Igor Rabello da Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Igor Rabello
Informações pessoais
Nome completo Igor Rabello da Costa
Data de nasc. 28 de abril de 1995 (24 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,91 m
Destro
Apelido General
Informações profissionais
Clube atual Atlético Mineiro
Número 16
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
2006–2011
2012–2015
Fluminense
Botafogo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2016–2018
2016
2019–
Botafogo
Náutico (emp.)
Atlético Mineiro
00110 0000(7)
00016 0000(2)00
00064 0000(0)
Seleção nacional
2014 Brasil Sub-20 00003 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 4 de dezembro de 2019.

Igor Rabello da Costa (Rio de Janeiro, 28 de abril 1995), ou simplesmente Igor Rabello, é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Atualmente joga pelo Atlético Mineiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

Nascido e criado no Rio de Janeiro, Igor Rabello deu seus primeiros passos rumo ao futebol profissional jogando futsal pelo Madureira e pelo Grajaú. Aos dez anos, foi para o Fluminense e logo migrou para o futebol de campo.[1][2] Depois de seis anos no tricolor, deixou o clube após seu representante não chegar a um acordo com o clube. À época, muitos elogiavam o zagueiro, mas achavam que ele não chegaria aos profissionais.[3]

Em 2012, transferiu-se para o Botafogo, onde colecionou títulos ao longo dos anos nas categorias de base: conquistou o Torneio Guilherme Embry Sub-16 em 2012; foi bicampeão do Torneio Octávio Pinto Guimarães em 2013 e 2015; e levantou a taça do Campeonato Carioca Sub-20 em 2014.[4][5]

Início no Botafogo[editar | editar código-fonte]

Em 2014, chegou a ser relacionado para alguns jogos do Campeonato Brasileiro, sem entrar em campo. Da mesma forma, em 2015, foi integrado ao elenco principal durante a pré-temporada, sem participar de nenhuma partida.[5] Sua subida aos profissionais aconteceu efetivamente em 2016, ao lado de Ribamar.[6] No entanto, ao contrário do companheiro, teve poucas chances na equipe titular e acabou emprestado ao Náutico em maio.[7]

Náutico[editar | editar código-fonte]

No clube pernambucano, Rabello chegou com o aval do técnico Alexandre Gallo, que comandara o atleta na Seleção Brasileira sub-20. Ainda assim, demorou a ganhar espaço e só estreou no segundo turno da Série B.[8][9] Aos poucos, porém, se firmou como titular e se tornou peça importante da equipe, que deixou o acesso para a Série A escapar na última rodada.[10][11] Com a camisa do Náutico, o zagueiro ganhou o apelido de general e deixou o clube ao fim da temporada com 15 partidas e dois gols marcados.[11][12]

Retorno ao Botafogo[editar | editar código-fonte]

De volta de empréstimo, o zagueiro começou o ano na reserva do alvinegro. Chegou a receber algumas oportunidades durante o Campeonato Carioca, mas se firmou na equipe titular após seu primeiro jogo na Libertadores, na vitória por 1–0 diante do Atlético Nacional, quando teve atuação destacada ao lado do argentino Joel Carli.[13][14] A partir de então, não saiu mais do time titular, e começou a receber sondagens de equipes europeias, como Udinese, Anderlecht e Werder Bremen.[15][16] Além do bom desempenho na defesa, Igor Rabello chamou atenção também ao marcar o gol da vitória, de cabeça, na partida contra o Corinthians, válida pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro.[17] O tento foi apenas seu segundo pelo Glorioso, uma vez que havia marcado também contra o Fluminense, no Campeonato Carioca.[18]

Em 2018, foi campeão do Campeonato Carioca com o Botafogo e escolhido para a seleção do torneio, ao lado do zagueiro Gum, do Fluminense.[19][20]

Continuou tendo boas atuações no Campeonato Brasileiro, atraindo assim a atenção do FC Basel, da Suíça e do Anzhi Makachkala, da Rússia.

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Em 4 de janeiro de 2019, Rabello foi contratado pelo Atlético Mineiro, assinando contrato de cinco anos.[21]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Seleção sub-20[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2014, foi convocado pela Seleção sub-20 para disputar o Torneio Internacional de Cotif, em Valência.[22] Na campanha que terminou com título brasileiro, o zagueiro participou de três jogos, com direito a um gol diante da Argentina na semifinal.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Botafogo
Seleção Brasileira Sub-20

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Prêmio Time Resultado Ref.
2018 Melhores do Campeonato Carioca Melhor zagueiro Botafogo Venceu [19]

Educação física[editar | editar código-fonte]

Paralelamente à carreira como jogador profissional, Igor Rabello seguiu também a carreira acadêmica e graduou-se em Educação Física, com licenciatura e bacharelado.[23][24]

Referências

  1. «Ele trocou o judô pelo futebol e virou o 'General' no Botafogo». ESPN. 25 de julho de 2017. Consultado em 2 de maio de 2018 
  2. «Igor Rabello - Zagueiro do Botafogo». SMG Brasil. Consultado em 2 de maio de 2018 
  3. «O caso Igor Rabello: quando a inteligência se sobrepõe às limitações». GloboEsporte.com. 24 de outubro de 2017. Consultado em 2 de maio de 2018 
  4. «Igor Rabello fala sobre ida à seleção brasileira Sub-20 e desejo de brilhar no Botafogo». FogãoNet. 25 de julho de 2014. Consultado em 3 de maio de 2018 
  5. a b c «Joia 2015: após ver o rebaixamento do banco, Igor Rabello sonha com chance». GloboEsporte.com. 29 de dezembro de 2014. Consultado em 3 de maio de 2018 
  6. «Bota mantém política e vai integrar duas apostas da base em janeiro». GloboEsporte.com. 30 de novembro de 2015. Consultado em 3 de maio de 2018 
  7. «Mais um reforço: Náutico acerta com Igor Rabello, zagueiro do Botafogo». GloboEsporte.com. 20 de maio de 2016. Consultado em 3 de maio de 2018 
  8. «Cotado para estrear pelo Náutico, Igor Rabello afirma: "Treinei para isso"». Cidade nos Esportes. 25 de agosto de 2016. Consultado em 3 de maio de 2018 
  9. «Com boas atuações após estreia no 2º turno, Igor Rabello vai ganhando espaço no Náutico». Superesportes. 15 de setembro de 2016. Consultado em 3 de maio de 2018 
  10. «Náutico decepciona torcida e perde para Oeste, que se mantém na Série B». GloboEsporte.com. 26 de novembro de 2016. Consultado em 3 de maio de 2018 
  11. a b «Radar dos emprestados: dupla vai bem na Série B, e quinteto retorna em baixa». GloboEsporte.com. 30 de novembro de 2016. Consultado em 3 de maio de 2018 
  12. «Em mensagem de agradecimento, Igor Rabello comunica que não vai ficar no Náutico para 2017». Superesportes. 27 de dezembro de 2016. Consultado em 3 de maio de 2018 
  13. «O xerife e o general! Igor Rabello aprova dupla com Carli: "Não ia passar nada"». GloboEsporte.com. 20 de maio de 2017. Consultado em 9 de maio de 2018 
  14. «Botafogo tem conversa adiantada e encaminha renovação de Rabello até 2019». GloboEsporte.com. 21 de maio de 2017. Consultado em 9 de maio de 2018 
  15. «De quinto zagueiro a 'muso' cobiçado pela Europa, Igor Rabello se destaca no Botafogo». Extra. 29 de outubro de 2017. Consultado em 9 de maio de 2018 
  16. «Depois da Udinese, Igor Rabello é observado por Anderlecht e entra na mira do Werder Bremen». Esporte Interativo. 24 de outubro de 2017. Consultado em 9 de maio de 2018 
  17. «Personagem do jogo, Rabello comemora gol decisivo: "Feliz por ajudar o time a se manter no G-6"». Vavel. 24 de outubro de 2017. Consultado em 9 de maio de 2018 
  18. «Agora 'General', Rabello celebra gol no clássico e explica comemoração». Lance!. 10 de abril de 2017. Consultado em 9 de maio de 2018 
  19. a b «Ferj divulga seleção do Carioca e lista tem apenas um nome do Flamengo». O Dia. 9 de abril de 2018. Consultado em 3 de maio de 2018 
  20. «Botafogo é campeão carioca, e Gatito vira herói nos pênaltis». Extra. 8 de abril de 2018. Consultado em 9 de maio de 2018 
  21. «Zagueirão na área!». Clube Atlético Mineiro. 4 de janeiro de 2019. Consultado em 4 de janeiro de 2019 
  22. «Gallo convoca Sub-20 para o Torneio Internacional de COTIF». CBF. 22 de julho de 2014. Consultado em 3 de maio de 2018 
  23. «Com TCC sobre badminton, Igor Rabello se forma em educação física». GloboEsporte.com. 21 de dezembro de 2015. Consultado em 3 de maio de 2018 
  24. «General no Botafogo e bacharel em Educação Física: Rabello conclui faculdade». GloboEsporte.com. 4 de julho de 2017. Consultado em 3 de maio de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.