Fábio Santos Romeu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fábio Santos
Fábio Santos
Fábio Santos pelo Corinthians em 2022.
Informações pessoais
Nome completo Fábio Santos Romeu
Data de nasc. 16 de setembro de 1985 (36 anos)
Local de nasc. São Paulo, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,79 m
canhoto
Informações profissionais
Clube atual Corinthians
Número 26
Posição lateral-esquerdo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2003–2008
2006
2007
2008
2008
2009–2010
2011–2015
2015–2016
2016–2020
2020–
São Paulo
Kashima Antlers (emp.)
Cruzeiro (emp.)
Monaco
Santos (emp.)
Grêmio
Corinthians
Cruz Azul
Atlético Mineiro
Corinthians
00081 0000(2)
00020 0000(3)
00012 0000(0)
00005 0000(1)
00005 0000(0)
00088 0000(5)
00214 000(14)
00035 0000(3)
00216 000(20)
00091 000(13)
Seleção nacional3
2005
2012–2017
Brasil Sub-20
Brasil
0007 0000(1)
0004 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 24 de julho de 2022.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 25 de janeiro de 2017.

Fábio Santos Romeu (São Paulo, 16 de setembro de 1985), mais conhecido apenas como Fábio Santos, é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo. Atualmente, joga pelo Corinthians.

Carreira[editar | editar código-fonte]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Revelado pelas categorias de base do São Paulo, Fábio Santos surpreendeu demonstrando grande habilidade em seu primeiro ano como profissional em 2003. Sua primeira partida como profissional foi logo como titular, pela Copa Sul-Americana, em que o São Paulo goleou o Grêmio por 4 a 0 - o Tricolor estava disputando essa competição inicialmente com seus jogadores reservas. O lateral-esquerdo (e às vezes meia) disputou de igual para igual a vaga com Gustavo Nery e Fabiano.

2004[editar | editar código-fonte]

Em 2004 jogou grande parte do ano como titular do Tricolor Paulista, disputou a Libertadores pela primeira vez - como reserva. Chegou até a semi-final da Copa Libertadores da América de 2004, mas perdeu a vaga para a final - após perder para o time do Once Caldas. Depois disso virou titular da equipe, até o final do ano. Porém o São Paulo contratou o lateral esquerdo Júnior - pentacampeão Mundial pela Seleção Brasileira em 2002.

2005[editar | editar código-fonte]

No ano seguinte perdeu a titularidade para o experiente lateral Júnior, mesmo assim disputou alguns jogos do Campeonato Paulista e do Campeonato Brasileiro - já que o time do São Paulo visava o título continental.

O São Paulo não pôde contar com o jogador contra a equipe do River Plate, válida pela fase semifinal da Copa Libertadores da América. O lateral, junto com seus companheiros de equipe Diego Tardelli e Edcarlos, foram convocados pela Seleção Brasileira Sub-20 para disputar o Campeonato Mundial Sub-20 de 2005, na Holanda. Voltou a tempo de ficar à disposição do treinador Paulo Autuori para a final da Libertadores de 2005 e chegou a entrar no segundo tempo da partida decisiva contra o Atlético Paranaense no Estádio do Morumbi.

No Campeonato Brasileiro o jogador ganhou mais chances na equipe titular, para que o time titular do São Paulo se preparasse para o mundial no final do ano. O seu desempenho fez com que o treinador Paulo Autuori o inscrevesse na competição, sendo assim campeão do Mundial de Clubes da FIFA contra o Liverpool.

Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

Em 2007 transferiu-se para o Cruzeiro. Porém, sofreu com contusões que não o ajudaram a atuar muito em Minas Gerais, além de não ter tido sucesso com os torcedores da Raposa. No fim da temporada, acabou sendo devolvido ao São Paulo.

Monaco[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Fábio Santos acertou com o futebol francês, para jogar no Monaco por US$ 7 milhões (R$ 12,6 milhões). Foi emprestado ao Santos até dezembro de 2008.

Grêmio[editar | editar código-fonte]

Foi contratado pelo Grêmio, em janeiro de 2009, em uma transferência livre. Estreou oficialmente pelo Tricolor no dia 21 de janeiro de 2009, em partida válida pelo Campeonato Gaúcho, contra o Inter de Santa Maria, no Estádio Presidente Vargas. O jogo acabou em 1 a 1 e Fábio não marcou nenhum gol. Segundo o jornal Zero Hora, ele "representou um acréscimo em relação a Hélder, o antigo dono da lateral-esquerda".[1]

No dia 7 de agosto de 2009, Fábio Santos sofreu uma fratura no pé esquerdo e ficou fora dos gramados por dois meses.

Em 2010 começou na reserva do time tricolor, mas com a lesão de Lúcio, titular até então, Fábio Santos assumiu a titularidade da lateral esquerda do time do Grêmio no Campeonato Gaúcho. Fábio Santos teve boas atuações no Campeonato Gaúcho, sendo Campeão da competição, vencendo o maior rival do Grêmio, o Internacional. No Campeonato Brasileiro, Fábio Santos oscilou boas e más atuações, sendo muitas vezes vaiado pelo torcedor do Grêmio. Mesmo com Lúcio recuperado da lesão, Fábio Santos continuou sendo titular da posição. Com a chegada de Renato Gaúcho ao comando do Tricolor, Fábio achou o seu melhor futebol, marcando gol no Grenal de 23 de outubro, no empate em 2 a 2 no Estádio Olímpico. Desde então,a torcida do Grêmio voltou a apoiá-lo, e ele tornou-se titular absoluto da posição. Com o contrato vencendo em 31 de dezembro de 2010, a nova diretoria do Grêmio apresentou proposta para renovação e o procurador do jogador apresentou uma contra-proposta, mas as partes não chegaram a um acordo. No dia 23 de dezembro de 2010, o clube oficializou a dispensa do jogador.[2]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

2011[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de janeiro, o jogador foi anunciado como novo reforço do Corinthians para a temporada 2011. Sua partida de estreia foi contra o São Bernardo, no dia 30 de janeiro, pelo Campeonato Paulista de 2011.[3] Com a lesão do Roberto Carlos, o jogador disputou, ainda na mesma semana, o jogo contra o Tolima, que causou mais uma eliminação do Corinthians na Copa Libertadores 2011.[4] O lateral assumiu a vaga de titular depois que, o jogador Roberto Carlos rescindiu o contrato com o Corinthians - para jogar no modesto Anzhi, da Rússia.[5] No jogo de homenagem a Ronaldo Fenômeno, que havia se aposentado do futebol profissional, Fábio Santos marcou duas vezes na vitória do Corinthians, por 3-1, sobre o Santos, em partida válida pelo Campeonato Paulista 2011.[6] O jogador teve duas contusões, porém fez parte do elenco do Corinthians, sendo titular durante a temporada de 2011 e acabou sendo campeão do Campeonato Brasileiro 2011.[7]

2012[editar | editar código-fonte]

Fábio Santos contra o Chelsea pelo Mundial de Clubes de 2012.

Em 1 de fevereiro de 2012, chegou a marca de 50 jogos com a camisa do Corinthians.[8] No dia 9 de maio de 2012, no jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, no Pacaembu, onde o Corinthians venceu o Emelec do Equador por 3 a 0, Fábio fez o primeiro gol do time.[9] Fábio Santos foi campeão, pela segunda vez, da Libertadores, com o Corinthians, no dia 4 de julho, diante do Boca Juniors, numa vitória por 2-0, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.[10] Em 4 de novembro de 2012, chegou a marca de 100 jogos com a camisa do Corinthians.[11] Naquele mesmo ano, foi campeão, também pela segunda vez, do Mundial de Clubes da FIFA 2012, com o alvinegro paulista. O clube enfrentou o Chelsea, na final, e conseguiu a vitória (e o título) por 1-0.[12]

2013[editar | editar código-fonte]

Já no dia 21 de fevereiro de 2013, após a morte de um torcedor boliviano na estreia corintiana na Libertadores, diante do San José, devido a um sinalizador lançado pela torcida brasileira,[13] o lateral se posicionou e afirmou que, se a eliminação do clube na competição equacionasse as mortes no futebol, ele seria completamente favorável a tal medida e que sairia do Corinthians.[14] Ainda naquele ano, em maio, foi campeão do Campeonato Paulista 2013.[15] Em julho, conquistou o título da Recopa Sul-Americana 2013, depois de duas vitórias contra o São Paulo.[16]

Cruz Azul[editar | editar código-fonte]

No dia 18 de junho de 2015, o jogador assinou um contrato com o Cruz Azul, do México.[17]

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de junho de 2016, foi anunciado o acerto do Atlético Mineiro com o Cruz Azul para a liberação de Fábio Santos.[18] O jogador assinou com o clube mineiro por três temporadas.

Fábio Santos estreou com a camisa do Galo na vitória atleticana por 1 a 0, sobre o Palmeiras, no Allianz Parque.[19] Ao final da temporada, o lateral-esquerdo foi premiado com a Bola de Prata, coroando sua regularidade ao longo do Brasileirão 2016.[20]

No dia 19 de janeiro de 2018, foi anunciada a extensão do vínculo do jogador com o clube mineiro até dezembro de 2020.[21]

Se despediu do clube mineiro, após 4 anos, no dia 19 de outubro de 2020, quando rescindiu seu contrato para retornar ao Corinthians.[22]

Retorno ao Corinthians[editar | editar código-fonte]

2020[editar | editar código-fonte]

Em 19 de outubro, o Corinthians anunciou a volta do jogador, de 35 anos, com um contrato até o final de 2021.[23] Fez a sua reestreia, no dia 21 de outubro, como titular em uma vitória por 2-1 contra o Vasco, no São Januário, pelo Campeonato Brasileiro 2020.[24] Marcou seu primeiro gol, após o retorno, no dia 07 de novembro, de pênalti, em um empate por 1-1 contra o Atlético Goianiense, no Estádio Olímpico, pelo Campeonato Brasileiro 2020.[25]

2021[editar | editar código-fonte]

Em 20 de junho, chegou a marca de 250 jogos com a camisa do Corinthians.[26] Em 22 de setembro, renovou seu contrato até o final de 2022.[27]

2022[editar | editar código-fonte]

Em 10 de julho, chegou a marca de 300 jogos com a camisa do Corinthians, na vitória por 1-0 contra o Flamengo, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro 2022.[28][29]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Pelas Seleções de base do Brasil, Fábio Santos defendeu a Sub-20, em 2005.

Participou do Copa do Mundo Sub-20 de 2005, onde o Brasil foi eliminado nas semifinais pela Argentina. Fábio marcou o primeiro gol do Brasil na disputa pelo terceiro lugar, contra o Marrocos, vencida pelo Brasil por 2 a 1.

Principal[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Brasileira principal, recebeu sua primeira convocação no dia 11 de setembro de 2012, pelo treinador Mano Menezes.[30]

Devido a suspensão do lateral esquerdo Marcelo, Fábio Santos recebeu sua primeira oportunidade com o técnico Tite, sendo chamado para a partida contra o Peru, em Lima, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.[31]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato

nacional

Copa

nacional[a]

Competições

continentais[b]

Outros

torneios[c]

Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
São Paulo 2003 13 0 0 6 0 0 19 0 0
2004 27 1 0 9 0 0 7 0 0 43 1 0
2005 13 1 0 2 0 0 1 0 0 16 1 0
2006 2 0 0 1 0 0 3 0 0
Total 55 2 0 17 0 0 9 0 0 81 2 0
Kashima Antlers 2006 20 3 0 20 3 0
Total 20 3 0 20 3 0
Cruzeiro 2007 4 0 0 5 0 0 3 0 0 12 0 0
Total 4 0 0 5 0 0 3 0 0 12 0 0
Monaco 2008 5 1 0 5 1 0
Total 5 1 0 5 1 0
Santos 2008 5 0 0 5 0 0
Total 5 0 0 5 0 0
Grêmio 2009 38 1 0 12 1 0 19 1 0 43 3 0
2010 24 1 0 4 0 0 2 0 0 15 1 0 45 2 0
Total 62 1 0 4 0 0 14 1 34 2 0 88 5 0
Corinthians 2011 27 0 0 1 0 0 16 0 0 44 3 0
2012 29 1 0 16 1 0 14 0 0 61 2 0
2013 19 0 0 2 1 0 10 0 0 16 1 0 47 2 0
2014 35 4 0 7 0 0 2 0 0 45 4 0
2015 6 1 0 4 0 0 4 2 0 17 3 0
2020 20 3 0 20 3 0
2021 32 3 2 2 0 0 5 0 0 5 2 1 44 5 3
2022 13 3 0 1 0 0 8 0 0 5 2 0 27 5 0
Total 181 15 2 12 1 0 44 1 0 62 7 1 305 27 3
Cruz Azul 2016 28 3 0 7 0 0 35 3 0
Total 28 3 0 7 0 0 35 3 0
Atlético Mineiro 2016 20 0 0 7 0 0 27 0 0
2017 34 5 2 4 0 0 8 0 0 18 0 1 68 5 3
2018 32 5 1 7 0 0 1 0 0 12 1 0 52 6 1
2019 30 4 1 4 0 1 17 2 1 9 1 0 60 7 3
2020 10 0 0 1 0 0 1 0 0 6 2 0 13 2 0
Total 126 14 8 23 0 1 27 2 1 45 4 0 216 20 7
Total na carreira 483 39 10 51 2 1 102 4 2 153 14 1 767 56 10

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos os jogos, gols e assistências do futebolista pela Seleção Brasileira, desde as categorias de base.[32]

Seleção Principal

Ano Amistosos
Jogos Gols Assist.
2012 3 0 0
2017 1 0 0
Total na carreira 4 0 0

Seleção Sub–20

Ano Campeonato Mundial
Jogos Gols Assist.
2007 7 1 0
Total na carreira 7 1 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

São Paulo
Grêmio
Corinthians
Atlético Mineiro
Seleção Brasileira

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Alex Mineiro foi o mais discreto entre os estreantes do Grêmio». Diário Gaúcho. 22 de janeiro de 2009. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  2. «Lateral Fábio Santos não renova com o Grêmio». GaúchaZH. 23 de dezembro de 2010. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  3. «Xará de Lula, Luis Ramírez brilha e dá empate ao Timão em São Bernardo». GloboEsporte.com. 30 de janeiro de 2011. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  4. «Corinthians perde do Tolima e tem queda histórica na Pré-Libertadores». Terra. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  5. Roberto Carlos acerta contrato de dois anos com time russo
  6. «Corinthians x Santos - Campeonato Paulista 2011». globoesporte.com. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  7. Corinthians Campeão Brasileiro de 2011
  8. Paulo, Por GLOBOESPORTE COM São. «Fábio Santos completa 50 jogos pelo Timão contra o Ituano nesta quarta». globoesporte.com. Consultado em 22 de junho de 2021 
  9. «Corinthians x Emelec - Taça Libertadores 2012». globoesporte.com. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  10. Corinthians Campeão da Libertadores 2012
  11. Paulo, Por Daniel Romeu São. «Em alta, Fábio Santos completa 100 jogos e vira 'intocável' no Timão». globoesporte.com. Consultado em 22 de junho de 2021 
  12. «Corinthians x Chelsea - Mundial de Clubes 2012». globoesporte.com. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  13. Oruro, Por Diego Ribeiro; Bolívia. «Torcedor do San José morre após ser atingido no rosto por sinalizador». globoesporte.com. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  14. Paulo, Por Gustavo Serbonchini São. «Fábio Santos 'aprova' exclusão no torneio: 'Se ninguém mais morrer...'». globoesporte.com. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  15. JCNET (4 de agosto de 2019). «Na Vila Belmiro, Corinthians é o campeão paulista pela 27ª vez». Esportes. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  16. «Corinthians x São Paulo - Recopa Sul-Americana 2013». globoesporte.com. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  17. Lateral assina com Cruz Azul e não joga mais pelo Corinthians
  18. «Atlético-MG acerta com Cruz Azul e anunciará Fábio Santos». Terra. 11 de junho de 2016. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  19. «Atlético vence a primeira fora de BH, derruba líder Palmeiras e se aproxima do G4 do Brasileiro». Superesportes. 24 de julho de 2016. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  20. «Com Fábio Santos e Robinho, Atlético emplaca dois jogadores na seleção 'Bola de Prata'». Superesportes. 12 de dezembro de 2016. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  21. Luiz Martini (19 de janeiro de 2018). «Atlético-MG anuncia renovação de contrato com lateral Fábio Santos». GloboEsporte.com. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  22. «Fábio Santos rescinde com o Galo e deve ser anunciado pelo Corinthians a qualquer momento». p. OneFootball. Consultado em 19 de outubro de 2020 
  23. «Fábio Santos está de volta ao Corinthians com contrato até o fim de 2021 - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  24. «Fábio Santos faz reestreia segura e agora tem hiato de dez dias no Corinthians; veja números». ge. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  25. «Atlético-GO 1 x 1 Corinthians - Campeonato Brasileiro rodada 20 - Tempo Real - Globo Esporte». ge.globo. Consultado em 8 de novembro de 2020 
  26. «Fagner, Gil e Fábio Santos completam marcas importantes pelo Corinthians». www.agazeta.com.br. Consultado em 22 de junho de 2021 
  27. «Corinthians oficializa renovação de Fábio Santos com aumento salarial». ge. Consultado em 15 de outubro de 2021 
  28. «Cássio ganha homenagens pelos 600 jogos no Corinthians; Fábio Santos chega a 300». ge. Consultado em 10 de julho de 2022 
  29. «Jogo Corinthians 1 x 0 Flamengo melhores momentos - Campeonato Brasileiro, Rodada 16 - tempo real». ge. Consultado em 10 de julho de 2022 
  30. http://globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/noticia/2012/09/luis-fabiano-volta-selecao-e-bernard-e-novidade-com-mano.html?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=globoesportecom
  31. Alexandre Lozetti, Edgard Maciel de Sá e Guilherme Fossard (11 de novembro de 2016). «Com Marcelo suspenso, Tite convoca Fábio Santos para jogo contra o Peru». GloboEsporte.com. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  32. «Fábio Santos - Seleção». www.transfermarkt.com.br. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  33. Seleção da Libertadores: F. Santos é intruso em time dominado pelo Galo
  34. «Armandão: Esquerdinha é o craque da rodada #23 após goleada histórica». SporTV. 22 de setembro de 2014. Consultado em 2 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Fábio Santos Romeu