Campeonato Brasileiro de Futebol de 1981 - Série B

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campeonato Brasileiro de Futebol de 1981 - Série B
Taça de Prata de 1981
Brasil
Dados
Participantes 48
Organização CBF
Campeão Guarani
Vice-campeão Anapolina
Melhor marcador Jorge Mendonça (Guarani)
◄◄ 1980 Soccerball.svg 1982 ►►

Em 1981 foi realizada a segunda edição da Taça de Prata ou Campeonato Brasileiro Série B, que foi disputado por 48 equipes. O Guarani foi o primeiro time paulista a conquistar a competição que dava vagas para a série A do mesmo ano, no qual subiram Palmeiras, Bahia, Náutico e Uberaba. A artilharia ficou por conta de Jorge Mendonça, com 11 gols marcados. A decisão aconteceu no dia 21 de março, entre Associação Atlética Anapolina e Guarani Futebol Clube no Estádio Jonas Duarte, em Anápolis, Goiás.

A competição[editar | editar código-fonte]

Na primeira metade dos Anos 80, a chamada Taça de Prata era uma espécie de divisão de acesso do futebol brasileiro. A partir de 1981, os 40 clubes que disputavam a Primeira Divisão, denominada Taça de Ouro, eram determinados da seguinte forma: 13 estados entravam com seus campeões, sete participavam com o campeão e o vice. O estado de São Paulo contava com os seis melhores classificados do Campeonato Paulista e o Rio de Janeiro, com os cinco melhores do seu estadual. As outras duas vagas eram ocupadas pelos campeão e vice do ano anterior da Taça de Ouro. A Taça de Prata era justamente a competição destinada às equipes que não conseguiam se classificar à Taça de Ouro, mas contava com um regulamento que previa o acesso, no mesmo ano, para a Primeira Divisão, das equipes com melhor campanha.

Primeira edição da Série B a contar com a participação de um dos 12 "grandes" (Palmeiras) e primeira edição da Série B a premiar como campeão um time que já havia vencido a Série A (Guarani, campeão brasileiro de 1978).

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Na primeira fase, as 48 equipes foram divididas em 6 grupos de 8 equipes cada. As equipes se enfrentaram dentro dos grupos em turno único, se classificando as duas melhores para a fase seguinte. Na segunda fase, as 12 equipes restantes foram divididas em 4 grupos com 3 equipes cada. As equipes se enfrentaram dentro dos próprios grupos, desta vez em turno e returno. Os campeões de cada grupo subiram para segunda fase da Série A do mesmo ano. Os segundos colocados disputaram as semifinais, que foi disputada em partidas de ida e volta com os vencedores decidindo o campeonato no mesmo sistema de ida e volta.

Finais[editar | editar código-fonte]

21 de março de 1981 Anapolina Goiás 2 – 4 São Paulo Guarani Estádio Jonas Duarte, Anápolis (GO)
21:00
Nei Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'
Fernando Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
Careca Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3' Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12'
Lúcio Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Miranda Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63'
Público: 8.595 pagantes
Árbitro: Minas Gerais Maurílio José Santiago
Auxiliares: Minas Gerais Ângelo Antonio Ferrari e Minas Gerais Eduardo Gallo de Lima
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Anapolina
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Guarani
ANAPOLINA:
G Nilson
LD Assis Substituído após a minutos de jogo a'
Z Sidnei
Z Ribas
LE Nilton
V Paulo Sérgio
M Nei
M Esquerdinha
A Jorge Cruz
A Fernando
A Edu
Substituição:
Wilson Santos Entrou em campo após a minutos a'
Treinador:
Március Fleury
GUARANI:
G Birigüi
LD Miranda
Z Jaime
Z Edson
LE Almeida
V Edmar
M Banana Substituído após a minutos de jogo a'
M Ângelo
A Lúcio
A Careca
A Capitão
Substituição:
Paulo César Entrou em campo após a minutos a'
Treinador:
Zé Duarte

27 de março de 1981 Guarani São Paulo 1 – 1 Goiás Anapolina Estádio Brinco de Ouro, Campinas (SP)
21:00
Marcelo Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21' Osmário Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90' Público: 12.452 pagantes
Árbitro: Bahia Manuel Serapião Filho
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Guarani
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Anapolina
GUARANI:
G Birigüi
LD Miranda
Z Jaime
Z Edson
LE Almeida
V Edmar
M Ângelo
M Jorge Mendonça
A Lúcio Penalizado com cartão amarelo
A Marcelo Substituído após a minutos de jogo a'
A Capitão Penalizado com cartão amarelo Substituído após b minutos de jogo b'
Substituição:
Paulo César Entrou em campo após a minutos a'
Frank Entrou em campo após a minutos a'
Treinador:
Zé Duarte
ANAPOLINA:
G Nilson
LD Assis Substituído após a minutos de jogo a'
Z Sidnei
Z Ribas Penalizado com cartão amarelo
LE Nilton
V Paulo Sérgio
M Mário
M Nei
A Jorge Cruz
A Osmário Penalizado com cartão amarelo
A Esquerdinha Substituído após b minutos de jogo b'
Substituição:
Wilson Santos Entrou em campo após a minutos a'
Rodrigues Entrou em campo após b minutos b'
Treinador:
Március Fleury

Classificação[1][editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 São Paulo Guarani 32 15 10 2 3 32 15 17
2 Goiás Anapolina 26 15 7 5 3 30 23 7
3 Pará Remo 18 12 5 3 4 23 16 7
4 Mato Grosso do Sul Comercial-MS 15 13 3 6 4 16 20 -4
5 Rio de Janeiro Americano 18 11 5 3 3 20 13 7
6 Paraná Coritiba 17 11 5 2 4 13 7 6
7 Paraíba Botafogo-PB 14 11 3 5 3 12 14 -2
8 Pará Tuna Luso 14 11 4 2 5 11 13 -2
9 Bahia Bahia 25 11 8 1 8 19 9 10
10 São Paulo Palmeiras 22 11 6 4 1 15 7 8
11 Pernambuco Náutico 21 11 5 6 0 19 11 8
12 Minas Gerais Uberaba 22 11 6 4 1 18 8 10
13 São Paulo São Bento 14 7 4 2 1 11 8 3
14 Ceará Ceará 12 7 3 3 1 12 8 4
15 Pernambuco América-PE 12 7 3 3 1 6 5 1
16 São Paulo Juventus 11 7 3 2 2 11 9 2
17 Bahia Leônico 11 7 3 2 2 7 6 1
18 Rio de Janeiro Campo Grande 11 7 3 2 2 4 3 1
19 Mato Grosso União Rondonópolis 11 7 3 2 2 7 7 0
20 Minas Gerais América Mineiro 11 7 3 2 2 5 8 -3
21 Goiás Anápolis 10 8 2 4 1 6 9 -3
22 Rio Grande do Sul Inter de Santa Maria 10 7 3 1 3 11 11 0
23 Rio de Janeiro America 10 7 3 1 3 6 7 -1
24 São Paulo Botafogo-SP 10 7 3 1 3 5 8 -3
25 São Paulo Ferroviária 9 7 2 3 2 8 8 0
26 Rio Grande do Norte ABC 9 7 2 3 2 10 11 -1
27 Rio Grande do Sul São Paulo-RS 9 7 2 3 2 10 11 -1
28 Distrito Federal (Brasil) Gama 8 7 1 5 1 7 6 1
29 Pernambuco Central 8 7 2 2 3 7 8 -1
30 Santa Catarina Criciúma 8 7 2 2 3 8 10 -2
31 São Paulo Comercial 8 7 2 2 3 8 11 -3
32 Rio Grande do Sul Novo Hamburgo 8 7 2 2 3 8 11 -3
33 Ceará Guarany de Sobral 8 7 2 2 3 6 9 -3
34 Paraná Grêmio Maringá 7 7 1 4 2 6 7 -1
35 Piauí Flamengo-PI 7 6 2 1 3 5 6 -1
36 Piauí Tiradentes 7 7 2 1 4 9 11 -2
37 Paraíba Treze 7 7 2 1 4 8 11 -3
38 Sergipe Confiança 7 7 2 1 4 7 10 -3
39 Maranhão Maranhão 7 7 2 1 4 9 13 -4
40 Amazonas Rio Negro 7 7 2 1 4 5 9 -4
41 Alagoas ASA 6 7 1 3 3 5 7 -2
42 São Paulo América 5 7 1 2 4 7 9 -2
43 Paraná Cascavel 5 7 1 2 4 7 10 -3
44 Bahia Itabuna 5 7 1 2 4 5 10 -5
45 Rio de Janeiro Volta Redonda 4 7 1 1 5 8 11 -3
46 Rio de Janeiro Serrano 3 7 0 3 4 3 14 -11
47 Goiás Atlético Goianiense 2 7 0 2 5 6 11 -5
48 Espírito Santo (estado) Vitória-ES 1 7 0 1 6 4 16 -12
PG – Pontos ganhos; J – Jogos disputados; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas;
GP – Gols pró; GC – Gols contra; SG – Saldo de gols
Classificação
Campeão e promovido a Série A de 1982
Vice-campeão e promovido a Série A de 1982
Subiram para a Série A de 1981, pois foram primeiros nos seus grupos

Campeão[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro
- Série B 1981
São Paulo
Guarani Futebol Clube
Campeão
(1º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.