Campeonato Boliviano de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Campeonato Boliviano de Futebol
Temporada, competição ou edição atual:
evento esportivo atual Campeonato Boliviano de Futebol de 2023 – Primeira Divisão
Outros nomes División de Fútbol Profesional
Primera División
Esporte Futebol
País Bolívia
Confederação CONMEBOL
Fundado 1950; há 73 anos
Sistema Pontos corridos
Nº de equipes 16
Acesso à Copa Libertadores
Copa Sul-Americana
Descenso à Copa Simón Bolívar
Campeão
atual
The Strongest (16º título)
(2023)
Maior campeão Bolívar (30 títulos)
Sítio eletrónico fbf.com.bo

O Campeonato Boliviano de Futebol, conhecido oficialmente como División de Fútbol Profesional, é a principal liga de futebol profissional realizada na Bolívia. Opera em sistema de promoção e rebaixamento com a Copa Simón Bolívar (segunda divisão), sendo rebaixados os times com pior colocação no final da temporada. As melhores equipes da competição são classificadas para a Copa Libertadores.

Desde 1950, um total de 17 clubes foram coroados campeões do sistema de ligas bolivianas de futebol. O Bolívar é o clube de maior sucesso do campeonato, com 31 títulos até o momento.

História[editar | editar código-fonte]

A organização do futebol na Bolívia começou em 1914 com a criação das associações regionais e suas respectivas competições. A "Asociación de Fútbol de La Paz" (AFLP) foi a primeira entidade organizada com 29 campeonatos realizados entre 1914 e 1949. A AFLP foi considerada por muitos anos o principal torneio de futebol do país. Em 1950, o órgão modificou seus estatutos permitindo a profissionalização do esporte na Bolívia, sendo criado o "Torneo Profissional".[1]

Entre 1950 e 1959, apenas clubes de La Paz, Oruro (desde 1954) e Cochabamba (1955) participaram do campeonato porque o futebol ainda era amador nas demais regiões.

No final de 1960, a Federación Boliviana de Fútbol (FBF) instituiu um campeonato nacional, com o objetivo de coroar um campeão representando a Bolívia na recém-criada Copa Libertadores. A competição, denominada "Copa Simón Bolívar", foi disputada por campeões e vice-campeões de associações regionais.

O desaparecimento da Seleção Boliviana nas eliminatórias para a Copa do Mundo da FIFA de 1978 (onde foi derrotada pelo Brasil por 8 a 0 e pelo Peru por 5 a 0) encorajou alguns clubes a criar sua própria liga, então 16 times se separaram de suas respectivas associações para estabelecer a "Liga de Fútbol Profesional Boliviano" (LFPB) para organizar campeonatos de forma autônoma, em 1977.[2]

A criação da LFPB acabou com a distinção. Resultou também na criação de três entidades distintas: o papel da FBF ficou restrito à representação internacional da Bolívia no esporte, a recém-criada LFPB tornou-se a organizadora do único torneio da primeira divisão, e a AFLP, juntamente com o resto do associações regionais, tornou-se a organizadora dos torneios regionais da segunda divisão. Foi a primeira e, até a formação da liga de basquete em 2014, a única liga esportiva profissional do país.

Em 2017, após alteração dos estatutos da FBF, a LFPB e a ANF foram substituídas pela "División Profesional" (divisão profissional) e pela "División Aficionados" (divisão amadora), ambas geridas pela FBF a partir de 2018.

Formato[editar | editar código-fonte]

O formato do campeonato mudou ao longo dos anos. A partir de 1977, a liga funcionou com dezesseis clubes divididos em duas séries, mas mudou para quatorze clubes em duas séries, jogando dois torneios por ano, começando em meados dos anos 80 e problemas econômicos com alguns times levaram a outro corte no número de participantes para doze em 1991. Outra mudança ocorreu em 2005, quando as equipes decidiram se adaptar ao calendário internacional da FIFA, o que significa que a temporada seria disputada de agosto a junho, e não de fevereiro a dezembro, para evitar problemas na definição de quais times se classificariam para torneios internacionais. A liga disputou um torneio curto de fevereiro a junho de 2005, e a temporada oficial de 2005–06 começou em agosto. Isso levou a mais um problema — os times da segunda divisão não estavam entusiasmados com a ideia de adiar o rebaixamento até junho de 2006. Após negociações, a liga determinou que o rebaixamento do clube de menor posição ocorreria após a conclusão do torneio Apertura, tornando o campeonato boliviano um torneio estranho onde os times foram rebaixados no meio da temporada. Mas esta decisão foi anulada em novembro de 2006 e a liga voltou para uma temporada anual em 2007, começando com o torneio Apertura em março de 2007. Para a temporada de 2018, o número de times foi aumentado de doze para quatorze.

Para a temporada de 2008, e pela primeira vez, foram disputados três torneios em vez dos dois habituais. O torneio Apertura foi disputado de março a julho no sistema pontos corridos; o torneio Clausura disputado de agosto a outubro onde as equipes foram divididas em duas séries de 6 equipes cada, o Grupo A compreendeu todas as equipes ocidentais (mais o Universitario) e o Grupo B compreendeu todas as equipes orientais (mais o Wilstermann e o Aurora), as duas primeiras equipes de cada grupo avançaram para as semifinais e as finais. O torneio eliminatório recém-criado consistia em jogos de ida e volta (e com a regra de gols fora usada pela primeira vez).

Uma média de pontos das duas temporadas anteriores determina o rebaixamento, sendo o último colocado diretamente rebaixado e substituído pelo vencedor da Copa Simón Bolívar (segunda divisão). O penúltimo colocado disputa uma eliminatória de rebaixamento contra o vice-campeão da Copa Simón Bolívar.

Campeões[editar | editar código-fonte]

A primeira divisão do Campeonato Boliviano conta com quatro períodos em sua história de futebol profissional. O primeiro deles controlado pela Asociación de Fútbol de La Paz (AFLP) entre 1950 e 1959. O segundo foi administrado pela Federación Boliviana de Fútbol (FBF) entre 1960 e 1976. O terceiro foi conduzido pela Liga de Fútbol Profesional Boliviano (LFPB) entre 1977 e 2017. O quarto e atual, novamente nas mãos da FBF, após a eliminação da LFPB e criação da División de Fútbol Profesional.[3]

Lista de campeões do Campeonato Boliviano de Futebol
Ed. Temporada Campeão Vice-campeão Terceiro lugar
1 1950 Bolívar (1) Litoral Unión Maestranza
2 1951 Always Ready (1) Bolívar Ferroviario
3 1952 The Strongest (1) Always Ready Ingavi
4 1953 Bolívar (2) Always Ready Ingavi
5 1954 Litoral (1) The Strongest Deportivo Municipal
6 1955 San José (1) Chaco Petrolero Bolívar
7 1956 Bolívar (3) Municipal Litoral
8 1957 Integrado Always Ready (2) Municipal Chaco Petrolero
1957 Nacional [nota1 1] Jorge Wilstermann (1) Aurora San José
9 1958 Jorge Wilstermann (2) Municipal San José
10 1959 Jorge Wilstermann (3) Always Ready Bolívar
11 1960 Jorge Wilstermann (4) Aurora Deportivo Municipal
12 1961 Municipal (1) Aurora Chaco Petrolero
1962 Não houve disputa
13 1963 Aurora (1) Municipal San José
14 1964 The Strongest (2) Aurora 31 de Octubre
15 1965 Municipal (2) Jorge Wilstermann Oriente Petrolero
16 1966 Bolívar (4) 31 de Octubre Jorge Wilstermann
17 1967 Jorge Wilstermann (5) Always Ready Blooming
18 1968 Bolívar (4) Guabirá Litoral
19 1969 Universitario de La Paz (1) Bolívar Oriente Petrolero
20 1970 Chaco Petrolero (1) The Strongest Oriente Petrolero
21 1971 Oriente Petrolero (1) Chaco Petrolero The Strongest
22 1972 Jorge Wilstermann (6) Oriente Petrolero Petrolero
23 1973 Jorge Wilstermann (7) Municipal 31 de Octubre
24 1974 The Strongest (3) Jorge Wilstermann Bolívar
25 1975 Guabirá (1) Bolívar Oriente Petrolero
26 1976 Bolívar (5) Oriente Petrolero Guabirá
27 1977 The Strongest (4) Oriente Petrolero Bolívar
28 1978 Bolívar (7) Jorge Wilstermann Oriente Petrolero
29 1979 Oriente Petrolero (2) The Strongest Blooming / Bolívar
30 1980 Jorge Wilstermann (8) The Strongest Chaco Petrolero
31 1981 Jorge Wilstermann (9) Blooming Guabirá / Deportivo Municipal
32 1982 Bolívar (8) Jorge Wilstermann Blooming / Oriente Petrolero
33 1983 Bolívar (9) Oriente Petrolero Blooming / The Strongest
34 1984 Blooming (1) Bolívar Oriente Petrolero / The Strongest
35 1985 Bolívar (10) Jorge Wilstermann Real Santa Cruz
36 1986 The Strongest (5) Oriente Petrolero [nota1 2]
37 1987 Bolívar (11) Oriente Petrolero [nota1 2]
38 1988 Bolívar (12) The Strongest [nota1 2]
39 1989 The Strongest (6) Oriente Petrolero [nota1 2]
40 1990 Oriente Petrolero (3) Bolívar [nota1 2]
41 1991 Bolívar (13) San José Oriente Petrolero
42 1992 Bolívar (14) San José Jorge Wilstermann
43 1993 The Strongest (7) Bolívar Blooming
44 1994 Bolívar (15) Jorge Wilstermann The Strongest
45 1995 San José (2) Guabirá Bolívar
46 1996 Bolívar (16) Oriente Petrolero The Strongest
47 1997 Bolívar (17) Oriente Petrolero Blooming
48 1998 Blooming (2) Jorge Wilstermann The Strongest
49 1999 Blooming (3) The Strongest Bolívar
50 2000 Jorge Wilstermann (10) Oriente Petrolero The Strongest
51 2001 Oriente Petrolero (4) Bolívar The Strongest
52 2002 Bolívar (18) Oriente Petrolero The Strongest
53 2003 Apertura The Strongest (8) Bolívar Jorge Wilstermann
54 2003 Clausura The Strongest (9) Jorge Wilstermann Bolívar
55 2004 Apertura Bolívar (19) Aurora Jorge Wilstermann
56 2004 Clausura The Strongest (10) Oriente Petrolero Real Potosí
57 2005 Adecuación Bolívar (20) The Strongest Oriente Petrolero
58 2005 Apertura Blooming (4) Bolívar Oriente Petrolero
59 2006 Clausura Bolívar (21) Real Potosí Universitario de Sucre
60 2006 Segundo Torneo Jorge Wilstermann (11) Real Potosí Oriente Petrolero
61 2007 Apertura Real Potosí (1) Bolívar La Paz
62 2007 Clausura San José (3) La Paz Blooming
63 2008 Apertura Universitario de Sucre (1) La Paz San José
64 2008 Clausura Aurora (2) Blooming La Paz / Real Potosí
65 2009 Apertura Bolívar (22) Real Potosí San José
66 2009 Clausura Blooming (5) Bolívar The Strongest / Oriente Petrolero
67 2010 Apertura Jorge Wilstermann (12) Oriente Petrolero Aurora
68 2010 Clausura Oriente Petrolero (5) Bolívar Aurora
69 2011 Adecuación Bolívar (23) Real Potosí Oriente Petrolero
70 2011 Apertura The Strongest (11) Universitario de Sucre Oriente Petrolero
71 2012 Clausura The Strongest (12) San José Oriente Petrolero
72 2012 Apertura The Strongest (13) San José Bolívar
73 2013 Clausura Bolívar (24) Oriente Petrolero San José
74 2013 Apertura The Strongest (14) Bolívar San José
75 2014 Clausura Universitario de Sucre (2) San José The Strongest
76 2014 Apertura Bolívar (25) Oriente Petrolero The Strongest
77 2015 Clausura Bolívar (26) The Strongest Jorge Wilstermann
78 2015 Apertura Sport Boys (1) Bolívar The Strongest
79 2016 Clausura Jorge Wilstermann (13) The Strongest Universitario de Sucre
80 2016 Apertura The Strongest (15) Bolívar Oriente Petrolero
81 2017 Apertura Bolívar (27) The Strongest Guabirá
82 2017 Clausura Bolívar (28) The Strongest Jorge Wilstermann
83 2018 Apertura Jorge Wilstermann (14) The Strongest San José
84 2018 Clausura San José (4) The Strongest Royal Pari
85 2019 Apertura Bolívar (29) The Strongest Nacional Potosí
86 2019 Clausura Jorge Wilstermann (15) The Strongest Bolívar
87 2020 Apertura Always Ready (3) The Strongest Bolívar
2020 Clausura Torneio cancelado devido a pandemia de COVID-19 na Bolívia
88 2021 Independiente Pretolero (1) Always Ready The Strongest
89 2022 Apertura Bolívar (30) The Strongest [nota1 2]
90 2022 Clausura Abandonado devido a bloqueios e problemas políticos no departamento de Santa Cruz [4]
91 2023 The Strongest (16) Bolívar Always Ready
Notas
  1. Torneio dissidente da liga.
  2. a b c d e f Não houve terceiro lugar.

Títulos por clube[editar | editar código-fonte]

Clube Títulos Vices Temporadas vencidas
Bolívar
30
15
1950, 1953, 1956, 1966, 1968, 1976, 1978, 1982, 1983, 1985, 1987, 1988, 1991, 1992, 1994, 1996, 1997, 2002, 2004, 2005 Adecuación, 2006 Clausura, 2009 Apertura, 2011 Adecuación, 2013 Clausura, 2014 Apertura, 2015 Clausura, 2017 Apertura, 2017 Clausura, 2019 Apertura, 2022 Apertura
The Strongest
16
18
1952, 1964, 1974, 1977, 1986, 1989, 1993, 2003 Apertura, 2003 Clausura, 2004 Clausura, 2011 Apertura, 2012 Clausura, 2012 Apertura, 2013 Apertura, 2016 Apertura, 2023
Jorge Wilstermann
15
9
1957, 1958, 1959, 1960, 1967, 1972, 1973, 1980, 1981, 2000, 2006 Segundo Torneo, 2010 Apertura, 2016 Clausura, 2018 Apertura, 2019 Clausura
Oriente Petrolero
5
15
1971, 1979, 1990, 2001, 2010 Clausura
Blooming
5
2
1984, 1998, 1999, 2005 Apertura, 2009 Clausura
San José
4
5
1955, 1995, 2007 Clausura, 2018 Clausura
Always Ready
3
6
1951, 1957, 2020 Apertura
Deportivo Municipal
2
5
1961, 1965
Aurora
2
4
1963, 2008 Clausura
Universitario de Sucre
2
1
2008 Apertura, 2014 Clausura
Real Potosí
1
4
2007 Apertura
Chaco Petrolero
1
2
1970
Guabirá
1
2
1975
Litoral
1
1
1954
Universitario de La Paz
1
0
1969
Sport Boys
1
0
2015 Apertura
Independiente Petrolero
1
0
2021


Maiores artilheiros[editar | editar código-fonte]

A seguir a lista dos dez maiores artilheiros do futebol profissional boliviano. A lista considera exclusivamente os gols anotados no Campeonato Boliviano de Futebol a partir de 1950, data do início do profissionalismo no país.[5][6]

Nome Período Gols
1 Bolívia Víctor Hugo Antelo 1983–2000 350
2 Argentina Bolívia Juan Carlos Sánchez 1979–1992 262
3 Bolívia José Alfredo Castillo 2000–presente 251
4 Bolívia Carlos Saucedo 2006–presente 247
5 Bolívia Pablo Escobar 2004–2018 228
6 Bolívia Jesús Reynaldo 1977–1993 213
7 Bolívia Luis Fernando Salinas 1980–1993 203
8 Uruguai William Ferreira 2009–presente 186
9 Bolívia Limberg Gutiérrez 1997–2016 174
10 Argentina Bolívia Raúl Horacio Baldessari 1978–1988 166

Referências

  1. «Historia del fútbol boliviano, Capítulo 4. Comienza el profesionalismo 1950-1959». Historia del Fútbol Boliviano (em espanhol). 22 de maio de 2011. Consultado em 6 de setembro de 2023. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2023 
  2. Galarza, Jaime (23 de agosto de 2011). «Y nació la liga». ONCE A ONCE. Consultado em 6 de setembro de 2023. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2023 
  3. carlosdmesa (24 de junho de 2018). «División Profesional (DP) Campeonato Apertura 2018. Wilstermann, 14 Veces Campeón». Historia del Fútbol Boliviano (em espanhol). Consultado em 23 de junho de 2019 
  4. «El torneo Clausura de la División Profesional fue suspendido de forma definitiva». El Deber (em espanhol). 10 de novembro de 2022. Consultado em 6 de setembro de 2023. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2023 
  5. carlosdmesa (2 de setembro de 2018). «Los Máximos Goleadores del Fútbol Profesional Boliviano (1950-2018)». Historia del Fútbol Boliviano (em espanhol). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  6. «Los gladiadores letales en 68 años de profesionalismo - Diario Pagina Siete». www.paginasiete.bo (em espanhol). Consultado em 24 de novembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]