Guarany Sporting Club

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde agosto de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Guarany de Sobral
GuaranySobralSC.png
Nome Guarany Sporting Club
Alcunhas Bugre Sobralense
Cacique do Vale
Guará
Guarasol
O Maior do Interior
Rubro Negro Cearense
Bugrão
Torcedor/Adepto Bugrino
Rubro-Negro
Mascote Cacique
Fundação 2 de julho de 1938 (80 anos)
Estádio Estádio do Junco
Capacidade 10.000
Localização Sobral, Brasil
Presidente Mauro Fuzaro
Patrocinador UNINTA
Competição Cearense - Série A
Copa Fares Lopes
Brasileirão - Série D
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

O Guarany Sporting Club (popularmente conhecido como Guarany de Sobral) é um clube de futebol da cidade de Sobral, no Estado do Ceará, Brasil. Foi fundado em 2 de julho de 1938. Seu uniforme é composto de camisa com listras horizontais vermelhas e pretas, calção branco e meias listradas em vermelho e preto. Sua mascote é o Cacique do Vale. Manda seus jogos no Estádio Plácido Aderaldo Castelo, o Estádio do Junco (Juncão).

É o maior clube de futebol do interior do estado do Ceará e também o que está a mais tempo em atividade. Foi o primeiro entre as equipes interioranas a disputar o Campeonato Cearense de Futebol; a conquistar em 1970, um turno do estadual, a participar de uma Competição Nacional (Taça de Prata em 1971 - Brasileirão Série B da época) foi também o primeiro clube cearense a conquistar um título de uma competição nacional (Brasileirão Série D de 2010).

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de julho de 1938, na residência do Sr. Luiz Nogueira Adeodato, localizada na esquina da avenida Dr. Guarany com Rua Cel. Mont'Alverne, em Sobral, nasceu o Guarany Sporting Club. A origem do nome foi em relação à ópera “O Guarany” do poeta Carlos Gomes que é baseada no livro O Guarany” do escritor cearense José de Alencar.

À época esteve em Sobral uma companhia de teatro que encenou no Teatro São João a referida ópera e fez grande sucesso na cidade, inclusive com desfile de atores pela cidade e até um hino em homenagem a ópera e aos atores foi criado pelo ilustre Prof. Porto.

Fundadores[editar | editar código-fonte]

Luís Nogueira Adeodato, Francisco Martins, Euclides Andrade, Padre Aloísio Pinto e o estudante do ginásio sobralense, Magela Frota, foram os fundadores do "Cacique do Vale". Eram, em sua maioria torcedores do Clube de Regatas do Flamengo, do Rio de Janeiro, e escolheram como uniforme para o time do Guarany as cores rubro-negras, com a camisa de listras horizontais vermelhas e pretas, o calção todo branco e as meias em vermelho e preto, combinando com a camisa.

Campeão da 2ª divisão do Campeonato Estadual pela 1ª vez em 1966[editar | editar código-fonte]

Iniciada sua carreira no futebol profissional no ano de 1966, o Guarany de Sobral conquista seu primeiro título oficial de Futebol, sendo campeão da 2ª Divisão Cearense. Com a conquista, o Cacique ganha o direito de no ano seguinte, participar da elite do futebol cearense, a 1ª divisão.

Primeiro time do interior a ganhar um turno do Campeonato Estadual em 1970 - Campeão Invicto[editar | editar código-fonte]

Sob a presidência do Dr. Éverton Francisco Mendes Mont'Alverne, o rubro-negro ganha o primeiro dos três turnos disputados no Campeonato Cearense de Futebol de 1970. O turno, disputado em sistema de pontos corridos, foi vencido pelo Guarany de Sobral e ratificado de vez, através de uma goleada por 6 x 2 aplicada no América, com a conquista o time sobralense disputa a final do Campeonato Cearense de Futebol. Na classificação geral o Bugre ficou em 3° lugar divulgando consideravelmente o nome do clube e da cidade de Sobral sendo os destaques da equipe: Dedeu, Jaldemir, Edmilson e Teco-teco. Outros memoráveis atletas também encantaram naquela época os apreciadores do futebol arte do Cacique do Vale, que com a conquista puderam agradaram a exigente torcida sobralense.[1]

CAMPANHA NO 1º TURNO DE 1970

1º JOGO – 08/03/1970 – DOMINGO

Guarany(S) 2x2 Fortaleza

2º JOGO – 15/03/1970 – DOMINGO

Guarany(S) 3x1 Tiradentes

3º JOGO – 29/03/1970 – DOMINGO

Ferroviário 1x1 Guarany(S)

4º JOGO – 05/04/1970 – DOMINGO

Guarany(S) 4x3 Quixadá

5° JOGO – 09/04/1970 – DOMINGO

Ceará 0x1 Guarany(S)

6° JOGO – 26/04/1970 – DOMINGO

Guarany(S) 4x4 Calouros do Ar

7º JOGO – 03/05/1970 - DOMINGO

Guarany(S) 6x2 América 

CLASSIFICAÇÃO FINAL - GUARANY CAMPEÃO

Col. Equipe PTS J V E D GP GC SG PTS/J V/J GP/J GC/J
1 Guarany(S) 11 7 4 3 0 21 13 8 1,571 0,571 3,000 1,857
2 Ceará 9 7 4 1 2 10 6 4 1,286 0,571 1,429 0,857
Quixadá 9 7 3 3 1 9 7 2 1,286 0,429 1,286 1,000
Ferroviário 9 7 3 3 1 12 4 8 1,286 0,429 1,714 0,571
5 Fortaleza 8 7 3 2 2 13 6 7 1,143 0,429 1,857 0,857
6 Calouros do Ar 5 7 1 3 3 10 14 -4 0,714 0,143 1,429 2,000
7 Tiradentes 3 7 1 1 5 6 17 -11 0,429 0,143 0,857 2,429
8 América 2 7 1 0 6 4 18 -14 0,286 0,143 0,571 2,571

Participação nos Campeonatos Brasileiros da Série B de 1971 e 1972 - Taça de Prata[editar | editar código-fonte]

Após a brilhante campanha do Cacique do Vale no estadual de 1970, com a conquista do 1º turno do Campeonato e a 3ª colocação geral; o bugre sobralense ganhou o direito de disputar a recém criada Taça de Prata da CBF (Campeonato Brasileiro da Série B), no ano de 1971. A campanha do Guarany foi mediana e muito boa, para uma equipe que fazia sua estréia em competições a nível nacional. O rubro-negro da Princesinha do Norte, terminou sua participação na 1ª edição do Brasileirão da Série B em 14º lugar, conquistando 6 pontos em 8 jogos. Duas vitórias, dois empates, quatro derrotas, oito gols marcados e 12 sofridos. A competição contou com a participação de 23 equipes de vários estados do Brasil e o Guarasol foi o pioneiro, dentre os clubes do interior cearense a participar de uma competição nacional.

Em 1972 foi realizado o segundo Campeonato Brasileiro da Série B (Taça de Prata da CBF). De novo participaram 23 equipes. O interessante é que nessa Série B só participaram equipes Nordestinas. Dentre elas, mais uma vez figurou o glorioso Guarany Sporting Clube. A campanha do Cacique foi quase a mesma do ano anterior. Terminou em 17º lugar, com 6 pontos ganhos em 10 jogos. Contabilizou 2 vitória, 2 empates e 6 derrotas. Marcou 8 gols e sofreu 15. No entanto, o Bugrão se destacou como o clube interiorano do estado do Ceará a alçar voos em competições nacionais.

Acesso à Série B em 2002 - O Bugre volta às competições nacionais[editar | editar código-fonte]

Em 2002 alcançou mais um ponto alto de sua história futebolística ao conquistar o acesso para o Campeonato Brasileiro da Série B, em virtude do terceiro lugar conquistado na Série C em 2001, e do pedido de licenciamento do Malutron (atual Corinthians Paranaense), vice-campeão da Série C daquele mesmo ano, mas termina a competição na 24ª colocação de 26 equipes que disputaram a Série B e termina rebaixado.

Década de 2010: O grande do interior vai da conquista da Série D em 2010 ao retorno à Série D em 2012[editar | editar código-fonte]

Em 2010, após bater o Vila Aurora, de Rondonópolis, o Guarany de Sobral conquistou o acesso ao Campeonato Brasileiro Série C, junto com o Madureira, o Joinville e o Araguaína. O Cacique do Vale no Campeonato Cearense de 2011 terminou na 5ª colocação e foi o 4º time que mais levou torcedores aos estádios no estadual, já na Série C do mesmo ano ficou em 3º lugar em seu grupo, não conseguindo classificação para a segunda fase da competição.

Em 2012, o Guarasol surpreendeu de forma negativa sua torcida. Passou grande parte do Cearense dentro do Z3, com grandes chances de ser rebaixado para a segunda divisão do Cearense, mas termina na sétima colocação, na Série C de 2012 fica na última colocação do Grupo A e retorna a Série D em 2013.

Campeão da Taça Padre Cícero (Campeão do Interior) e Vice-Campeão do Campeonato Estadual de 2013[editar | editar código-fonte]

Em 2013, o Bugre Sobralense começou sua campanha do estadual de forma pífia. Com uma sequência de péssimas exibições, o Cacique do Vale brigava para permanecer fora da zona de rebaixamento. Através de uma campanha maciça da torcida nas redes sociais e protestos no Juncão, a família Torquato renunciou ao comando do clube, depois de 30 anos. Com a nova diretoria e um novo espírito, o Bugrão conseguiu não apenas escapar do rebaixamento, como também se classificar para a segunda fase do Campeonato Cearense. Com muita competência, determinação e algumas contratações, o time conseguiu avançar (em quarto lugar) para as semifinais. Com uma vitória por 3 x 0 em Sobral e uma derrota por 4 x 1 em Juazeiro, o Bugre (portador da menor folha salarial entre os quatro semifinalistas) garantiu sua vaga na final, eliminando o Icasa. Na grande decisão, o Cacique deixou escapar o título com dois empates de 1 x 1 contra o Ceará, sendo o critério de desempate a melhor campanha da equipe alvinegra no estadual.

Participação na Copa do Nordeste de 2014[editar | editar código-fonte]

O Guarany estreou na Copa do Nordeste de 2014 contra o Náutico e empatou em 1 x 1 em plena Arena Pernambuco e depois estreou em casa contra o atual campeão da Série D, o Botafogo-PB e venceu depois voltou a Recife para enfrentar o Sport e empatou em 0 x 0 e no jogo de volta venceu por 1 x 0, o Cacique do Vale terminou líder com 9 pontos e classificado para as quartas. Nas quartas de finais, ele enfrentou o Santa Cruz, de Pernambuco, o primeiro jogo, o Bugre Sobralense perdeu por 3 x 0, no Arruda, e no jogo de volta, perdeu de 1 x 0, no Junco, sendo eliminado nas quartas no placar agregado de 4 x 0.

4º colocado no Campeonato Cearense de 2014[editar | editar código-fonte]

Entrou no segundo turno do Campeonato Cearense de 2014, terminando em 4º colocado, perdendo nas semi-finais para o Ceará, pelo placar agregado de 8 x 4. Porém, conseguiu a classificação para o Campeonato Brasileiro - Série D de 2014.

Campeão da Copa Fares Lopes 2015[editar | editar código-fonte]

Com uma vitória histórica, de virada, pelo placar de 2x1, o Guarany Sporting Club (Guarasol) venceu seu rival-xará, o Guarani Esporte Clube (Guaraju), da cidade de Juazeiro do Norte e conquistou na tarde quente e ensolarada do dia 29 de novembro de 2015; em jogo único disputado no Estádio Plácido Aderaldo Castelo "Juncão", o inédito título estadual da Copa Fares Lopes.

Participação na Copa do Brasil 2016[editar | editar código-fonte]

Com a conquista de seu primeiro título estadual, a Copa Fares Lopes em 2015, o Guarany de Sobral de quebra conquistou o direito de pela primeira vez participar da Copa do Brasil no ano de 2016, representado junto a Ceará Sporting Club e Fortaleza Esporte Clube, o estado do Ceará nesta importante competição futebolística nacional, a segunda em importância, ficando atrás somente do Campeonato Brasileiro de Futebol, o Brasileirão.

No estádio do Junco, em 13 de abril o Cacique do Vale recebeu o time do Coritiba (PR), perdendo a partida pelo placar de 0x3, sendo eliminado logo na primeira fase da competição.

Campeonato Brasileiro - Série D 2017[editar | editar código-fonte]

O clube cearense disputou a Série D do Campeonato Brasileiro em 2017 , por meio da desistência do Uniclinic. A Federação Cearense de Futebol, por meritocracia, indicou o Guarany de Sobral, 4º colocado no Campeonato Cearense de Futebol de 2016, que confirmou sua participação no Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017 - Série D. O Bugre fez uma excelente campanha, sendo eliminado nas quartas de final pela a equipe do Globo do RN.

Ídolos[editar | editar código-fonte]

O Guarany tem como principais ídolos o ex-treinador e ex jogador também, Teco-Teco (já falecido), seu ex-companheiro de meio-campo na campanha do Vice-Campeonato Cearense de 1971, José Maria Eufrásio e o goleiro Vantuir, um dos responsáveis pelo título Brasileiro da Série D. Vantuir era homenageado todos os jogos pela torcida e ainda hoje é lembrado pelos torcedores, mesmo não mais atuando pelo Cacique do Vale.

Uniformes[editar | editar código-fonte]

As cores do uniforme do Guarany são o vermelho, e o preto, sendo o primeiro uniforme, é a camisa listrada horizontalmente em vermelho e preto, com short branco e meiões listrados em vermelho preto e branco. O 2º uniforme, é composto por uma camisa branca, com faixas horizontais em vermelho e e faixas horizontais mais finas em preto e calções pretos. Atualmente a Ramlive, junto com a Nem Sports, fornecem os uniformes e todo material esportivo.

Mascote[editar | editar código-fonte]

O mascote do Guarany de Sobral é o Cacique do Vale, que também é um dos apelidos do clube.

Hino[editar | editar código-fonte]

O hino do Guarany Sporting Club tem letra e música de Luis Gonzaga Frota Carneiro.

Guarany, teu nome é glória 

Guarany, símbolo de vitória 

Guarany, na luta és tão forte 

És orgulho da "Princesa do Norte".

És cacique de um vale vibrante

Que vai muito avante, avante lutar

Por um povo que ama seu time 

Guarany! Guarany! 

Vamos lutar, vamos ganhar

Torcida[editar | editar código-fonte]

Torcidas organizadas[editar | editar código-fonte]

O clube possui quatro torcidas uniformizadas, todas sediadas no Ceará. A Força Jovem Guarany, maior torcida do interior do norte e nordeste foi fundada em 14 de janeiro de 2001, é a maior delas. As outras são: a Torcida Guara-Raça (fundada em 2 de julho de 1994),Torcida Alcoolizada Guarachopp (29 de Maio de 2007) e a Torcida Tribo do Cacique (19 de dezembro de 2009).

Torcida por ano[editar | editar código-fonte]


Estádio[editar | editar código-fonte]

O Guarany de Sobral manda seus jogos no Estádio Aderaldo Plácido Castelo, ou Estádio do Junco (ou ainda Juncão). Sua capacidade é de cerca de 10.000 espectadores (houve uma redução na capacidade depois da chegada dos assentos do antigo Castelão).

Elenco[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 26/12/2018

Legenda
  • Capitão: Atual capitão
  • Lesionado: Jogador lesionado
  • Prata da casa: Prata da casa (Jogador da Base)
Goleiros
Jogador
Brasil Dida Tucuruí
Brasil Dionatan
Brasil Douglas
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Alex Maranhão Z
Brasil Ciro Luiz Z
Brasil Cleberson Z
Brasil Gleidson Z
Brasil Lucas Prata da casa Z
Brasil Emerson LD
Brasil Piauí LD
Brasil Makeca LE
Brasil Rian LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Arthur V
Brasil Jerson V
Brasil Leandro Santos V
Brasil Robson Alemão V
Brasil Alan Fabrício M
Brasil Emerson Sobral Prata da casa M
Brasil Rodrigo Mucuri M
Brasil Romário M
Atacantes
Jogador
Brasil Alexandro
Brasil Brunão
Brasil Jefferson Maranhense
Brasil Pedro Neto
Brasil Rodrigo
Brasil Sharlison
Brasil Waldison
Brasil Célio Codó
Brasil Matheus Paraná
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Gilmar Silva T
Brasil Valdemar Júnior AS
Brasil Márcio Oliveira PF
Brasil Valmir Filho PF

Títulos[editar | editar código-fonte]

Nacionais
Competição Títulos Temporadas
Troféu Campeonato Brasileiro - Série D 2011.png Campeonato Brasileiro - Série D 1 2010
Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Ceará Copa Fares Lopes 1 2015
Ceará Taça Padre Cícero 2 2013 e 2019
Ceará Torneio da Movimentação 1 1996
Ceará Campeonato Cearense - Série B 4 1966, 1999, 2005, 2008
Municipais
Competição Títulos Temporadas
Sobral Campeonato Sobralense 27 1940, 1941, 1942, 1943, 1944, 1945, 1947, 1948, 1950, 1951, 1952, 1953, 1955, 1957, 1960, 1964, 1965, 1966, 1973, 1974, 1975, 1976, 1977, 1979, 1980, 1981, 1982
Sobral Torneio da Reinauguração do Estádio do Junco 1 1999

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Temporadas do Guarany de Sobral
Participações
Participações em 2020
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P Aumento R Baixa
Ceará Campeonato Cearense 48 Vice-campeão (2013) 1967 2020 4
2ª Divisão do Cearense 7 Campeão (1966, 1999, 2005 e 2008) 1966 2018 5
Copa Fares Lopes 7 Campeão (2015) 2010 2016
BandeirasNordesteBrasil.gif Copa do Nordeste 2 Quartas-de-final (1994 e 2014) 1994 2014
Brasil Série B 6 9º colocado (1983) 1971 2002 1
Série C 4 3º colocado (2001) 2001 2012 1 1
Série D 5 Campeão (2010) 2010 2020 1
Copa do Brasil 1 1ª fase (2016) 2016 2016

Participações em competições oficiais[editar | editar código-fonte]

Competições nacionais[editar | editar código-fonte]

Copa do Brasil (1 participação)
Ano 2016
Pos. 85º
Campeonato Brasileiro - Série A (1 participação)
Ano 1986
Pos. 61º
Campeonato Brasileiro - Série B (6 participações)
Ano 1971 1972 1981 1983 1986 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
Pos. 14º 17º 33º 18º 24º
Campeonato Brasileiro - Série C (4 participações)
Ano 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
Pos. 25º 12º 19º
Campeonato Brasileiro - Série D (4 participações)
Ano 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
Pos. 17º 34º 13º
Copa do Nordeste (2 participações)
Ano 1994 2014
Pos.
Competições regionais

Competições estaduais

Ranking da CBF

Ranking atualizado no dia 13 de dezembro de 2016.

  • Pontuação: 502
  • Posição: 110º
  • Posição no Ceará: 5º

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol que pontua todos os times do Brasil.


Futebol do Nordeste do Brasil

Competições estaduais Alagoas (1ª Divisão / 2ª Divisão)  • Bahia (1ª Divisão / 2ª Divisão / Copa Governador do Estado)  • Ceará (1ª Divisão / 2ª Divisão / 3ª Divisão / Copa Fares Lopes / Copa dos Campeões Cearenses)  • Maranhão (1ª Divisão / 2ª Divisão)  • Paraíba (1ª Divisão / 2ª Divisão) /  • Pernambuco (Série A1 / Série A2)  • Piauí (1ª Divisão / 2ª Divisão)  • Rio Grande do Norte (1ª Divisão / 2ª Divisão / Copa Cidade de Natal / Copa RN)  • Sergipe (Série A1 / Série A2 / Copa Sergipe de Futebol)
Competições regionais Copa do NordesteCopa do Nordeste Sub-20
Campeonato Brasileiro

(2017)

Série A  Bahia  • Sport • Vitória
Série B ABC  • Ceará • CRB •  Náutico • Santa Cruz
Série C ASA • Botafogo-PB • Confiança • CSA  • Fortaleza • Moto Club  • Salgueiro  • Sampaio Corrêa
Série D Altos • América de Natal  • América-PE • Campinense • Central • Cordino • Coruripe • Fluminense de Feira • Globo • Guarani de Juazeiro • Guarany de Sobral • Itabaiana • Jacobina • Juazeirense • Maranhão • Murici • Parnahyba • Potiguar • River-PI  • Sergipe • Serra Talhada • Sousa
Copa do Brasil (2017)
1ª fase  América de Natal •  Botafogo-PB •  Campinense •  Ceará •  CRB •  CSA •  Fortaleza •  Globo •  Itabaiana •  Moto Club •  Náutico •  River-PI •  Salgueiro •  Sergipe •  Uniclinic •  Vitória da Conquista
2ª fase  Altos •  Bahia •  Guarani de Juazeiro
3ª fase  ABC •  ASA •  Murici •  Sampaio Corrêa
4ª fase  Vitória
Oitavas  Santa Cruz •  Sport
Torneios extintos Taça Brasil - Zona Norte-Nordeste • Torneio Norte-Nordeste • Torneio Hexagonal Norte-Nordeste • Torneio dos Campeões do Nordeste • Torneio dos Campeões do Norte-Nordeste • Taça Brasil - Zona Nordeste • Taça Brasil - Zona Norte • Copa dos Campeões do Norte • Campeonato Nacional Norte-Nordeste • Taça Nordeste de Futebol
Equipes promovidas de série em 2016 • Equipes rebaixadas de série em 2016
v
História do futebol do CearáFCFClubes cearensesCampeonato Cearense de FutebolTaça Padre CíceroCopa Fares LopesCopa dos Campeões CearensesParticipações
Primeira divisão (2017) CearáFortalezaGuarani de JuazeiroGuarany de SobralHorizonteItapipocaMaranguapeFerroviárioTiradentesUniclinic
Segunda divisão (2017) AliançaEsporte LimoeiroFlorestaIcasaIguatuMaracanãTianguá
Terceira divisão (2017) A definir
Outros clubes AméricaAlto SantoAracatiBaturitéBoa ViagemCalouros do ArCaucaiaCratoCrateúsEusébioGranjenseIpuItapajéJardimJuazeiroLimoeiroMaguaryMorada NovaNova RussasPalmáciaParacuruPortuguesaQuixadáRussasSantanaSão BeneditoSão GonçaloTrairienseUbajarenseUruburetamaVerdes Mares
Clubes extintos América de RussasAmericanAraréAssociação AtléticaBanguBotafogoBrasilCariocaCavalariaCeará Football ClubCearense Football ClubColégio MilitarDuque de CaxiasEnglish TeamEstrela do MarFlamengoFluminenseFoot-Ball ClubGentilândiaGinásio São JoãoGuaranyHespériaHumaitáIcasaIguatu FCIracemaJosé de AlencarLiceuLusoMaguariMaranguapeNacionalOrionPeñarolPorangabaRio NegroStellaTramwaysUsina CearáVolante
Principais estádios AgenorzãoAlcides SantosCastelãoClenilsãoColiseuDomingãoElzir CabralJuncoMirandãoPresidente VargasRomeirãoVovozão
Edições da primeira divisão
Década de 1910 19151916191719181919
Década de 1920 1920192119221923192419251926192719281929
Década de 1930 1930193119321933193419351936193719381939
Década de 1940 1940194119421943194419451946194719481949
Década de 1950 1950195119521953195419551956195719581959
Década de 1960 1960196119621963196419651966196719681969
Década de 1970 1970197119721973197419751976197719781979
Década de 1980 1980198119821983198419851986198719881989
Década de 1990 1990199119921993199419951996199719981999
Década de 2000 2000200120022003200420052006200720082009
Década de 2010 20102011201220132014201520162017
Edições da segunda divisão
Década de 1960 1966196719681969
Década de 1990 1990 • 1991 • 1992 • 1993 • 1994 • 1995 • 1996 • 1997 • 19981999
Década de 2000 2000200120022003200420052006200720082009
Década de 2010 20102011201220132014201520162017
Edições da terceira divisão
Década de 2000 200420052006200720082009
Década de 2010 2010201120122013201420152016
Edições da Copa Fares Lopes
Década de 2010 2010201120122013201420152016
Edições do Campeonato Cearense Feminino
Década de 2000 20082009
Década de 2010 2010201120122013201420152016
v • e

Campeonato Brasileiro de Futebol - Série D

CBFSérie ASérie BSérie CSérie A1Série A2Sub-20
Clubes de 2017  Altos •  América de Natal •  América-PE •  Anápolis •  Aparecidense •  Atlético Acreano •  Atlético Pernambucano •  Audax •  Bangu •  Baré •  Boavista •  Brusque •  Caldense •  Campinense •  Ceilândia •  Central •  Comercial-MS •  Cordino •  Coruripe •  Desportiva Ferroviária •  Espírito Santo •  Fast Clube •  Fluminense de Feira •  Foz do Iguaçu •  Genus •  Globo •  Guarani de Juazeiro •  Guarany de Sobral •  Gurupi •  Inter de Lages •  Itabaiana •  Ituano •  Itumbiara •  Jacobina •  Juazeirense •  Luziânia •  Maranhão •  Metropolitano •  Murici •  Novo Hamburgo •  Operário-PR •  Parnahyba •  Portuguesa •  Portuguesa-RJ •  Potiguar •  Princesa do Solimões •  PSTC •  Real Ariquemes •  Red Bull Brasil •  Rio Branco-AC •  River-PI •  Rondoniense •  Santos-AP •  São Bernardo •  São Francisco •  São José-RS •  São Paulo-RS •  São Raimundo-PA •  São Raimundo-RR •  Sergipe •  Sete de Dourados •  Sinop •  Sousa •  Tocantins de Miracema •  Trem •  União Rondonópolis •  URT •  Villa Nova •  XV de Piracicaba
Edições 200920102011201220132014201520162017

Referências

  1. LIMA, César Barreto. As Fantásticas Estórias de Sobral. 3ª Edição. Fortaleza. 2010. p. 141
  2. «Guarany Sporting Club :: Estatísticas :: Títulos :: Títulos :: História :: Gols :: Próximos Jogos :: Resultados :: Notícias :: Vídeos :: Fotos :: Time :: ogol.com.br». www.ogol.com.br (em bretão). Consultado em 18 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Site

guaranydesobral.com.br

  • Facebook

facebook.com/GuaranySportingClub

  • Twitter

twitter.com/GuaranySClub

  • Instagram

instagram.com/guaranysc/