Magno Alves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Magno Alves
Magno Alves
Magno Alves em 2016, pelo Fluminense.
Informações pessoais
Nome completo Magno Alves de Araújo
Data de nasc. 13 de janeiro de 1976 (41 anos)
Local de nasc. Aporá (BA), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1, 76 m
Ambidestro
Apelido Magnata, Vovô Garoto
Informações profissionais
Período em atividade 1993–presente (24 anos)
Clube atual Ceará
Número 11
Posição Atacante
Site oficial Website oficial
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1993–1995
1995–1996
1996–1997
1997
1997
1998–2002
2003
2004–2005
2006–2007
2007–2008
2008–2010
2010
2011
2012
2012
2012–2015
2015–2016
2017–
Ratrans
Valinhos
Independente
Araçatuba
Criciúma
Fluminense
Jeonbuk
Oita Trinita
Gamba Osaka
Al-Ittihad
Umm-Salal
Ceará
Atlético Mineiro
Umm-Salal
Sport
Ceará
Fluminense
Ceará
0004 0000(6)
0010 0000(5)
0011 000(11)
0014 0000(8)
0015 0000(8)
0265 00(114)
0044 000(27)
0062 000(49)
0053 000(46)
0020 000(14)
0064 000(47)
0021 0000(9)
0051 000(18)
0011 0000(6)
0004 0000(2)
0156 000(84)
0064 000(10)
0032 0000(8)
Seleção nacional
2001 Brasil 0003 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 10 de setembro de 2017.

Magno Alves de Araújo, mais conhecido como Magno Alves (Aporá, 13 de janeiro de 1976), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Ceará.

É o terceiro maior artilheiro em atividade no futebol mundial, perdendo apenas para Cristiano Ronaldo e Messi respectivamente, e também é o décimo maior artilheiro de todos os tempos.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Magno Alves foi projetado nacionalmente em 1998, quando foi contratado pelo Fluminense junto ao Criciúma, para a disputa do Torneio Rio-São Paulo e foi uma das gratas surpresas na turbulenta fase em que o clube se encontrava. Junto com Roni, formou um dos ataques mais rápidos do futebol brasileiro. Sua velocidade e explosão eram admiráveis.

Na Copa João Havelange, quando marcou 20 gols, realizou partidas sensacionais. Na inapelável vitória por 6 a 1 sobre o Santa Cruz, Magno fez cinco gols.

Em 2001, foi novamente o artilheiro do time no Brasileirão, com 11 gols, sendo decisivo nas partidas finais. Ainda em 2001, chegaria à Seleção Brasileira de Futebol, disputando a Copa das Confederações.

Pelo tricolor carioca, ganhou o Brasileirão da Série C em 1999 e o Estadual de 2002, tornando-se o décimo maior artilheiro da história do Flu, com 114 gols.

Futebol asiático[editar | editar código-fonte]

Em 2003, se transferiu para o Jeonbuk FC, da Coreia do Sul. No ano seguinte, foi para o Gamba Osaka, do Japão, e, no final de 2007, assinou um contrato com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita.

Ceará[editar | editar código-fonte]

Em 21 de julho de 2010, foi anunciado como reforço do Ceará. Com 21 jogos pelo Vovô, marcou 9 gols importantes e virou um ídolo da torcida alvinegra.

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

No dia 17 de dezembro de 2010, acertou com o Atlético Mineiro. Após uma temporada fraca, no dia 7 de dezembro de 2011, o Galo rescindiu seu contrato.[1]

Retorno a Ásia[editar | editar código-fonte]

No dia 4 de janeiro de 2012, Magno Alves foi anunciado como reforço do Umm-Salal, do Qatar.

Sport[editar | editar código-fonte]

No mês de junho, ficou em conversas para seu retorno ao Ceará. Com a demora, no dia 29 de junho, acabou sendo anunciado como reforço do Sport.[2]

Retorno ao Ceará[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de setembro, Magno Alves acertou a sua volta ao Ceará, por onde é querido pelos torcedores e pelo próprio clube.[3]

Vinha sendo muito questionado pelo fato de, em 21 partidas, ter feito apenas um gol. No dia 3 de fevereiro de 2013, diante do Itabaiana, Magno Alves marcou dois gols, em partida que o Ceará venceu por 3–0. No dia 2 de fevereiro de 2014, contra o Treze, Magno Alves completou 100 jogos pela camisa do Ceará, com 48 gols marcados.[4][5]

No dia 31 de maio de 2014 no empate contra o Sampaio Corrêa, Magno Alves fez o gol de número 400 da sua carreira.[6]

Retorno ao Fluminense[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2015, Magno Alves acertou seu retorno ao Fluminense até o fim de 2016.[7] No clube, Magno tinha atuado de 1998 a 2002, quando marcou 114 gols em 265 jogos.[8] Magno escolheu a camisa 20, uma homenagem ao Casal 20, que era formado pelos falecidos Assis e Washington.[9]

Marcou seu primeiro gol em seu retorno, no jogo contra o Paysandu, pela Copa do Brasil. Com esse gol, o primeiro após retornar ao clube, se tornou o jogador mais velho a marcar pelo Fluminense.[10] Em 02 de março de 2016, tornou-se o jogador mais velho a atuar pelo Fluzão,[11] e em 10 de abril, em jogo contra o Volta Redonda, pelo Carioca, retornou ao top 10 de maiores artilheiros do tricolor, e completou 300 jogos com a camisa do mesmo.[12][13]

Novo retorno ao Ceará[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de dezembro de 2016, o Ceará anunciou o retorno do atacante ao clube.

Seu primeiro gol na volta ao Ceará foi no dia 4 de fevereiro de 2017, contra o Ferroviário, em jogo válido pelo Campeonato Cearense. No dia 19 de março, contra o Uniclinic, Magnata marcou dois gols na vitória do vozão por 1-3, e chegou ao gol de número 98 pelo Ceará.

No outro jogo contra o Uniclinic, pelo Campeonato Cearense, Magnata marcou 2 gols na vitória do Ceará por 4-1 e chegou ao gol de número 100º pelo vozão.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Fluminense
Jeonbuk
Gamba Osaka
Ceará

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. LACERDA, Bernardo (7 de dezembro de 2011). «Atlético-MG confirma saída de Magno Alves e se 'livra' de Fábio Costa». UOLEsporte.com. Consultado em 15 de julho de 2011 
  2. DE CASTRO, Elton (29 de junho de 2012). «Magno Alves é o novo reforço do Sport para a Série A». GloboEsporte.com 
  3. «Ceará acerta com Magno Alves e deve apresentá-lo nesta sexta-feira». GloboEsporte.com. 13 de setembro de 2012 
  4. Diante do Treze/PB, Magno Alves chega aos 100 jogos oficiais pelo Vozão, CearáSC.
  5. VÍDEO: Magno Alves admite ter ficado chateado por não ter marcado em seu centésimo jogo pelo Ceará, O POVO.
  6. Em jogo de quatro gols, Sampaio e Ceará empatam no Castelão, Notícia da Foto.
  7. Ceará confirma a saída de Magno Alves para o Fluminense; Samuel Xavier também está de saída
  8. Fred-Magnata: Flu monta ataque que, somado, já fez 264 gols pelo clube, GloboEsporte, acessado em 6 de maio de 2015.
  9. No retorno ao Flu, Magno Alves avisa: "Nenhum jogador vem para ser banco", GloboEsporte, acessado em 7 de maio de 2015.
  10. Magno Alves supera Romário e vira jogador mais velho a marcar pelo Flu, página editada em 21 de agosto de 2015 e disponível em 17 de janeiro de 2016
  11. Gol e recorde: Magno Alves se torna o jogador mais velho a atuar pelo Flu. globoesporte.globo.com. Consultado em 4 de fevereiro de 2017.
  12. Magno Alves ganha homenagem do Flu e espera retribuir com gols e títulos. odia.ig.com. Consultado em 4 de fevereito de 2017.
  13. a b Gomes, Fred (11 de abril de 2016). «Sem Fred, Magnata se destaca, faz o dele e entra no Top-10 dos artilheiros». Globo Esporte. Consultado em 21 de abril de 2017 
  14. Crônica Esportiva elege os Melhores do Ano no futebol cearense, blog O POVO.
  15. Magno Alves deixa o Ceará como o 7º maior artilheiro da história do clube, página editada em 4 de maio de 2015 e disponível em 19 de janeiro de 2016

Ligações externas[editar | editar código-fonte]