Ambato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
San Juan de Ambato
Ambato
Ecuador Ambato MonumentJuanMontalvo.JPG
Bandeira oficial de San Juan de Ambato
Bandeira
Lema: "Tierra de las Flores y las Frutas"
País Equador
Província Tungurahua
Prefeito Fernando Callejas Barona
Área  
  Total aprox. 48.3 km² km²
Altitude 2500 m
População  
  Cidade 225.000 hab(INEC 2010)
    Densidade   4.140 hab/km²/km²
Website: www.ambato.gov.ec/

Ambato (oficialmente San Juan de Ambato) é uma cidade no centro de Equador, situada às margens do rio de Ambato. É o capital da província de Tungurahua, a uma altitude de 2 600 metros acima do nível do mar. A população é de 154 095 habitantes (INEC, 2001).

A cidade é um centro de comércio e de transporte em uma região fértil perto da encosta norte do vulcão Tungurahua. Toda segunda-feira, acontece o maior mercado de tipos de frutas, vegetais e de carnes de todo o país.

Um terremoto em 5 de agosto de 1949, destruiu a maior parte da cidade, de modo que somente poucos edifícios da era colonial permanecem.

Como uma maneira de se recuperar do trágico terremoto, Ambato iniciou seu tradicional Festival das Frutas e Flores. Ele é agora a principal atração turística que acontece no período do carnaval.

As atrações turísticas incluem o mausoléu de Juan Montalvo, as propriedades de Juan León Mera, e a catedral branca de Ambato.

Ambato é também onde, em 12 de novembro de 1821, Antonio José de Sucre conseguiu a maior vitória sobre o exército real espanhol durante a guerra de independência.

Entre as pessoas famosas de Ambato está o pintor Aníbal Villacís.

Ambato é uma bonita cidade e cerca de 350.000 pessoas estão vivendo nesta pequena metrópole equatoriana, a quarta maior do país.

Ambato é uma próspera cidade a apenas 2 horas e meia ao sul de Quito e situa-se em um cume entre alguns morros íngremes e um vale que cai drasticamente.

A cidade tem orgulho da sua herança cultural, e se autodenomina como 'Tierra de Los Tres Juanes ". Os três Joões foram Juan Leon Mera, que foi um escritor e poeta que é mais famoso por escrever o hino nacional do Equador; Juan Montalvo foi outro famoso escritor a que muitos chamaram de "Cervantes da América do Sul"; Benigno Juan Vela foi professor de renome e campeão da juventude do país. Todos estão imortalizados nos parques, museus e edifícios de Ambato.

A cidade também é chamada de "Jardim do Equador", bem conhecida por sua produção de pêssegos, maçãs, peras, uvas, laranjas, morangos, cana de açúcar, cereais e todas as classes de produtos vegetais. Sua produção industrial baseia-se nos têxteis, flores, conservas de frutas, artigos de pele, borracha, e mobiliário.

Ambato se tornou em uma maravilha arquitetônica onde edifícios modernos coexistem elegantemente com prédios coloniais. Modernas estruturas deram à cidade um aspecto metropolitano, ao mesmo tempo em que reforçam a arquitetura colonial remanescente.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Ambato