Campeonato Brasileiro de Futebol Sub-20

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) pela competição organizada pela FGF que já foi denominada com esse nome, veja Copa Rio Grande do Sul de Futebol Sub-20.
Campeonato Brasileiro de Futebol Sub-20
Campeonato Brasileiro Sub-20
Dados gerais
Edições 13
Número de equipes 20
Sistema Torneio concentrado,
Grupos e eliminatória
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O Campeonato Brasileiro de Futebol Sub-20 é uma competição de futebol organizada pela CBF desde 2015.[1] Anteriormente, de 2006 a 2014, a competição foi organizada pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF).[1]

Organizado pela FGF[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

O campeonato nacional sub-20 foi apresentado durante um evento ocorrido na sede da Federação Gaúcha de Futebol em 14 de março de 2006, quando a primeira edição do torneio foi oficialmente lançada. Além do apoio da Secretaria do Turismo, Esporte e Lazer, o campeonato contou com a chancela da Confederação Brasileira de Futebol.[2] A primeira edição, o torneio contou com 30 participantes e o título foi conquistado pelo Internacional quando goleou seu rival na decisão do grenal.[3] Em 2007, o Cruzeiro derrotou o Internacional e conquistou seu primeiro título,[4] Enquanto o Grêmio conquistou as taças de 2008 e 2009.[5][6]

Nos três anos seguintes, os campeões foram clubes mineiros. O Cruzeiro conquistou seu segundo título em 2010, ao derrotar o Palmeiras nas penalidades,[7] os mineiros, em 2012, voltaram a vencer o Internacional na final conquistando o terceiro título.[4] Entre as conquistas do Cruzeiro, o América Mineiro derrotou o Fluminense com um gol nos acréscimo, sagrando-se campeão daquela edição.[8]

Em 2013, o Internacional voltou a ser um dos finalista, desta vez a equipe gaúcha derrotou o Palmeiras e levou seu segundo título.[9] Por sua vez, o Corinthians conquistou a última edição do torneio realizada pela Federação Gaúcha, na ocasião vitória pelo placar mínimo contra o Atlético Paranaense.[10]

Edições[editar | editar código-fonte]

Ano Final Semifinalistas
Campeão Placar(es) Vice 3º lugar Placar(es) 4º lugar
2006
Detalhes
Rio Grande do Sul
Internacional
4 – 0 Rio Grande do Sul
Grêmio
Bahia
Bahia
1 – 0 Goiás
Goiás
2007
Detalhes
Minas Gerais
Cruzeiro
1 – 0 Rio Grande do Sul
Internacional
Paraná
Paraná
2 – 2
5 – 4
(pen)
Rio Grande do Sul
Grêmio
2008
Detalhes
Rio Grande do Sul
Grêmio
2 – 1 Pernambuco
Sport
Rio Grande do Sul
Internacional
4 – 0 Pernambuco
Náutico
2009
Detalhes
Rio Grande do Sul
Grêmio
1 – 0 Minas Gerais
Atlético Mineiro
Rio de Janeiro
Fluminense
2 – 1 Rio Grande do Sul
Internacional
2010
Detalhes
Minas Gerais
Cruzeiro
0 – 0
4 – 2 (pen)
São Paulo
Palmeiras
Rio de Janeiro
Vasco da Gama
[nota 1] Bahia
Vitória
2011
Detalhes
Minas Gerais
América Mineiro
2 – 1 Rio de Janeiro
Fluminense
Rio de Janeiro
Botafogo
Paraná
Coritiba
2012
Detalhes
Minas Gerais
Cruzeiro
2 – 1 Rio Grande do Sul
Internacional
Minas Gerais
América Mineiro
Paraná
Coritiba
2013
Detalhes
Rio Grande do Sul
Internacional
2 – 0 São Paulo
Palmeiras
Minas Gerais
Cruzeiro
Rio Grande do Sul
Grêmio
2014
Detalhes
São Paulo
Corinthians
1 – 0 Paraná
Atlético Paranaense
Minas Gerais
Cruzeiro
Rio de Janeiro
Fluminense

Títulos[editar | editar código-fonte]

Por equipe[editar | editar código-fonte]

Clube Títulos Vices Semifinais
Minas Gerais Cruzeiro 3 (2007, 2010 e 2012) 0 2 (2013 e 2014)
Rio Grande do Sul Internacional 2 (2006 e 2013) 2 (2007 e 2012) 2 (2008 e 2009)
Rio Grande do Sul Grêmio 2 (2008 e 2009) 1 (2006) 2 (2007 e 2013)
Minas Gerais América Mineiro 1 (2011) 0 1 (2012)
São Paulo Corinthians 1 (2014) 0 0
São Paulo Palmeiras 0 2 (2010 e 2013) 0
Rio de Janeiro Fluminense 0 1 (2011) 2 (2009 e 2014)
Pernambuco Sport 0 1 (2008) 0
Minas Gerais Atlético Mineiro 0 1 (2009) 0
Paraná Atlético Paranaense 0 1 (2014) 0
Paraná Coritiba 0 0 2 (2011 e 2012)
Bahia Bahia 0 0 1 (2006)
Paraná Paraná 0 0 1 (2007)
Bahia Vitória 0 0 1 (2010)
Goiás Goiás 0 0 1 (2006)
Pernambuco Náutico 0 0 1 (2008)
Rio de Janeiro Vasco da Gama 0 0 1 (2010)
Rio de Janeiro Botafogo 0 0 1 (2011)

Por federação[editar | editar código-fonte]

Estado Títulos Vices Semifinais
 Minas Gerais 4 1 3
 Rio Grande do Sul 4 3 4
 São Paulo 1 2 0
 Rio de Janeiro 0 1 4
 Paraná 0 1 3
 Pernambuco 0 1 1
Bahia Bahia 0 0 2
 Goiás 0 0 1

Por região[editar | editar código-fonte]

RegiãoTi Títulos Vices Semifinais
Sudeste 5 4 7
Sul 4 4 7
Nordeste 0 2 3
Centro-Oeste 0 0 1

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Ano Artilheiro Time Gols
2006 Alexandre Pato Rio Grande do Sul Internacional 7
Wendell Lira Goiás Goiás
2007 Jefferson Paraná Paraná 7
2008 Marquinhos Gabriel Rio Grande do Sul Internacional 8
2009 Alan Patrick São Paulo Santos 5
Dori Rio de Janeiro Fluminense
2010 Thiaguinho Minas Gerais Cruzeiro 7
2011 Marcos Júnior Rio de Janeiro Fluminense 7
2012 Renato Pernambuco Náutico 4
Vinícius Araújo Minas Gerais Cruzeiro
2013 Murilo Rio Grande do Sul Internacional 5
2014 Crysan Paraná Atlético Paranaense 5

Organizado pela CBF[editar | editar código-fonte]

Edições[editar | editar código-fonte]

Ano Final 3º lugar 4º lugar
Campeão Placar(es) Vice
2015
Detalhes
Rio de Janeiro
Fluminense
1 – 1
3 – 0
Bahia
Vitória
Bahia
Bahia
Rio de Janeiro
Flamengo
2016
Detalhes
Rio de Janeiro
Botafogo
1 – 1
2 – 0
São Paulo
Corinthians
Rio Grande do Sul
Internacional
Paraná
Coritiba
2017
Detalhes
Minas Gerais
Cruzeiro
1 – 1
1 – 1
7 – 6
(pen)
Paraná
Coritiba
São Paulo
São Paulo
Paraná
Atlético Paranaense
2018
Detalhes
São Paulo
Palmeiras
4 – 1
5 – 2
Bahia
Vitória
Rio de Janeiro
Flamengo
Rio de Janeiro
Fluminense

Títulos[editar | editar código-fonte]

Por equipe[editar | editar código-fonte]

Clube Títulos Vices 3º lugar 4º lugar
Rio de Janeiro Fluminense 1 (2015) 0 0 1 (2018)
Rio de Janeiro Botafogo 1 (2016) 0 0 0
Minas Gerais Cruzeiro 1 (2017) 0 0 0
São Paulo Palmeiras 1 (2018) 0 0 0
Bahia Vitória 0 2 (2015, 2018) 0 0
Paraná Coritiba 0 1 (2017) 0 1 (2016)
São Paulo Corinthians 0 1 (2016) 0 0
Rio de Janeiro Flamengo 0 0 1 (2018) 1 (2015)
Bahia Bahia 0 0 1 (2015) 0
Rio Grande do Sul Internacional 0 0 1 (2016) 0
São Paulo São Paulo 0 0 1 (2017) 0
Paraná Atlético Paranaense 0 0 0 1 (2017)

Por federação[editar | editar código-fonte]

Estado Títulos Vices 3º lugar 4º lugar
 Rio de Janeiro 2 0 1 2
 Minas Gerais 1 0 0 0
 São Paulo 1 1 1 0
Bahia Bahia 0 2 1 0
 Paraná 0 1 0 2
 Rio Grande do Sul 0 0 1 0

Por região[editar | editar código-fonte]

Estado Títulos Vices 3º lugar 4º lugar
Sudeste 4 1 2 2
Sul 0 1 1 2
Nordeste 0 2 1 0

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Ano Artilheiro Time Gols
2015 Matheus Pato Rio de Janeiro Fluminense 6
2016 Pedro São Paulo São Paulo 8
2017 Mosquito Paraná Coritiba 9
2018 Papagaio São Paulo Palmeiras 12

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. A partir de 2010, não houve disputa pelo terceiro lugar. Os clubes foram dispostos por ordem alfabética.

Referências

  1. a b «CBF cria Campeonato Brasileiro Sub-20, com início previsto para junho». GloboEsporte.com. 3 de fevereiro de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016. 
  2. «RS sediará 1º Campeonato Brasileiro de Sub-20». estado.rs.gov.br. 14 de março de 2006. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 8 de junho de 2018 
  3. «Campeonato Brasileiro Sub-20». Bola na Rede. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 10 de junho de 2017 
  4. a b «Cruzeiro derrota o Inter e conquista o tricampeonato do Brasileiro sub-20». Globo Esporte. 22 de dezembro de 2012. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 26 de dezembro de 2012 
  5. Marinho Saldanha (26 de agosto de 2016). «Geração perdida: Por onde anda o time campeão brasileiro Sub-20 do Grêmio». esporte.uol.com.br. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 31 de outubro de 2016 
  6. «Campeonato Brasileiro Sub-20». Bola na Rede. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 10 de junho de 2017 
  7. «Cruzeiro Bicampeão Brasileiro Sub-20 em 2010». melhoresdabase.com.br. 23 de novembro de 2016. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 8 de junho de 2018 
  8. Chico Vilela (20 de dezembro de 2011). «Nos acréscimos, América derrota o Fluminense e é campeão brasileiro sub-20». mg.superesportes.com.br. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 8 de junho de 2018 
  9. «Inter vence o Palmeiras e é campeão do Brasileiro Sub-20 pela segunda vez». gauchazh.clicrbs.com.br. 21 de dezembro de 2013. Consultado em 6 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 8 de junho de 2018 
  10. «Corinthians vence o Atlético-PR e é campeão brasileiro sub-20 invicto». gauchazh.clicrbs.com.br. 21 de dezembro de 2014. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 8 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]