Varginha Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde março de 2017)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
VEC
Varginha Esporte Clube - VEC.svg
Nome Varginha Esporte Clube
Alcunhas VEC, VECÃO
Mascote ET
Fundação 1915
Estádio Melão
Estádio Rubro-Negro
Capacidade 27.000
2.000
Competição Minas Gerais Federação Mineira de Futebol
Divisão 2ª divisão
Divisão 2010 2ª divisão
Website VEC - Site Oficial
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Varginha Esporte Clube é um clube brasileiro de futebol, Extinto desde 2010 da cidade de Varginha, no estado de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

O futebol chegou em Varginha no final do ano de 1915, de acordo com o Jornal Momento, da época. O primeiro clube de futebol de Varginha era composto por 32 rapazes, tinha a sua frente, como presidente, o capitão Gabriel Penha de Paiva e se chamou Varginha Sport Club.

Em 1919, o Varginha Sport Club foi reestruturado, tendo novas normas, uma disciplina mais rígida e a regularização do contrato de aluguel do terreno do campo de futebol. Essa reestruturação fez com que a situação financeira do time fosse normalizada e também marcou 11 vitórias consecutivas contra times da região como o América F. C. Alfenense, o Trespontano Futebol Club, o Operário F. C. Famense, o Vargense F. Club, dentro e fora de casa.

Naquela época, quem estava à frente do time varginhense era o Major Antônio de Souza Oliveira que, além de levantar o time, ainda cedeu parte de sua residência para que fosse estruturada a sede do Varginha Sport Club e o ajudou financeiramente quando foi preciso.

Em 20 de maio de 1928, o Varginha Sport Club passa a se chamar Varginha Esporte Clube e teve como presidente Emílio Lorenzotti e como vice José Barcelona de Oliveira. No dia 28 de maio, foi escolhido, através de eleição, Leonardo Caldonazzo como diretor esportivo. Na mesma reunião, ficou decidido que o uniforme do time seria uma camisa azul com o monograma do clube a esquerda e calção branco.

O primeiro jogo oficial aconteceu no dia 5 de agosto de 1928, contra o Posses F. C. e terminou em 1x1. Ainda em 1928, foi construído o Stadium Varginhense, no qual o VEC e a AVEA, Associação Varginhense de Esportes Atléticos, mandavam seus jogos.

Na década de 1940, o VEC montou uma grande equipe, conquistando os Campeonatos Municipais de 1946, 1947 e 1948.

Em 2005, o Varginha Esporte Clube foi vice-campeão da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, garantindo a vaga para a disputa do Módulo II da Primeira Divisão. No ano seguinte, porém, o clube foi rebaixado, retornando à Segunda Divisão.

Em 2009, o Varginha Esporte Clube não começou bem,empatou em casa com o Guaxupé pelo placar de 2x2 e perdeu fora de casa para o tricordiano pelo placar de 1 a 0 com vários erros de arbitragem que não marcou um pênalti clarissímo. No dia 19/08 veio a primeira vitória do VEC no campeonato em cima do guarani jogando em casa ganhou por 2x1. O jogo mais importante aconteceu no dia 20/09 jogando em casa precisava ganhar do Tricordiano para se classificar,com o estádio lotado o VEC perdeu pelo placar de 3x1 para o tricordiano sendo que os dois primeiros gols saíram em menos de 10 minutos. Depois desse jogo o goleiro do VEC foi culpado por ter levado 3 gols fáceis de defender e ele não quis mais voltar ao clube.

Em 2010 Com o objetivo de ter um time forte e competitivo para a disputada do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão de 2010, o VEC fechou parceria com a Equipe do Santo André de São Paulo. O contrato de parceria foi assinado na cidade de Santo André. Na ocasião estavam presentes o presidente do Santo André, Celso Luiz de Almeida e a presidente do VEC Paula Andréa Direne Ribeiro e o vice-presidente Anselmo Salum Del-fraro David.

Com a parceria, o Santo André envia para Varginha uma equipe competitiva composta por 20 atletas profissionais e comissão técnica. Segundo os termos do acordo, a equipe paulista será responsável pela folha salarial da equipe. Já o VEC deverá disponibilizar toda a estrutura de jogos, treinamentos, alojamento, transporte e alimentação dos atletas. A apresentação do time está marcada para o dia 21 de julho. No dia 16/06 houve o falecimento de Mauro Tadeu Teixeira, ex-prefeito de Varginha e um dos principais dirigentes. No dia 10/11 o VEC perde a segunda partida consecutiva no hexagonal final e o técnico Baroninho pede demissão. Baroninho comandou a equipe em 12 partidas, sendo 5 vitórias, 3 derrotas e 4 empates com aproveitamento de 52.7%. No dia 11/11 o VEC anuncia Luis Eduardo como novo técnico. Luiz Eduardo já treinou times como o Tricordiano, Uberaba, Araxá, Democrata de Governador Valadares e o próprio VEC, no ano passado. Dia 07/12 o VEC se despede da segundona com uma goleada de 4 a 1 em cima do Democrata de Sete Lagoas que brigava por umas das três vagas para o Módulo II. Como o time não tinha mais chances de classificação, pouco mais de 100 pessoas acompanharam a vitória do time rubro-negro. O Campeão da Segundona foi o Nacional de Nova Serrana que venceu o Fluminense por 4x1,e viu o empate entre Patrocinense e Sport, por 0x0.

Com a chegada do Boa Esporte Clube, oriundo de Ituiutaba, as atividades do VEC foram suspensas e sua estrutura cedida por empréstimo ao Boa e, ao que tudo indica, deverá continuar assim enquanto durar a parceria deste com a prefeitura de Varginha, que inicialmente é de 2 anos (2011/2012) e depois tendo seu contrato estendido por mais 4 anos (2013/2016) e renovado novamente.

Elenco 2010[editar | editar código-fonte]

Goleiros
Brasileiro Fábio
Brasileiro Giuliano
Brasileiro Douglas
Zagueiros
Brasileiro Pablo
Brasileiro Heron
Brasileiro Eli
Brasileiro Wesley
Brasileiro Vinicíus
Laterais
Brasileiro Anderson
Brasileiro André Mauá
Brasileiro Bruno
Volantes
Brasileiro Wilinha
Brasileiro Paulo
Brasileiro Toró
Brasileiro Thiagão
Brasileiro Thiago Carvalho
Brasileiro Chico
Brasileiro Uellington Carioca
Brasileiro Wellington
Meias
Brasileiro Juninho
Brasileiro Choco
Brasileiro Matheus Muller
Brasileiro Matheus Lucena
Brasileiro Marruco
Brasileiro Ricardo
Brasileiro Lucca
Brasileiro Juninho Capa
Atacantes
Brasileiro Gladson
Brasileiro Fernando Roberto
Brasileiro Marcinho
Brasileiro Miller
Brasileiro Dênis
Brasileiro Léo Mineiro
Brasileiro Bruno
Técnico
Brasileiro Luiz Eduardo

Comissão Técnica[editar | editar código-fonte]

  • Técnico:Luis Eduardo
  • Auxiliar Técnico:Crstiano Marcos Medeiros (Cristiano)
  • Preparador Fisico:Paulo Sérgio Garcia (Sérgio Tupã)
  • Preparador Fisico:Reginaldo José da Silva (Reginaldo)
  • Treinador de Goleiros:Sérgio Ricardo Vitorino (Serjão)
  • Massagista:Edson Atônio de Paiva (Edson)
  • Ropeiro: Wilson Lopes (Simonal)
  • Diretor: Henrique Lemes
  • Presidente: Paula Andréa Direne Ribeiro

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.