Campeonato Equatoriano de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Campeonato Equatoriano de Futebol
Temporada, competição ou edição atual:
evento esportivo atual Campeonato Equatoriano de Futebol de 2023 – Primeira Divisão
Outros nomes LigaPro
Primera Categoría
Serie A
Esporte Futebol
País Equador
Confederação CONMEBOL
Fundado 1957; há 65 anos
Sistema Pontos corridos
Nº de equipes 16
Acesso à Copa Libertadores
Copa Sul-Americana
Descenso à Serie B
Campeão
atual
Aucas (1º título)
(2022)
Maior campeão Barcelona (16 títulos)
Copas domésticas Copa Ecuador
Supercopa Ecuador
Sítio eletrónico www.ligapro.ec

O Campeonato Equatoriano de Futebol, também conhecido como LigaPro, Primera Categoría ou Serie A, e oficialmente LigaPro Bet593 por razões de patrocínio,[1] é a principal liga de futebol profissional entre clubes do Equador, organizado pela Liga Profesional de Fútbol del Ecuador, vinculada à Federación Ecuatoriana de Fútbol. No topo do sistema de ligas equatorianas de futebol, é a principal competição de futebol do país. Disputado por dezesseis clubes, opera um sistema de promoção e rebaixamento com a Serie B, nível inferior da primeira divisão. A temporada vai de fevereiro a dezembro e geralmente é disputada em várias etapas.

Onze clubes foram coroados campeões equatorianos, mas quatro times somam um total de 54 campeonatos. O clube de maior sucesso é o Barcelona, ​​com dezesseis títulos. O Aucas é o atual campeão, ao vencer seu primeiro título na temporada 2022.

História[editar | editar código-fonte]

Antes do ano de 1950, o futebol no Equador era inteiramente amador até que a Asociación de Fútbol del Guayas (AFG) se profissionalizou e organizou o primeiro campeonato de clubes da região de Guayaquil.[2] A primeira edição deste campeonato regional foi vencida pelo clube Río Guayas. Em 1954, a Asociación de Fútbol No Amatur de Pichincha (AFNA) também decidiu se profissionalizar e também organizou um campeonato para clubes da província de Pichincha (para clubes de Quito e Ambato) vencido pela LDU de Quito.[2]

Os dois campeonatos coexistiram durante alguns anos mas nessa altura não havia nenhum clube sagrado campeão nacional. Em 1957, o primeiro título do campeonato equatoriano de futebol foi disputado entre os vencedores e vice-campeões dos dois campeonatos regionais. O Emelec acabou se tornando o primeiro clube de futebol campeão do Equador.[3]

Em 1958 e 1959 não foi organizado nenhum campeonato, voltou a acontecer a partir de 1960 no mesmo formato de 1957 com as oito melhores equipas das duas competições até 1967. Este ano viu o desaparecimento dos dois campeonatos regionais deixando espaço para uma primeira divisão (Primera Categoría) formada pelos melhores times e uma segunda divisão (Segunda Categoría) utilizando o sistema de rebaixamento e promoção.

Em 1971, a Primera Categoría foi dividida em duas (Serie A e Serie B). Depois entre 1983 e 1988, a Serie B foi integrada à segunda divisão, e desde 1989, a Serie B foi reorganizada e hoje continua sendo o segundo nível do futebol equatoriano.

Desde 2019, o número de equipes participantes aumentou de 12 para 16.

Campeões[editar | editar código-fonte]

O Barcelona tem 16 títulos, sendo o clube de maior sucesso na liga, seguido pelo Emelec com 14 títulos, El Nacional com 13 títulos, LDU de Quito com 11 títulos, Deportivo Quito com 5 títulos, e Deportivo Cuenca, Olmedo, Delfín, Everest, Independiente del Valle e Aucas com um título cada.[4]

Lista de campeões do Campeonato Equatoriano de Futebol
Ed. Temporada Campeão Vice-Campeão Terceiro lugar Melhor artilheiro[5]
1 1957 Emelec (1) Barcelona Deportivo Quito Equador Simón Cañarte (Barcelona; 4 gols)
1958 Nenhum campeonato realizado
1959 Nenhum campeonato realizado
2 1960 Barcelona (1) Emelec Patria Equador Enrique Cantos (Barcelona; 8 gols)
3 1961 Emelec (2) Patria Everest Equador Galo Pinto (Everest; 12 gols)
4 1962 Everest (1) Barcelona Emelec Brasil Iris López (Barcelona; 9 gols)
5 1963 Barcelona (2) Emelec Deportivo Quito Equador Carlos Alberto Raffo (Emelec; 4 gols)
6 1964 Deportivo Quito (1) El Nacional LDU de Quito Equador Jorge Valencia (América de Manta; 8 gols)
7 1965 Emelec (3) 9 de Octubre Barcelona Brasil Helio Cruz (Barcelona; 8 gols)
8 1966 Barcelona (3) Emelec Politécnico Brasil Pio Coutinho (LDU de Quito; 13 gols)
9 1967 El Nacional (1) Emelec Barcelona Equador Tom Rodríguez (El Nacional; 16 gols)
10 1968 Deportivo Quito (2) Barcelona Emelec Uruguai Víctor Battaini (Deportivo Quito; 19 gols)
11 1969 LDU de Quito (1) América de Quito Aucas Uruguai Francisco Bertocchi (LDU de Quito; 26 gols)
12 1970 Barcelona (4) Emelec América de Quito Equador Rómulo Dudar Mina (Macará; 19 gols)
13 1971 Barcelona (5) América de Quito Emelec Paraguai Alfonso Obregón (LDU de Portoviejo; 18 gols)
14 1972 Emelec (4) El Nacional Barcelona Brasil Nelsinho (Barcelona; 24 gols)
15 1973 El Nacional (2) Universidad Católica Barcelona Uruguai Ángel Marín (América de Quito; 18 gols)
16 1974 LDU de Quito (2) El Nacional Deportivo Cuenca Argentina Ángel Liciardi (Deportivo Cuenca; 19 gols)
17 1975 LDU de Quito (3) Deportivo Cuenca Aucas Argentina Ángel Liciardi (Deportivo Cuenca; 36 gols)
18 1976 El Nacional (3) Deportivo Cuenca Emelec Argentina Ángel Liciardi (Deportivo Cuenca; 19 gols)
19 1977 El Nacional (4) LDU de Quito Universidad Católica Equador Fabián Paz y Miño (El Nacional; 27 gols)
20 1978 El Nacional (5) Técnico Universitario Emelec Argentina Juan José Pérez (LDU de Portoviejo; 24 gols)
21 1979 Emelec (5) Universidad Católica Manta Argentina Carlos Miori (Emelec; 26 gols)
22 1980 Barcelona (6) Técnico Universitario Universidad Católica Argentina Miguel Gutíerrez (América de Quito; 26 gols)
23 1981 Barcelona (7) LDU de Quito El Nacional Brasil Paulo César (LDU de Quito; 25 gols)
24 1982 El Nacional (6) Barcelona LDU de Portoviejo Equador José Villafuerte (El Nacional; 25 gols)
25 1983 El Nacional (7) 9 de Octubre Barcelona Brasil Paulo César (Barcelona; 28 gols)
26 1984 El Nacional (8) 9 de Octubre LDU de Quito Equador Sergio Saucedo (Deportivo Quito; 25 gols)
27 1985 Barcelona (8) Deportivo Quito Filanbanco Uruguai Juan Carlos de Lima (Universidad Católica; 24 gols)
Brasil Guga (Esmeraldas Petrolero; 24 gols)
28 1986 El Nacional (9) Barcelona Técnico Universitario Uruguai Juan Carlos de Lima (Deportivo Quito; 23 gols)
29 1987 Barcelona (9) Filanbanco Audaz Octubrino Equador Ermen Benitez (El Nacional; 24 gols)
Equador Hamilton Cuvi (Filanbanco; 24 gols)
Uruguai Waldemar Victorino (LDU de Portoviejo; 24 gols)
30 1988 Emelec (6) Deportivo Quito LDU Quito Brasil Janio Pinto (LDU Quito; 18 gols)
31 1989 Barcelona (10) Emelec Deportivo Quito Equador Ermen Benítez (El Nacional; 18 gols)
32 1990 LDU de Quito (4) Barcelona Emelec Equador Ermen Benítez (El Nacional; 33 gols)
33 1991 Barcelona (11) Valdez El Nacional Uruguai Pedro Varela (Delfín; 24 gols)
34 1992 El Nacional (10) Barcelona Emelec Equador Carlos Muñoz (Barcelona; 19 gols)
35 1993 Emelec (7) Barcelona El Nacional Equador Diego Herrera (LDU de Quito; 21 gols)
36 1994 Emelec (8) El Nacional Barcelona Equador Manuel Uquillas (ESPOLI; 25 gols)
37 1995 Barcelona (12) Espoli El Nacional Equador Manuel Uquillas (Barcelona; 24 gols)
38 1996 El Nacional (11) Emelec Barcelona Equador Ariel Graziani (Emelec; 28 gols)
39 1997 Barcelona (13) Deportivo Quito Emelec Equador Ariel Graziani (Emelec; 24 gols)
40 1998 LDU de Quito (5) Emelec Aucas Equador Iván Kaviedes (Emelec; 43 gols)
41 1999 LDU de Quito (6) El Nacional Emelec Argentina Christian Botero (Macará; 25 gols)
42 2000 Olmedo (1) El Nacional Emelec Argentina Alejandro Kenig (Emelec; 25 gols)
43 2001 Emelec (9) El Nacional Olmedo Equador Carlos Juárez (Emelec; 17 gols)
44 2002 Emelec (10) Barcelona El Nacional Argentina Christian Carnero (Deportivo Quito; 26 gols)
45 2003 LDU de Quito (7) Barcelona El Nacional Equador Ariel Graziani (Barcelona; 23 gols)
46 2004 Deportivo Cuenca (1) Olmedo LDU de Quito Equador Ebelio Ordóñez (El Nacional; 24 gols)
47 2005 Apertura LDU de Quito (8) Barcelona El Nacional Colômbia Wilson Segura (LDU de Loja; 21 gols)
48 2005 Clausura El Nacional (12) Deportivo Cuenca LDU de Quito Colômbia Omar Guerra (Aucas; 21 gols)
49 2006 El Nacional (13) Emelec LDU de Quito Argentina Luis Miguel Escalada (Emelec; 29 gols)
50 2007 LDU de Quito (9) Deportivo Cuenca Olmedo Argentina Juan Carlos Ferreyra (Deportivo Cuenca; 17 gols)
51 2008 Deportivo Quito (3) LDU de Quito Deportivo Cuenca Equador Pablo Palacios (Barcelona; 20 gols)
52 2009 Deportivo Quito (4) Deportivo Cuenca Emelec Argentina Claudio Bieler (LDU de Quito; 22 gols)
53 2010 LDU Quito (10) Emelec Deportivo Quito Equador Jaime Ayoví (Emelec; 23 gols)
54 2011 Deportivo Quito (5) Emelec El Nacional Equador Narciso Mina (Independiente José Terán; 28 gols)
55 2012 Barcelona (14) Emelec LDU de Quito Equador Narciso Mina (Barcelona; 30 gols)
56 2013 Emelec (11) Independiente del Valle Deportivo Quito Argentina Federico Nieto (Deportivo Quito; 29 gols)
57 2014 Emelec (12) Barcelona Independiente del Valle Equador Armando Wila (Universidad Católica; 20 gols)
58 2015 Emelec (13) LDU de Quito Universidad Católica Argentina Daniel Néculman (River Ecuador; 30 gols)
59 2016 Barcelona (15) Emelec El Nacional Argentina Maximiliano Barreiro (Delfín; 26 gols)
60 2017 Emelec (14) Delfín Independiente del Valle Argentina Hernán Barcos (LDU de Quito; 21 gols)
61 2018 LDU de Quito (11) Emelec Barcelona Equador Jhon Cifuente (Universidad Católica; 37 gols)
62 2019 Delfín (1) LDU de Quito Barcelona Paraguai Luis Amarilla (Universidad Católica; 19 gols)
63 2020 Barcelona (16) LDU de Quito Independiente del Valle Colômbia Cristian Borja (LDU de Quito; 24 gols)
64 2021 Independiente del Valle (1) Emelec Universidad Católica Argentina Jonathan Bauman (Mushuc Runa/Independiente del Valle; 26 gols)
65 2022 Aucas (1) Barcelona Universidad Católica Argentina Francisco Fydriszewski (Aucas; 15 gols)
66 2023

Títulos por clube[editar | editar código-fonte]

Clube Títulos Vices Temporadas vencidas
Barcelona 16 13 1960, 1963, 1966, 1970, 1971, 1980, 1981, 1985, 1987, 1989, 1991, 1995, 1997, 2012, 2016, 2020
Emelec 14 15 1957, 1961, 1965, 1972, 1979, 1988, 1993, 1994, 2001, 2002, 2013, 2014, 2015, 2017
El Nacional 13 7 1967, 1973, 1976, 1977, 1978, 1982, 1983, 1984, 1986, 1992, 1996, 2005 Clausura, 2006
LDU de Quito 11 6 1969, 1974, 1975, 1990, 1998, 1999, 2003, 2005 Apertura, 2007, 2010, 2018
Deportivo Quito 5 3 1964, 1968, 2008, 2009, 2011
Deportivo Cuenca 1 5 2004
Olmedo 1 1 2000
Delfín 1 1 2019
Independiente del Valle 1 1 2021
Everest 1 0 1962
Aucas 1 0 2022

Maiores artilheiros[editar | editar código-fonte]

O equatoriano Ermen Benítez é o maior artilheiro de todos os tempos do campeonato, com 191 gols em 15 temporadas.[6]

Jogador Clube(s) Anos Gols Total de gols
1 Equador Ermen Benítez El Nacional 1980–90 154 191
Barcelona 1991–92 19
LDU de Quito 1993 1
Green Cross 1994 12
LDU de Portoviejo 1995 5
2 Equador Jorge Ron El Nacional 1972–79 94 181
Universidad Católica 1980–84 73
Macará 1986 6
Aucas 1987 8
3 Equador Ebelio Ordóñez Técnico Universitario 1996 13 159
El Nacional 1997–2004; 2006–07 137
Emelec 2005 0
Deportivo Quito 2008; 2010 9
4 Argentina Ángel Liciardi Emelec 1970–71 8 154
Deportivo Cuenca 1972; 1974–77 132
Barcelona 1978 14
5 Equador Fabián Paz y Miño El Nacional 1972–88 153 153

Referências

  1. Alencastro, Jesus (12 de janeiro de 2023). «(VIDEO) OFICIAL: El campeonato ecuatoriano se llamará "LigaPro BET593"». StudioFutbol (em espanhol). Consultado em 9 de setembro de 2023 
  2. a b «Historia de la Federación Ecuatoriana de Fútbol». ecuafutbol.org. 23 de dezembro de 2008. Consultado em 9 de setembro de 2023. Arquivado do original em 20 de junho de 2022 
  3. «Estadísticas Primera Categoría Serie "A"». ecuafutbol.org. 21 de dezembro de 2008. Consultado em 9 de setembro de 2023. Arquivado do original em 24 de abril de 2023 
  4. «Ecuador - List of Champions». rsssf.org. 8 de março de 2023. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  5. «Ecuador - List of Topscorers». www.rsssf.org. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  6. «Ecuador - List of All-Time Topscorers 1957-2009». www.rsssf.org. Consultado em 9 de setembro de 2023 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]