Benedito de Assis da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Benedito de Assis Silva)
Ir para: navegação, pesquisa
Assis
Informações pessoais
Nome completo Benedito de Assis Silva[1]
Data de nasc. 12 de novembro de 1952
Local de nasc. São Paulo, SP,  Brasil
Falecido em 6 de julho de 2014 (61 anos)
Local da morte Curitiba, PR,  Brasil
Apelido Carrasco
Informações profissionais
Posição ex-Atacante e ex-treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1972–1973
1973–1976
1977
1978–1979
1980–1981
1981–1982
1982–1983
1983–1987
1988
1989
1989–1990
1990
1991
Brasil Francana
Brasil São José
Brasil Inter de Limeira
Brasil Francana
Brasil São Paulo
Brasil Internacional
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Fluminense
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Pinheiros-PR
Brasil Paysandu
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Paraná

51 (15)

5 (2)
31 (5)
7 (4)
23 (5)
177 (54)




Seleção nacional
1984 Brasil Brasil 2 (0)
Times/Equipas que treinou
1998 Brasil Fluminense (juvenil)

Benedito de Assis Silva (São Paulo, 12 de novembro de 1952Curitiba, 6 de julho de 2014), mais conhecido como Assis, foi um futebolista brasileiro que atuava como atacante.[2][3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

No início de sua carreira, passou por clubes pequenos do futebol paulista, e chamou a atenção do São Paulo, que o contratou após ele marcar dezessete gols pela Fracana no Campeonato Paulista de 1979.

Defendeu o São Paulo entre 1980 e 1981, fazendo parte dos elencos que conquistaram o bicampeonato paulista nos dois anos. Foi negociado com o Internacional em agosto de 1981, junto com uma quantia em dinheiro, com o São Paulo recebendo o meia Mário Sérgio em troca.

Em 1982, foi para o Atlético-PR, trocado junto com o também reserva Washington pelo lateral Augusto.[4] Lá, a dupla começou a se projetar nacionalmente, ajudando a levar o clube paranaense ao título estadual de 1982 e à semifinal do Campeonato Brasileiro de 1983.[5]

Mas sua carreira teve maior destaque no Fluminense, quando chegou ao clube ao lado de Washington e conquistou o tricampeonato do Campeonato Carioca (1983, 1984, 1985) e o Campeonato Brasileiro de 1984, além de diversos outros torneios, inclusive internacionais.

Assis disputou 177 partidas pelo Fluminense e fez 54 gols, entre 1983 e 1987[6]. Ao lado do companheiro de ataque, formou uma dupla que ficou conhecida como "Casal 20", alusão a um seriado de televisão da época.[7] Decidiu dois campeonatos cariocas, marcando gols em finais contra o Flamengo. Ganhou o apelido de "Carrasco do Flamengo" e passou a ser saudado pela torcida tricolor com o refrão "Recordar é viver, Assis acabou com você".[8]

Deixou o clube carioca em 1987, para tentar jogar nos Estados Unidos, pelo Miami, mas não conseguiu obter o visto de entrada e teve que voltar para o Brasil.[9] Também defendeu o Paysandu e o Paraná Clube antes de encerrar a carreira no Atlético Paranaense, em 1992.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Assis foi convocado apenas uma vez para a Seleção Brasileira, na breve passagem do técnico Edu, em 1984, logo após a vitoriosa campanha do Fluminense no Campeonato Brasileiro. Ele atuou nos amistosos contra a Inglaterra (derrota por 2 a 0, no Maracanã) e o Uruguai (vitória por 1 a 0, no Morumbi).[10]

Aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Em 2012, após anos como Coordenador da Categoria de Base do Fluminense, Assis foi convidado a ocupar o título de "Embaixador do Fluminense". No novo cargo, acompanhava os eventos do mundo futebolístico e do próprio Flu, como o projeto "Tricolor em toda a terra", como representante do seu time do coração.

Em 2013, seu filho, o ator, diretor e roteirista Gustavo Stella, desenvolveu o documentário independente intitulado "Ídolo Desmistificado" em que conta a relação do pai com seus admiradores e torcedores por todo o Brasil. O filme passou por Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Salvador, Brasília e Vitória.

Morte[editar | editar código-fonte]

Na manhã de 6 de julho de 2014, o ex-atacante morreu, vítima de insuficiência renal, aos 61 anos de idade.

Títulos[editar | editar código-fonte]

São Paulo
Internacional
  • Campeonato Gaúcho: 1981
Atlético-PR
  • Campeonato Paranaense: 1982
Fluminense
Paraná Clube
  • Campeonato Paranaense: 1991

Referências

  1. Biografias - Assis. UOL Esporte
  2. Assis Fluminense Football Club
  3. Assis e o futebol do Casal 20Jornal Tribuna do Paraná
  4. Jorge Eduardo (29 de agosto de 1982). «Atlético, a nova força do futebol paranaense». O Estado de S. Paulo (32 967). São Paulo: S.A. O Estado de S. Paulo. p. 45. ISSN 1516-2931 
  5. Assis. Furacão.com - História
  6. DE FREITAS LIMA, Ricardo. «Jogadores - Letra A - Assis 1987». Fluzão.info. Consultado em 13 de novembro de 2016 
  7. Museu do esporte
  8. Carioca: Fluminense lembra Assis e título de 1983 em 2º uniforme Futebol Interior, 23/04/2013
  9. Que fim levou? - Assis. Terceiro Tempo
  10. Que fim levou? - Galeria de fotos: Assis. Terceiro Tempo