Élder Granja

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Élder Granja
Informações pessoais
Nome completo Élder da Silva Granja
Data de nasc. 2 de julho de 1982 (34 anos)
Local de nasc. Santos (SP),  Brasil
Altura 1,81 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Brasil Juventus
Número 2
Posição Lateral-direito
Clubes de juventude
19981999 Brasil Santos
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2000
2001
2002
2002
20022003
20032007
2008
2009
2009
2010
2010
2011
2012
2013
2015
2016
Brasil Santos
Brasil Atlético-GO
Brasil Francisco Beltrão
Brasil Corinthians-AL
Brasil Portuguesa
Brasil Internacional
Brasil Palmeiras
Brasil Atlético-MG
Brasil Sport
Brasil Vasco da Gama
Brasil Atlético-PR
Brasil São Caetano
Brasil Juventude
Brasil Madureira
Brasil Cianorte
Brasil Juventus





0166 000(12)
0033 0000(1)
0002 0000(0)
0020 0000(1)
0016 0000(0)
0009 0000(0)
0007 0000(0)
00017 0000(10)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 26 de Novembro de 2011.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 26 de Novembro de 2011.

Élder da Silva Granja, mais conhecido apenas como Élder Granja (Santos, 2 de julho de 1982, é um futebolista brasileiro que joga como lateral-direito. Atualmente defende o Juventus.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira em 2000 no Santos. Em 2001 atuou pelo Atlético Goianiense, e teve passagens pelo Francisco Beltrão, Corinthians de Alagoas e Portuguesa antes de 2003, quando chegou ao Internacional.

No início de 2006, era titular absoluto da lateral colorada, mas uma série de lesões tirou-o dos campos por várias partidas. Mesmo não estando em seu melhor momento na carreira, participou dos elencos do Internacional que ganharam a Copa Libertadores e o Mundial Interclubes, em 2006.

Em 2007, não renovou contrato com o Inter e em 2008 acertou sua ida ao Palmeiras. Livre dos problemas de lesões, foi titular pela maior parte do ano até perdar a vaga para Fabinho Capixaba. Conquistou um Campeonato Paulista e ajudou o Palmeiras a chegar à Copa Libertadores. Após o término do Campeonato Brasileiro de 2008, o atleta deixou o clube alegando ter propostas de clubes da Europa, no entanto, essas não se concretizaram.

No dia 2 de Abril de 2009, o jogador acertou sua transferência para o Atlético Mineiro, sob aval do técnico Emerson Leão.

No dia 9 de junho de 2009, Élder Granja acertou até o dia 31 de dezembro deste ano sua transferência para o Sport Recife devido à transferência do técnico Emerson Leão para o clube pernambucano.

No dia 27 de novembro de 2009, Granja rescindiu seu contrato com o Sport que foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro naquele ano.

E pouco tempo depois, no dia 8 de Dezembro foi contratado pelo Vasco da Gama para a temporada de 2010.

Mas em setembro, com poucas chances no elenco vascaíno, foi emprestado ao Atlético Paranaense até o fim do ano.

Ao final da temporada 2010 Élder Granja retornou ao Vasco da Gama, mas em 2011 foi encostado e passou a treinar em separado do elenco cruzmaltino.

Em agosto de 2011 se transferiu para o São Caetano.

Em 2012 se transferiu para o Juventude.

Em 2013 se transferiu para o Madureira[1].

Em 2016 acertou com o Clube Atlético Juventus para disputar a Série A2 do Campeonato Paulista. Onde deixou a lateral direita e começou a atuar como meio-campista.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Brasil Internacional
Brasil Palmeiras
Brasil Vasco da Gama

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.