Esporte Clube Flamengo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de Flamengo, veja Flamengo.
Flamengo-PI
EC Flamengo (PI).png
Nome Esporte Clube Flamengo
Alcunhas Mengo
Leão
Mais Querido
Torcedor/Adepto Flamenguista
Rubro-negro
Mascote Leão
Fundação 8 de dezembro de 1937 (79 anos)
Estádio Albertão
Capacidade 52.216 pessoas
Presidente Brasil Tiago Vasconcelos
Treinador Brasil Nivaldo Lancuna
Patrocinador Brasil CEV
Piauí Governo do Piauí
Brasil Construfort
Brasil Centro Med
Material (d)esportivo Brasil Icone Sports
Competição Piauí Campeonato Piauiense
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar
  • O Esporte Clube Flamengo é um clube de futebol brasileiro com sede na cidade de Teresina, no estado do Piauí. Suas cores são vermelho e preto. Detém 17 títulos do Campeonato Piauiense, 12 a menos que o maior rival, Ríver, contra quem faz o maior clássico do estado, o Rivengo. ==História== O Flamengo foi fundado a 8 de dezembro de 1937, pelo senador Raimundo Melo de Arêa Leão, filho do senhor de engenho e vice-presidente da província do Piauí, Raimundo de Arêa Leão. Com apenas dois anos de existência já se tornou campeão piauiense. Nos anos de 1940, o rubro-negro cresceu no futebol piauiense, tendo como time base a seguinte formação: Morcego; Jonas e Joca; Pedro Nonato, Ferreira e Raimundo Antônio; Mirco, Zé de Urso, Manula, Cairara e João Pedro. Em 1942, 1943 e 1944 veio o primeiro tricampeonato. Na década de 1950 houve uma crise administrativa e o Flamengo parou por algumas temporadas, para voltar apenas em 1959, foi o período em que seu arquirrival, River Atlético Clube conquistou a hegemonia do futebol piauiense. Em 1963 foi implantado o profissionalismo no futebol piauiense e no ano seguinte Jesus Elias Tajra assumiu a presidência do Flamengo decidido a mudar os rumos do futebol do Estado, dominado até então pelo River. O novo presidente formou um grande time, à base de jogadores cearenses, dirigidos pelo técnico Vicente Trajano, e ganhou o Campeonato com a vitória de 2 a 0 sobre o River, gols de Salvador e Mano. O time campeão era formado com Chiquinho; Maneca, Jonas, Brito e Ronaib; Mariano e Macalé; Maçarico (Barbosa), Mano, Paulinho e Salvador. No ano seguinte o Flamengo foi bicampeão piauiense, novamente derrotando o River nas finais por 2 a 1 e 3 a 2 (com o famoso gol de Gringo aos 45 do segundo tempo). Nas finais do campeonato o próprio Presidente Jesus Elias Tajra assumiu a direção técnica da equipe. Vencidos os dois campeonatos e interrompida a longa jornada de títulos do River, o Flamengo voltou a ser um grande clube no futebol piauiense, inaugurando a fase de rivalidade com o River e abrindo novos caminhos para o futebol do Piauí. Desde então, o Flamengo nunca mais parou de competir. Teve maus momentos em campeonatos, mas somou mais títulos como o de campeão do Torneio Internacional Governador Dirceu Arcoverde em 1978, o empresário mineiro Pedro Nascimento trouxe a Teresina, para um torneio internacional, a Seleção de Novos do Uruguai. Foi a primeira vez que uma equipe uruguaia atuou em solo piauiense. Participaram do torneio, além da seleção de novos do Uruguai, as equipes principais de River, Flamengo e Piauí, esta última reforçada, no gol, pelo goleiro campeão do mundo com o Brasil no México, Félix. Na primeira rodada, vitória do Flamengo sobre o Piauí, no jogo preliminar. Na principal, o River derrotou os uruguaios por 1 a 0, gol do artilheiro Sima, então no auge de sua carreira. Era noite de quarta-feira, e, naquele tempo, não haviam as transmissões de futebol pela TV com a frequência dos dias de hoje. E 13 mil pagantes foram ao Albertão para aquele histórico primeiro jogo de um quadro uruguaio em nossos gramados. Ocorreu na noite de sábado, 11 de março de 1978, há 34 anos. Na rodada dupla verificada no Estádio Albertão, Piauí e River fizeram a preliminar, registrando-se vitória do River sobre o Piauí (1 a 0). Flamengo e Seleção de Novos fizeram o jogo principal, com vitória do time rubro-negro por 3 a 2, marcando Luiz Sérgio , Dote e Paulo Cesar. Foi a última apresentação uruguaia no Albertão. O torneio foi concluído com a decisão entre River e Flamengo, vencida pelo clube rubro-negro , e campeão piauiense em sua história como o segundo tricampeonato estadual de 1986, 1987 e 1988 (sob a presidência de Avelino Neiva). Após a conquista de 1988, na final com o 4 de Julho, o rubro-negro ficou 14 anos sem ser campeão até vencer o Parnaíba na decisão de 2003, sob a presidência de Robert Braw, por 4 x 2 no Estádio Albertão. Em 2001, consegue chegar até as oitavas de final da Copa do Brasil, eliminando o Sport Club do Recife dentro do seu estádio na Ilha do Retiro em Pernambuco. Por esse feito, é o clube piauiense que até hoje possui melhor desempenho na Copa do Brasil. Nos anos seguintes, 2002 e 2003, conseguiu passar da primeira fase da competição ao eliminar o Independente do Amapá e o Corinthians Alagoano, respectivamente. Em 2007, pela primeira vez em sua história foi rebaixado para a segunda divisão estadual. Através de uma manobra inédita, o certame da segunda divisão foi disputado no mesmo ano. Porém, o clube, detentor de dezenove títulos estaduais, permaneceu na segundona estadual devido a uma campanha irregular na competição. Contudo, já no final do ano de 2008, o Flamengo conquistou três taças: O Campeonato Sub-l8, a decisão de vaga para a Copa do Brasil contra o Picos e a disputa dos 60 Anos de Rivengo. Em 2008 o até então Presidente Everaldo Cunha confirmou a primeira excursão do Esporte Clube Flamengo ao Caribe,o mais querido disputou cerca de quatro jogos.Na excursão às Antilhas Holandesas e Suriname, o Esporte Clube Flamengo colheu os seguintes resultados: 0x0 com a Seleção de Suriname; derrota de 3 a 0 para o Groningen, da Holanda; vitória de 2 a 0 na Seleção de Suriname; e vitoria de 2 a 1 sobre o Inter Mungu Tapu. A equipe rubro-Negra regressava ao Piauí com duas taças, além do da terceira posição no principal torneio.[1] Em 2009 o Flamengo sagra-se campeão piauiense por antecipação, conquistando o primeiro e o segundo turno da competição. Na final do returno, outra vez frente ao 4 de Julho do artilheiro França, o rubro-negro de Teresina vence a primeira partida por 1 x 0 na capital piauiense, e a segunda, disputada em Piripiri, precisando apenas de um empate, triunfa novamente pelo placar de 1 x 0 com gol de Michel aos 49 minutos da etapa complementar. Com isso, o Flamengo tem sua vaga garantida na Copa do Brasil 2010 e a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro de 2009. Ainda em 2009, no segundo semestre, o Flamengo conquista o bicampeonato da Copa Piauí, ao vencer, novamente, a Sociedade Esportiva Picos na final, pelo placar de 2 a 1, com gols de Roni e Binha (este último aos 46 minutos do 2° tempo). o Flamengo jogou com Herivélton; Tote, Marcelo, Alessandro e Igor (Finha); Binha, Luciano, Zuza e Antônio Carlos (Marcelo Sá); Niel e Rone. Técnico: Wálter Maranhão. Novamente o Flamengo garantiu sua vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro que aconteceu em 2010. A campanha realizada pelo rubro-negro piauiense no torneio foi incontestável: o time foi campeão invicto, com 9 vitórias e 4 empates, teve o artilheiro da competição (o centroavante Roni), o melhor ataque (32 gols) e a melhor defesa (7 gols sofridos), nenhum atleta expulso. Com isso, a raposa fechou 2009 sustentando uma invencibilidade de 26 jogos em terras piauienses, o que lhe fez merecer o epíteto de Campeão Arrastão do ano. Para a disputa da Copa do Brasil de 2010, o campeão piauiense de 2009 contratou o centroavante Jardel, goleador de origem cearense, ex-jogador da Seleção Brasileira que ficou famoso por seus habituais gols de cabeça e que em Portugal obteve a incrível média de 130 gols em 125 jogos atuando pelo Porto e 53 gols em 49 jogos pelo Sporting. E que apesar de ter se destacado no Brasil jogando no Grêmio e no Vasco, Jardel assumiu em uma entrevista para o jornal Globo Esporte do Piauí: "sempre foi torcedor do Flamengo carioca e meu coração agora é duas vezes Flamengo". Em 2010, o Flamengo foi eliminado da Copa do Brasil ainda na primeira fase, depois de perder para o Palmeiras por 1 a 0 no Albertão e, no jogo de volta, que aconteceu no Palestra Itália, foi goleado por 4 a 0,[2] saindo da competição sem marcar um gol sequer. No Campeonato Piauiense, o Flamengo, depois de ficar apenas no penúltimo lugar da Taça Estado do Piauí (Primeiro Turno do Estadual), reagiu e chegou a disputar a final do segundo turno contra o Comercial, porém não conseguiu o título e nem a segunda vaga para a Copa do Brasil de 2011, que ficou com o Barras, vice-campeão do estadual. Em 2012, o Flamengo com uma boa campanha se classificou para a fase final do Campeonato Piauiense de Futebol de 2012. Na semifinal, a equipe do Flamengo jogou dentro de casa no Estádio Lindolfo Monteiro contra o Comercial Atlético Clube, o goleando por 4 a 1. No jogo de volta em campo maior 1 a 1, e assim, o Flamengo se classificou para a final contra o Parnahyba Sport Club. O primeiro jogo de ida foi no Estádio Lindolfo Monteiro, antes do começo do jogo chegou a ter um apagão, atrasando cerca de 15 minutos. O Flamengo fez uma ótima partida, mas perdendo muitas chances de gol. No segundo tempo, a equipe do Parnahyba Sport Club reagiu e Willian marca aos 28 minutos o único gol da partida e assim terminando a partida 1 a 0 para equipe do Parnahyba Sport Club e com isso frustrando os torcedores flamenguistas que acompanhavam a partida. No segundo jogo, a equipe do Parnahyba Sport Club jogando em casa no Estádio Mão Santa com um público de 4617 pessoas, o flamengo começa jogando bem, pressionando, criando jogadas contra a equipe adversária. O primeiro tempo termina 0 a 0.No segundo tempo a equipe do Flamengo pressiona e o arbitro marca um pênalti aos 3 minutos do segundo tempo para a equipe do Flamengo, e Ítalo marca. Mesmo com o 1 a 0 para equipe de Teresina o Parnahyba Sport Club Sagrou-se campeão piauiense por que fez um gol no primeiro jogo fora de casa. ==Torcida== As torcidas organizadas mais conhecidas são a Império Rubro-Negro, a "Fiel Rubro-Negra" (o nome homenageia um trecho do hino do clube e tem a pretensão de ser a maior torcida organizada da equipe), a "Flaraposa" (em alusão ao mascote do clube que é uma raposa), a " Leões da Flagaita" (que tem esse nome por utilizar uma gaita barulhenta, feita de buzina de caminhão a base de ar comprimido para motivar o clube durante seus jogos. É uma engenharia que foi inventada na década de 1950 por um famoso torcedor eletricista, já falecido, conhecido como "Papagaio da Buzina") e a quase extinta "Flagiant", a primeira torcida organizada do Estado do Piauí. Além dessas torcidas citadas, a maior Torcida Organizada que o Flamengo do Piaui já teve: a "TUF" (Torcida Uniformizada Flamenguista), a "Flamor" e Flanáticos, fundada e registrada em cartório no dia 05 de maio de 1985, tendo acompanhado as melhores formações do Flamengo de todos os tempos, campeão de 1984 e do tri-campeonato de 1986,87 e 88. A Flanáticos foi desativada em 1992, mas foi a mais estruturada Torcida Organizada de todos os tempos no Piauí, com mais de 50 bandeiras e uma bateria de 30 percussionistas das melhores escolas de samba de Teresina, além de ter sido a Torcida Organizada que já fez as maiores caravanas acompanhando o Flamengo em competições fora de Teresina, quando viajava com no mínimo 6 Ônibus lotados para todos os jogos. ==Símbolos== ===Escudo=== O escudo [3] do Flamengo-PI é bem semelhante ao utilizado pelo homônimo carioca e consiste em:
    • No canto superior esquerdo, um quadrado com as iniciais ECF entrelaçadas (Esporte Clube Flamengo)
    • Oito faixas horizontais alternadas em preto e vermelho
    • Em branco, na 4ª faixa de cima para baixo (a 2ª vermelha), a inscrição "Piauí", uma alusão ao Estado do clube. ==Partidas Internacionais==
    • EC Flamengo 0x0 Seleção de Suriname - 2008
Goleiros
Jogador
Brasil Evandrízio
Brasil Preto
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Vitor Recife Z
Brasil Miltão Z
Brasil William Goiano Z
Brasil Chicão Z
Brasil Andson Alagoano Z
Brasil Sadan Z
Brasil Barata LD
Brasil Johnatha LD
Brasil Rafinha LE
Brasil Thiaguinho LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Alessandro V
Brasil Leonardo V
Brasil Lima V
Brasil Ribeiro V
Brasil Léo Maceió M
Brasil Capela M
Brasil Jean Carlo M
Brasil Paulinho Cearense M
Atacantes
Jogador
Brasil Eduardo
Brasil Fabinho
Brasil Gugu
Brasil Júnior
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Nivaldo Lancuna T
Brasil Fernando Silva AS
Brasil Pedro Henrique PF
Brasil Zim TG

==Títulos== {| border="2" cellpadding="3" cellspacing="0" style="margin: 1em 1em 1em 0; background: #f9f9f9; border: 1px #aaa solid; border-collapse: collapse; font-size: 90%;" ! colspan="4" style="background: black;" | ESTADUAIS |- bgcolor="red" align="center" ! width="80" | ! width="260" |Competição ! width="80" |Títulos ! width="380" |Temporadas |- ! rowspan="1" align="center" |Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).pngPiauí ! rowspan="1" align="center" |Campeonato Piauiense ! rowspan="1" |17 | rowspan="1" |1939, 1942, 1943, 1944, 1947, 1964, 1965, 1970, 1971, 1976, 1979, 1984, 1986, 1987, 1988, 2003, 2009. |- ! rowspan="1" align="center" |Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).pngPiauí ! rowspan="1" align="center" |Copa Piauí ! rowspan="1" |4 | rowspan="1" |2008, 2009, 2012 e 2013. |- ! rowspan="1" align="center" |Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).pngPiauí ! rowspan="1" align="center" |Torneio Início ! rowspan="1" |10 | rowspan="1" |1961, 1965, 1967, 1968, 1970, 1973, 1979, 1985, 1991 e 1999. |- |- |- bgcolor="#CCCCCC" align="center" ! colspan="4" style="background: black;" | CAMPANHAS DE DESTAQUE |- bgcolor="red" align="center" ! width="80" | ! width="260" |Competição ! width="80" |Posição ! width="380" |Temporadas |- ! rowspan="1" align="center" |WikiCup Trophy Gold.pngMapa das Regiões Norte e Nordeste do Brasil.svg ! rowspan="1" align="center" |Torneio Norte-Nordeste ! rowspan="1" |5º colocado | rowspan="1" |1970. |- ! rowspan="1" align="center" |WikiCup Trophy Gold.pngMapa das Regiões Norte e Nordeste do Brasil.svg ! rowspan="1" align="center" |Copa Norte de Futebol ! rowspan="1" |4º colocado | rowspan="1" |1999. |- !Cbf brazilian championship trophy 02.svg !Campeonato Brasileiro de Futebol - Série A !14º colocado |1966. |- !Cbf brazilian championship trophy 02.svg !Campeonato Brasileiro de Futebol - Série A !38º colocado |1976. |- ! rowspan="1" align="center" |Cbf brazilian championship trophy 02.svg ! rowspan="1" align="center" |Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B ! rowspan="1" |5º colocado | rowspan="1" |1971. |- ! rowspan="1" align="center" |CBF Brazilian Cup.png ! rowspan="1" align="center" |Copa do Brasil ! rowspan="1" |16º colocado (3ª FASE) | rowspan="1" |2001. |- ! rowspan="1" align="center" |Cbf brazilian championship trophy 02.svg ! rowspan="1" align="center" |Campeonato Brasileiro de Futebol - Série C ! rowspan="1" |9º colocado | rowspan="1" |2000. |- |} {| border="2" cellpadding="3" cellspacing="0" style="margin: 1em 1em 1em 0; background: #f9f9f9; border: 1px #aaa solid; border-collapse: collapse; font-size: 90%;" |- |} ===Outras conquistas=== ====Torneios Internacionais====

    • Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Flag of Suriname.svg Antilhas Holandesas Brasil Países Baixos Taça Brong William(Caribe e Suriname) - 2008[1]
    • Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png BrasilUruguai Torneio Internacional Governador Dirceu Arco Verde "'[4]

Brasil Campeonato Brasileiro - Série B

Brasil Campeonato Brasileiro - Série C

Brasil Campeonato Brasileiro - Série D

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

|}|}|}|}|}|}