Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ver artigo principal: Fluminense Football Club
CT de Xerém
Nome CT Vale das Laranjeiras
Características
Local Xerém
Gramado Grama natural (105 x 68 m)
Construção
Data 1983
Inauguração
Outras informações
Remodelado 2007
Proprietário Fluminense
Administrador Fluminense
Mandante Fluminense

O Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras é o local onde as equipes de futebol das categorias de base do Fluminense realizam seus treinamentos e a maioria de seus jogos com mando de campo, desde 1995.

História[editar | editar código-fonte]

Em 21 de julho de 1981, dia do aniversário de 79 anos do Fluminense Football Club, foi assinada a escritura do terreno que hoje abriga o Centro de Treinamento de Xerém.[1]

Situado a 40 km do Centro do Rio, na tranquilidade de Xerém – Distrito da cidade de Duque de Caxias, o terreno, que pertencia à Associação dos Tarifeiros da Marinha e era administrado pelo Serviço de Patrimônio da União, foi cedido ao clube pelo então Presidente da República General João Baptista de Figueiredo.[2]

A ideia de ter um Centro de Treinamento que pudesse abrigar o futebol surgiu durante o mandato do presidente Sylvio Kelly dos Santos, na tentativa de preservar o Estádio das Laranjeiras, primeiro estádio de cimento construído no Brasil, isso em 1919.

A sugestão do terreno foi do funcionário Roberto Alvarenga, que já conhecia o local e o recomendou ao presidente. Kelly enviou então uma carta ao General Figueiredo relembrando os serviços prestados pelo Fluminense ao desporto brasileiro e solicitando a cessão do terreno que, cinco meses mais tarde, passava a ser de posse do clube.

As obras começaram em seguida, com o levantamento topográfico e a terraplanagem. O primeiro campo de futebol de Xerém levou a assinatura de um dos mais famosos paisagistas do mundo, o brasileiro Roberto Burle Marx.

A abertura da área ocorreu no dia 30 de abril de 1983 e a obra comportava apenas o campo de futebol. Em 1984, o time profissional do Fluminense treinava em Xerém, ainda que não houvesse sistema de iluminação ou uma estrutura fora o campo. O time utilizava um alojamento próximo, chamado Berro D’Água. Ao final do ano, Paulo Víctor, Aldo, Duílio, Ricardo Gomes e Renato; Jandir, Delei (Renê) e Assis; Romerito, Washington (Wilsinho) e Tato entraram para a história tricolor ao conquistar o título do Campeonato Brasileiro.

Mais tarde o arquiteto Maurício Prochnik, que projetou o acesso ao Corcovado, trabalhou no projeto embrionário para a construção do CT, custeado por alguns tricolores ilustres, arregimentados por João Havelange. Com a maquete pronta, a nova etapa era levantar recursos para o financiamento e foi então criada uma taxa de obra, dividida pelos associados do clube, além da ajuda de outras personalidades que seguiram atendendo ao pedido de Havelange.

Em 1985 a parte física ficou pronta, mas o CT ainda não dispunha de equipamentos. A inauguração oficial aconteceu apenas dez anos mais tarde, no dia 16 de dezembro de 1995, com o nome de Sylvio Kelly dos Santos.

Desde então, Xerém vem sofrendo modernizações e hoje recebe diariamente cerca de 400 garotos, com idades entre 9 e 20 anos, que contam com um programa que inclui alimentação balanceada, estudo, acompanhamento social, psicológico e médico, além de treinamentos físicos, técnicos e táticos, imprescindíveis para o desenvolvimento da prática de futebol.

Todos os serviços são oferecidos sob orientação e acompanhamento de profissionais diplomados e qualificados dentro do cenário esportivo nacional, que contam hoje com uma infraestrutura de seis campos de treinamento e um de jogo, prédio administrativo, concentração e o Hotel Concentração Telê Santana, distribuída numa área utilizada de cerca de 100 mil m².

Não à toa o clube se tornou um colecionador de títulos nas divisões de base. Mesmo antes da criação do Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras, o Tricolor já acumulava importantes conquistas, como a da Copa São Paulo de Futebol Junior nos anos de 1971, 1973, 1977, 1986 e 1989. Mas o número de conquistas cresceu muito a partir de 1999, período no qual o CT começou efetivamente a funcionar.[3]

Dentre os mais importantes podemos destacar: o 8º Torneio de Oberndorf de Juniores (Alemanha) em 2001, bicampeonato Mundial (Manchester United Premier Cup, na Inglaterra) em 2005 e 2008, o bicampeonato do Mundialito de Juniores (Emirados Árabes Unidos) 2005 e 2008, 36º Torneio Internacional de Futebol de Monthey na Suíça (juniores) 2006 e 25ª edição da Milk Cup Sub-17 (na Irlanda), em 2007.[4]

O Fluminense orgulha-se do trabalho desenvolvido em Xerém não só pela conquista de importantes títulos internacionais, difundindo pelo mundo a tradição tricolor, mas, principalmente, pelo desenvolvimento da formação e qualificação de atletas e cidadãos.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. FLUMINENSE, Equipe do site. «Xerém - Estruturas». fluminense.com.br. Consultado em 17 de dezembro de 2014 
  2. MAGALHÃES, Jorge. «O Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras». flumania.com.br. Consultado em 17 de dezembro de 2014 
  3. FLUMINENSE, Equipe do site. «Xerém - Conquistas». fluminense.com.br. Consultado em 17 de dezembro de 2014 
  4. FLUMINENSE, Equipe do site. «Xerém». fluminense.com.br. Consultado em 17 de dezembro de 2014 
  5. TORRES, Fagner (28 de novembro de 2014). «Fluminense é a base do Brasil no sub-20. E o clube?». espnfc.espn.uol.com.br. Consultado em 17 de dezembro de 2014