João Derly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Derly
Deputado Federal pelo Rio Grande do Sul
Período 1 de fevereiro de 2015
até a atualidade
Vereador de Porto Alegre
Período 1 de janeiro de 2013
até 1 de fevereiro de 2015
Dados pessoais
Nome completo João Derly de Oliveira Nunes Júnior
Nascimento 2 de julho de 1981 (36 anos)
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Nacionalidade Brasileiro
Partido PCdoB (até 2015)
REDE (2015-atualmente)
Profissão Atleta
João Derly Judo pictogram.svg
Informações pessoais
Modalidade Judô
Medalhas
Campeonato Mundial de Judô
Ouro Cairo 2005 Meio-leve
Ouro Rio de Janeiro 2007 Meio-leve
Jogos Pan-Americanos
Ouro Rio de Janeiro 2007 Meio-leve

João Derly de Oliveira Nunes Júnior (Porto Alegre, 2 de junho de 1981) é um ex-judoca brasileiro, da categoria meio-leve, e político brasileiro, filiado a Rede Sustentabilidade, sendo deputado federal pelo Rio Grande do Sul.[1]

Carreira esportiva[editar | editar código-fonte]

Atleta da Sociedade de Ginástica Porto Alegre (SOGIPA) durante toda sua carreira, João Derly foi o primeiro brasileiro da modalidade a tornar-se campeão mundial de judô da categoria principal (sênior). O feito foi alcançado no Campeonato Mundial de Judô de 2005, na cidade do Cairo, Egito. Além do título inédito, o judoca ainda foi eleito como o melhor atleta da competição. Na final, João derrotou o japonês Masato Uchishiba, então campeão olímpico; em menos de um minuto de luta, por ippon.

Em 2006, outro título inédito para o Brasil: campeão do Grand Slam de Paris, competição muito tradicional e que, naquele ano, foi torneio de mais alto nível da modalidade.

Em 15 de setembro de 2007 sagrou-se bicampeão mundial durante o 25º Campeonato Mundial realizado no Rio de Janeiro, ao derrotar o cubano Yordanes Arencibia, por um koka, no Golden Score, tempo extra realizado após o combate terminar empatado durante os cinco minutos regulamentares. Naquele campeonato ainda foram campeões do mundo os judocas Tiago Camilo e Luciano Correa. Passados mais de 10 anos do bicampeonato, Derly continua sendo o único brasileiro a vencer o torneio por duas vezes.

Ainda em 2007, o bicampeão do mundo já havia conquistado a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007, igualmente em disputa no Rio de Janeiro.

Olimpíada de Pequim[editar | editar código-fonte]

Única medalha que não conquistou durante a sua carreira, chegou a disputa das Olimpíadas como um dos favoritos a a conquistar uma medalha em sua categoria (até 66 kg) nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008. Derly venceu na primeira rodada o sul-coreano Joo-Jin Kim, porém foi derrotado na segunda luta pelo português Pedro Dias por wazari[2] e acabou ficando de fora da disputa por medalhas.

Campeão Mundial Junior

Em 2000, na Tunísia, João Derly conquistou o Mundial sub-20 e em 2001 foi medalha de bronze na Universíade, a olimpíada universitária, mostrando que muitas conquistas viriam adiante.

Lesões e fim da carreira[editar | editar código-fonte]

Após seu último grande título, João Derly precisou passar por duas intervenções cirúrgicas no joelho, o que acabaram por abreviar a carreira. Em um evento promovido pela Sogipa, o judoca aposentou-se oficialmente em junho de 2012, derrotando o atleta da Costa Rica Murilo Osmam em uma luta que durou apenas 21 segundos.[3]

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 90/91/92/93/94/95/96/97/98/99/2001 - Decacampeão estadual
  • 90/91/92/93/94/95 - Hexacampeão brasileiro nas categorias inferiores
  • 1996, 1997 e 1998 - Tricampeão brasileiro juvenil
  • 1997 e 1998 - Bicampeão brasileiro júnior
  • 1998, 2000 e 2001 - Tricampeão brasileiro adulto
  • 1998 - Bronze no Mundial Juvenil
  • 1998 e 1999 - Bicampeão sul-americano adulto
  • 1998 - Ouro no Aberto Internacional de Tre Torri (Itália)
  • 1999 - Campeão pan-americano juvenil
  • 2000 - Campeão mundial júnior, na Tunísia
  • 2000 - Medalha de bronze no Campeonato Mundial Universitário
  • 2001 - Campeão gaúcho absoluto
  • 2001 - Medalha de bronze na Universíade de Pequim
  • 2001 - Prata no Aberto Internacional de Tre Torri (Itália)
  • 2002 - Medalha de prata no Torneio Aberto de Paris
  • 2002 - Medalha de ouro no Grand Prix da Áustria, em Leonding
  • 2002 - Medalha de ouro no Grand Prix de Praga, na República Tcheca
  • 2002 - Medalha de ouro no Grand Prix de Varsóvia, na Polônia
  • 2002 - Medalha de bronze no Torneio de Guido Sieni, na Itália
  • 2003 - Vice-campeão Grand Prix Nacional de Judô
  • 2003 - Campeão da Copa Aurélio Miguel
  • 2005 - Campeão pan-americano sênior
  • 2005 - Campeão mundial adulto, no Cairo, no 24º Campeonato Mundial de Judô.[4]
  • 2006 - Medalha de ouro na Super Copa do Mundo de Paris
  • 2006 - Medalha de prata na Copa de Leonding, na Áustria
  • 2006 - Primeiro lugar no ranking mundial de judô[5]
  • 2007 - Medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro[6]
  • 2007 - Bicampeão mundial adulto, no Rio de Janeiro, no 25º Campeonato Mundial de Judô.
  • 2008 - Campeão do VII Troféu Brasil Interclubes de Judô, disputado na SOGIPA
  • 2009 - Bicampeão Pan-Americano, em Buenos Aires

Política[editar | editar código-fonte]

Após aposentar-se como judoca profissional,[7] João Derly disputou em 2012 a eleição de vereador de Porto Alegre pelo (PCdoB), elegendo-se como segundo mais votado do pleito, com mais de 14 mil votos.[8]

Em 2014, disputou a eleição a deputado federal, pelo PCdoB no Rio Grande do Sul, e foi eleito com 106.991 votos. Em setembro de 2015 filiou-se a REDE Sustentabilidade. No Congresso Nacional, tem como pautas prioritárias a defesa dos direitos dos trabalhadores, políticas públicas para esporte, investimentos em educação e a defesa da juventude.[9]

Referências

  1. Mazui, Guilherme (28 de setembro de 2015). «Deputado João Derly troca PC do B pela Rede Sustentabilidade». ZH 2014 
  2. «João Derly volta para casa sem medalha». www.clicrbs.com.br. clicrbs. 10 de agosto de 2008. Consultado em 18 de junho de 2017 
  3. Hammes, Tomás (14 de junho de 2012). «Emocionado, bicampeão do mundo João Derly se despede do judô». sportv.com 
  4. «João Derly desembarca com o ouro do Mundial». Terra. 14 de setembro de 2005 
  5. «João Derly lidera ranking mundial de judô». esporte.uol.com.br. UOL Esporte. 2 de março de 2006. Consultado em 25 de julho de 2017 
  6. «Pan-Judô: João Derly vence equatoriano e conquista o ouro». O Globo. 22 de julho de 2007 
  7. «Bicampeão mundial de judô, João Derly encerra carreira». Estadão. 14 de junho de 2012 
  8. «Porto Alegre/RS: Apuração de votos e candidatos eleitos (1º turno)». placar.eleicoes.uol.com.br. UOL Eleições 2012. Consultado em 25 de julho de 2017 
  9. «Senador e deputados federais/estaduais eleitos: Apuração e resultado das Eleições 2014 - RS». UOL Eleições 2014. Consultado em 25 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Judo pictogram.svg Este artigo sobre um(a) judoca, integrado ao Projeto Artes Marciais, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.