Lucas Pierre Santos Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pierre
Pierre
Pierre em 2016
Informações pessoais
Nome completo Lucas Pierre Santos Oliveira
Data de nasc. 19 de janeiro de 1982 (35 anos)
Local de nasc. Itororó (BA), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1,73 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Fluminense
Número 5
Posição Volante
Clubes de juventude
1999–2002 Vitória
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2002–2005
2003–2006
2007–2011
2011–2015
2015–
Ituano
Paraná
Palmeiras
Atlético Mineiro
Fluminense
00032 0000(1)
00068 0000(1)
00199 0000(4)
00170 0000(0)
00069 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 17 de maio de 2017.

Lucas Pierre Santos Oliveira,[1] mais conhecido como Pierre (Itororó, 19 de janeiro de 1982[2]), é um jogador brasileiro que atua como volante. Defende atualmente o Fluminense.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Ituano[editar | editar código-fonte]

Fez ótimas atuações, mas teve muitos problemas particulares.

Paraná[editar | editar código-fonte]

Fez um belo Campeonato Brasileiro de 2006, pelo Paraná, onde se classificaram para a Copa Libertadores da América de 2007, no qual se destacou e despertou o interesse do Palmeiras.

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Pierre chegou a Palmeiras em 2007, a pedido do então técnico Caio Júnior. Ele se tornou um ídolo da torcida alviverde, por demonstrar um grande poder de pressão, por sua raça, pela força de vontade e pela liderança sobre o grupo de atletas.

Em 2008, foi titular da equipe campeã do Campeonato Paulista. Foi em julho desse ano que a esposa de Pierre deu à luz prematuramente gêmeos de sete meses, um menino e uma menina. O menino morreu horas depois do parto e a menina, Pietra, ficou internada e deixou o hospital três meses depois.

No ano de 2009 foi titular absoluto da equipe, porem na reta final do Campeonato Brasileiro sofreu uma lesão séria, que o levou a ficar fora dos gramados por cerca três meses.

Em junho daquele ano, a esposa de Pierre perdeu um bebê em nova gravidez. Pietra já havia sido internada no mês passado e vários torcedores desejaram o melhor para a filha que passou bem, através de telefone e internet.[3]

Entre 2010 e 2011 foi pouco aproveitado pelo técnico Luiz Felipe Scolari, perdeu a titularidade e teve outra séria lesão em um acidente de carro.

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2011, Pierre foi emprestado ao Atlético Mineiro até o final do ano. O jogador foi um pedido do técnico Cuca. No Atlético Mineiro, Pierre conseguiu expor o futebol que o consagrou no Palmeiras e virou xodó da torcida atleticana.

No dia 9 de janeiro de 2012, Pierre assinou um contrato de 3 anos com o Atlético. Em troca, o meia Daniel Carvalho foi repassado ao Palmeiras.[4]

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Em 10 de abril de 2015, Pierre acertou com o Fluminense até dezembro de 2016.[5]Renovou seu contrato com o clube até o fim de 2017.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ituano
Paraná Clube
Palmeiras
Atlético Mineiro
Fluminense

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Palmeiras

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]