Luciano da Rocha Neves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Luciano
Informações pessoais
Nome completo Luciano da Rocha Neves
Data de nasc. 18 de maio de 1993 (28 anos)
Local de nasc. Anápolis (GO), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,81 m
canhoto
Apelido Luciano Ronaldo, Lucigol, L11
Informações profissionais
Período em atividade 2012–presente (9 anos)
Clube atual São Paulo
Número 11
Posição atacante
Clubes de juventude

2011–2012
Anápolis
Atlético Goianiense
Clubes profissionais
Anos Clubes
2012
2013
2014–2016
2016–2019
2017–2018
2018–2019
2019–2020
2020–
Atlético Goianiense
Avaí
Corinthians
Leganés
Panathinaikos (emp.)
Fluminense (emp.)
Grêmio
São Paulo
Seleção nacional
2015–2017 Brasil Sub-23
Medalhas
Jogos Pan-Americanos
Bronze Jogos Pan-Americanos Toronto 2015

Luciano da Rocha Neves, (Anápolis, 18 de maio de 1993), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente joga pelo São Paulo.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Atlético Goianiense[editar | editar código-fonte]

Luciano foi revelado pelo Atlético Goianiense em 2012, sendo descoberto pelo clube ainda nas categoria de base do Anápolis. No dia 7 de março de 2012, Luciano fez sua estreia contra o Gurupi Esporte Clube na Copa do Brasil de 2012, sendo esta sua única aparição no campeonato.[2][3] Durante sua passagem pelo clube, o jogador disputou 5 partidas do Brasileirão, marcando um gol.[4]

Avaí[editar | editar código-fonte]

No início de 2013, acertou sua transferência para o Avaí. Luciano estreou pelo clube catarinense no dia 27 de julho de 2013, em partida contra o Chapecoense, substituindo o volante Alê.[5][6] Mesmo sem se firmar entre os titulares, Luciano disputou 23 jogos na Série B do Brasileiro 2013 e marcou cinco gols.[7] No Campeonato Catarinense de 2014, participou de quatro jogos e marcou dois gols.[8]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de fevereiro de 2014, o Corinthians anunciou a comprado de 25% dos direitos econômicos do jogador e que ele representaria o clube por três temporadas.[9][10] Estreou pelo clube alvinegro em 22 de fevereiro de 2014, em partida válida pelo Campeonato Paulista daquele ano, substituindo o atacante Paolo Guerrero na vitória de 3 a 2 contra o Rio Claro. Já no seu segundo jogo com a camisa do Corinthians, contra o Linense, novamente marcou dois gols na mesma partida.[11] No dia 21 de agosto de 2014, na partida contra o Goiás, Luciano fez 3 gols em 11 minutos na vitória de 5 a 2 na Arena Corinthians. O atacante pelo Corinthians teve uma marca de 25 gols.

Leganés[editar | editar código-fonte]

No dia 23 de agosto de 2016, Luciano foi emprestado para o Leganés, da Espanha, por uma taxa de 400 mil euros (1,4 milhões de reais).[12] Luciano realizou 25 partidas e marcou quatro gols com a camisa do time espanhol. Luciano marcou um gol contra o Real Madrid na partida válida pela La Liga.[13]

Panathinaikos[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de julho de 2017, Luciano fechou um pré-contrato de três anos com o Panathinaikos. Porém, o Corinthians segue com 25% dos direitos econômicos do jogador. Luciano não teve muito destaque na equipe Grega. [14]

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado pelo Fluminense no dia 30 de junho de 2018. Chegou ao Tricolor por empréstimo de três temporadas, com opção de compra, e permaneceu até julho de 2019. Luciano se destacou no clube carioca e marcou 18 gols pelo Fluminense, sendo uns dos melhores marcadores da temporada de 2018.[15]

Grêmio[editar | editar código-fonte]

No dia 29 de julho de 2019, foi anunciado como reforço do Grêmio para o restante da temporada.[16] O atacante assinou contrato por três anos e meio, até o fim de 2022. O clube comprou 50% dos direitos do jogador junto ao Leganés, da Espanha. O jogador chegou para disputar a Libertadores e o Campeonato Brasileiro pelo Grêmio. O jogador não participará da Copa do Brasil, já que disputou a mesma este ano como jogador do Fluminense. Luciano estreou pelo Grêmio no dia 10 de agosto de 2019, tendo oportunidade de atuar por 70° minutos e depois ser substituído pelo meio-campista Patrick. Luciano pode atuar em 20 jogos em 2019 e efetuar 5 gols, fechando o ano como um dos melhores atacantes do Grêmio e podendo ingressar 2020 como o titular na sua posição.

São Paulo[editar | editar código-fonte]

2020[editar | editar código-fonte]

Em 18 de agosto de 2020, acertou com o São Paulo, que em troca, cedeu Éverton ao Grêmio.[17]

Em sua estreia, marcou o gol de empate contra o Bahia e no jogo seguinte, ainda no primeito tempo, deu assistência ao Pablo, na vitória de um a zero contra o Sport.

Em sua terceira partida, balançou as redes novamente, na vitória sobre o Athlético Paranaense, o gol saiu no segundo tempo, garantindo a vitória do São Paulo por 1 a 0.

Em um ritmo embalado marcou o segundo gol da vitória por 3-1 sobre o Fluminense no Morumbi em 06 de setembro, triunfo que firmou naquela rodada o São Paulo na vice-liderança do Brasileirão 2020.[18]

Foi grande destaque do time na temporada 2020/21, com um gol na última partida do campeonato contra o Flamengo,[19] Luciano foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro 2020, com 18 gols marcados, juntamente de Claudinho, do Red Bull Bragantino,[20] além de ganhar o Prêmio Bola de Prata ESPN como melhor atacante do campeonato ao lado de Marinho.[21]

2021[editar | editar código-fonte]

Luciano fez seu primeiro gol na temporada 2021 logo na segunda partida do São Paulo pelo Campeonato Paulista 2021, na goleada de 4x0 sobre a Inter de Limeira, com assistência de Rojas.[22]

Na partida seguinte, também fez um gol na goleada de 4 a 0 sobre o Santos, no Morumbi.[23]

Em 3 maio, no Clássico Majestoso válido pela 10a rodada do Paulista, Luciano fez o último gol do empate de 2 a 2 com o Corinthians, de pênalti, salvando o São Paulo da derrota.[24]

Após um tempo sem jogar, Luciano substituiu Pablo nas semifinais do Paulistão 2021 contra o Mirassol, na qual o Tricolor do Morumbi venceu por 4 a 0, e fez um gol após assistência de Igor Vinicius.[25]

Em 23 de maio, Luciano foi decisivo e fez um dos gols do São Paulo na vitória de 2 a 0 sobre o Palmeiras, no 2° jogo da final do Campeonato Paulista, ajudando o Tricolor a se sagrar campeão do torneio pela 22° segunda vez, e a quebrar 2 jejuns de uma vez: o de 16 anos sem conquistar o Campeonato Paulista e o hiato de 8 anos sem conquistar nenhum título. Após isso, na 5° rodada do Campeonato Brasileiro de 2021, no clássico San-São, Luciano se machuca.[26][27][28]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Luciano foi convocado para defender a Seleção Brasileira nos Jogos Pan-Americanos de 2015, no Canadá. Foi chamado pelo técnico Rogério Micale, treinador da Seleção Sub-23, já que para tal competição é necessário idade olímpica.[29] No Pan de Toronto obteve a medalha de bronze, sendo que na disputa da medalha contra a Seleção do Panamá, marcou dois gols na vitória brasileira por 3 a 1, sendo o artilheiro da competição com cinco gols marcados.[30][31][32]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 8 de junho de 2021.[33]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional¹
Copa
nacional
Competições
continentais²
Outros
torneios³
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Atlético Goianiense 2012 5 2 1 2 0 0 6 4
Total 5 2 1 2 0 0 6 4
Avaí 2013 25 8 2 2 3 3 30 13
Total 25 8 2 2 3 3 30 13
Corinthians 2014 33 6 8 4 8 5 49 15
2015 6 5 1 0 2 0 12 3 21 8
2016 15 1 0 0 2 0 7 0 24 1
Total 54 12 9 4 4 0 27 8 94 24
Leganés 2016–17 25 4 2 0 0 0 0 0 27 4
Total 25 4 2 0 0 0 0 0 27 4
Panathinaikos 2017–18 9 2 0 0 4 0 0 0 13 2
Total 9 2 0 0 4 0 0 0 13 2
Fluminense 2018 18 3 6 2 24 5
2019 6 2 8 5 4 2 13 6 31 15
Total 24 5 8 5 10 4 13 6 55 20
Grêmio 2019 19 5 1 0 20 5
2020 1 0 0 0 1 0 14 3 16 3
Total 20 5 0 0 2 0 14 3 36 8
São Paulo 2020 31 18 5 3 2 0 38 21
2021 2 0 1 2 4 0 10 4 17 6
Total 33 18 6 5 6 0 10 4 55 27
Total na carreira 195 56 28 18 26 4 67 24 316 102

¹ Estão incluídos jogos e gols do Campeonato Brasileiro (Séries A e B)
² Estão incluídos jogos e gols dos Jogos Pan-Americanos, da Copa Libertadores, Recopa Sul-Americana e Copa Sul-Americana
³ Estão incluídos jogos e gols pelo Campeonato Goiano, Campeonato Catarinense, Campeonato Paulista, Campeonato Carioca, Torneios Amistosos e Amistosos

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-22
Ano
Jogos Gols Média
2015 4 5 1,25
Total 4 5 1,25
Seleção Sub-23 (Olímpica)
Ano
Jogos Gols Média
2016 2 0 0
Total 2 0 0
Seleção Brasileira (total)
Ano
Jogos Gols Média
2015 4 5 1,25
2016 2 0 0
Total 6 5 0,83


Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Sub-22
Sub-23

Títulos[editar | editar código-fonte]

Corinthians
Grêmio
São Paulo

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira

Artilharia[editar | editar código-fonte]

São Paulo
Seleção Brasileira

Referências

  1. «Luciano é anunciado pelo São Paulo e avisa: 'Vou honrar essa camisa'». ISTOÉ Independente. 19 de agosto de 2020. Consultado em 17 de fevereiro de 2021 
  2. «Copa do Brasil: Atlético-GO joga contra o Gurupi-TO na estreia da competição». futebolinterior.com.br. 6 de março de 2012. Consultado em 27 de fevereiro de 2014 
  3. «Com novidades entre os relacionados, Atlético-GO embarca para Gurupi-TO». estadiovip.com.br. 6 de março de 2012. Consultado em 27 de fevereiro de 2014 
  4. «Luciano não lamenta ausência na Copa SP: 'O Goiano também é vitrine'». Globo Esporte. 6 de janeiro de 2013. Consultado em 27 de fevereiro de 2014 
  5. «Chapecoense vence o Avaí por 3 a 1 na Arena Condá». ndonline.com.br. 28 de julho de 2013. Consultado em 27 de fevereiro de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2014 
  6. «Luciano comemora primeiro gol, mas lamenta derrota». INFOesporte. 28 de julho de 2013. Consultado em 27 de fevereiro de 2014. Arquivado do original em 26 de agosto de 2013 
  7. «Luciano da Rocha Neves :: Corinthians :: ísticas». ogol.com.br. Consultado em 12 de fevereiro de 2014 
  8. «Luciano se despede do Avaí; destino do atleta deve ser o futebol paulista». Esportes UOL. Consultado em 12 de fevereiro de 2014 
  9. Guilherme Feijó (13 de fevereiro de 2014). «Corinthians acerta a contratação do meia Luciano, ex-Avaí». cbnfoz.com.br. Consultado em 27 de fevereiro de 2014. Arquivado do original em 23 de outubro de 2014 
  10. Diego Ribeiro (21 de fevereiro de 2014). «Luciano é apresentado no Timão e relacionado para enfrentar o Rio Claro». Globo Esporte. Consultado em 27 de fevereiro de 2014 
  11. «Jadson e Romarinho brilham, Corinthians vence no Pacaembu e mantém sonho de classificação». ESPN.com. espn.uol.com.br. 22 de fevereiro de 2014. Consultado em 27 de fevereiro de 2014 
  12. «Saem André e Luciano, entra Gustavo: Corinthians confirma as negociações». 23 de agosto de 2016. Consultado em 12 de julho de 2017 
  13. «Perfil de Luciano». Soccerway. Consultado em 12 de julho de 2017 
  14. «Luciano acerta com o Panathinaikos, e Corinthians mantém 25% dos direitos». 12 de julho de 2017. Consultado em 12 de julho de 2017 
  15. «Flu anuncia a contratação do atacante Luciano por empréstimo de três anos». GloboEsporte.com. 30 de junho de 2018. Consultado em 26 de julho de 2018 
  16. «Grêmio anuncia a contratação do atacante Luciano até o fim de 2022». GloboEsporte.com. 29 de julho de 2019 
  17. «São Paulo anuncia contratação do atacante Luciano». 18 de agosto de 2020. Consultado em 18 de agosto de 2020 
  18. «Brenner comanda virada, e São Paulo vence o Fluminense no Morumbi - 06/09/2020 - UOL Esporte». www.uol.com.br. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  19. «Flamengo é campeão brasileiro mesmo após perder para o São Paulo no Morumbi». www.uol.com.br. Consultado em 26 de março de 2021 
  20. «Luciano termina Brasileirão como artilheiro e quebra jejum de 19 anos». Lance!. Consultado em 26 de março de 2021 
  21. «Artilheiro do Brasileirão, Luciano leva o Troféu Bola de Prata - SPFC». www.saopaulofc.net. Consultado em 26 de março de 2021 
  22. «São Paulo vence Inter de Limeira e alcança 1ª vitória com Hernán Crespo». www.uol.com.br. Consultado em 26 de março de 2021 
  23. «São Paulo enfia 4 a 0 no Santos com golaço por cobertura de Pablo, ganha 2ª seguida no Paulista e mantém rival sem vitórias». ESPN.com. 6 de março de 2021. Consultado em 26 de março de 2021 
  24. «Corinthians 2 x 2 São Paulo: Timão sai na frente, mas cede empate ao Tricolor pelo Paulistão | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 3 de maio de 2021 
  25. «São Paulo domina, goleia o Mirassol e está na final do Paulistão». www.uol.com.br. Consultado em 17 de maio de 2021 
  26. «São Paulo bate Palmeiras no Morumbi, encerra jejum e é campeão do Paulistão». www.uol.com.br. Consultado em 23 de maio de 2021 
  27. «São Paulo ganha o título que desejou como Copa do Mundo e pode tirar o peso para permitir novas conquistas». ge. Consultado em 23 de maio de 2021 
  28. «Análise: Mauro Cezar Pereira - São Paulo, enfim, campeão. Palmeiras perde o 3º jogo valendo troféu no ano». www.uol.com.br. Consultado em 23 de maio de 2021 
  29. «Com Luciano, do Corinthians, seleção brasileira é convocada para o Pan». Consultado em 12 de julho de 2015 
  30. Brasil derrota o Panamá e leva o bronze no futebol masculino
  31. Com dois gols de Luciano, Brasil conquista o bronze em Toronto
  32. [1]
  33. «Luciano São Paulo estatísticas - Pesquisa Google». www.google.com. Consultado em 13 de abril de 2021 
  34. [2] Bola de Prata: Luciano vai de desacreditado a reforço do ano, 'salva' o São Paulo e recoloca o time na seleção do prêmio

Ligações externas[editar | editar código-fonte]