Campeonato Brasileiro de Futebol de 1983

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
XXVII Campeonato Brasileiro de Futebol
Taça de Ouro de 1983
Dados
Participantes 44
Organização CBF
Local de disputa Brasil
Período 23 de janeiro29 de maio
Gol(o)s 851
Partidas 318
Média 2,68 gol(o)s por partida
Campeão Flamengo (3º título)
Vice-campeão Santos
Melhor marcador Serginho (Santos) – 22 gols
Público 7 299 054
Média 22 953 pessoas por partida
Outras divisões
Taça de Prata Juventus
◄◄ 1982 Soccerball.svg 1984 ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1983, originalmente denominado Taça de Ouro pela CBF, foi a vigésima sétima edição do Campeonato Brasileiro e foi novamente vencido pelo Flamengo, que se tornou o quarto clube brasileiro a conquistar um bicampeonato (como Santos, Palmeiras e Internacional), e o terceiro a chegar a três títulos, igualando os feitos de Internacional, Palmeiras e Santos.

No aspecto mais geral, foi mantida a fórmula de disputa dos dois anos anteriores. Mas foi criada uma terceira fase de grupos antes das finais eliminatórias, e mais uma vez alteraram-se os critérios de desempate na fase final. Pelo terceiro ano consecutivo, manteve-se o acesso direto de quatro clubes da primeira fase da Taça de Prata para a segunda fase da Taça de Ouro. Desta vez, os beneficiados foram Guarani, Botafogo/SP, Americano e Uberaba.

Mudaram também os critérios de inclusão dos clubes no campeonato, que haviam sido bastante rígidos em 1981 e 1982: o Santos, que terminou o ano como vice-campeão brasileiro, participou da Taça de Ouro como convidado, já que fora nono no Campeonato Paulista do ano anterior.

O campeão da Taça de Prata de 1983 foi o Juventus/SP, e o vice-campeão o CSA/AL.

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Primeira Fase: 40 clubes organizados em oito grupos com cinco clubes em cada. Jogando em turno e returno, classificando-se os três primeiros colocados de cada grupo; o quarto colocado de cada grupo vai para a repescagem.

Repescagem Os clubes que ficaram na quarta colocação de cada grupo da primeira fase são dispostos em quatro pares, enfrentando-se em jogo único; os 4 vencedores classificam-se para a segunda fase.

Segunda Fase: Os 24 clubes classificados na primeira fase, mais os 4 classificados na repescagem, mais os 4 primeiros colocados da primeira fase da Taça de Prata, totalizando 32 clubes, são divididos em oito grupos de quatro clubes. Jogando entre si dentro dos grupos, em turno e returno, classificando-se os dois primeiros colocados de cada grupo.

Terceira Fase: Os 16 clubes são divididos em 4 grupos, 4 clubes em cada. Jogam em turno único dentro de cada grupo, classificando-se os campeões para a fase final.

Fase Final (com quartas-de-final, semifinais e final): sistema eliminatório, com jogos em ida-e-volta, tendo o clube de melhor campanha o mando de campo no segundo jogo. No caso de empate na soma dos resultados, classifica-se o clube de melhor campanha em todo o campeonato.

Participantes[editar | editar código-fonte]

O critério de participação dos clubes do Campeonato Brasileiro desta edição ocorreu mediante o desempenho dos clubes nos estaduais de 1982. Os estados do Acre Acre, Amapá Amapá, Rondônia Rondónia e Roraima Roraima não tiveram representantes nesta edição.

UF Clube Forma de classificação
Alagoas Alagoas CSA Campeão do Estadual 1982
Amazonas Amazonas Rio Negro Campeão do Estadual 1982
Bahia Bahia Bahia Campeão do Estadual 1982
Galícia Vice-campeão do Estadual 1982
Ceará Ceará Fortaleza Campeão do Estadual 1982
Ferroviário Vice-campeão do Estadual 1982
Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal Brasília Campeão do Metropolitano 1982
Espírito Santo (estado) Espírito Santo Rio Branco Campeão do Estadual 1982
Goiás Goiás Vila Nova Campeão do Estadual 1982
Goiás Vice-campeão do Estadual 1982
Maranhão Maranhão Moto Club Campeão do Estadual 1982
Mato Grosso Mato Grosso Mixto Campeão do Estadual 1982
Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul Comercial-MS Campeão do Estadual 1982
Minas Gerais Minas Gerais Atlético Mineiro Campeão do Estadual 1982
Cruzeiro Vice-campeão do Estadual 1982
Uberaba 1° colocado do grupo H da Série B de 1983
Pará Pará Paysandu Campeão do Estadual 1982
Paraíba Paraíba Treze Campeão do Estadual 1982
Paraná Paraná Atlético Paranaense Campeão do Estadual 1982
Colorado Vice-campeão do Estadual 1982
Pernambuco Pernambuco Sport Campeão do Estadual 1982
Náutico Vice-campeão do Estadual 1982
Piauí Piauí Tiradentes Campeão do Estadual 1982
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Vasco da Gama Campeão do Estadual 1982
Flamengo Vice-campeão do Estadual 1982
America 3º colocado do Estadual 1982
Botafogo 4º colocado do Estadual 1982
Fluminense 5º colocado do Estadual 1982
Campo Grande 6º colocado do Estadual 1982
Americano 1° colocado do grupo I da Série B de 1983
Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte América de Natal Campeão do Estadual 1982
Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Internacional Campeão do Estadual 1982
Grêmio Vice-campeão do Estadual 1982
Santa Catarina Santa Catarina Joinville Campeão do Estadual 1982
São Paulo São Paulo Corinthians Campeão do Estadual 1982
São Paulo Vice-campeão do Estadual 1982
Palmeiras 3° colocado do Estadual 1982
Ponte Preta 4° colocado do Estadual 1982
Juventus 5° colocado do Estadual 1982
Ferroviária 6° colocado do Estadual 1982
Santos Convidado pela CBF
Guarani 1° colocado do grupo G da Série B de 1983
Botafogo-SP 1° colocado do grupo J da Série B de 1983
Sergipe Sergipe Sergipe Campeão do Estadual 1982

Fase final[editar | editar código-fonte]

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto.

Quartas de final Semifinais Final
        
                                     
 Paraná Atlético Paranaense 2 1 3  
 São Paulo São Paulo 1 0 1  
   Paraná Atlético Paranaense 0 2 2  
   Rio de Janeiro Flamengo 3 0 3  
 Rio de Janeiro Vasco da Gama 1 1 2
 Rio de Janeiro Flamengo 2 1 3  
   Rio de Janeiro Flamengo 1 3 4
   São Paulo Santos 2 0 2
 Goiás Goiás 0 2 2  
 São Paulo Santos 0 2 2  
   São Paulo Santos 2 0 2
   Minas Gerais Atlético Mineiro 1 0 1
 Pernambuco Sport 0 1 1
 Minas Gerais Atlético Mineiro 0 4 4


A Decisão[editar | editar código-fonte]

22 de Maio de 1983 Santos 2 – 1 Flamengo Morumbi, São Paulo
Público: 114.481
Árbitro: São Paulo José de Assis Aragão

Pita Gol 25'
Serginho Chulapa Gol 63'
Baltazar Gol 67'

Santos: Marolla; Toninho Oliveira, Márcio Rossini, Toninho Carlos e Gilberto Sorriso; Lino, Paulo Isidoro e Pita; Camargo (Paulinho Batistote), Serginho e João Paulo. Técnico: Formiga.

Flamengo: Raul; Leandro, Marinho, Mozer e Júnior; Bigu, Adílio e Zico; Élder, Baltazar e Júlio César (Bebeto). Técnico: Carlos Alberto Torres.


29 de Maio de 1983 Flamengo 3 – 0 Santos Maracanã, Rio de Janeiro
Público: 155.523
Árbitro: Rio de Janeiro Arnaldo Cezar Coelho

Zico Gol 1'
Leandro Gol 39'
Adílio Gol 89'

Flamengo: Raul; Leandro, Marinho, Figueiredo e Júnior; Vítor, Adílio e Zico; Élder, Baltazar (Robertinho) e Júlio César (Ademar). Técnico: Carlos Alberto Torres.

Santos: Marolla; Toninho Oliveira, Joãozinho, Toninho Carlos e Gilberto Sorriso; Toninho Silva (Serginho Dourado), Paulo Isidoro e Pita; Camargo (Paulinho Batistote), Serginho e João Paulo. Técnico: Formiga.


Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1983
Rio de Janeiro
Clube de Regatas Flamengo
Campeão
(3° título)

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
Flamengo 35 26 14 7 5 57 30 27 disputaram a final
Santos 36 26 13 10 3 45 28 17
Atlético/MG 35 24 14 7 3 41 18 23 eliminados nas semifinais
Atlético/PR 28 24 11 6 7 32 28 4
São Paulo 31 22 13 5 4 47 17 30 eliminados nas 4as de final
Vasco 26 22 7 12 3 29 17 12
Goiás (2) 22 22 7 8 7 21 26 -5
Sport (2) 21 22 7 7 8 27 27 0
Palmeiras 28 20 10 8 2 44 15 29 eliminados na 3a fase
10° Corinthians 26 20 10 6 4 42 23 19
11° América/RJ 24 20 10 4 6 40 31 9
12° Ferroviária 24 20 9 6 5 27 22 5
13° Náutico 23 20 9 5 6 39 24 15
14° Grêmio 23 20 7 9 4 37 23 14
15° Colorado 21 20 9 3 8 25 29 -4
16° Guarani (1) 11 12 2 7 3 12 14 -2
17° Cruzeiro 17 14 6 5 3 21 17 4 eliminados na 2a fase
18° Fluminense 15 14 6 3 5 19 12 7
19° Internacional 14 14 5 4 5 13 13 0
20° Ponte Preta 14 14 5 4 5 18 20 -2
21° Bahia 14 14 4 6 4 10 12 -2
22° Botafogo (2) 13 14 4 5 5 19 16 3
23° Comercial/MS 12 14 4 4 6 16 22 -6
24° Campo Grande/RJ (2) 11 14 3 5 6 10 19 -9
25° Vila Nova/GO 10 14 4 2 8 14 23 -9
26° Sergipe 10 14 4 2 8 18 34 -16
27° Tiradentes 10 14 4 2 8 13 38 -25
28° América/RN 9 14 4 1 9 11 24 -13
29° Rio Negro 9 14 3 3 8 8 27 -19
30° Botafogo/SP (1) 7 6 3 1 2 4 3 1
31° Americano (1) 6 6 1 4 1 5 7 -2
32° Uberaba (1) 3 6 1 1 4 9 14 -5
33° CSA (2) 6 8 2 2 4 12 12 0 eliminados na repescagem
34° Paysandu (2) 5 8 2 1 5 12 15 -3
35° Juventus (2) 5 8 1 3 4 5 10 -5
36° Ferroviário (2) 3 8 1 1 6 5 17 -12
37° Joinville 6 8 2 2 4 7 12 -5 eliminados na 1a fase
38° Brasília 4 8 1 2 5 5 14 -9
39° Moto Club 4 8 0 4 4 6 14 -8
40° Fortaleza 4 8 0 4 4 6 17 -11
41° Mixto 3 8 1 1 6 7 17 -10
42° Rio Branco 3 8 1 1 6 4 16 -12
43° Galícia 3 8 0 3 5 2 9 -7
44° Treze 2 8 1 0 7 7 25 -18

(1) Guarani, Botafogo/SP, Americano e Uberaba entraram na disputa diretamente na segunda fase, classificados via "Taça de Prata" (série B).

(2) De acordo com o regulamento, os resultados dos jogos da repescagem não fazem parte da tabela de classificação.

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Público Mandante Placar Visitante Estádio Data Fase
1 155 523 Flamengo Rio de Janeiro 3–0 São Paulo Santos Maracanã 29 de maio Final
2 121 353 Flamengo Rio de Janeiro 1–1 Rio de Janeiro Vasco da Gama Maracanã 8 de maio Quartas de Final
3 114 481 Santos São Paulo 2–1 Rio de Janeiro Flamengo Morumbi 22 de maio Final
4 113 479 Atlético Mineiro Minas Gerais 0–0 São Paulo Santos Mineirão 15 de maio Semifinal
5 111 260 Vasco da Gama Rio de Janeiro 1–2 Rio de Janeiro Flamengo Maracanã 5 de maio Quartas de Final
6 111 111 Santos São Paulo 3–2 Rio de Janeiro Flamengo Moumbi 27 de fevereiro Primeira
7 109 819 Flamengo Rio de Janeiro 3–0 Paraná Atlético Paranaense Maracanã 12 de maio Semifinal

Fonte: Acervo Folha

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]