Clássico das Multidões (Belo Horizonte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Clássico das Multidões (BH)
América versus Atlético (Coelho versus Galo)
Torcidas de América e Atlético.
América 104 vitória(s), 502 gol(s)
Atlético 197 vitória(s), 700 gol(s)
Empates 100
Total de jogos 401
Total de gols 1 202
editar

História[editar | editar código-fonte]

Clássico das Multidões e Coelho versus Galo são os nomes do clássico que envolve as equipes do América Mineiro (o Coelho) e do Atlético Mineiro (o Galo), sediadas em Belo Horizonte, capital do estado brasileiro de Minas Gerais, que se confrontam desde 13 de novembro de 1913, amistoso que terminou com empate por 1 a 1.[1]

A final mais polêmica foi a de 1948. O América venceu por 3 a 1, com “gol do guarda”. O jogo, disputada no Estádio da Alameda, proporcionava ao Atlético a vantagem do empate. O Coelho já ganhava por 2 a 1, quando o atacante americano Murilinho chutou, a bola bateu em um guarda municipal e entrou, com o gol sendo confirmado pelo árbitro inglês John Barrick, sacramentando o título americano.[2]

Durante décadas, este clássico foi considerado por muitos como o maior clássico de Minas Gerais, chamado pela imprensa e pelos torcedores de O Clássico das Multidões, talvez inspirado no Fla-Flu.

Com a construção do Mineirão, este clássico veio a perder espaço para Atlético contra Cruzeiro, embora tenha escrito uma história própria, enriquecida por mais de 90 anos de confrontos, reunindo o Atlético, clube que sempre teve a imagem vinculada à massa proletariada e a classe média, e o América, clube com imagem vinculada à elite mineira, com grande número de políticos e empresários da alta sociedade de Minas Gerais como torcedores.

Finais do Campeonato Mineiro[editar | editar código-fonte]

São consideradas finais, as partidas nas quais os dois times
entram em campo com chances de se sagrarem campeões.[3]

Campeonato Mineiro de 1948:

América 3–1 Atlético (América campeão)

Campeonato Mineiro de 1958

Atlético 1–0 América (Atlético campeão)

Campeonato Mineiro de 1999:

América 0 a 0 Atlético
Atlético 1–0 América (Atlético campeão)

Campeonato Mineiro de 2001:

América 4–1 Atlético
Atlético 3–1 América (América campeão)

Campeonato Mineiro de 2012:

América 1–1 Atlético
Atlético 3–0 América (Atlético campeão)

Campeonato Mineiro de 2016:

América 2–1 Atlético
Atlético 1–1 América (América campeão)
Consideradas também as finais indiretas, foram dezesseis as finais disputadas
entre América e Atlético, com nove vitórias do América e sete do Atlético.[4]

Outra estatísticas[editar | editar código-fonte]

Maior goleada do Atlético: 6–1, em 11 de setembro de 1938.
Maior goleada do América: 7–2, em 15 de maio de 1952.
Clássico com mais gols: América 6–4, em 8 de junho de 1930.
Artilheiro do Atlético: Reinaldo, 19 gols.
Artilheiro do América: Zuca, 13 gols.[5]
Maior tabu do Atlético: 18J (17V e 1E de 24/03/66 a 28/02/71).[6]
Maior tabu do América: 19J (12V e 7E de 26/05/18 a 08/10/22).
Vitórias seguidas do Atlético: 14V (26/11/66 a 28/02/71).
Vitórias seguidas do América: 8V (03/01/60 a 13/11/60).


No Estádio do Mineirão
Último jogo considerado: Atlético 4–1 América, em 19 de fevereiro de 2017.
Número de partidas: 139.[7][8][9]
Vitórias do Atlético: 81.
Vitórias do América: 20.
Empates: 38.
Gols do Atlético: 235.
Gols do América: 117.
Maior goleada do Atlético: 5–0, em 12 de abril de 1987.
Maior goleada do América: 4–0, em 6 de junho de 1993.
Clássico com mais gols: América 4–3, em 19 de maio de 1996 e Atlético 4 a 3, em 16 de março de 2002.


No Estádio Independência
Último jogo considerado: América 0–1 Atlético, em 27 de junho de 2016.
Número de partidas: 78.[10][11]
Vitórias do Atlético: 36.
Vitórias do América: 23.
Empates: 19.
Gols do Atlético: 131.
Gols do América: 102.
Maior goleada do Atlético: 5 a 0, em 5 de abril de 1987.
Maior goleada do América: 5 a 2, em 17 de maio de 1964.
Artilheiro do Atlético: Nilson, 10 gols.
Artilheiro do América: Zuca, 8 gols.

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Públicos pagantes.
  1. Atlético 2–0 América, 82.960, 16 de março de 1969.
  2. Atlético 1–0 América, 72.680, 4 de julho de 1999.
  3. Atlético 1–0 América, 67.186, 13 de agosto de 1967.
  4. Atlético 1–0 América, 51.091, 21 de abril de 1968.
  5. Atlético 4–1 América, 50.176, 1 de fevereiro de 1976.
  6. Atlético 1–1 América, 47.928, 8 de maio de 2016.
  7. Atlético 3–1 América, 46.934, 3 de junho de 2001.
  8. América 2–1 Atlético, 44.003, 27 de junho de 1999.
  9. Atlético 5–1 América, 42.718, 23 de novembro de 1980.
  10. América 0–0 Atlético, 42.645, 14 de março de 2004.
  11. América 0–0 Atlético, 41.058, 4 de dezembro de 1983.
  12. Atlético 2–1 América, 40.961, 26 de janeiro de 1974. (*)
(*) Partida válida pelo Campeonato Brasileiro de 1973; as demais foram pelo Campeonato Mineiro.

Campeonato Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Até hoje foram disputados 16 jogos pelo Campeonato Brasileiro Série A, com 9 vitórias do Atlético,
2 vitórias do América e 5 empates, 22 gols a favor do Galo e 9 gols a favor do Coelho.
Vitórias do América Empate Vitórias do Atlético
Série A[12]
# Data Estádio Casa Visitante Placar Gols (casa) Gols (visitante)
01 7 de agosto de 1971 Mineirão Atlético América 1–1 (0–0) Dadá Maravilha (48') Dirceu Alves (57')
02 29 de novembro de 1972 Mineirão Atlético América 1–1 (1–0) Dadá Maravilha (9') Cândido (49')
03 8 de dezembro 1973 Mineirão Atlético América 1–2 (0–0) Fausto (79') Cândido (51'), Pedro Omar (56')
04 26 de janeiro de 1974 Mineirão América Atlético 1-2 (1–1) Juca Show (29') Romeu (21'), Reinaldo (71')
05 30 de março de 1974 Mineirão Atlético América 1–1 (0–1) Arlen (67') Edson (18')
06 4 de setembro de 1975 Mineirão Atlético América 1–1 (1–0) Getúlio (4') Buglê (86')
07 5 de setembro de 1976 Mineirão Atlético América 1–0 (1–0) Reinaldo (12')
08 13 de novembro de 1977 Mineirão Atlético América 3–1 (0–1) Reinaldo (58', 79'), Alã (GC 90') Marcão (45')
09 9 de maio de 1978 Mineirão Atlético América 2–0 (0–0) Danival (47', 55')
10 20 de setembro 1998 Independência América Atlético 0–2 (0–1) Edmilson (20'), Roberto (79')
11 4 de novembro 2000 Mineirão Atlético América 0–1 (0–0) Wellington Paulo (80')
12 9 de agosto 2001 Independência América Atlético 0–1 (0–1) Marques (37')
13 10 de julho de 2011 Arena do Jacaré Atlético América 2–0 (1–0) Jônatas Obina (33'), Neto Berola (70')
14 8 de outubro de 2011 Arena do Jacaré América Atlético 0–0 (0–0)
15 26 de junho de 2016 Independência América Atlético 0–1 (0–1) Robinho (3')
16 13 de outubro de 2016 Mineirão Atlético América 30 (3–0) Fred (36'), Carlos César (64'), Lucas Pratto (84')

Títulos[editar | editar código-fonte]

Títulos Internacionais oficiais Atlético América
Copa Libertadores 1 0
Supercopa 0 0
Copa Conmebol 2 0
Recopa 1 0
Títulos Nacionais oficiais Atlético América
Série A 1 0
Série B 1 1
Série C 0 1
Copa do Brasil 1 0
Copa dos Campeões (CBD) 1 0
Copa dos Campeões (FBF) 1 0
Títulos Regionais oficiais Atlético América
Copa Sul-Minas 0 1
Títulos Estaduais oficiais Atlético América
Campeonato Mineiro 44 16
Taça Minas Gerais (*) 5 1
Taça Belo Horizonte 3 0
Copa dos Campeões Mineiros 1 0
Torneio Incentivo Mineiro - FMF 1 0
Torneio Início 8 13
Campeonato Mineiro - Módulo II 0 1
Títulos Municipais oficiais Atlético América
Copa Belo Horizonte 1 0
Taça Bueno Brandão 1 0
Total de Títulos oficiais 73 34

(*) Inclui turnos de campeonatos.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Minas Gerais História do futebol de Minas Gerais
Minas Gerais História do Campeonato Mineiro de Futebol
Ver artigo principal: América Futebol Clube
Ver artigo principal: Clube Atlético Mineiro

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Conflito e integração social: paradoxos do futebol em Belo Horizonte (1908-1927) (em português)
Histórias do Clássico das Multidões (em português)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Clássicos do Futebol Brasileiro, por José Renato Sátiro Santiago Jr. e Marcelo Unt (2014).

Referências

  1. ACERVO DO COELHO, Equipe do site. «América versus Atlético "O Clássico das Multidões"». Site Acervo do Coelho. Consultado em 6 de maio de 2016 
  2. DIAS, Roger (1º de maio de 2016). «Para entrar na história». Site Superesportes. Consultado em 1º de maio de 2016 
  3. JABUR DE SOUZA e SILVA, Miguel - América versus Atlético “O Clássico das Multidões”, site Acervo do Coelho, página disponível em 20 de junho de 2015
  4. DIAS, Roger (1º de maio de 2016). «Para entrar na história». Site Superesportes. Consultado em 1º de maio de 2016 
  5. DIAS, Roger (1º de maio de 2016). «Para entrar na história». Site Superesportes. Consultado em 1º de maio de 2016 
  6. OLIVEIRA, João Paulo Saraiva de (2 de fevereiro de 2008). «Retrospecto de confrontos do Coelhão». Site wordpress. Consultado em 25 de julho de 2014 
  7. «Mineirão». Site galodigital. 24 de julho de 2014. Consultado em 25 de julho de 2014 
  8. GUIMARÃES, Guilherme (6 de maio de 2012). «América x Atlético - Clássicos no Independência: retrospecto aponta mais vitórias do Galo em cima do Coelho». Site de O TEMPO. Consultado em 25 de julho de 2014 
  9. MOLIBIDENIO, Jackass (15 de outubro de 2005). «Atlético Mineiro - Todos os jogos no Mineirão». RSSSF Brasil. Consultado em 26 de julho de 2014 
  10. «Independência». Site galodigital. 19 de maio de 2014. Consultado em 25 de julho de 2014 
  11. GUIMARÃES, Guilherme (6 de maio de 2012). «América x Atlético - Clássicos no Independência: retrospecto aponta mais vitórias do Galo em cima do Coelho». Site de O TEMPO. Consultado em 25 de julho de 2014 
  12. "Confrontos entre América-MG e Atlético-MG pelo Campeonato Brasileiro", Futpédia.