Il Guarany

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Il Guarany
O Guarani
Capa da partitura (séc. XIX)
Idioma original Italiano
Compositor Antonio Carlos Gomes
Libretista Antônio Scalvini
Tipo do enredo Épico
Número de atos 4
Número de cenas 45
Ano de estreia 19 de março de 1870 (147 anos)
Local de estreia Teatro alla Scala, Milão, Itália.

Il Guarany (em português, O Guarani) é uma das óperas do compositor brasileiro Antônio Carlos Gomes. É uma ópera ballo em quatro atos, em italiano como libreto de Antônio Scalvini baseado no romance de José de Alencar, O Guarani.

Publicação sobre O Guarani, patrocinada pelo Ministério da Cultura do Brasil.

Estreou no Teatro Scala de Milão, na Itália, em 19 de março de 1870, com grandioso sucesso. A ópera Il Guarany tem como maior destaque a sua abertura. Esta é até hoje muito interpretada, além de muito conhecida por ser o tema do programa de rádio A Voz do Brasil.

O Tema da opera era:

Personagens[editar | editar código-fonte]

Gonzales, (aventureiro espanhol, hóspede de Don Antônio) barítono
Don Álvaro, (aventureiro português) tenor
Rui Bento, (aventureiro espanhol) tenor
Alonso, (outro aventureiro espanhol) baixo
D. Antônio de Mariz, (velho fidalgo português) baixo
Peri, (cacique da tribo dos Guaranís) tenor
Cecília, (filha de Don Antônio) soprano leggero
Pedro, (homem de armas de Don Antônio) baixo
Cacique, (chefe da tribo dos Aimorés) baixo ou barítono


Abertura da opéra Il Guarany,
(United States Marine Band / ca. 7 mins.).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Guarany, Il; matéria de: Gerard Béhague, em: "The New Grove Dictionary of Opera", ed. Stanley Sadie (London, 1992) ISBN 0-333-73432-7

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre ópera é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.