberto por Zito, durante uma partida de futsal amistosa pelo São Paulo contra o próprio Santos em que marcou todos os seis gols de sua equipe em partida encerrada em 6 a 1.[1][2] Chegou ao clube com oito anos de idade e virou grande promessa das categorias de base do Santos, sendo muito conhecido desde pequeno como joia do clube, marcou mais de 600 gols[3] nas divisões de base e desde os 14 anos acumulando convocações às seleções de base do Brasil, com multa avaliada em € 50 milhões de euros.[4][5]

Profissional

Gabriel foi promovido para a equipe principal em 2013 com 16 anos de idade. Fez sua estreia em uma partida amistosa no dia 16 de janeiro de 2013 na vitória por 4 a 0 contra o Grêmio Barueri, porém, a estreia em partidas oficiais ocorreu no dia 26 de maio diante do Flamengo no empate por 0 a 0, jogo também que marcou a última partida de Neymar pelo clube.[6] Aos 17 anos, teve seus direitos de preferência de compra vendidos ao Barcelona.[7] Seu primeiro gol marcado como profissional foi no dia 21 de agosto, em partida válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil de 2013 contra o Grêmio com vitória por 1 a 0.[8] Gabriel entrou para a história do Santos marcando o gol número 12 mil da história do clube, na goleada por 5 a 1 em contra o Botafogo-SP.[9]

Iniciou o ano de 2014 sendo titular da equipe, ganhando reconhecimento da torcida após vitória por goleada no clássico contra o Corinthians, pelo placar de 5 a 1.[10] Perdeu a titularidade com a chegada do atacante Leandro Damião, a contratação mais cara envolvendo clubes brasileiros e a segunda mais cara do futebol brasileiro,[11] mas ajudou o time a chegar na final do Campeonato Paulista de 2014, sendo um dos principais jogadores do elenco na competição. Gabigol foi o artilheiro da Copa do Brasil de 2014 com seis gols marcados e artilheiro do Santos no ano de 2014, com 21 gols marcados.[12]

Gabigol foi artilheiro novamente da Copa do Brasil,[13] desta vez, da edição de 2015, marcando oito gols e se tornou recordista do clube na competição, ultrapassando Neymar, que tinha 13.[14] No primeiro jogo da final, ocorrido em 25 de novembro, marcou o único gol da vitória santista sobre o Palmeiras, com um chute cruzado após assistência de Ricardo Oliveira.[15] No segundo jogo, entretanto, a equipe paulistana reverteu a vantagem e foi campeã na decisão por pênaltis.[16] Encerrou o ano considerado o jogador mais valorizado do futebol brasileiro, segundo site especializado.[17]

No Campeonato Paulista de 2016, foi artilheiro do Santos na competição em que a equipe sagrou-se campeã, e foi eleito para o time ideal do torneio.[18]

Internazionale

Em 26 de agosto de 2016, Gabriel viajou para a Itália para assinar contrato com a Internazionale.[19] O atacante voltou ao Brasil após fazer exames médicos e assinar contrato com o clube italiano para jogar sua última partida pelo Santos, contra o Figueirense na Vila Belmiro, em 28 de agosto.[20]

Em 30 de agosto de 2016, Gabriel foi anunciado como reforço da Internazionale, contratado por 27,5 milhões de euros.[21][22] Fez sua estreia pela Internazionale em jogo contra o Bologna, pela sexta rodada da Serie A de 2016–17, no empate em 1 a 1.[23] Após vários jogos no banco, voltou a jogar contra o Sassuolo, entrando nos minutos finais da vitória da Inter por 1 a 0.[24]

No dia 3 de janeiro de 2017, Gabigol fez seu primeiro gol na Inter de Milão, no amistoso entre Real Linense e Inter de Milão.[25]

Benfica

Em 31 de agosto de 2017, a Internazionale anunciou o empréstimo de Gabriel ao Benfica.[26]

Seleção Brasileira

Gabriel participou de muitos torneios pelas categorias de base da Seleção Brasileira, como a Copa do Mundo Sub-17 de 2013 e o Sul-Americano Sub-20 de 2015, mas o único título conquistado pela seleção com sua integração foi o Torneio Internacional de COTIF, em 2014.[27]

No dia 26 de março de 2016, Gabriel foi convocado pelo técnico Dunga, para substituir o atacante Neymar, após suspensão ao receber o terceiro cartão amarelo (que gera suspensão automática) no jogo contra o Uruguai terminado em 2 a 2.[28]

Em 5 de maio de 2016, foi convocado para a disputa da Copa América Centenário.[29] Estreou pela seleção principal em 30 de maio de 2016 em partida amistosa contra o Panamá. Entrou em campo no segundo tempo e marcou o segundo gol do jogo.[30]

Fez parte do elenco que conquistou a primeira medalha de ouro conquistada pela Seleção Brasileira olímpica nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016[31].

Estatísticas

Atualizado em 5 de dezembro de 2017.

Clubes

[32]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Santos 2013 11 1 2 2 1 0 2 0 0 15 2 2
2014 31 8 5 7 6 3 18 7 2 56 21 10
2015 30 10 5 14 8 3 12 3 3 56 21 11
2016 11 5 2 1 0 0 18 8 3 30 13 5
Total 83 24 14 24 15 6 0 0 0 50 18 8 157 57 28
Internazionale 2016–17 9 1 0 1 0 0 10 1 0
Total 9 1 0 1 0 0 0 0 0 10 1 0
Benfica 2017–18 1 0 0 2 1 0 2 0 0 5 1 0
Total 1 0 0 2 1 0 2 0 0 5 1 0
Total na carreira 93 25 14 27 16 6 2 0 0 50 18 8 171 59 28

Todos os Gols de Gabriel Barbosa pelo Santos:

Todos os Gols de Gabriel Barbosa pela Internazionale:

Seleção Brasileira

Atualizado em 20 de agosto de 2016. [33]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Sub-17
Sub-20
Sub-23
Seleção principal

Títulos

Profissional

Santos
Seleção Brasileira

Categorias de Base

Santos

Prêmios Individuais

Artilharias

Referências

  1. «'Descoberto' por Zito, Gabigol começou no São Paulo e já levou 'puxão de orelha' após o gol». ESPN. Consultado em 7 de abril de 2016 
  2. «Aos 16 anos Gabigol vale R$ 131 milhões e é a maior promessa do Santos - Esportes - Estadão». Estadão. Consultado em 7 de abril de 2016 
  3. «Apelido de Gabigol, novo astro da base do Santos já marcou 600 gols na carreira». Esporte UOL. Consultado em 26 de Julho de 2013 
  4. «Santos acerta primeiro contato de Gabigol e joia valerá 131 milhões de reais». Globo Esporte. Consultado em 26 de Julho de 2013 
  5. «Ganso, Neymar e Lucas em um só: Gabigol, o novo fenômeno da Vila». globoesporte.com. Consultado em 17 de janeiro de 2016 
  6. «Santos x Flamengo». Globo Esporte. Consultado em 26 de Julho de 2013 
  7. «Acordo com Barça prevê prioridade de venda de Gabigol e Victor Andrade». globoesporte.com. Consultado em 5 de fevereiro de 2016 
  8. «Santos x Grêmio». Globo Esporte. Consultado em 21 de Agosto de 2013 
  9. «Santos dá novo show na Vila, goleia Botafogo-SP e passa de 12 mil gols». Globo Esporte. Consultado em 1 de fevereiro de 2014 
  10. «Acelerado, Santos massacra 'sonolento' Corinthians e leva adversário à crise». ESPN. Consultado em 8 de abril de 2016 
  11. «Mais caro do Brasil, Leandro Damião minimiza pressão:' Sou só mais um'». Globo Esporte. Consultado em 4 de agosto de 2016 
  12. «Artilheiro pela primeira vez, Gabriel iguala feito de Neymar com o Santos». Globo Esporte. Consultado em 04 de Agosto de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  13. «Com gols de Gabriel, futebol paulista tem artilharia do torneio pela nona vez». Federação Paulista de Futebol. Consultado em 5 de agosto de 2016 
  14. «Gabigol alcança artilharia de 2015 e faz história pelo Santos na Copa do Brasil». Terra. Consultado em 8 de abril de 2016 
  15. «Santos bate Palmeiras em jogo tenso e fica a um empate do título». Globoesporte 
  16. «Palmeiras vence o Santos nos pênaltis e fica com o titulo da Copa do Brasil». Globo Esporte. Consultado em 06 de Agosto de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  17. «Gabigol tem o maior valor de mercado do futebol brasileiro». Terra. Consultado em 5 de fevereiro de 2016 
  18. «Em festa santista, Lucas Lima leva o prêmio de melhor jogador do Paulista». globoesporte.com. Consultado em 20 de maio de 2016 
  19. «Inter de Milão paga quase o dobro de Gabigol por meia campeão da Euro com Portugal». Consultado em 28 de agosto de 2016 
  20. «He-Man ofusca despedida de Gabigol, Santos perde do Figueirense na Vila e sai vaiado». Consultado em 28 de agosto de 2016 
  21. «Gabigol assina contrato de cinco anos com Inter de Milão». Istoé. 30 de agosto de 2016 
  22. «Gabigol is an Inter player». FC Internazionale Milano. 30 de agosto de 2016 
  23. «Gabigol estreia com personalidade, mas Inter de Milão só empata com Bologna». UOL. 25 de setembro de 2016 
  24. «Gabigol entra, Felipe Melo é expulso, mas Inter vence com gol de Candreva». UOL. 18 de dezembro de 2016 
  25. «Pela primeira vez como titular, Gabigol garante vitória da Inter em torneio amistoso». GazetaEsportiva. 3 de janeiro de 2017 
  26. «GABRIEL BARBOSA AL BENFICA». inter.it. 31 de agosto de 2017 
  27. «Criando um 'monstro'? Gabigol supera Neymar em início de carreira no Peixe». globoesporte.com. Consultado em 18 de janeiro de 2016 
  28. «Dunga convoca Felipe, do Corinthians, e Gabigol, do Santos, contra o Paraguai». O Globo. Consultado em 26 de março de 2016 
  29. «Com 7 olímpicos, Dunga convoca Seleção para a Copa América | seleção brasileira | ge». globoesporte.globo.com. Consultado em 5 de maio de 2016 
  30. «Jonas à la Neymar e estreante Gabigol dão vitória ao Brasil sobre Panamá». UOL. 30 de maio de 2016 
  31. Pereira, Josias (20 de agosto de 2016). «Brasil vai de início turbulento ao ouro inédito nos pés de Neymar». Jornal O Tempo. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  32. «Perfil de Gabriel». Soccerway. Consultado em 28 de agosto de 2016 
  33. «Matches of Gabriel». Soccerway. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  34. «Match report United Arab Emirates - Brazil» (PDF). FIFA.com 
  35. «Match report Brazil - Mexico» (PDF). FIFA.com 
  36. «CAampeonato Sul-Americano Sub-20 Hexagonal Final - RODADA 1». globoesporte.globo.com. Consultado em 3 de junho de 2016 
  37. «Brasil bate Paraguai e vence a 1ª no hexagonal final do Sul-Americano Sub-20». jovempan.uol.com.br. Consultado em 3 de junho de 2016 
  38. «Argentina derrota o Brasil por 2 a 0 no Sul-Americano sub-20 de futebol». oglobo.globo.com. Consultado em 3 de junho de 2016 
  39. «Reservas decidem, Brasil faz cinco no Peru e garante retorno ao Mundial». Globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2016 
  40. «Triste fim: Brasil perde para a Colômbia no adeus ao Sul-Americano». Globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2016 
  41. «Seleção olímpica aproveita fragilidade de rival, joga bem e goleia por 6 a 0». Globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2016 
  42. «Gabigol faz dois, dá assistência, e seleção olímpica goleia o Haiti». Globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2016 
  43. «Com "garçom" Lucas Silva, seleção olímpica derrota os Estados Unidos». Globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2016 
  44. «Felipe Anderson e Gabigol comandam goleada da seleção olímpica sobre EUA». Globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2016 
  45. «Brasil martela, mas para em goleiro e sai de campo vaiado em derrota para a Nigéria». Globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2016 
  46. «Gabigol marca, e Brasil vence Panamá antes de estreia na Copa América Centenário». Globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2016 
  47. «Árbitro "salva" falha de Alisson, e Brasil estreia com empate na Copa América». Globoesporte.com. Consultado em 9 de junho de 2016 
  48. «Gol do Brasil! Eterno 7x1 reaparece e Seleção massacra o Haiti na Copa América». Globoesporte.com. Consultado em 9 de junho de 2016 
  49. «Brasil leva gol de mão, perde do Peru e é eliminado da Copa América». Folha de S.Paulo. Consultado em 15 de junho de 2016 
  50. «I migliori under del mondo». La Gazzetta dello Sport 

Ligações externas