Jemerson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jemerson
Jemerson
Jemerson atuando pelo Monaco em 2016
Informações pessoais
Nome completo Jemerson de Jesus Nascimento
Data de nasc. 24 de agosto de 1992 (29 anos)
Local de nasc. Jeremoabo, Bahia, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,84 m
destro
Apelido Zé Pequeno[1]
Informações profissionais
Clube atual Metz
Número 5
Posição zagueiro
Clubes de juventude
2009–2010
2010–2012
Confiança
Atlético Mineiro
Clubes profissionais
Anos Clubes
2012–2016
2012
2016–2020
2020–2021
2021–
Atlético Mineiro
Democrata-SL (emp.)
Monaco
Corinthians
Metz
Seleção nacional
2015–2017 Brasil

Jemerson de Jesus Nascimento, ou simplesmente Jemerson (Jeremoabo, 24 de agosto de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Atualmente joga no Metz.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Revelado nas categorias de base do Confiança, Jemerson chegou ao Atlético Mineiro em meados de 2010. Campeão da Taça BH de Juniores em 2011,[2] Jemerson foi emprestado para o Democrata de Sete Lagoas no ano seguinte, em parceria que o clube mantinha com o Atlético.[3]

No ano seguinte, foi integrado ao elenco principal do clube pelo técnico Cuca.[4] Jemerson fez parte do elenco campeão da Copa Libertadores da América de 2013.[5] Sua estreia pelo Atlético foi no dia 7 de julho de 2013, em partida contra o Criciúma.[6] Seu primeiro gol pelo clube foi marcado no dia 1 de março de 2014, contra o Villa Nova, em jogo válido pelo Campeonato Mineiro.[7]

Com a lesão de Réver, o técnico Levir Culpi promoveu a entrada de Jemerson na equipe titular, ao lado de Leonardo Silva.[8] Campeão da Recopa Sul-Americana, o jogador se destacou na segunda metade de 2014, sendo considerado uma das grandes revelações do Atlético na temporada, ao lado do atacante Carlos.[9] Com as boas atuações e a confiança da diretoria atleticana, teve seu contratado renovado até 2019, com multa rescisória estabelecida em cerca de R$ 100 milhões.[10]

No dia 14 de outubro de 2015, na vitória por 2 a 1, sobre o Internacional, no Estádio Independência, Jemerson atingiu a marca de 100 partidas pelo Galo.[11] Ao final de mais uma boa temporada, o zagueiro foi indicado para seleção do Campeonato Brasileiro de 2015, no Prêmio Craque do Brasileirão.[12]

Monaco[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de janeiro de 2016, foi anunciado como novo reforço do Monaco, da França, por 11 milhões de euros (cerca de R$ 47 milhões de reais), assinando contrato até 2020. O Atlético ficou com 60% do total desse valor.[13] Estreou pelo clube francês no dia 9 de fevereiro, na derrota por 2 a 1, para o Sochaux, pela Copa da França, que culminou na eliminação do Monaco.[14] Marcou seu primeiro gol com a camisa do clube francês no dia 21 de outubro, na goleada por 6 a 2 contra o Montpellier, válida pela Ligue 1.[15]

No dia 15 de abril de 2018, numa partida contra o Paris Saint-Germain, pela Ligue 1, Jemerson atingiu a marca de 100 jogos com a camisa do clube.[16]

Rescindiu seu contrato com o time francês no dia 2 de novembro de 2020.[17]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Após diversas especulações, Jemerson assinou contrato com o Corinthians em 5 de novembro.[18] No dia seguinte foi anunciado oficialmente como novo reforço do clube paulista, assinando até junho de 2021 por um valor de R$ 4,5 milhões. O Monaco ainda ficou com 20% dos direitos do atleta.[19] Foi apresentado oficialmente no dia 10 de novembro.[20] Estreou pelo Timão no dia 27 de dezembro, numa vitória por 2 a 0 contra o Botafogo, no Estádio Olímpico Nilton Santos, válida pelo Campeonato Brasileiro.[21]

Marcou seu primeiro gol pela equipe no dia 17 de março de 2021, numa vitória por 3 a 0 contra o Salgueiro, no Cornélio de Barros, pela Copa do Brasil.[22] Após o término do seu contrato, no dia 30 de junho, a diretoria não optou pela renovação.[23]

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

No dia 14 de novembro de 2015, Jemerson foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira principal, sendo chamado por Dunga para substituir David Luiz, suspenso, para o jogo contra o Peru, na Arena Fonte Nova, válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018.[24]

Foi convocado novamente dois anos depois, sendo chamado por Tite no dia 19 de maio de 2017.[25] Em setembro, após Miranda ter se contundido numa partida válida pelas Eliminatórias, Jemerson foi o escolhido para substituí-lo.[26]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético Mineiro
Monaco

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Ex-'Zé Pequeno', Jemerson é prova de que Copinha ainda é boa para 'garimpo'». ESPN Brasil. 28 de janeiro de 2016. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  2. «Campeão da Libertadores foi revelado no Confiança». A8 Sergipe. 30 de setembro de 2015. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  3. «Diretoria do Democrata anuncia lista de jogadores para disputa da 2ª divisão». SeteLagoas.com.br. 29 de junho de 2011. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  4. «Técnico Cuca conta com Gilberto Silva na zaga e promove garoto Jemerson». Superesportes. 16 de dezembro de 2012. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  5. «Cara, crachá! Relembre o perfil dos campeões da Libertadores do Galo, em 2013». O Tempo. 17 de maio de 2020. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  6. Fernando Martins Y Miguel (7 de julho de 2013). «Time misto do Atlético-MG derrota o Criciúma no Independência». GloboEsporte.com. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  7. Fernando Martins Y Miguel (1 de março de 2014). «Em Nova Lima, bloco do Atlético-MG não tem dificuldades para passar pelo Villa». GloboEsporte.com. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  8. «Réver passará por uma artroscopia no tornozelo nesta segunda-feira». O Tempo. 11 de agosto de 2014. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  9. «Da roça ao posto de titular do Galo: Jemerson quer fazer história no clube». GloboEsporte.com. 9 de setembro de 2014. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  10. Victor Martins (11 de fevereiro de 2015). «Da reserva do Atlético-MG aos R$ 100 milhões em apenas seis meses». UOL. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  11. Léo Simonini (15 de outubro de 2015). «Trio elogiado por Levir Culpi tem sacrifício, posse de bola e regularidade». GloboEsporte.com. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  12. «Na seleção do Brasileiro, Jemerson diz que pretende seguir no Atlético-MG». SporTV. 7 de dezembro de 2015. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  13. Luiz Martini (27 de janeiro de 2016). «Atlético vende zagueiro Jemerson ao Monaco». Superesportes. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  14. Tiago Barbosa (9 de fevereiro de 2016). «Monaco perde para Sochaux na estreia de Jemerson e é eliminado da Copa da França». VAVEL Brasil. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  15. «Monaco goleia com gols de Falcao e Jemerson e encosta no líder Nice». GloboEsporte.com. 21 de outubro de 2016. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  16. «Jemerson completa 100 jogos pelo Monaco e quer adiar título do Paris Saint-Germain». GloboEsporte.com. 13 de abril de 2018. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  17. Ana Canhedo e Marcelo Braga (2 de novembro de 2020). «Jemerson rescinde com o Monaco para acertar com o Corinthians; veja detalhes do acordo». GloboEsporte.com. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  18. Marcelo Braga (5 de novembro de 2020). «Jemerson assina com o Corinthians e inicia os treinamentos no CT Joaquim Grava». GloboEsporte.com. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  19. «Corinthians anuncia a contratação do zagueiro Jemerson». GloboEsporte.com. 6 de novembro de 2020. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  20. Ana Canhedo e Marcelo Braga (10 de novembro de 2020). «Ainda fora da forma ideal, Jemerson diz que escolheu Corinthians pela visibilidade». GloboEsporte.com. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  21. José Edgar de Matos (27 de dezembro de 2020). «Atuações do Corinthians: Cazares e Mosquito comandam vitória; Jemerson estreia bem». GloboEsporte.com. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  22. «Corinthians vence jogo "brigado" contra Salgueiro e avança na Copa do Brasil». GloboEsporte.com. 17 de março de 2021. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  23. Yago Rudá (30 de junho de 2021). «Majestoso marca o último dia do contrato de Jemerson com o Corinthians». UOL. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  24. «Jemerson é convocado na vaga de David Luiz para o jogo contra o Peru». GloboEsporte.com. 14 de novembro de 2015. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  25. Marcelo De Bona (19 de maio de 2017). «Seleção Brasileira convocada para enfrentar Argentina e Austrália». Portal Engeplus. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  26. «Para substituir Marcelo e Miranda, Tite convoca Alex Sandro e Jemerson». ESPN Brasil. 1 de setembro de 2017. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  27. «Vencedores do Prêmio Craque Brasileirão 2015». Confederação Brasileira de Futebol. 30 de novembro de 2015. Consultado em 30 de novembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Jemerson