Rafael de Souza Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rafael Carioca
Rafael Carioca
Rafael Carioca em 2010
Informações pessoais
Nome completo Rafael de Souza Pereira
Data de nasc. 18 de junho de 1989 (32 anos)
Local de nasc. São Gonçalo (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,79 m
destro
Apelido Rafael Carioca
Informações profissionais
Clube atual Tigres
Número 5
Posição Volante
Clubes de juventude

2004–2005
2006
2006–2008
2008
Audax Rio
Pão de Açúcar
Itaboraí Profute
A.E. Independente
Grêmio
Clubes profissionais
Anos Clubes
2008
2009–2014
2010
2014–2017
2017–
Grêmio
Spartak Moscou
Vasco da Gama (emp.)
Atlético Mineiro
Tigres
Seleção nacional
2007
2016
Brasil Sub-18
Brasil
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o futebolista nascido em 1989. Para o futebolista nascido em 1992, veja Rafael Bruno Cajueiro da Silva.

Rafael de Souza Pereira, mais conhecido como Rafael Carioca (São Gonçalo, 18 de junho de 1989), é um futebolista brasileiro que atua como volante. Atualmente ele joga no Tigres, do México.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Grêmio[editar | editar código-fonte]

Após bons anos nas categorias de base do Pão de Açúcar, Rafael Carioca foi jogar nas categorias inferiores do Grêmio. No início de sua estadia em Porto Alegre, ele pensou em ir embora, porque não se adaptou à cidade. Entretanto, ele desistiu da ideia e permaneceu em Porto Alegre. Depois de se destacar nas categorias de base, ele foi promovido aos profissionais, em 2008. Porém, essa passagem durou pouco tempo, e ele acabou voltando para os juniores do clube. Entretanto, em março do mesmo ano, Rafael foi novamente para os profissionais.

Em 26 de março de 2008, fez sua estreia pelos profissionais do Grêmio, no jogo contra o 15 de Novembro, no qual ele entrou no lugar de Nunes.

Após se firmar como titular, Rafael acabou criticando Vágner Mancini, treinador no início da temporada, por tê-lo chamado de "marrento". Além disso, Rafael Carioca agradeceu ao técnico Celso Roth por ter confiado nele.[1] Com boas atuações, Rafael Carioca se consolidou na titularidade do time do Grêmio, no segundo semestre de 2008.

Em julho de 2008, Rafael renovou seu contrato com o Grêmio até 30 de junho de 2013. Destacando-se no Campeonato Brasileiro, Rafael acabou despertando interesse de clubes estrangeiros. No dia 9 de dezembro de 2008, o volante foi vendido pelo Grêmio ao Spartak Moscou, da Rússia.[2] A negociação teria girado em torno de 4 milhões de euros embolsados pelo Tricolor.[3] A justificativa para a venda, dada pela direção do clube foi que o Grêmio necessitava do dinheiro para sanar sua situação financeira. Em entrevista ao jornal Zero Hora, Rafael revelou que tinha que pensar na sua situação financeira e ajudar a sua família; ele também falou que tinha o pensamento de ir para a Europa, o que motivou sua escolha.

Spartak Moscou[editar | editar código-fonte]

Assinou com o Spartak Moscou por cinco anos e recebeu a camisa de número 6 no novo clube.

Na Rússia, Rafael Carioca foi vice-campeão do Campeonato Russo em 2009. No dia 6 de maio de 2012, pela penúltima rodada do Campeonato Russo, Rafael Carioca conseguiu marcar seu primeiro gol na carreira profissional, na partida Spartak 3 a 2 Zenit. Na ocasião, ele marcou aos 44 do segundo tempo, garantiu a vitória da equipe de Moscou e ainda levou um cartão amarelo por tirar a camisa durante a comemoração.

Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

Chegou por empréstimo ao Vasco da Gama no dia 11 de janeiro de 2010.[4] Teve boa passagem no clube carioca, sendo titular absoluto durante a temporada.

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

No dia 8 de agosto de 2014, o empresário do jogador, Jorge Machado, confirmou o empréstimo de Rafael Carioca ao Atlético Mineiro. O jogador renovou por cinco anos com o Spartak Moscou, e, em seguida, foi cedido por empréstimo de um ano ao clube mineiro.[5]

No dia 22 de abril de 2015, Rafael Carioca marcou o gol da classificação do Atlético para as oitavas de final da Libertadores ao certar um chute impressionante de fora da área, na vitória atleticana por 2 a 0 sobre o Colo-Colo.[6]

Em meados de 2015, com o empréstimo ao Atlético Mineiro próximo de terminar, o clube chegou a um acordo com o Spartak Moscou e comprou 50% dos direitos econômicos do volante por uma quantia não revelada. Dessa forma, o Atlético assegurou a permanência do jogador na equipe.[7][8]

Em função de sua regularidade e excelentes atuações ao longo do Campeonato Brasileiro de 2015, Rafael Carioca recebeu a Bola de Prata e foi eleito para a Seleção do Brasileirão.

No dia 5 de junho de 2016, completou 100 jogos com a camisa alvinegra no empate por 4 a 4 diante do Sport, na Ilha do Retiro.[9]

Tigres[editar | editar código-fonte]

Já no dia 24 de agosto de 2017, foi anunciado como novo reforço do Tigres.[10][11]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de agosto de 2016, Rafael Carioca recebeu sua primeira oportunidade com a Seleção Brasileira, sendo lembrado pelo técnico Tite logo em sua primeira lista de convocação à frente do time canarinho.[12] Na ocasião, o volante foi chamado para as partidas contra o Equador e a Colômbia.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama
Atlético Mineiro
Tigres
  • Supercopa Campeão dos Campeões: 2018

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Rafael Carioca não entende má fama dos tempos de Vagner Mancini». GloboEsporte.com. 24 de junho de 2008. Consultado em 1 de abril de 2020 
  2. «Grêmio confirma venda de Rafael Carioca para a Rússia». Estadão. 9 de dezembro de 2008. Consultado em 1 de abril de 2020 
  3. «Rafael Carioca é vendido para o Spartak Moscou». iG. 9 de dezembro de 2008. Consultado em 1 de abril de 2020 
  4. «Vasco apresenta o volante Rafael Carioca». Extra Online. 11 de janeiro de 2010. Consultado em 1 de abril de 2020 
  5. «Empresário confirma acerto de Rafael Carioca com o Galo: "Está fechado"». GloboEsporte.com. 8 de agosto de 2014. Consultado em 1 de abril de 2020 
  6. «Herói improvável, Rafael Carioca alerta: "Entramos na competição"». GloboEsporte.com. 22 de abril de 2015. Consultado em 1 de abril de 2020 
  7. «Presidente confirma permanência de Rafael Carioca e não vê Atlético-MG favorito». ESPN.com.br. 4 de julho de 2015. Consultado em 1 de abril de 2020 
  8. «Em busca de reforços, presidente do Galo confirma permanência de Carioca». GloboEsporte.com. 4 de julho de 2015. Consultado em 1 de abril de 2020 
  9. Rafael Araújo (4 de junho de 2016). «De desacreditado a ídolo: Carioca completará 100 jogos pelo Atlético-MG». GloboEsporte.com. Consultado em 1 de abril de 2020 
  10. Thiago Fernandes e Victor Martins (24 de agosto de 2017). «Tigres fecha com Rafael Carioca e quer pagar R$ 12,5 milhões ao Atlético-MG». UOL Esporte. Consultado em 1 de abril de 2020 
  11. Vicente Ribeiro (24 de agosto de 2017). «Aprovado nos exames médicos, Rafael Carioca assina contrato com Tigres». Superesportes. Consultado em 1 de abril de 2020 
  12. Rafael Araújo (22 de agosto de 2016). «"Sonho de criança": Carioca dedica convocação para a Seleção à avó». GloboEsporte.com. Consultado em 1 de abril de 2020 
  13. «Vencedores do Prêmio Craque Brasileirão 2015». CBF. 30 de novembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]