Sport Club Corinthians Alagoano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura outras acepções de Corinthians, veja Corinthians (desambiguação).
Corinthians Alagoano
SC Corinthians Alagoano.svg
Nome Sport Club Corinthians Alagoano
Alcunhas Timão da Via Expressa
Tricolor Da Via Expressa
Torcedor/Adepto Corintiano
Tricolor
Mascote Gavião
Fundação 4 de abril de 1991
Extinção 2013
Estádio Estádio Nelson Peixoto Feijó
Capacidade 10.000
Localização Maceió (AL)
Presidente José Eurico Beltrão
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

Sport Club Corinthians Alagoano foi um clube de futebol brasileiro da cidade de Maceió, no Estado de Alagoas. Seu estádio era o Nelson Peixoto Feijó, mais conhecido como Nelsão, com capacidade máxima de 10.000 pessoas.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O Corinthians Alagoano foi fundado no ano de 1991 e suas cores são branco, preto e vermelho.

O Corinthians foi o primeiro clube alagoano a participar de competições internacionais. Em 1992, foi campeão do 1º Torneio de Inverno, disputado em Yatsushiro e Kumanoto no Japão. Foram cinco jogos e nenhuma derrota, enfrentando a seleção da Coreia do Sul, o Kunamoto do Japão e o IEC Futebol Clube.

Em 1995, o clube participou do Campeonato Alagoano da 2ª Divisão, sagrando-se campeão invicto. Após a conquista, o Corinthians abriu mão da vaga para a elite alagoana, para tornar-se novamente campeão alagoano invicto da 2ª Divisão em 1997.

Nos anos de 2000 e 2001, a equipe alagoana disputou a "Coppa Carnevale", na cidade italiana de Viareggio. Nessas duas edições, o Corinthians enfrentou grandes clubes europeus, como: Juventus, Fiorentina, Milan, Lazio, Empoli e Roma, da Itália, além de Maccabi Haifa, de Israel, e Standard de Liège, da Bélgica.

Em 2000, pela primeira vez uma equipe de outro país conseguiu, na sua estreia, passar para a segunda fase da competição. Isso foi conquistado após empatar com Lazio (0-0) e Milan (1-1), e golear o israelense Maccabi Haifa (4-1). Já nas oitavas-de-final, atuando em Viareggio, o Corinthians ganhou do Roma por 5-4, nos pênaltis, sendo eliminado pelo Empoli, nas quartas-de-final, com a derrota por 3-0. Eliminado, mas entre os oito melhores.

Em 2001, logo na primeira fase, o Corinthians mostrou sua força garantindo a classificação ao empatar com a Fiorentina (1-1) e com o Empoli (0-0), e derrotando o Standard de Liège (2-0), chegando então nas oitavas-de-final e sendo eliminado pelo Juventus, perdendo por 1-0, jogo realizado em Seravezza.

Em 2002, ao bater o Palmeiras do Nordeste, o Corinthians conquistou o 1º Torneio Seletivo para a Copa do Nordeste, que seria disputada no ano seguinte, sem o aval da CBF. No primeiro jogo, dia 5 de agosto, vitória corintiana sobre o alviverde baiano por 4-0, em partida disputada no Estádio Presidente Médici, em Sergipe. Os gols da partida foram marcados por Leandro, Rodrigo, Édson Baiano e Luciano. Na partida decisiva do dia 7 de agosto, no Nelsão da Via Expressa, o empate sem gols com o Palmeiras do Nordeste garantiu ao tricolor a vaga na principal competição entre clubes do Nordeste.

O Corinthians alcançaria o seu maior título no ano de 2004, quando conquistou pela primeira vez o Campeonato Alagoano da 1ª Divisão.

No ano de 2007, mesmo com uma ótima campanha, foi superado pelo Coruripe, e ficou com o vice-campeonato alagoano e as vagas na Série C de 2007 (desistiu de participar, deixando a vaga para o ASA) e na Copa do Brasil de 2008, avançando até as quartas-de-final.

Em 2009, foi novamente vice-campeão alagoano, garantindo a vaga alagoana para a Série D de 2009.

O clube ficou mais conhecido após a revelação do jogador Pepe.

Em 2013, o clube anunciou a fusão com a Associação Atlética Santa Rita para atuar como Sport Club Santa Rita, utilizando toda a estrutura do Corinthians.[2]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Alagoastrophy.png Campeonato Alagoano 1 2004
Alagoastrophy.png Campeonato Alagoano - Segunda Divisão 2 1995Cscr-featured.png e 1997Cscr-featured.png

Outras conquistas[editar | editar código-fonte]

  • Brazil Region Nordeste.svg Torneio Seletivo para a Copa do Nordeste 2002 e 2003.
  • Japão 1º Torneio de Inverno: 1992Cscr-featured.png, disputado no Japão.

Destaques[editar | editar código-fonte]

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Goleiros
Jogador
'
Defensores
Jogador Pos.
' Z
Meio-campistas
Jogador Pos.
' M
Atacantes
Jogador
'

Jogadores revelados pelo clube[editar | editar código-fonte]

Hino[editar | editar código-fonte]

O hino do clube foi criado por Antônio Guimarães (ambas a letra e a composição).

Em Alagoas surge um clube tricolor. Corinthians, Corinthians, Corinthians meu novo amor.

Do Quilombo dos Palmares ao azul dos nossos mares, nasceu a força de um novo canto, sou Corinthians, sou vermelho, preto e branco.

Sou tricolor, oh, oh… sou tricolor, oh, oh… eu sou Corinthians, sou vermelho, preto e branco.

E toda sua história será de glória, eu não me engano salvo o Corinthians Alagoano.

Sou tricolor, oh, oh… sou tricolor, oh, oh… eu sou Corinthians, sou vermelho, preto e branco.

Participação no Brasileirão[editar | editar código-fonte]

Brasil Campeonato Brasileiro de Futebol - Série C

Ano Posição
2000
2001 11º
2002 41º
2003 92º
2004 49º

Confrontos em competições nacionais e regionais[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 28 de Maio de 2019.[3]

Pos Equipes J V E D GP GC SG
1 Sergipe Confiança 9 5 1 3 11 9 +2
2 Sergipe Sergipe 6 4 2 0 10 1 +9
3 Alagoas ASA 6 1 2 3 6 10 -4
4 Sergipe Itabaiana 4 3 0 1 13 5 +8
5 Alagoas CSA 4 2 0 2 7 6 +1
6 Pernambuco Central 4 1 0 3 3 11 -8
7 Tocantins Tocantinópolis 2 2 0 0 7 2 +5
8 Paraná Paranavaí 2 2 0 0 5 1 +4
9 Paraíba Campinense 2 2 0 0 5 1 +4
10 Alagoas Coruripe 2 1 1 0 5 3 +2
11 Bahia Juazeiro 2 1 1 0 3 2 +1
12 Bahia Camaçari 2 1 1 0 2 1 +1
13 Rio Grande do Sul Juventude 2 1 0 1 3 3 0
14 Bahia Vitória 2 1 0 1 3 5 -2
15 Paraná Atlético Paranaense 1 0 2 0 2 2 0
16 Distrito Federal (Brasil) Dom Pedro 2 0 2 0 2 2 0
17 Bandeira de Pernambuco.svg Itacuruba 2 0 1 1 2 3 -1
18 Sergipe Lagartense 2 0 1 1 5 7 -2
19 Piauí Flamengo-PI 2 0 0 2 0 2 -2
20 Paraíba Sousa 2 0 0 2 0 2 -2
21 Paraíba Botafogo-PB 2 0 0 2 1 4 -3
22 Pernambuco Porto-PE 2 0 0 2 1 5 -4
23 Rio de Janeiro Vasco da Gama 2 0 0 2 2 8 -6
24 Bandeira do Rio Grande do Norte.svg São Gonçalo-RN 1 1 0 0 2 1 +1
25 Goiás Atlético Goianiense 1 1 0 0 1 0 +1
26 Ceará Ceará 1 0 0 1 0 1 -1
27 São Paulo São Caetano 1 0 0 1 0 2 -2
28 Distrito Federal (Brasil) Brasiliense 1 0 0 1 1 4 -3

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

Ranking atualizado em dezembro de 2014

  • Posição: 222º
  • Pontuação: 50 pontos[4]

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol para pontuar todos os clubes do Brasil[5].

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Sua maior goleada com mando de campo no Estádio Nelson Peixoto Feijó, foi sobre o CSA por 8-1.

Já sua maior goleada com mando de campo no Estádio Rubens Canuto, foi sobre o CEO por 9-1 em 2012

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.