Betim Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura o clube de futebol que se transferiu de Ipatinga para Betim em 2012, veja Betim Esporte Clube.
Betim
BETIM FUTEBOL CLUBE MG. img.png
Nome Betim Futebol Clube
Torcedor/Adepto Azulino
Betinense
Mascote Beija-flor
Fundação 14 de novembro de 2006 (11 anos)
Estádio Jurandir Elias
Capacidade 2.000
Localização Betim, Minas Gerais
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Betim Futebol Clube é uma agremiação esportiva de Betim, estado de Minas Gerais, fundada a 14 de novembro de 2006. Atualmente, o clube não realiza nenhuma atividade esportiva.

História[editar | editar código-fonte]

O Betim Futebol clube, foi fundado em 2006, e participou de algumas competições em sua primeira gestão, não obtendo muito sucesso. Suas cores eram o azul e o verde. Foi federado na FMF, Federação Mineira de Futebol, disputando os torneios elaborados pela entidade maior do futebol mineiro.

Alguns abnegados atuantes no futebol amador se reuniram e fundaram o clube. O 1º presidente foi Wellington Wadson Lins. a Prefeitura Municipal não apoiou o projeto e o clube foi mesmo comandado por pouquíssimas pessoas.

A estréia no profissionalismo foi na 2ª divisão[1] estadual de 2007.Vale dizer que a equipe não possui estádio próprio e mandou seus jogos no campo do Vera Cruz, clube amador da cidade.

O time treinava no campo do Dom Bosco/Betim Industrial, em Betim. Mas não mandava seus jogos oficiais nesse campo, pelo motivo de não se aderir às normas da federação.

A campanha foi catastrófica. Sem apoio financeiro, o clube recrutou atletas locais “semi profissionais”, de equipes amadoras da região.O técnico foi Dirceu Bernardino, ex atacante de relativo sucesso no América MG e Villa Nova nos anos 70.

A equipe perdeu todos os jogos: 0×3 Funorte (C), 1×2 Nacional de Uberaba (F), 1×3 Arsenal (F), 0×2 União Luziense (C), 0×1 Venda Nova (C), 0×6 Ideal 7Lagoas (F).

Mas o pior estava por vir: a sétima partida seria em Araxá, no Triangulo Mineiro, a cerca de 500km de BH. A dificuldade financeira era evidente e o presidente do clube mal conseguia arcar com as taxas da FMF. O transporte dos atletas seria feito em 2 vans, largamente utilizadas para transporte escolar. Ocorre que uma delas quebrou no caminho e a equipe se apresentou em Araxá com apenas 7 atletas. Como o material esportivo ficou na van que não concluiu a viagem, a equipe não pode disputar a partida por falta de caneleiras.

Após esse episódio, evidentemente o clube foi retirado da competição e todos os seus resultados foram anulados. Como curiosidade, o clube também disputou nesse ano os estaduais da categorias de base, com resultados igualmente pífios, a FMF suspendeu a filiação do Betim Futebol Clube.

Após reestruturação completa, o clube resurgiu em 2009, sob o comando de nova diretoria, com o presidente Mauricio Ferreira e o diretor Carlos Silva na frente. Mudaram o escudo, acrescentando a frase “família unida”, como forma de incentivar a participação da comunidade local.

Nesse ano, o campo do Vera Cruz não foi aprovado e os jogos seriam mandados em Itaúna, cerca de 60 km de Betim. Houve colaboração da Prefeitura Municipal e os resultados foram um pouco melhores, com a equipe terminando em 4º entre 5 participantes na sua chave da 2ª divisão mineira. Dessa vez, o comando técnico foi do ex atacante Paloma, com passagens pelo América MG nos anos 90. Eis a campanha:3×0 Fluminense Araguari (F), 0×2 Mamoré (C), 0×2 Unitri (F), 1×2 Pirapora (C), 1×0 Pirapora (F), 0×1 Unitri (C), 1×4 Mamoré (F) e 2×2 Fluminense 

Em 2010, novamente com dificuldades financeiras, o clube não se inscreveu para a disputa profissional, participando apenas das competições de categorias de base.

O time teve atividades oficiais até o ano de 2012, e ficou inativo no período entre 2012 e 2013, quando, através de assembleia realizada entre os filiados ao grupo, foi decidida uma parceria com o Ipatinga,[2] que durou apenas duas temporadas [2013 a 2014].

O planejamento estratégico do Betim futebol clube, dispõem, de disputas em amistosos, competições oficiais na Federação Minera de Futebol e ainda, a formação de atletas, através das categorias de bases.

Atualmente a Equipe do Betim Futebol Clube não disputa nenhuma competição oficial.

Referências

  1. «Campeonato Mineiro de Futebol da Segunda Divisão de 2007». Wikipédia, a enciclopédia livre. 25 de junho de 2014 
  2. «Ipatinga Futebol Clube». Wikipédia, a enciclopédia livre. 30 de abril de 2017