Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
XXVI Campeonato Brasileiro de Futebol
Taça de Ouro de 1982
Dados
Participantes 44
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 16 de janeiro – 25 de abril
Gol(o)s 789
Partidas 287
Média 2,75 gol(o)s por partida
Campeão Rio de Janeiro Flamengo (2º título)
Vice-campeão Rio Grande do Sul Grêmio
Melhor marcador Zico (Flamengo) – 21 gols
Público 5 684 896
Média 19 808 pessoas por partida
Outras divisões
Taça de Prata Campo Grande
◄◄ Brasil Brasileirão 1981 Soccerball.svg Brasileirão 1983 Brasil ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982, originalmente denominado Taça de Ouro pela CBF, foi a vigésima sexta edição do Campeonato Brasileiro e foi vencido pelo Flamengo.

Foi mantido o esdrúxulo sistema do ano anterior, com acesso da Taça de Prata para a Taça de Ouro no mesmo ano. Desta vez, os beneficiados foram o Corinthians, America do Rio, São Paulo do Rio Grande do Sul e Atlético Paranaense.

Pela primeira vez desde 1971, a final foi decidida somente no terceiro jogo, com o Flamengo conquistando o seu segundo título brasileiro sobre o Grêmio no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. O Guarani nesse ano conquistou o recorde de média de gols no Campeonato Brasileiro, com 2,65 gols por partida. Em 2010, a CBF passou a considerar as edições da Taça Brasil como versões do Campeonato Brasileiro. Com esta unificação, a final de 1982 teria sido a quarta vez em que um torneio nacional brasileiro chegou à terceira partida.

O campeão da Taça de Prata nesse ano foi o Campo Grande, do Rio de Janeiro.

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Primeira fase: Os quarenta clubes foram organizados em oito grupos com cinco clubes cada, jogando em turno e returno dentro dos grupos. Classificaram-se os três primeiros colocados de cada grupo, com os quartos colocados indo para a repescagem.

Repescagem: Os clubes que ficaram na quarta colocação de cada grupo da primeira fase foram dispostos em quatro pares, enfrentando-se em jogo único. Os quatro vencedores classificaram-se para a segunda fase.

Segunda fase: Os 24 clubes classificados na primeira fase, os quatro classificados na repescagem e os quatro primeiros colocados da primeira fase da Taça de Prata foram divididos em oito grupos com quatro clubes cada. Jogando entre si dentro dos grupos, em turno e returno, classificaram-se os dois primeiros colocados de cada grupo.

Fase final (com oitavas de final, quartas de final, semifinais e finais): Sistema eliminatório, com jogos de ida e volta. No caso de empate na soma dos resultados, o time com melhor campanha na primeira fase avançaria para a fase seguinte. Exceção: na última etapa (finais), empate na soma dos dois primeiros jogos levaria a um terceiro confronto; se este terminasse empatado, seria campeão o clube com melhor campanha durante todo o campeonato.

Fase final[editar | editar código-fonte]

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 28/3 a 1/4  3/4 a 7/4  11/4 a 15/4  18/4 a 25/4
                                       
1  Bangu 3 2  
16  São José 1 2  
   Bangu 0 2  
   Corinthians 1 1  
8  Bahia 1 2
9  Corinthians 1 5  
   Corinthians 1 1  
   Grêmio 2 3  
5  Vasco da Gama 1 0  
12  Grêmio 1 1  
   Grêmio 1 2
   Fluminense 1 1  
4  Ceará 1 0
13  Fluminense 2 2  
   Grêmio 1 0
   Flamengo 1 0
2  Flamengo 2 1  
15  Sport 0 2  
   Flamengo 2 1
   Santos 1 1  
7  Londrina 0 0
10  Santos 0 1  
   Flamengo 2 3
   Guarani 1 2  
6  Anapolina 3 0  
11  São Paulo 1 4  
   São Paulo 0 0
   Guarani 1 2  
3  Operário-MS 1 0
14  Guarani 1 1  

Jogo extra: Flamengo 1 × 0 Grêmio

  • Classificado pela campanha na primeira fase.

A decisão[editar | editar código-fonte]

18 de abril de 1982 Flamengo 1 – 1 Grêmio Maracanã, Rio de Janeiro
Público: 138.107
Árbitro: Rio de Janeiro José Roberto Wright

Zico Gol marcado 89' Gol marcado Tonho 83'
G 1 Brasil Raul
LD 2 Brasil Leandro
Z 3 Brasil Marinho
Z 4 Brasil Figueiredo
LE 5 Brasil Júnior
V 6 Brasil Andrade
M 8 Brasil Adílio
M 10 Brasil Zico Capitão
A 7 Brasil Tita
A 9 Brasil Nunes
A 11 Brasil Lico Substituído
Substituições:
A 15 Brasil Chiquinho Carioca Entrou em campo
Treinador:
Brasil Paulo César Carpegiani
G 1 Brasil Leão Capitão
LD 2 Brasil Paulo Roberto
Z 3 Brasil Vantuir Substituído
Z 4 Uruguai De León
LE 6 Brasil Paulo César
V 5 Brasil Batista
V 8 Brasil Paulo Isidoro
M 10 Brasil Bonamigo Substituído
A 7 Brasil Tarciso
A 9 Brasil Baltazar
A 11 Brasil Tonho Gil
Substituições:
Z 13 Brasil Newmar Entrou em campo
V 14 Brasil China Entrou em campo
Treinador:
Brasil Ênio Andrade

21 de abril de 1982 Grêmio 0 – 0 Flamengo Olímpico, Porto Alegre
Público: 74.238
Árbitro: Rio de Janeiro José Roberto Wright

G 1 Brasil Leão Capitão
LD 2 Brasil Paulo Roberto
Z 3 Brasil Newmar
Z 4 Uruguai De León
LE 6 Brasil Paulo César
V 5 Brasil Batista
V 8 Brasil Paulo Isidoro
M 10 Brasil Vílson Taddei Substituído
A 7 Brasil Tarciso
A 9 Brasil Baltazar Substituído
A 11 Brasil Tonho Gil
Substituições:
A 15 Brasil Paulinho Entrou em campo
A 16 Brasil Odair Entrou em campo
Treinador:
Brasil Ênio Andrade
G 1 Brasil Raul
LD 2 Brasil Leandro
Z 3 Brasil Marinho
Z 4 Brasil Figueiredo
LE 5 Brasil Júnior
V 6 Brasil Andrade
M 8 Brasil Adílio
M 10 Brasil Zico Capitão
A 7 Brasil Tita
A 9 Brasil Nunes
A 11 Brasil Lico
Substituições:
Treinador:
Brasil Paulo César Carpegiani

25 de abril de 1982 Grêmio 0 – 1 Flamengo Olímpico, Porto Alegre
Público: 62.256
Árbitro: São Paulo Oscar Scolfaro

Gol marcado Nunes 10'
G 1 Brasil Leão Capitão
LD 2 Brasil Paulo Roberto
Z 3 Brasil Newmar
Z 4 Uruguai De León
LE 6 Brasil Paulo César
V 5 Brasil Batista
V 8 Brasil Paulo Isidoro
M 10 Brasil Vílson Taddei Substituído
A 7 Brasil Renato Gaúcho
A 9 Brasil Baltazar Substituído
A 11 Brasil Tonho Gil Substituído
Reservas:
G 12 Brasil Remi
Z 13 Brasil Baidek
V 14 Brasil China Entrou em campo
A 15 Brasil Paulinho Entrou em campo
A 16 Brasil Odair Entrou em campo
Treinador:
Brasil Ênio Andrade
G 1 Brasil Raul
LD 2 Brasil Leandro Substituído
Z 3 Brasil Marinho
Z 4 Brasil Figueiredo
LE 5 Brasil Júnior
V 6 Brasil Andrade
M 8 Brasil Adílio
M 10 Brasil Zico Capitão
A 7 Brasil Tita
A 9 Brasil Nunes Substituído
A 11 Brasil Lico
Reservas:
G 12 Brasil Cantareli
LD 13 Brasil Antunes Entrou em campo
V 14 Brasil Vitor Entrou em campo
A 15 Brasil Popéia
A 16 Brasil Reinaldo II
Treinador:
Brasil Paulo César Carpegiani

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982
Rio de Janeiro
Clube de Regatas Flamengo
Campeão
(2° título)

Bola de Prata de 1982[editar | editar código-fonte]

Os melhores jogadores do campeonato em suas posições, eleitos pela revista Placar[1]:

Flag of Brazil (1968-1992).svg Carlos (Ponte Preta)
Flag of Brazil (1968-1992).svg Leandro (Flamengo)Flag of Brazil (1968-1992).svg Juninho Fonseca (Ponte Preta)Flag of Brazil (1968-1992).svg Edinho (Fluminense)Flag of Brazil (1968-1992).svg Wladimir (Corinthians)
Cscr-featured.svg Flag of Brazil (1968-1992).svg Zico (Flamengo)Flag of Brazil (1968-1992).svg Batista (Grêmio)Flag of Brazil (1968-1992).svg Pita (Santos)
Flag of Brazil (1968-1992).svg Lúcio (Guarani)Flag of Brazil (1968-1992).svg Careca (Guarani)Flag of Brazil (1968-1992).svg Biro-Biro (Corinthians)

Artilheiro: Flag of Brazil (1968-1992).svg Zico (Flamengo) |Cscr-featured.svg Vencedor da Bola de Ouro

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
Flamengo 36 23 15 6 2 48 27 21 disputaram a final
Grêmio 29 23 11 7 5 28 16 12
Guarani 31 20 14 3 3 53 22 31 eliminados nas semifinais
Corinthians (1) 14 12 6 2 4 19 15 4
Fluminense 24 18 9 6 3 39 17 22 eliminados nas 4as de final
São Paulo 23 18 11 1 6 43 23 20
Santos 23 18 9 5 4 27 16 11
Bangu 22 18 9 4 5 29 17 12
Sport 23 16 10 3 3 28 12 16 eliminados nas 8as de final
10° Vasco 22 16 10 2 4 42 14 28
11° Anapolina 22 16 10 2 4 27 22 5
12° São José-SP 20 16 7 6 3 17 11 6
13° Operário-MS 18 16 7 4 5 17 19 -2
14° Bahia 17 16 5 7 4 21 19 2
15° Londrina (2) 16 16 5 6 5 19 17 2
16° Ceará 16 16 7 2 7 24 30 -6
17° Ponte Preta 18 14 6 6 2 15 9 6 eliminados na 2a fase
18° Botafogo 15 14 6 3 5 21 17 4
19° Atlético-MG 14 14 5 4 5 20 15 5
20° XV de Jaú 14 14 4 6 4 17 20 -3
21° Internacional-SM 13 14 4 5 5 16 24 -8
22° Internacional 12 14 4 4 6 22 16 6
23° Internacional-SP 12 14 3 6 5 20 18 2
24° Cruzeiro (2) 11 14 5 1 8 14 23 -9
25° Grêmio Maringá 11 14 3 5 6 16 24 -8
26° Náutico (2) 11 14 2 7 5 16 20 -4
27° Treze 9 14 3 3 8 11 29 -18
28° Moto Clube 9 14 3 3 8 7 25 -18
29° Paysandu (2) 9 14 1 7 6 10 23 -13
30° America-RJ (1) 5 6 2 1 3 7 7 0
31° São Paulo-RS (1) 4 6 1 2 3 4 12 -8
32° Atlético-PR (1) 2 6 0 2 4 2 9 -7
33° Goiás (2) 7 8 2 3 3 9 13 -4 eliminados na repescagem da 1a fase
34° Desportiva (2) 6 8 3 0 5 10 17 -7
35° CSA (2) 6 8 1 4 3 9 13 -4
36° América-RN (2) 4 8 2 0 6 8 16 -8
37° Vitória 6 8 3 0 5 7 12 -5 eliminados na 1a fase
38° Joinville 5 8 2 1 5 11 16 -5
39° Mixto 4 8 2 0 6 10 17 -7
40° Nacional 4 8 0 4 4 5 13 -8
41° Itabaiana 3 8 1 1 6 2 18 -16
42° Taguatinga 2 8 1 0 7 7 21 -14
43º Ferroviário 2 8 1 0 7 6 19 -13
44º Ríver 0 8 0 0 8 6 26 -20

(1) Corinthians, America-RJ, São Paulo-RS e Atlético-PR entraram na disputa diretamente na segunda fase, classificados via Taça de Prata.

(2) De acordo com o regulamento, os resultados dos jogos da repescagem não fazem parte da tabela de classificação.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  1. Redação da revista Placar, página editada em 7 de agosto de 2015 e disponível em 16 de novembro de 2016.