Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
XXVI Campeonato Brasileiro de Futebol
Taça de Ouro de 1982
Dados
Participantes 44
Organização CBF
Local de disputa Brasil
Período 16 de janeiro – 25 de abril
Gol(o)s 789
Partidas 287
Média 2,75 gol(o)s por partida
Campeão Flamengo (2º título)
Vice-campeão Grêmio
Melhor marcador Zico (Flamengo) – 21 gols
Público 5 684 896
Média 19 808 pessoas por partida
Outras divisões
Taça de Prata Campo Grande
◄◄ 1981 Soccerball.svg 1983 ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982, originalmente denominado Taça de Ouro pela CBF, foi a vigésima sexta edição do Campeonato Brasileiro e foi vencido pelo Flamengo.

Foi mantido o mesmo sistema do ano anterior, com acesso da Taça de Prata para a Taça de Ouro no mesmo ano. Desta vez, os classificados foram Corinthians, America do Rio, São Paulo do Rio Grande do Sul e Atlético Paranaense.

A final foi decidida somente no terceiro jogo, com o Flamengo conquistando o seu segundo título brasileiro sobre o Grêmio, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. O Guarani nesse ano conquistou o recorde de média de gols no Campeonato Brasileiro, com 2,65 gols por partida.

O campeão da Taça de Prata nesse ano foi o Campo Grande, do Rio de Janeiro.[1]

A maior goleada do campeonato foi no jogo Guarani 8–0 River, em 4 de fevereiro.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Classificação Título(s)
America Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Primeira fase da Taça de Prata 1982 0 (não possui)
América de Natal Natal Rio Grande do Norte RN Campeão potiguar de 1981 0 (não possui)
Anapolina Anápolis Goiás GO Vice-campeão goiano de 1981 0 (não possui)
Atlético Mineiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Campeão mineiro de 1981 1 (1971)
Atlético Paranaense Curitiba Paraná PR Primeira fase da Taça de Prata 1982 0 (não possui)
Bahia Salvador Bahia BA Campeão baiano de 1981 1 (1959)
Bangu Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 4º colocado do carioca de 1981 0 (não possui)
Botafogo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 3º colocado do carioca de 1981 1 (1968)
Ceará Fortaleza Ceará CE Campeão cearense de 1981 0 (não possui)
Corinthians São Paulo São Paulo SP Primeira fase da Taça de Prata 1982 0 (não possui)
Cruzeiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Vice-campeão mineiro de 1981 1 (1966)
CSA Maceió Alagoas AL Campeão alagoano de 1981 0 (não possui)
Desportiva Ferroviária Cariacica Espírito Santo (estado) ES Campeão capixaba de 1981 0 (não possui)
Ferroviário Fortaleza Ceará CE Vice-campeão cearense de 1981 0 (não possui)
Flamengo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Campeão carioca de 1981 1 (1980)
Fluminense Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 5º colocado do carioca de 1981 1 (1970)
Goiás Goiânia Goiás GO Campeão goiano de 1981 0 (não possui)
Grêmio Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Campeão brasileiro de 1981 1 (1981)
Grêmio Maringá Maringá Paraná PR Vice-campeão paranaense de 1981 0 (não possui)
Guarani Campinas São Paulo SP Campeão da Taça de Prata de 1981 0 (não possui)
Internacional Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Campeão gaúcho de 1981 3 (1975, 1976, 1979)
Inter de Santa Maria Santa Maria Rio Grande do Sul RS 3º colocado do gaúcho de 1981 0 (não possui)
Inter de Limeira Limeira São Paulo SP 8º colocado do paulista de 1981 0 (não possui)
Itabaiana Itabaiana Sergipe SE Campeão sergipano de 1981 0 (não possui)
Joinville Joinville Santa Catarina SC Campeão catarinense de 1981 0 (não possui)
Londrina Londrina Paraná PR Campeão paranaense de 1981 0 (não possui)
Mixto Cuiabá Mato Grosso MT Campeão mato-grossense de 1981 0 (não possui)
Moto Club São Luís Maranhão MA Campeão maranhense de 1981 0 (não possui)
Nacional-AM Manaus Amazonas AM Campeão amazonense de 1981 0 (não possui)
Náutico Recife Pernambuco PE Vice-campeão pernambucano de 1981 0 (não possui)
Operário-MS Campo Grande Mato Grosso do Sul MS Campeão sul-mato-grossense de 1981 0 (não possui)
Paysandu Belém Pará PA Campeão paraense de 1981 0 (não possui)
Ponte Preta Campinas São Paulo SP Vice-campeã paulista de 1981 0 (não possui)
River-PI Teresina Piauí PI Campeão piauiense de 1981 0 (não possui)
Santos Santos São Paulo SP 9º colocado no paulista de 1981 6 (1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968 RGP)
São José São José dos Campos São Paulo SP 4º colocado do paulista de 1981 0 (não possui)
São Paulo São Paulo São Paulo SP Campeão paulista de 1981 1 (1977)
São Paulo-RS Rio Grande Rio Grande do Sul RS Primeira fase da Taça de Prata 1982 0 (não possui)
Sport Recife Pernambuco PE Campeão pernambucano de 1981 0 (não possui)
Taguatinga Taguatinga Distrito Federal (Brasil) DF Campeão brasiliense de 1981 0 (não possui)
Treze Campina Grande Paraíba PB Campeão paraibano de 1981 0 (não possui)
Vasco da Gama Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Vice-campeão carioca de 1981 1 (1974)
Vitória Salvador Bahia BA Vice-campeão baiano de 1981 0 (não possui)
XV de Jaú Jaú São Paulo SP 14º colocado do paulista de 1981 0 (não possui)

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Primeira fase: Os quarenta clubes foram organizados em oito grupos com cinco clubes cada, jogando em turno e returno dentro dos grupos. Classificaram-se os três primeiros colocados de cada grupo, com os quartos colocados indo para a repescagem.

Repescagem: Os clubes que ficaram na quarta colocação de cada grupo da primeira fase foram dispostos em quatro pares, enfrentando-se em jogo único. Os quatro vencedores classificaram-se para a segunda fase.

Segunda fase: Os 24 clubes classificados na primeira fase, os quatro classificados na repescagem e os quatro primeiros colocados da primeira fase da Taça de Prata foram divididos em oito grupos com quatro clubes cada. Jogando entre si dentro dos grupos, em turno e returno, classificaram-se os dois primeiros colocados de cada grupo.

Fase final (com oitavas de final, quartas de final, semifinais e finais): Sistema eliminatório, com jogos de ida e volta. No caso de empate na soma dos resultados, o time com melhor campanha na primeira fase avançaria para a fase seguinte. Exceção: na última etapa (finais), empate na soma dos dois primeiros jogos levaria a um terceiro confronto; se este terminasse empatado, seria campeão o clube com melhor campanha durante todo o campeonato.

Fase final[editar | editar código-fonte]

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 28/3 a 1/4  3/4 a 7/4  11/4 a 15/4  18/4 a 25/4
                                                 
 Bangu 3 2 5  
 São José 1 2 3  
   Bangu 0 2 2  
   Corinthians 1 1 2  
 Bahia 1 2 3
 Corinthians 1 5 6  
   Corinthians 1 1 2  
   Grêmio 2 3 5  
 Vasco da Gama 1 0 1  
 Grêmio 1 1 2  
   Grêmio 1 2 3
   Fluminense 1 1 2  
 Ceará 1 0 2
 Fluminense 2 2 4  
   Grêmio 1 0 1
   Flamengo 1 0 1
 Flamengo 2 1 3  
 Sport 0 2 2  
   Flamengo 2 1 3
   Santos 1 1 2  
 Londrina 0 0 0
 Santos 0 1 1  
   Flamengo 2 3 5
   Guarani 1 2 3  
 Anapolina 3 0 3  
 São Paulo 1 4 5  
   São Paulo 0 0 0
   Guarani 1 2 3  
 Operário-MS 1 0 1
 Guarani 1 1 2  

Jogo extra: Flamengo 1 × 0 Grêmio

  • Classificado pela campanha na primeira fase.

A decisão[editar | editar código-fonte]

18 de abril de 1982 Flamengo Rio de Janeiro 1 – 1 Rio Grande do Sul Grêmio Maracanã, Rio de Janeiro
Público: 138.107
Árbitro: Rio de Janeiro José Roberto Wright

Zico Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89' Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83' Tonho
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grêmio
G 1 Brasil Raul
LD 2 Brasil Leandro
Z 3 Brasil Marinho
Z 4 Brasil Figueiredo
LE 5 Brasil Júnior
V 6 Brasil Andrade
M 8 Brasil Adílio
M 10 Brasil Zico Capitão
A 7 Brasil Tita
A 9 Brasil Nunes
A 11 Brasil Lico Substituído
Substituições:
A 15 Brasil Chiquinho Carioca Entrou em campo
Treinador:
Brasil Paulo César Carpegiani
G 1 Brasil Leão Capitão
LD 2 Brasil Paulo Roberto
Z 3 Brasil Vantuir Substituído
Z 4 Uruguai De León
LE 6 Brasil Paulo César
V 5 Brasil Batista
V 8 Brasil Paulo Isidoro
M 10 Brasil Bonamigo Substituído
A 7 Brasil Tarciso
A 9 Brasil Baltazar
A 11 Brasil Tonho Gil
Substituições:
Z 13 Brasil Newmar Entrou em campo
V 14 Brasil China Entrou em campo
Treinador:
Brasil Ênio Andrade

21 de abril de 1982 Grêmio Rio Grande do Sul 0 – 0 Rio de Janeiro Flamengo Olímpico, Porto Alegre
Público: 74.238
Árbitro: Rio de Janeiro José Roberto Wright

 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grêmio
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo
G 1 Brasil Leão Capitão
LD 2 Brasil Paulo Roberto
Z 3 Brasil Newmar
Z 4 Uruguai De León
LE 6 Brasil Paulo César
V 5 Brasil Batista
V 8 Brasil Paulo Isidoro
M 10 Brasil Vílson Taddei Substituído
A 7 Brasil Tarciso
A 9 Brasil Baltazar Substituído
A 11 Brasil Tonho Gil
Substituições:
A 15 Brasil Paulinho Entrou em campo
A 16 Brasil Odair Entrou em campo
Treinador:
Brasil Ênio Andrade
G 1 Brasil Raul
LD 2 Brasil Leandro
Z 3 Brasil Marinho
Z 4 Brasil Figueiredo
LE 5 Brasil Júnior
V 6 Brasil Andrade
M 8 Brasil Adílio
M 10 Brasil Zico Capitão
A 7 Brasil Tita
A 9 Brasil Nunes
A 11 Brasil Lico
Substituições:
Treinador:
Brasil Paulo César Carpegiani

25 de abril de 1982 Grêmio Rio Grande do Sul 0 – 1 Rio de Janeiro Flamengo Olímpico, Porto Alegre
Público: 62.256
Árbitro: São Paulo Oscar Scolfaro

Gol marcado aos 10 minutos de jogo 10' Nunes
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grêmio
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo
G 1 Brasil Leão Capitão
LD 2 Brasil Paulo Roberto
Z 3 Brasil Newmar
Z 4 Uruguai De León
LE 6 Brasil Paulo César
V 5 Brasil Batista
V 8 Brasil Paulo Isidoro
M 10 Brasil Vílson Taddei Substituído
A 7 Brasil Renato Gaúcho
A 9 Brasil Baltazar Substituído
A 11 Brasil Tonho Gil Substituído
Reservas:
G 12 Brasil Remi
Z 13 Brasil Baidek
V 14 Brasil China Entrou em campo
A 15 Brasil Paulinho Entrou em campo
A 16 Brasil Odair Entrou em campo
Treinador:
Brasil Ênio Andrade
G 1 Brasil Raul
LD 2 Brasil Leandro Substituído
Z 3 Brasil Marinho
Z 4 Brasil Figueiredo
LE 5 Brasil Júnior
V 6 Brasil Andrade
M 8 Brasil Adílio
M 10 Brasil Zico Capitão
A 7 Brasil Tita
A 9 Brasil Nunes Substituído
A 11 Brasil Lico
Reservas:
G 12 Brasil Cantareli
LD 13 Brasil Antunes Entrou em campo
V 14 Brasil Vitor Entrou em campo
A 15 Brasil Popéia
A 16 Brasil Reinaldo II
Treinador:
Brasil Paulo César Carpegiani

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1982
Rio de Janeiro
Clube de Regatas Flamengo
Campeão
(2° título)

Bola de Prata de 1982[editar | editar código-fonte]

Os melhores jogadores do campeonato em suas posições, eleitos pela revista Placar[2]:

Flag of Brazil (1968–1992).svg Carlos (Ponte Preta)
Flag of Brazil (1968–1992).svg Leandro (Flamengo)Flag of Brazil (1968–1992).svg Juninho Fonseca (Ponte Preta)Flag of Brazil (1968–1992).svg Edinho (Fluminense)Flag of Brazil (1968–1992).svg Wladimir (Corinthians)
Cscr-featured.svg Flag of Brazil (1968–1992).svg Zico (Flamengo)Flag of Brazil (1968–1992).svg Batista (Grêmio)Flag of Brazil (1968–1992).svg Pita (Santos)
Flag of Brazil (1968–1992).svg Lúcio (Guarani)Flag of Brazil (1968–1992).svg Careca (Guarani)Flag of Brazil (1968–1992).svg Biro-Biro (Corinthians)

Artilheiro: Flag of Brazil (1968–1992).svg Zico (Flamengo) |Cscr-featured.svg Vencedor da Bola de Ouro

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
Flamengo 36 23 15 6 2 48 27 21 disputaram a final
Grêmio 29 23 11 7 5 28 16 12
Guarani 31 20 14 3 3 53 22 31 eliminados nas semifinais
Corinthians (1) 14 12 6 2 4 19 15 4
Fluminense 24 18 9 6 3 39 17 22 eliminados nas 4as de final
São Paulo 23 18 11 1 6 43 23 20
Santos 23 18 9 5 4 27 16 11
Bangu 22 18 9 4 5 29 17 12
Sport 23 16 10 3 3 28 12 16 eliminados nas 8as de final
10° Vasco 22 16 10 2 4 42 14 28
11° Anapolina 22 16 10 2 4 27 22 5
12° São José-SP 20 16 7 6 3 17 11 6
13° Operário-MS 18 16 7 4 5 17 19 -2
14° Bahia 17 16 5 7 4 21 19 2
15° Londrina (2) 16 16 5 6 5 19 17 2
16° Ceará 16 16 7 2 7 24 30 -6
17° Ponte Preta 18 14 6 6 2 15 9 6 eliminados na 2a fase
18° Botafogo 15 14 6 3 5 21 17 4
19° Atlético-MG 14 14 5 4 5 20 15 5
20° XV de Jaú 14 14 4 6 4 17 20 -3
21° Internacional-SM 13 14 4 5 5 16 24 -8
22° Internacional 12 14 4 4 6 22 16 6
23° Internacional-SP 12 14 3 6 5 20 18 2
24° Cruzeiro (2) 11 14 5 1 8 14 23 -9
25° Grêmio Maringá 11 14 3 5 6 16 24 -8
26° Náutico (2) 11 14 2 7 5 16 20 -4
27° Treze 9 14 3 3 8 11 29 -18
28° Moto Clube 9 14 3 3 8 7 25 -18
29° Paysandu (2) 9 14 1 7 6 10 23 -13
30° America-RJ (1) 5 6 2 1 3 7 7 0
31° São Paulo-RS (1) 4 6 1 2 3 4 12 -8
32° Atlético-PR (1) 2 6 0 2 4 2 9 -7
33° Goiás (2) 7 8 2 3 3 9 13 -4 eliminados na repescagem da 1a fase
34° Desportiva (2) 6 8 3 0 5 10 17 -7
35° CSA (2) 6 8 1 4 3 9 13 -4
36° América-RN (2) 4 8 2 0 6 8 16 -8
37° Vitória 6 8 3 0 5 7 12 -5 eliminados na 1a fase
38° Joinville 5 8 2 1 5 11 16 -5
39° Mixto 4 8 2 0 6 10 17 -7
40° Nacional 4 8 0 4 4 5 13 -8
41° Itabaiana 3 8 1 1 6 2 18 -16
42° Taguatinga 2 8 1 0 7 7 21 -14
43º Ferroviário 2 8 1 0 7 6 19 -13
44º Ríver 0 8 0 0 8 6 26 -20

(1) Corinthians, America-RJ, São Paulo-RS e Atlético-PR entraram na disputa diretamente na segunda fase, classificados via Taça de Prata.

(2) De acordo com o regulamento, os resultados dos jogos da repescagem não fazem parte da tabela de classificação.


Artilheiros[editar | editar código-fonte]

  1. Zico (Flamengo), 21 gols
  2. Serginho Chulapa (São Paulo), 20 gols

Notas[editar | editar código-fonte]


Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]