Calçada da Fama do Maracanã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Marca dos pés de Pelé na Calçada da Fama do estádio.

A Calçada da Fama do Estádio do Maracanã é uma área reservada para homenagear grandes futebolistas mundiais, permitindo-se assim relembrar um pouco da história do futebol através de seus craques.

Localizada no nível térreo do estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), próximo à entrada para as cadeiras especiais, teve sua inauguração na data do cinquetenário do Maracanã, em 2000.[1] Quando da sua inauguração, houve também uma homenagem especial a quatro personalidades: Pelé, Garrincha, Zagallo e João Havelange.

Cada um dos homenageados é convidado a colocar seus pés (ou mãos, no caso dos goleiros) em um molde de gesso,[2] encravadas em peças de granito verde e mármore branco. Os desenhos feitos pela junção das peças de granito fazem refência à bolas de futebol (A placa de identificação ou com o nome do atleta, tem o formato de uma bola, ficando sujestivamente entre os pés do jogador.).[3]

Uma curiosidade é que Garrincha, falecido à época da inauguração, só pôde ter sua pegada eternizada no Maracanã através de uma doação da família Mourão, que por anos manteve a placa com o molde de seus pés tortos intacta num acervo particular.[4] Além disso, ele possui um estande especial com um par de suas chuteiras e uma camisa.

A lista dos 51 primeiros nomes foi assim escolhida, por uma comissão de jornalistas esportivos: Os dez maiores artilheiros dos 50 anos do estádio e mais 40 notáveis, que ajudaram a construir a história do Maracanã. Porém, por considerarem uma injustiça a não inclusão de Leandro, resolveram homenagear 51 notáveis, e não mais 50.[5]

A comissão de jornalistas esportivos que elegeu os principais nomes da história do Maracanã foi formada por Armando Nogueira, José Carlos Araújo, Luiz Mendes, Washington Rodrigues, Orlando Batista e Milton Neves.

Atualmente, são 100 os imortalizados (Masculino), e mais uma mulher (Marta).[6] Destes, 6 são estrangeiros.,[7] e apenas 7 são goleiros.

Existe um projeto para se criar o hall da fama para os técnicos.[8]

Em 2009, foi inaugurado no local uma Estátua em homenagem ao Zico.[9]

Além das homenagens aos futebolistas, existe também a calçada da fama de outros esportes, como o tênis, por exemplo, que fica localizada no Maracanãzinho.[10]

Homenageados[editar | editar código-fonte]

Jogadores [editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Os 94 Maiores Ídolos brasileiros[editar | editar código-fonte]

  1. Brasil Ademir da Guia
  2. Brasil Almir Pernambuquinho
  3. Brasil Amarildo
  4. Brasil Assis
  5. Brasil Barbosa
  6. Brasil Bebeto
  7. Brasil Bellini
  8. Brasil Carlos Alberto Torres
  9. Brasil Castilho
  10. Brasil Coutinho
  11. Brasil Danilo Alvim
  12. Brasil Dequinha
  13. Brasil Dida
  14. Brasil Didi
  15. Brasil Dirceu Lopes
  16. Brasil Djalma Santos
  17. Brasil Edmundo
  18. Brasil Falcão
  19. Brasil Garrincha - póstumo
  20. Brasil Gerson
  21. Brasil Gylmar
  22. Brasil Ipojucan
  23. Brasil Jair Rosa Pinto
  24. Brasil Jairzinho
  25. Brasil Joel Martins
O maior de todos também tem seus pés imortalizados
Zico, o maior artilheiro do Maracanã, e um dos homenageados.
Garrincha, A Alegria do Povo.

26.Brasil Julinho
27.Brasil Junior
28.Brasil Leandro
29.Brasil Luisinho Lemos
30.Brasil Manga
31.Brasil Nílton Santos
32.Brasil Orlando Peçanha
33.Brasil Paulo Cesar Caju
34.Brasil Pelé
35.Brasil Pepe
36.Brasil Pinga
37.Brasil Quarentinha
38.Brasil Renato Gaúcho
39.Brasil Rivellino
40.Brasil Roberto Dinamite
41.Brasil Romário
42.Brasil Rubens
43.Brasil Telê Santana
44.Brasil Tostão
45.Brasil Vavá
46.Brasil Waldo
47.Brasil Washington
48.Brasil Zagallo
49.Brasil Zico
50.Brasil Zito
51.Brasil Zizinho

2001 a 2007[editar | editar código-fonte]

52.Brasil Ademir de Menezes
53.Brasil Adílio
54.Brasil Alex Kamianecky
55.Brasil Altair
56.Brasil Andrade
57.Brasil Branco
58.Brasil Brito
59.Brasil Carpegiani
60.Brasil Cláudio Adão
61.Brasil Dunga
62.Brasil Edinho
63.Brasil Edu Antunes
64.Brasil Evaristo de Macedo
65.Brasil Félix
66.Brasil Friaça
67.Brasil Geovani
68.Brasil Jorginho
69.Brasil Leão
70.Brasil Luís Pereira
71.Brasil M. Antonio Feliciano

Emerson Leão, um dos 5 goleiros imortalizados.
Eusébio com a camisa do Benfica. O português foi o 1º estrangeiro homenageado.

72.Brasil Marinho
73.Brasil Marinho Chagas
74.Brasil Mendonça
75.Brasil Pampolini
76.Brasil Paulo Borges
77.Brasil Paulo Henrique
78.Brasil Paulo Vitor
79.Brasil Pinheiro
80.Brasil Raul Plassmann
81.Brasil Reinaldo
82.Brasil Roberto Miranda
83.Brasil Ronaldo Fenômeno
84.Brasil Rondinelli
85.Brasil Samarone
86.Brasil Sebastião Leônidas
87.Brasil Silva Batuta
88.Brasil Tita
89.Brasil Zinho
90.Brasil Zózimo

Ghiggia, os pés que calaram o Maracanã em 1950 estão eternizados na calçada da fama. Ele é um dos 6 estrangeiros homenageados

2004[editar | editar código-fonte]

91.Portugal Eusébio - 1º estrangeiro homenageado
92.Chile Elias Figueroa

2005[editar | editar código-fonte]

93.Paraguai Romerito

2006[editar | editar código-fonte]

94.Alemanha Franz Beckenbauer[11]

2009[editar | editar código-fonte]

96.Brasil Kaká
97.Sérvia Dejan Petkovic
98.Uruguai Ghiggia

2011[editar | editar código-fonte]

99. Brasil Ronaldinho Gaúcho
100.Brasil Sócrates (póstumo)

2018[editar | editar código-fonte]

101.Brasil Júlio César
102.Brasil Marta

2019[editar | editar código-fonte]

103.Argentina Lionel Messi

2022[editar | editar código-fonte]

104.Brasil Nunes[12]
105.Brasil Gabriel Barbosa[12]
106.Brasil Thiago Silva[13]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Marta, a única mulher homenageada.

Treinadores (ordem alfabética)[editar | editar código-fonte]

  1. Brasil Joel Santana - a ser incluído

Calçada da Fama do Maracanãzinho[editar | editar código-fonte]

A calçada da fama do Ginásio Gilberto Cardoso (mais conhecido como Maracanãzinho), foi inaugurada no dia 18 de Abril de 2009, visando homenagear atletas que passaram (e fizeram história) pelo ginásio, em diversas modalidades.[14]

Homenageados do Maracanãzinho (ordem alfabética)[editar | editar código-fonte]

Atletismo masculino [editar | editar código-fonte]

Edwin Moses
João Derly, judoca.
2012[editar | editar código-fonte]
  1. Estados Unidos Edwin Moses[15]

Basquete masculino [editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]
  1. Brasil Amaury
  2. Brasil Wlamir Marques

Futsal masculino [editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]
  1. Brasil Falcão

Judô masculino [editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]

[16]

  1. Brasil João Derly
  2. Brasil Rogério Sampaio

Judô feminino [editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]
  1. Brasil Ketleyn Quadros

Tênis masculino [editar | editar código-fonte]

Guga, um dos homenageados na calçada da fama do maracanãzinho.
2010[editar | editar código-fonte]
  1. Estados Unidos André Agassi
  2. Brasil Fernando Meligeni
  3. Brasil Gustavo Kuerten
  4. Estados Unidos Jim Courier
  5. Rússia Marat Safin
  6. Suécia Mats Wilander
  7. Brasil Thomaz Koch
2012[editar | editar código-fonte]

8. Sérvia Novak Djokovic[17]

Voleibol [editar | editar código-fonte]

Bernard, criador do jornada nas estrelas, eternizado na calçada da fama do maracanãzinho
Bernardinho, técnico campeão de tudo com a seleção masculina, também está eternizado.

Jogadores (masculino)[editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]

01.Brasil Bernard Rajzman

Brasil Seleção Campeã Jogos Pan 2007 (Rio) 02. Bruninho
03. Marcelo Elgarten
04. André Heller
05. Samuel Fuchs
06. Giba
07. Murilo Endres
08. André Nascimento
09. Serginho "Escadinha" (L)
10. Anderson Rodrigues
11. Gustavo Endres
12. Rodrigão
13. Dante Amaral

Jogadores (feminino)[editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]
  1. Brasil Fabi

Treinadores[editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]
  1. Brasil Bernardinho

Referências

  1. «Eusébio se emociona com Calçada da Fama». Terra Networks. Esportes.terra.com.br 
  2. «Estádio Maracanã - Rio de Janeiro / Brasil». Cariocario.com. Consultado em 15 de março de 2012 
  3. «Estádio do Maracanã - Uma Visita que Vale a Pena». Riodejaneiroaqui.com. Consultado em 15 de março de 2012 
  4. «A Calçada da Fama do Maracanã é lugar de consagração e imortalidade dos craques do futebol». Momentodofutebol.com. Consultado em 15 de março de 2012 
  5. «CALÇADA DA FAMA DO MARACANÃ- 10 ANOS – 2000/2010». Blog.maismemoria.net 
  6. «Calçada da Fama do Maracanã completa cem homenagens a craques mundiais». Globo.com. Globoesporte.globo.com 
  7. «Agora na Calçada da Fama do Maracanã, Pet realiza o 'sonho que não sonhou'». Globo.com. Globoesporte.globo.com. Consultado em 15 de março de 2012 
  8. «Joel Santana será homenageado na Calçada da Fama do Maracanã». O Globo. Consultado em 15 de março de 2012 
  9. «Zico entra para o rol de craques homenageados com estátuas». Globo.com. Globoesporte.globo.com. 26 de dezembro de 2009 
  10. «Maracanã: Guga e astros do tênis deixam marcas na Calçada da Fama». Espbr.com. Consultado em 15 de março de 2012 
  11. «Beckenbauer leaves prints in Brazil walk of fame» (em inglês). English.peopledaily.com. Consultado em 15 de março de 2012 
  12. a b «Ídolos do Flamengo, Gabigol e Nunes são homenageados na Calçada da Fama do Maracanã». ge. Consultado em 27 de março de 2022 
  13. «Thiago Silva é homenageado, se emociona e coloca os pés na Calçada da Fama do Maracanã». ge. Consultado em 27 de março de 2022 
  14. «Maracanãzinho inaugura Calçada da Fama neste sábado». Governo-rj.jusbrasil.com.br. Consultado em 15 de março de 2012 
  15. «BICAMPEÃO OlímpicO EDWIN MOSES DEIXA OS PÉS ETERNIZADOS NA CALÇADA DA FAMA DO MARACANÃZINHO». Rj.gov.br. Consultado em 15 de março de 2012 
  16. «Judocas entram para a Calçada da Fama do Maracanãzinho». Terra Networks. Esportes.terra.com.br. Consultado em 15 de março de 2012 
  17. «Guga x Djokovic: partida de exibição vira noite inesquecível». iG. Odia.ig.com.br 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre desporto/esporte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.