Cochabamba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Cochabamba (desambiguação).
Cochabamba
  Cidade  
Símbolos
Bandeira de Cochabamba
Bandeira
Brasão de armas de Cochabamba
Brasão de armas
Lema Coração da Bolívia e da América do Sul
Apelido(s) Cocha
Localização
Cochabamba está localizado em: Bolívia
Cochabamba
Coordenadas 17° 23' 37" S 66° 9' 25" O
País  Bolívia
Departamento Cochabamba
Província Cercado
História
Fundação 15 de agosto de 1571
Fundador Capitão Gerónimo de Osorio
Administração
Prefeito Edwin Arturo Castellanos Mendoza
Características geográficas
Área total 322 km²
População total (Censo 2010) 618 376 hab.
Densidade 1 920,4 hab./km²
 • Conurbação 1 030 770
Altitude 2 570 m
www.cochabamba.gob.bo
Região central da cidade
Vale de Cochabamba
Teleférico do Cristo da Concórdia

Cochabamba é uma cidade da Bolívia. É a capital do departamento homônimo e a terceira maior cidade do país. Sua população é de cerca de 600 000 pessoas.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade foi fundada pelos colonizadores espanhóis em 1571 com o nome de "Villa de Oropeza". Tomou o atual nome em 1786. Possui uma universidade fundada em 1826.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se no oeste do país, numa depressão da Cordilheira Oriental a 2 560 metros de altitude. É uma cidade de economia agrícola. Também é um importante centro comercial (feira de produtos agrícolas regionais) e industrial (refino de petróleo, indústria alimentícia). Possui minas de estanho, prata e cobre.

Educação[editar | editar código-fonte]

Cochabamba é uma cidade universitária que atrai muitos estrangeiros principalmente de origem brasileira que são atraídos pelo baixo valor das mensalidade de medicina. Entre as suas diversas universidades, a maior e mais prestigiosa é a Universidade Mayor de San Simon, uma das mais importantes do país. Conta, ainda, com várias outras universidades particulares de conceito como a Universidade Privada Aberta Latinoamericana - UPAL, Universidade Adventista de Bolívia, Universidade privada del Valle, a Universidade Franz Tamayo - Unifranz e a Universidade de Aquino Bolívia - Udabol.

Aeroporto[editar | editar código-fonte]

O Aeroporto Internacional Jorge Wilstermann possui voos para todo o país e para alguns destinos internacionais. Era o principal centro de conexões aéreas da empresa Lloyd Aéreo Boliviano até a crise que redundou no fechamento temporário da empresa, em 2007.

Bairros[editar | editar código-fonte]

A cidade possui bairros históricos, como Cala Cala, El Mirador e Lomas de Aranjuez.

  • Queru Queru - Norte
  • La Recoleta - Norte
  • Cala Cala - Norte
  • Lomas de Aranjuez - Norte
  • El Mirador - Norte
  • Las Brisas - Norte
  • Sarco - Noroeste
  • Mayorazgo - Noroeste
  • Barrio Profesional - Noroeste
  • América Oeste - Noroeste
  • Colquiri - Noroeste
  • Muyurina - Nordeste
  • Tupuraya - Nordeste
  • Hippodromo - Oeste
  • Vila Busch - Oeste
  • Temporal - Norte
  • La Chimba - Sudoeste
  • Aeropuerto - Sudoeste
  • Ticti Norte - Norte de Franja
  • Jaihuayco - Sul
  • Sud de Zona - Sul
  • Ticti - Sul
  • Valle Hermoso - Sul

Cidades-satélites[editar | editar código-fonte]

Os residentes notáveis[editar | editar código-fonte]

Cidades irmãs[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 13 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 16 de abril de 2012 
  2. «Sister Cities International. Bolivia». Consultado em 13 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 16 de abril de 2008 
  • Goiânia, Goiás, Brasil

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Bolívia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cochabamba