Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Dudu Cearense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dudu Cearense
Dudu Cearense
Informações pessoais
Nome completo Alexandro Silva de Sousa
Data de nasc. 15 de abril de 1983 (34 anos)
Local de nasc. Fortaleza (CE),  Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,85 m
Destro
Apelido Dudu Cearense
Informações profissionais
Clube atual Brasil Botafogo
Número 22
Posição Volante
Clubes de juventude
1998
19982000
Brasil Ceará
Brasil Vitória
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20012003
20042005
20042005
20052008
20082011
20112012
20122013
2014
2014
20152016
2016
Brasil Vitória
Japão Kashiwa Reysol
França Rennes (emp.)
Rússia CSKA Moscou
Grécia Olympiakos
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Goiás
Grécia OFI Creta
Israel Maccabi Netanya
Brasil Fortaleza
Brasil Botafogo
00049 0000(6)
00011 0000(2)
00015 0000(1)
00074 0000(8)
00086 000(12)
00018 0000(3)
00046 0000(7)
00014 0000(4)
00002 0000(0)
00035 0000(4)
00023 0000(2)
Seleção nacional
20022003
20032004
20032007
Brasil Brasil Sub-20
Brasil Brasil Sub-23
Brasil Brasil
00016 0000(7)
00009 0000(3)
00011 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 4 de fevereiro de 2017.

Medalhas
Jogos Pan-Americanos
Prata Jogos Pan-Americanos 2003

Alexandro Silva de Sousa, mais conhecido por Dudu Cearense (Fortaleza, 15 de abril de 1983), é um futebolista brasileiro que atua como volante. Atualmente é jogador do Botafogo.

Dudu é um volante conhecido como "box-to-box", aquele que, além de defender com eficiência, é ofensivo, ajudando na criação e finalização de jogadas,[1] já tendo marcado trinta e três gols em sua carreira em clubes e sido artilheiro do Mundial Sub-20 de 2003. Já defendeu cinco clubes de países diferentes, além de ter vestido a camisa da Seleção Brasileira em três níveis: sub-20, sub-23 e a principal.

Tem passagens destacadas em três clubes, Vitória, CSKA Moscou e Olympiakos. Apesar de seu sucesso, sofre frequentemente com lesões que o deixam de fora de momentos importantes, como a de 2007, que o tirou da Copa América daquele ano,[2] e a de 2010, fazendo que com permanecesse parado por três meses na reta final dos campeonatos que o seu clube disputava.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Vitória[editar | editar código-fonte]

Descoberto pelo Vitória em 1998, quando tinha acabado de entrar nas divisões de base do Ceará, foi contratado no final desse mesmo ano.[4] Passou mais dois anos nas categorias inferiores do rubro-negro até ser incorporado aos profissionais em 2001, chegando a jogar como titular as duas partidas da Copa do Brasil contra o ASA.[5][6] No entanto, viu-se num mau momento e, aos dezessete anos, retornou aos juniores para chegar com mais força aos profissionais no ano seguinte.[4]

Foi o que aconteceu.[4] Não jogou nenhuma partida pela Copa do Nordeste de 2002,[7] mas ganhou a oportunidade de jogar a final do Supercampeonato Baiano, agradando e ganhando a titularidade para a segunda metade de 2002.[8] No Brasileirão de 2002, jogou dezoito partidas, de agosto a novembro, todas como titular e começou a se destacar pela regularidade.[9]

Em 2003, já com a titularidade garantida, marcou seu primeiro gol como profissional no dia 12 de fevereiro, o primeiro da vitória por 3 a 2 sobre o Atlético de Alagoinhas, em partida válida pelo Campeonato Baiano.[10] Dentre confrontos destacados que o jogador fez no primeiro semestre, estão a goleada por 7 a 2 que o Vitória aplicou sobre o Palmeiras pela Copa do Brasil, tendo Dudu marcado um gol,[11] e as finais do Campeonato Baiano[12] e da Copa do Nordeste.[13] No Campeonato Brasileiro de 2003, participou de trinta e uma das quarenta e seis partidas do certame, ficando de fora de sete delas por causa da disputa da Copa das Confederações e do Mundial Sub-20[14] e do resto por conta de suspensões.[15] Foi eleito para a seleção do primeiro turno, como melhor volante da competição.[16]

Reysol[editar | editar código-fonte]

Logo começou a ser sondado por diversos clubes, e acabou sendo vendido ao Kashiwa Reysol no começo de 2004.[17] Estreou no dia 13 de março, no primeiro jogo da equipe na liga japonesa[18] e, após mais quatro partidas disputadas, foi expulso na quinta rodada, no confronto contra o Jubilo Iwata, mesmo jogo em que marcou seu primeiro gol na passagem pelo Japão.[19] De fora do encontro seguinte, retornou para jogar apenas três partidas, até se lesionar e não participar dos dois próximos confrontos da equipe.[20][21] Retornou mais uma vez na décima segunda rodada e tomou o terceiro cartão amarelo na décima quarta, fazendo com que não atuasse na última partida do certame, em que seu time goleou por 5 a 1.[22] Com apenas três vitórias ao longo da competição, o Reysol terminou na penúltima colocação.[23]

Na Copa da Liga Japonesa, jogou três partidas.[24][25][26]

Rennes[editar | editar código-fonte]

Inadaptado, foi negociado por empréstimo com o Rennes, da França, em setembro.[27][28] No clube francês, estreou contra o Lyon[28] e jogou as primeiras três partidas como reserva,[29][30] ganhando sua primeira chance como titular em confronto contra o Nice.[31] Ganhou a posição definitivamente em novembro, em partida contra o Bastia[32] e jogou em mais alguns encontros, inclusive num jogo da Copa da França,[33] até ser contratado pelo CSKA Moscou, no começo de 2005.[34]

Dudu em ação pelo CSKA.

CSKA Moscou[editar | editar código-fonte]

Na Rússia, chegou sem nenhuma badalação e ficou no banco de reservas durante as primeiras rodadas do Campeonato Russo.[35][36] Ganhou sua chance apenas no fim de junho, contra o Rostov,[37] e marcou seu primeiro gol na vitória sobre o Dinamo Moscou na semana seguinte, garantindo a titularidade ao brasileiro.[38][39] Apesar de ter ficado de fora por uma lesão dos últimos jogos da equipe, foi peça importante no título do certame e ainda da Copa da Rússia.[40][41]

Na temporada seguinte, apenas ficou de fora de duas partidas do Campeonato e uma da Copa.[42] O CSKA acabou se sagrando bicampeão russo[43] e chegando à fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA, além de ter alcançado a fase de dezesseis avos de final na Copa da UEFA, tendo Dudu jogado todas as partidas nessas competições.[44][45] Conquistou ainda o bicampeonato da Supercopa da Rússia.[46]

Já na temporada 2007, se machucou e ficou parado por dois meses (mesma lesão que tirou o jogador das listas de convocações para a Seleção Brasileira).[47][48][49] Retornou em definitivo apenas na vigésima primeira rodada, e jogou as oito partidas seguintes, ficando de fora da última rodada.[42] O CSKA acabou na terceira colocação, não garantindo sequer a vaga na Liga dos Campeões da UEFA.[50] Em 2008, ajudou na conquista da Copa da Rússia, seu segundo título do torneio,[51] mas viu, novamente, o time desandar no certame nacional de pontos corridos e, pela primeira vez no clube, Dudu passou a sentar no banco de reservas.[42] Assim, veio a saturação e o volante procurou novos ares.[2] Depois de quase acertar com o Grêmio[52] e ser sondado por outros clubes, assinou com o Olympiakos, da Grécia, em agosto.[53]

Olympiakos[editar | editar código-fonte]

Jogo entre PAOK e Olympiakos de 2009 com Dudu em campo.

Fez sua estreia oficial na partida de volta da terceira fase de qualificação da Liga dos Campeões,[54] contra o modesto Anorthosis, triunfando por apenas 1 a 0 e dando adeus à competição, pois seu time tinha sucumbido no jogo de ida por 3 a 0.[55] Ficou no banco em apenas um jogo, que foi na vitória por 2 a 0 sobre o Nordsjælland, pois na partida de ida o Olympiakos já havia vencido por 5 a 0 e os titulares foram poupados (mesmo assim, entrou no segundo tempo).[56] Marcou seu primeiro gol com a camisa do clube no triunfo sobre o Ergotelis por 2 a 0.[57] Outro gol três jogos depois viria a melhorar ainda mais a reputação de "volante atacante" de Dudu.[58] Depois de participar de todos os encontros até março de 2009, incluindo os dois confrontos da eliminação para o Saint-Étienne pela fase de 32 avos de final da Copa da UEFA,[59] uma pequena lesão o deixou de fora de duas partidas nesse mês,[60] o empate por 0 a 0 com o PAOK[61] e a vitória por 5 a 0 sobre o Iraklis.[62] Retornou num jogo da Copa da Grécia e marcou o gol do título do campeonato, o terceiro sobre o Panionios na vitória por 3 a 2, garantindo a conquista ao clube com três rodadas de antecedência.[63] Marcou também na semifinal[64] e na final da Copa da Grécia, em que o Olympiakos foi campeão em disputa de pênaltis, tendo Dudu feito dois gols nesta, que terminou em 15 a 14.[65]

A temporada 2009-10 começou promissora, com a classificação do clube à fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA, tendo Dudu marcado um gol num dos quatro confrontos das fases de qualificação.[66][67] No certame nacional, o Olympiakos ficou as primeiras quatorze rodadas invicto, tendo Dudu deixado de participar de apenas um jogo desse sequência, devido a uma suspensão.[68] No entanto, sofreu uma lesão após a derrota (e quebra da invencibilidade) em dezembro para o Aris por 1 a 0,[69] e voltou apenas no final de janeiro, apenas para jogar em mais dois encontros,[70][71] até se lesionar outra vez e ficar de fora por três meses.[3][72] Na fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA, jogou as seis partidas e ajudou a equipe a se classificar às oitavas-de-final do torneio.[73] Porém, a lesão também o deixou de fora dos confrontos contra o Bordeaux, pelas oitavas, e o seu time foi eliminado com duas derrotas.[74] Também viu o Panathinaikos conquistar o Campeonato e a Copa da Grécia.[75] Dudu voltou e jogou quatro partidas no grupo de playoff para classificação à Liga dos Campeões da temporada seguinte, mas não conseguiu evitar a pífia campanha da equipe, que conseguiu apenas uma vaga na Liga Europa da UEFA.[76]

Em 2010-11, após um bom começo na liga grega, com o Olympiakos liderando o certame durante todo o ano de 2010, Dudu sofreu uma nova lesão que o deixou de fora dos jogos dos meses de dezembro e janeiro.[77] Na Liga Europa, fez três gols nas duas goleadas sobre o Besa Kavajë que classificaram o time à próxima fase do torneio.[78][79] No entanto, foi eliminado na fase seguinte para o Maccabi Tel Aviv pela regra do gol fora de casa.[80][81] Retornou apenas no começo de fevereiro, na vitória por 1 a 0 sobre o Xanthi[82], jogou como substituto no clássico contra o Panathinaikos, em que seu time triunfou por 2 a 1[83] e foi titular no empate em 1 a 1 contra o Panionos[84] e na derrota por 2 a 1 para o PAOK.[85] No entanto, não jogou na partida do título, em que sua equipe goleou por 6 a 0 e conquistou o trigésimo oitavo troféu nacional.[86]

No entanto, Dudu não vinha mostrando o mesmo futebol das temporadas anteriores e começou a ser criticado.[87] Como o jogador tinha o maior salário do elenco,[87] diversas especulações dando como certa a transferência do atleta passaram a dominar os tablóides de notícias da Grécia.[88][89]

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Assim, no dia 8, foi confirmado como novo reforço do Atlético Mineiro, com contrato até 30 de junho de 2014. O clube comprou 75% do passe do jogador por 1,1 milhão de euros.[90] Devido à eliminação do clube na Copa do Brasil e com as inscrições para o Campeonato Mineiro já encerradas, a estreia do volante ocorreria apenas no Brasileirão.[91]

Estreou na 3ª rodada, em derrota por 1 a 0 para o São Paulo.[92] Na sua segunda partida, mais uma vez entrando como suplente, teve um gol (que seria o da vitória) mal anulado no empate em 1 a 1 contra o Bahia.[93] No encontro seguinte, deu o lançamento e o passe que resultaram nos dois gols do empate em 2 a 2 com o Atlético Goianiense.[94] Marcou no seu primeiro jogo como titular, contra o Flamengo, mas não evitou a derrota por 4 a 1.[95] Entrando esporadicamente devido ao revezamendo de jogadores e à crise que vivia o Galo, atuou apenas algumas partidas durante o restante do primeiro turno, ainda assim marcando dois gols nas derrotas por 2 a 1 para o Figueirense e por 3 a 2 para o Corinthians.[96][97]

No dia 17 de junho de 2012, o presidente do clube, Alexandre Kalil, confirmou em entrevista que Dudu Cearense não faz mais parte dos planos do técnico Cuca para a sequência do Brasileirão, e que está livre para buscar um novo clube enquanto acerta sua saída do Atlético Mineiro.[98]

Goiás[editar | editar código-fonte]

O Dudu Cearense participou apenas das 2 primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro Série A de 2012, negociando e concretizando a sua rescisão de contrato com o Atlético Mineiro, após essas 2 primeiras rodadas diante de Ponte Preta e Corinthians, em 17 de junho de 2012, assinando posteriormente um novo contrato com o Esporte Clube Goiás, clube que estava disputando a Série B do Campeonato Brasileiro de 2012, em 05 de setembro de 2012 com período de três meses, mas com opção de renovação no final do ano de 2012. A renovação de contrato com o clube goiano aconteceu em 17 de dezembro de 2012 com validade até 31 de dezembro de 2013 após o Esporte Clube Goiás conquistar o título de Campeão Brasileiro da Série B de 2012, mais um título em sua carreira. Em 2013, participou de 16 jogos no campeonato goiano, incluindo as 2 finais diante do Atlético Goianiense, sagrando-se campeão goiano de 2013, além de marcar 5 gols no campeonato goiano de 2013. Na Copa do Brasil ajudou o Goiás a chegar na semifinal e ajudou o Goiás a brigar por vaga na libertadores no campeonato brasileiro, chegando na última rodada diante do Santos com chances reais de classificação à libertadores. O contrato do Dudu Cearense com o Goiás encerrou no dia 31 de dezembro de 2013 e atualmente encontra-se treinando e estudando propostas para atuar em 2014.

OFI Creta[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de janeiro de 2014, Dudu foi confirmado como reforço do time grego OFI Creta.[99]

Maccabi Netanya[editar | editar código-fonte]

Em 6 de junho de 2014, foi confirmado como novo reforço do Maccabi Netanya, de Israel. Dudu vinha sendo especulado pelo Vitória, clube que o revelou, inclusive estava treinando no CT do rubro-negro para manter a forma física[100].

Fortaleza[editar | editar código-fonte]

No dia 10 de janeiro de 2015, foi confirmado como novo reforço do Fortaleza. No dia 15 de janeiro de 2015, apresentou-se e assinou contrato com o clube cearense por 2 anos até o final da temporada 2016. Foi contratado como reforço de peso para o Tricolor de Aço mas está tendo uma apagada passagem pelo Leão do Pici.[101][102]

Botafogo[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de maio de 2016, Dudu Cearense rescindiu com o Fortaleza e acertou com o Botafogo.[103] Ao começar a se adaptar ao clube, Dudu passou a ganhar boas chances, com o treinador Jair Ventura, e atribuiu o bom momento ao "sonho" que tinha de jogar no Rio de Janeiro. Após jogar em vários países, o volante, hoje, não deseja atuar no exterior.[104]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Na Seleção Sub-20, foi convocado pela primeira vez em 2002 para amistosos e para o Torneio de L'Alcudia.[105][106] No ano seguinte, pela categoria sub-23, foi medalha de prata nos Jogos Pan-americanos de 2003[107] e campeão do Mundial Sub-20, competição esta última em que também foi o artilheiro.[108][109] No mesmo ano, foi convocado para a Copa das Confederações, não tendo jogado nenhuma partida.[110][111][112]

Já em 2004, foi convocado para o Torneio Pré-Olímpico Sul-Americano Sub-23, jogando as últimas quatro partidas e marcando dois gols,[113][114][115][116] negando que a possível causa da eliminação do time no torneio tenha sido o "oba-oba".[117] No mesmo ano, jogou as três primeiras partidas da Copa América e ajudou a equipe no título da competição.[118][119][120] Jogou ainda num confronto pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006, na derrota brasileira por 1 a 0 para o Equador.[121]

Voltou a ser convocado apenas em 2006 e 2007, no começo do trabalho de Dunga como treinador, participando de oito amistosos[122] e apenas ficou de fora da Copa América de 2007 por uma lesão.[2] Chegou a ser um dos principais cotados, no começo do trabalho do treinador, para assumir a titularidade na volância da Seleção para a Copa do Mundo FIFA de 2010, mas acabou não sendo aproveitado nos anos seguintes e ficou de fora do mundial.[123]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Dudu é casado com Carla Magalhães, que conheceu quando ainda jogava no Vitória, e tem duas filhas, uma delas chamada Maria Eduarda e a outra chamada Maria Alice, sendo sua protetora Ana Márcia. Dudu e Carla realizaram seu casamento no religioso em Salvador no dia 16 de dezembro de 2011, entre uma das atrações da festa foi o cantor Tatau (ex-Araketu).[124][125][126]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Os seguintes títulos foram conquistados pelos times nos quais Dudu Cearense fazia parte:[39][127][128]

Vitória
CSKA Moscou
Olympiakos
Atlético Mineiro
Goiás
Fortaleza
Seleção Brasileira

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Dudu Cearense» (em inglês). Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  2. a b c «Dudu Cearense revela vontade de sair da Rússia para não "estagnar"». noticias.uol.com.br. 28 de dezembro de 2007. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  3. a b «Dudu Cearense, do Olympiacos,usa até acupuntura para tratar lesão». esportesite.com.br. 13 de janeiro de 2010. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  4. a b c «Dudu Cearense ainda acredita em sua ida à Copa de 2010». jornaldiariosudoeste.com.br. 4 de junho de 2009. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  5. «ASA Arapiraca 1 x 2 Vitória». futpedia.globo.com. 21 de março de 2001. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  6. «Vitória 2 x 1 ASA Arapiraca». futpedia.globo.com. 2 de março de 2001. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  7. «PRIMEIRA FASE». reocities.com. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  8. «Bahia State Superchampionship 2002» (em inglês). rsssfbrasil.com. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  9. «Dudu Cearense - Jogos». futpedia.globo.com. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  10. «Vitória». futebol80.com.br. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  11. «Palmeiras 2 x 7 Vitória». futpedia.globo.com. 23 de abril de 2003. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  12. «Bahia State League 2003» (em inglês). rsssfbrasil.com. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  13. «CAMPEONATO DO NORDESTE 2003». bolanaarea.com. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  14. «DIARIO esportivo». pernambuco.com. Dezembro de 2003. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  15. «Dudu Cearense - Jogos». futpedia.globo.com. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  16. «Brasileirão 2003 - Balanço do Primeiro Turno». showdebola.com.br. 2003. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  17. «Dudu Cearense está na lista do Sporting». record.xl.pt. 28 de maio de 2004. Consultado em 19 de janeiro de 2011 
  18. «SCORESHEET 2004 J.LEAGUE Division 1 1st Stage 1st Day 1st Sec» (em inglês). j-league.or.jp. 13 de março de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  19. «SCORESHEET 2004 J.LEAGUE Division 1 1st Stage 1st Day 5th Sec» (em inglês). j-league.or.jp. 14 de abril de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  20. «SCORESHEET 2004 J.LEAGUE Division 1 1st Stage 1st Day 10th Sec» (em inglês). j-league.or.jp. 15 de maio de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  21. «SCORESHEET 2004 J.LEAGUE Division 1 1st Stage 1st Day 11th Sec» (em inglês). j-league.or.jp. 22 de maio de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  22. «Dudu Cearense desfalca o Reysol». taticaassessoria.com.br. 25 de junho de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  23. «League Table» (em inglês). j-league.or.jp. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  24. «SCORESHEET 2004J.League Yamazaki Nabisco Cup/D 1st Sec» (em inglês). j-league.or.jp. 27 de março de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  25. «SCORESHEET 2004J.League Yamazaki Nabisco Cup/D 2nd Sec» (em inglês). j-league.or.jp. 27 de março de 2004. Consultado em 29 de abril de 2011 
  26. «SCORESHEET 2004J.League Yamazaki Nabisco Cup/D 4th Sec» (em inglês). j-league.or.jp. 27 de março de 2004. Consultado em 5 de junho de 2011 
  27. «Dudu Cearense pode voltar a atuar no futebol francês». abril.com.br. 11 de março de 2009. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  28. a b «Dudu Cearense estréia pelo Rennes contra o Lyon». jornaldamidia.com.br. 11 de setembro de 2004. Consultado em 19 de janeiro de 2011 
  29. «6èME JOURNéE LIGUE 1 - 2004/2005» (em francês). staderennais.com. 18 de setembro de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  30. «7èME JOURNéE LIGUE 1 - 2004/2005» (em francês). staderennais.com. 22 de setembro de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  31. «8èME JOURNéE LIGUE 1 - 2004/2005» (em francês). staderennais.com. 25 de setembro de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  32. «13èME JOURNéE LIGUE 1 - 2004/2005» (em francês). staderennais.com. 6 de novembro de 2004. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  33. «32èMES DE FINALE COUPE DE FRANCE 2005» (em francês). staderennais.com. 8 de janeiro de 2005. Consultado em 20 de janeiro de 2011 
  34. «Dudu muda-se para o CSKA». pt.uefa.com. 7 de março de 2005. Consultado em 19 de janeiro de 2011 
  35. «МАТЧИ» (em russo). pfc.cska.com. 13 de março de 2005. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  36. «МАТЧИ» (em russo). pfc.cska.com. 19 de junho de 2005. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  37. «МАТЧИ» (em russo). pfc.cska.com. 25 de junho de 2005. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  38. «МАТЧИ» (em russo). pfc.cska.com. 2 de julho de 2005. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  39. a b «Dudu Cearense». taticaassessoria.com.br. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  40. «Jô e Vágner Love marcam, e CSKA conquista a Copa da Rússia». folha.uol.com.br. 20 de maio de 2006. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  41. «ЦСКА – чемпион! Но интрига сохраняется» (em russo). utro.ru. 7 de novembro de 2011 
  42. a b c «Дуду - ЧЕМПИОНАТ РОССИИ» (em russo). pfc-cska.com. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  43. «CSKA win overshadowed by match-fixing allegations» (em inglês). soccernet.espn.go.com. 19 de novembro de 2006. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  44. «Maccabi Haifa takes care of CSKA» (em inglês). jpost.com. 23 de fevereiro de 2007. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  45. «Дуду - ЕВРОКУБКИ» (em russo). pfc.cska.com. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  46. «CSKA Moscou de Dudu Cearense vence Spartak e conquista Supercopa da Rússia». verdesmares.globo.com. 4 de março de 2007. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  47. «"Agora chegou minha vez", diz Jô». ultimosegundo.ig.com.br. 17 de maio de 2007. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  48. «МАТЧИ» (em russo). pfc.cska.com. 31 de março de 2007. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  49. «МАТЧИ» (em russo). pfc.cska.com. 26 de maio de 2007. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  50. «RUSSIA - PREMIER LEAGUE». br.soccerway.com. Consultado em 23 de janeiro de 2011 
  51. «CSKA defeats Amkar and gets fourth Russia Cup» (em inglês). visualrian.com. 17 de maio de 2008. Consultado em 23 de janeiro de 2011 
  52. «Grêmio tenta contratar volante Dudu Cearense, do CSKA». clicrbs.com.br. 25 de janeiro de 2008. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  53. «Dudu Cearense assina com o Olympiakos». afp.google.com. 6 de agosto de 2008. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  54. «Anorthosis Make History Out Of Olympiacos» (em inglês). goal.com. 28 de agosto de 2008. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  55. «Soccer-Anorthosis upset Olympiakos to reach group stage» (em inglês). uk.reuters.com. 27 de agosto de 2008. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  56. «NORDSJÆLLAND VS. OLYMPIAKOS PIRAEUS 0 - 2». br.soccerway.com. 16 de setembro de 2008. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  57. «OLYMPIAKOS PIRAEUS VS. ERGOTELIS 2 - 0». br.soccerway.com. 2 de novembro de 2008. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  58. «Olympiakos dispara na liderança com gol de Dudu Cearense». abril.com.br. 22 de novembro de 2008. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  59. «Saint-Etienne purges Olympiakos' UEFA Cup campaign» (em inglês). greeksoccer.com. 27 de fevereiro de 2009. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  60. «Ολυμπιακός: Δέκα μέρες εκτός ο Ντουντού» (em grego). enet.gr. 9 de março de março. Consultado em 22 de janeiro de 2011  Verifique data em: |data= (ajuda)
  61. «PAOK VS. OLYMPIAKOS PIRAEUS 0 - 0». br.soccerway.com. 8 de março de 2009. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  62. «OLYMPIAKOS PIRAEUS VS. IRAKLIS 5 - 0». br.soccerway.com. 15 de março de 2009. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  63. «É CAMPEAO! Com gol de Dudu Cearense, Olympiacos ganha do Panionios e conquista o Campeonato Grego». esportesite.com.br. 22 de março de 2009. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  64. «OLYMPIAKOS PIRAEUS VS. ASTERAS TRIPOLIS 2 - 1». br.soccerway.com. 9 de abril de 2009. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  65. «Após final emociante, volante brasileiro é campeão na Grécia». futebolinterior.com.br. 2 de maio de 2009. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  66. «Amistoso em Londres: Olympiacos de Dudu Cearense enfrenta o Tottenham neste domingo». esportesite.com.br. 8 de agosto de 2009. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  67. «Dudu Cearense põe Olympiacos a um passo da fase de grupos da Champions». globoesporte.globo.com. 18 de agosto de 2009. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  68. «ATROMITOS VS. OLYMPIAKOS PIRAEUS 0 - 1». br.soccerway.com. 31 de outubro de 2009. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  69. «Μοναδικό ερωτηματικό ο Ντουντού ενόψει ΑΕΚ» (em grego). contra.gr. 3 de janeiro de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  70. «OLYMPIAKOS PIRAEUS VS. PAOK 0 - 1». br.soccerway.com. 24 de janeiro de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  71. «PANIONIOS VS. OLYMPIAKOS PIRAEUS 0 - 1». br.soccerway.com. 31 de janeiro de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  72. «Zico diz que vai à Fifa contra Olympiacos». espbr.com. 20 de janeiro de 2010. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  73. «Olympiakos 1 Arsenal 0: Leonardo has last word to ruin night for Arsene Wenger's young Guns in Greece» (em inglês). dailymail.co.uk. 10 de dezembro de 2009. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  74. «Bordeaux vence Olympiakos e avança às quartas de final». atarde.com.br. 17 de março de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  75. «Time de Gilberto Silva, Panathinaikos é campeão na Grécia». esportes.terra.com.br. 11 de abril de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  76. «Βαθμολογία Πρωταθλήματος ΟΠΑΠ» (em grego). superleaguegreece.net. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  77. «Grécia: Após se recuperar de artroscopia no Rio, Dudu Cearense se reapresenta ao Olympiacos». taticaassessoria.com.br. 10 de janeiro de 2011. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  78. «Besa 0-5 Olympiacos» (em inglês). en.uefa.com. 15 de julho de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  79. «Olympiacos 6-1 Besa» (em inglês). en.uefa.com. 22 de julho de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  80. «Olympiacos 2-1 M. Tel-Aviv» (em inglês). en.uefa.com. 29 de julho de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  81. «M. Tel-Aviv 1-0 Olympiacos» (em inglês). en.uefa.com. 5 de agosto de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  82. «Ολυμπιακός 1-0 Ξάνθη» (em grego). sport.gr. 6 de fevereiro de 2011. Consultado em 6 de fevereiro de 2011 
  83. «OLYMPIAKOS PIRAEUS VS. PANATHINAIKOS 2 - 1». soccerway.com. 19 de fevereiro de 2011. Consultado em 19 de fevereiro de 2011 
  84. «PANIONIOS VS. OLYMPIAKOS PIRAEUS 1 - 1». soccerway.com. 27 de fevereiro de 2011. Consultado em 27 de fevereiro de 2011 
  85. «PAOK VS. OLYMPIAKOS PIRAEUS 2 - 1». soccerway.com. 14 de Março de 2011. Consultado em 14 de Março de 2011 
  86. «OLYMPIAKOS PIRAEUS VS. AEK 6 - 0». br.soccerway.com. 20 de março de 2011. Consultado em 20 de março de 2011 
  87. a b «Τετ α τετ Βαλβέρδε με Ντουντού» (em grego). enet.gr. 1 de abril de 2011. Consultado em 9 de abril de 2011 
  88. «Ταξίδι αναψυχής στο Λονδίνο για Ντουντού» (em grego). gazzetta.gr. 26 de março de 2011. Consultado em 9 de abril de 2011 
  89. «Στην έξοδο ο Ντουντού» (em grego). gazzetta.gr. 31 de março de 2011. Consultado em 9 de abril de 2011 
  90. «Dudu Cearense chega ao Galo falando em títulos». Superesportes. 8 de abril de 2011. Consultado em 8 de abril de 2011 
  91. «Dudu Cearense desembarca em BH e pode assinar com o Galo à tarde». in360.globo.com. 8 de abril de 2011. Consultado em 12 de abril de 2011 
  92. «Dudu Cearense aprova estreia pelo Atlético, apesar da derrota em casa». Superesportes.com.br. 9 de junho de 2011. Consultado em 9 de junho de 2011 
  93. «Com erros de arbitragem, Bahia e Atlético-MG ficam no 1 a 1». globoesporte.globo.com. 12 de junho de 2011. Consultado em 12 de junho de 2011 
  94. «No duelo dos Atléticos, Galo e Dragão empatam em Sete Lagoas». globoesporte.globo.com. 19 de junho de 2011. Consultado em 19 de junho de 2011 
  95. globoesporte.globo.com. 25 de junho de 2011 http://globoesporte.globo.com/temporeal/futebol/25-06-2011/flamengo-atletico-mg/. Consultado em 25 de junho de 2011  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  96. «ATLÉTICO MINEIRO VS. FIGUEIRENSE 1 - 2». soccerway.com. 17 de agosto de 2011. Consultado em 19 de agosto de 2011 
  97. «ATLÉTICO MINEIRO VS. CORINTHIANS 2 - 3». soccerway.com. 17 de agosto de 2011. Consultado em 19 de agosto de 2011 
  98. «Kalil confirma ida de Mancini ao Bahia e liberação de Dudu Cearense». Superesportes. 17 de junho de 2012. Consultado em 18 de junho de 2012 
  99. Notícia em espbr.com
  100. Alvo do Vitória, Dudu Cearense é anunciado por clube de Israel, globoesporte.com. Acessado em 6 de junho de 2014.
  101. Fortaleza confirma contratação do volante Dudu Cearense para 2015
  102. Dudu Cearense é apresentado no Fortaleza
  103. Fortaleza confirma a saída de Dudu Cearense; destino do jogador é o Botafogo-RJ
  104. Há cinco meses no Botafogo, Dudu Cearense colhe frutos após rápida adaptação ao Rio
  105. «Perfil dos Jogadores SUB-20». folha.uol.com.br. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  106. «VITÓRIA IN BRAZILIAN TEAM» (em inglês). ecvitoria.com.br. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  107. «DUDU CEARENSE - MEIO-CAMPO». cbf.com.br. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  108. «Dudu Cearense quer voltar à Seleção Brasileira». jornaldamidia.com.br. 26 de dezembro de 2008. Consultado em 21 de janeiro de 2010 
  109. «Campeão em 2003, Dudu Cearense acredita em novo título do Mundial Sub-20 para o Brasil». esportesite.com.br. 15 de outubro de 2009. Consultado em 21 de janeiro de 2010 
  110. «Brazil - Cameroon» (em inglês). fifa.com. 19 de junho de 2003. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  111. «Brazil - USA» (em inglês). fifa.com. 21 de junho de 2003. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  112. «Brazil - Turkey» (em inglês). fifa.com. 23 de junho de 2003. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  113. «Brasil só empata com Chile e terá que disputar repescagem no Pré-Olímpico». folha.uol.com.br. 16 de janeiro de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  114. «Brasil bate Colômbia por 3 a 0 e se classifica para a fase final». folha.uol.com.br. 18 de janeiro de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  115. «Brasil faz 3 a 1 no Chile e fica próximo da vaga para Atenas». folha.uol.com.br. 24 de janeiro de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  116. «Brasil perde para o Paraguai e está fora dos Jogos de Atenas». folha.uol.com.br. 25 de janeiro de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  117. «Dudu Cearense nega "oba-oba e salto alto" no grupo do Pré-Olímpico». folha.uol.com.br. 27 de janeiro de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  118. «Brasil 1 : 0 Chile». arquivodosmundiais.com. 8 de julho de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  119. «Brasil 4 : 1 Costa Rica». arquivodosmundiais.com. 11 de julho de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  120. «Brasil 1 : 2 Paraguai». arquivodosmundiais.com. 14 de julho de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  121. «Ecuador - Brazil» (em inglês). fifa.com. 17 de novembro de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  122. «Apostas de Dunga que não deram certo somem do mapa». copa2010.ig.com.br. 10 de maio de 2010. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  123. «Entrevista: Dudu Cearense curte as férias no Brasil e sonha com volta à Seleção». portalibahia.com.br. 29 de maio de 2009. Consultado em 2 de novembro de 2010 
  124. «Dudu Cearense revela: "Vitória é parte de minha vida"». galaticosonline.com. 26 de novembro de 2010. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  125. «Dudu Cearense homenageia esposa grávida na comemoração de gol pelo Olympiacos na Grécia». esportesite.com.br. 14 de dezembro de 2009. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  126. «Ντούντου: Θέλω να παίξω πλάι στο Ρίμπο» (em grego). sports.pathfinder.gr. 7 de março de 2010. Consultado em 21 de janeiro de 2011 
  127. «Dudu Cearense conquista décimo título na Europa». terceirotempo.ig.com.br. 5 de maio de 2009. Consultado em 23 de janeiro de 2011 
  128. «Дуду» (em russo). pfc-cska.com. Consultado em 23 de janeiro de 2011 
  129. «Seleção Brasileira (Brazilian National Team) 2004-2005». rsssfbrasil.com. Consultado em 19 de janeiro de 2011 
  130. «Seleção Brasileira (Brazilian National Team) 2006-2007». rsssfbrasil.com. Consultado em 19 de janeiro de 2011