Enner Valencia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Enner Valencia
Enner Valencia
Enner Valencia pelo West Ham, agosto de 2016.
Informações pessoais
Nome completo Enner Remberto Valencia Lastra
Data de nasc. 4 de novembro de 1989 (31 anos)
Local de nasc. San Lorenzo, Esmeraldas, Equador
Altura 1,74 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Fenerbahçe
Número 13
Posição Atacante
Clubes de juventude
2005–2008
2008–2010
Caribe Junior
Emelec
Clubes profissionais
Anos Clubes
2010–2013
2013–2014
2014–2017
2016–2017
2017–2020
2020–
Emelec
Pachuca
West Ham
Everton (emp.)
Tigres UANL
Fenerbahçe
Seleção nacional
2012– Equador

Enner Remberto Valencia Lastra, mais conhecido como Enner Valencia (San Lorenzo, 4 de novembro de 1989), é um futebolista equatoriano que atua como atacante e meio-campo. Atualmente, joga pelo Fenerbahçe.

Seleção Equatoriana[editar | editar código-fonte]

Enner fez a sua estreia pela Seleção Equatoriana de Futebol em 12 de fevereiro de 2012, em um amistoso contra Honduras.

Depois da passagem de Christian Benítez, Enner, que inicialmente começou sua carreira como ala, estava começando a ser usado como um atacante pelo treinador Reinaldo Rueda, como último recurso, devido à morte repentina de Christian Benítez.

Enner consolidou-se como motor de arranque da equipe, tendo como parceiro de ataque Felipe Caicedo. O Equador deposita grandes esperanças em Enner para a Copa do Mundo FIFA de 2014.[1] Enner Valencia marcou seu primeiro gol pelo Equador, em um amistoso contra Honduras em um empate por 2 a 2 em 19 de novembro de 2013.

No jogo de abertura do Grupo E da Copa do Mundo de 2014, Valencia marcou de cabeça na derrota do Equador por 2 a 1 para a Suíça.[2][3]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Emelec
Tigres UANL

Individual[editar | editar código-fonte]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Enner Valencia é casado e tem um filho. Ele não tem nenhuma relação familiar com o meia e lateral-direito Antonio Valencia do Manchester United e o fato de que eles jogam no mesmo time e terem o mesmo sobrenome é mera coincidência. Na verdade Antonio e Enner nem sequer tiveram a chance de jogar juntos no Caribe Junior, pois Antonio já tinha ido embora quando Enner assinou pela equipe de Sucumbíos.

Em outubro de 2016, Enner Valencia simulou uma lesão grave para fugir à polícia e evitar ser detido, durante o jogo de qualificação para Mundial 2018, frente ao Chile. Ao minuto 82 do jogo que terminou com a vitória do Equador (3-0) frente ao Chile, Enner Valencia pediu para ser substituído por estar em dificuldades físicas. O que ninguém esperava é que o avançado abandonasse o estádio em maca, com uma máscara de oxigénio, obrigando ao seu transporte em ambulância para o hospital. A polícia ainda correu atrás da ambulância, mas o jogador conseguiu chegar ao hospital sem ser detido.

Os agentes estavam presentes no estádio para dar seguimento a uma ordem de prisão de Enner Valencia, devido ao incumprimento do pagamento de pensão de alimentos a uma filha (18 mil euros). O jogador foi escoltado pelas autoridades até ao hospital e, mais tarde, o seu advogado, Juan Carlos Carmihniani, comunicou que se chegou a um acordo e tudo ficou bem, com a ordem de prisão a ser anulada.[4]

Referências

  1. «Boa Copa pode coroar Valencia como o maior jogador da história do Equador». GloboEsporte.com. 15 de junho de 2014. Consultado em 17 de junho de 2014 
  2. «Switzerland sink Ecuador in nick of time as Haris Seferović secures justice» 🔗 (em inglês). Guardian. 15 de junho de 2014. Consultado em 17 de junho de 2014 
  3. «Ao vivo: Suíça x Equador - Copa do Mundo». GloboEsporte.com. 15 de junho de 2014. Consultado em 17 de junho de 2014 
  4. «Jogador simula lesão para fugir à polícia» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de EquadorSoccer icon Este artigo sobre futebolistas equatorianos é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.