Campeonato Brasileiro de Futebol de 1999 - Série B

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Campeonato Brasileiro de Futebol de 1999
Série B de 1999
Brasil
Dados
Participantes 22
Organização CBF
Anfitrião Goias
Período Agosto de 1999 – Dezembro de 1999
Gol(o)s 652
Partidas 254
Média 2,57 gol(o)s por partida
Campeão Goiás
Vice-campeão Santa Cruz
Melhor marcador Uéslei (Bahia) - 25 gols
◄◄ 1998 Soccerball.svg 2000 ►►

O Campeonato Brasileiro Série B de 1999 contou com 22 participantes. Pelos critérios da disputa, subiriam para o Campeonato Brasileiro de 2000 o Goiás do estado homônimo e o Santa Cruz de Pernambuco, e cairiam para a Série C de 2000 América de Natal, Desportiva Ferroviária, Criciúma, Paysandu, Tuna Luso e União São João.

No entanto com a realização da Copa João Havelange, estes critérios não foram adotados. Os times classificados para a Série A, mais o Bahia e o América Mineiro, disputaram o Módulo Azul, considerado a primeira divisão daquele torneio. Das equipes que seriam rebaixadas para a Série C, a Tuna Luso disputou o Módulo Verde junto com outros times da Série C de 1999, enquanto os demais times foram convidados para o Módulo Amarelo, considerado a segunda divisão do torneio.

A melhor média de público da competição foi do Bahia, seguido por Ceará.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Time Cidade UF Estádio Capacidade Em 1998
ABC Natal Rio Grande do Norte Estádio João Machado(Machadão) 50.000 11º
América-MG Belo Horizonte Minas Gerais Estádio Raimundo Sampaio(Independência) 14.000 21º(Série A)
América-RN Natal Rio Grande do Norte Estádio João Machado(Machadão) 50.000 24º(Série A)
Avaí Florianópolis Santa Catarina Estádio Aderbal Ramos da Silva(Ressacada) 17.800 1º(Série C)
Bahia Salvador Bahia Estádio Octávio Mangabeira(Fonte Nova) 60.000 18º
Bragantino Bragança Paulista São Paulo Estádio Nabi Abi Chedid 12.300 23º(Série A)
Ceará Fortaleza Ceará Estádio Presidente Vargas 20.000 14º
Clube do Remo Belém Pará Estádio Evandro Almeida(Baenão) 15.000
CRB Maceió Alagoas Estádio Rei Pelé(Trapichão) 14.000 12º
Criciúma Criciúma Santa Catarina Estádio Heriberto Hülse(Majestoso) 19.200
Desportiva Ferroviária Cariacica Espírito Santo (estado) Estádio Engenheiro Alencar Araripe 7.800
Goiás Goiânia Goiás Estádio Serra Dourada 50.000 22º(Série A)
Joinville Joinville Santa Catarina Estádio Ernesto Schlemm Sobrinho 7.000
Londrina Londrina Paraná Estádio do Café 30.000
Paysandu Belém Pará Estádio Leônidas Sodré de Castro(Curuzu) 17.700
Sampaio Corrêa São Luís Maranhão Estádio Governador João Castelo(Castelão) 40.200 17º
Santa Cruz Recife Pernambuco Estádio José do Rego Maciel(Arruda) 60.000 13º
São Caetano São Caetano do Sul São Paulo Estádio Municipal Anacleto Campanella 16.700 2º(Série C)
Tuna Luso Belém Pará Estádio Francisco Vasques(Souza) 6.000 15º
União São João Araras São Paulo Estádio Doutor Hermínio Ometto 16.600 16º
Vila Nova Goiânia Goiás Estádio Serra Dourada 40.000 10º
XV de Novembro Piracicaba São Paulo Estádio Barão de Serra Negra 18.000

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

A Série B de 1999 teve a participação de 22 equipes.

  • Os clubes jogarão entre si, em turno único. Os oito melhores colocados desta fase, classificam-se para a segunda fase.
  • Nesta fase os oito classificados estão agrupados em quatro chaves de dois clubes cada, desta forma: 1º x 8º; 2º x 7º; 3º x 6º e 4º x 5º. Jogam em duas ou até três partidas. Os vencedores avançam.
  • O quadrangular final será disputado no sistema de ida e volta, com pontos corridos. As duas equipes que somarem o maior número de pontos serão promovidos para a Série A de 2000. O clube que somar mais pontos será declarado Campeão Brasileiro da Série B de 1999.
  • Os últimos seis colocados serão rebaixados para a Série C em 2000.

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Time PG JG VT EM DT GP GC SG
1 São Paulo São Caetano 45 21 13 6 2 33 15 18
2 Bahia Bahia 37 21 9 10 2 38 23 15
3 GoiásGoiás 36 21 10 6 5 35 22 13
4 Goiás Vila Nova 34 21 9 7 5 30 19 11
5 Minas GeraisAmérica-MG 33 21 9 6 6 33 21 12
6 Ceará Ceará 32 21 9 5 7 25 20 5
7 Santa Catarina Avaí 32 21 9 5 7 26 29 -3
8 PernambucoSanta Cruz 30 21 9 3 9 22 29 -7
9 São Paulo XV de Novembro 30 21 8 6 7 23 22 1
10 Paraná Londrina 30 21 8 6 7 23 25 -2
11 Alagoas CRB 29 21 8 5 8 20 24 -4
12 São Paulo Bragantino 29 21 8 5 8 23 31 -8
13 Pará Clube do Remo 27 21 7 6 8 28 29 -1
14 Rio Grande do Norte ABC 27 21 6 9 6 28 29 -1
15 Santa Catarina Joinville 26 21 8 2 11 22 25 -3
16 Maranhão Sampaio Corrêa 26 21 7 5 9 40 37 3
17 São Paulo União São João 26 21 6 8 7 28 25 3
18 Santa Catarina Criciúma 24 21 6 6 9 27 36 -9
19 Pará Paysandu 24 21 5 9 7 24 28 -4
20 Pará Tuna Luso 22 21 6 4 11 24 36 -12
21 Rio Grande do NorteAmérica de Natal 22 21 6 4 11 25 31 -6
22 Espírito Santo (estado) Desportiva Ferroviária 9 21 2 3 16 12 33 -21
PG – Pontos ganhos; J – Jogos; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas;
GP – Gols pró; GC – Gols contra; SG – Saldo de gols
Classificados para as Quartas-de-Final
Permaneceriam na Série B em 2000, campeonato que não foi disputado.
Seriam rebaixados à Série C de 2000, campeonato que não foi disputado.

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

Equipe 1 J1 J2 J3 Equipe 2 Total
AvaíSanta Catarina 1x2 1x3 - BahiaBahia 2x5
CearáCeará 1x3 4x3 0x2 GoiásGoiás 2x5
Santa CruzPernambuco 1x0 3x4 1x0 São Paulo São Caetano 5x4
AméricaMinas Gerais 2x2 0x0 1x3 GoiásVila Nova 3x5

Quadrangular final[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG JG VT EM DT GP GC SG
1 Goiás Goiás 11 6 3 2 1 5 3 2
2 Pernambuco Santa Cruz 10 6 3 1 2 6 5 1
3 Bahia Bahia 7 6 2 1 3 9 9 0
4 Goiás Vila Nova 6 6 2 0 4 7 10 -3
Ascenderiam à Série A de 2000
Permaneceriam na Série B em 2000

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Time PG JG VT EM DT GP GC SG
1 GoiásGoiás 53 30 15 8 7 48 29 19
2 PernambucoSanta Cruz 46 30 14 4 12 33 38 -5
3 Bahia Bahia 50 29 13 11 5 52 34 18
4 Goiás Vila Nova 45 30 12 9 9 42 32 10
5 São Paulo São Caetano 48 24 14 6 4 37 20 17
6 Ceará Ceará 35 24 10 5 9 29 28 1
7 Minas Gerais América 35 24 9 8 7 36 26 10
8 Santa Catarina Avaí 32 23 9 5 9 28 34 -6
9 São Paulo XV de Novembro 30 21 8 6 7 23 22 1
10 Paraná Londrina 30 21 8 6 7 23 25 -2
11 Alagoas CRB 29 21 8 5 8 20 24 -4
12 São Paulo Bragantino 29 21 8 5 8 23 31 -8
13 Pará Clube do Remo 27 21 7 6 8 28 29 -1
14 Rio Grande do Norte ABC 27 21 6 9 6 28 29 -1
15 Santa Catarina Joinville 26 21 8 2 11 22 25 -3
16 Maranhão Sampaio Corrêa 26 21 7 5 9 40 37 3
17 São Paulo União São João 26 21 6 8 7 28 25 3
18 Santa Catarina Criciúma 24 21 6 6 9 27 36 -9
19 Pará Paysandu 24 21 5 9 7 24 28 -4
20 Pará Tuna Luso 22 21 6 4 11 24 36 -12
21 Rio Grande do NorteAmérica-RN 22 21 6 4 11 25 31 -6
22 Espírito Santo (estado) Desportiva Ferroviária 9 21 2 3 16 12 33 -21
PG – Pontos ganhos; J – Jogos; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas;
GP – Gols pró; GC – Gols contra; SG – Saldo de gols
Classificados para as Quartas-de-Final
Permaneceriam na Série B em 2000, campeonato que não foi disputado.
Seriam rebaixados à Série C de 2000, campeonato que não foi disputado.

Campeão[editar | editar código-fonte]

Campeão Brasileiro de 1999
(Série B)
Goiás
Goiás Esporte Clube
(1º título)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]